Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, janeiro 16, 2010

O Jogo Da TV (Parte I) - Bari x Internazionale



Não dá mais para negar que essa Inter está com cara e ... sorte de campeã!
Depois de conseguir uma virada sensacional contra o Siena na rodada anterior (confira em http://calcioseriea.blogspot.com/2010/01/o-jogo-da-tv-parte-ii-internazionale-x.html), neste sábado, no anticipo da 21ª giornata, a Beneamata, em um intervalo de apenas 5', anulou um revés duplo que havia sido construído por um Bari divertente e, no final, ainda contou com a má pontaria dos biancorossi para somar mais um ponto em um spettacolare pareggio.
Mas, diante de quase 60.000 espectadores presentes em um San Nicola lotado e que registrou record d'incasso, quem começou assustanto foi a Inter, que com apenas 15'' praticou um forte pressing sobre a defesa barese, forçando Bonucci ao erro que propiciou conclusão perigosa de Sneijder, postado ao lado de Pandev e Balotelli in linea dietro a Milito no 4-2-3-1.
Porém, o tiro perigoso do holandês foi a única conclusão digna de nota da Inter em todo o 1º tempo, que presenciou um Bari bastante ofensivo e explorando com muita competência as laterais do campo dominar as ações.
Atuando no tradicional 4-4-2, com esterni rápidos - Alvarez pela direita e Koman pela esquerda - e atacantes velozes - Meggiorini e Barreto -, o time comandado por Ventura foi realmente bastante incisivo e aos 14' reclamou um primeiro pênalti, que teria sido cometido por Muntari em Koman (acima o lance - Liverani) depois de jogada do brasileiro Barreto em que Júlio César saiu mal.
Com Donati e Gazzi vencendo o duelo com Muntari e Zanetti, a mais cristalina chance de gol da 1ª etapa foi do hondurenho Alvarez, que, entretanto, viu Júlio César negar-lhe o gol aos 28', com o arqueiro brasileiro sendo novamente decisivo aos 32', desta vez defendendo tiro de Parisi do flanco esquerdo.
No 2º tempo, a Inter continuou atuando como provinciale e o Bari aproveitou, construindo uma bela vantagem em 2 pênaltis seguidos marcados por Rosetti - o 1º cometido por Samuel, que interceptou com a mão cruzamento de Meggiorini aos 14' e o 2º por Lúcio, que derrubou Parisi aos 17' - em ambos, Barreto (ao lado marcado por Maicon - Reuters) cobrou por perfeição, alternando os cantos e sempre deslocando Júlio César para o outro.
Ma L'Inter non ci sta a perdere! Mourinho, então, agiu rápido e sacou Samuel por Santon e Muntari por Quaresma, postando Cordoba no centro da zaga e adiantando o baricentro da equipe.
E o resultado foi quase imediato, pois aos 24' Pandev aproveitou um rebote em tiro de Balotelli e descontou marcando seu 1º gol com a maglia nerazzurra.
Partida reaberta e Inter finalmente ... Inter, chegando ao empate rapidamente, aos 29', após passe errado de Donati recuperado por Milito, com a bola passando, sempre na vertical, por Sneijder até chegar a Pandev (abaixo contra Gazzi - Reuters), que foi derrubado na área por Bonucci no 3º pênalti do dia.
Oriali até reclamou pedindo a expulsão do zagueiro biancorosso, que já tinha recebido o amarelo, mas quem acabou expulso mesmo foi o próprio dirigente interista, que teve que assistir a cobrança perfeita de Milito do vestiário.
Aí, curiosamente, a Inter voltou a recuar e foi o Bari que voltou a pressionar, com Alvarez desperdiçando mais uma ótima chance, antes que Meggiorini testasse a elasticidade de Júlio César na última grande oportunidade do jogo aos 38'.
No final, um empate muito bom para a Inter contra um Bari mai domo, cujo tabellino ficou assim:
Bari: Gillet; Belmonte, A. Masiello, Bonucci, Parisi; Alvarez (89' Kamata), Gazzi, Donati, Koman (77' Rivas); Meggiorini, Barreto. All. Ventura.
Inter: Júlio César; Maicon, Lúcio, Samuel (64' Santon), Cordoba; Muntari (65' Quaresma), Zanetti, Pandev, Sneijder, Balotelli (79' Cambiasso); Milito. All. Mourinho.
Gols: 60' Barreto (pênalti), 63' Barreto (pênalti), 69' Pandev, 74' Milito (pênalti).
Árbitro: Rosetti.
Cartões amarelos: Parisi, Samuel, Lúcio, Bonucci e Belmonte.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Match Clou - 20ª Rodada 2009/2010



Embora não vá ser transmitido para o Brasil (que pena!), o 'Match Clou' da 20ª rodada da Serie A 2009/2010 promete ser uma partida espetacular!
Afinal, se não bastasse Roma e Genoa já figurarem entre os melhores ataques da competição, ambas as equipes ainda contrataram importantes reforços para a zona gol neste mercado de janeiro - que estarão em campo!
Pelo lado da Lupa Capitolina, com Totti ainda fora, Ranieri deve manter o recém contratado Toni (à direita - Bruno) como terminal ofensivo, com Taddei, Perrotta e Vucinic compondo o trio de suporte ao aríete no 4-2-3-1 predileto do treinador neste momento.
Com Júlio Sérgio de volta à meta e Lobont como opção no banco (o brasileiro Doni vai cumprir suspensão), a defesa romanista deve ter ainda Cassetti (mais abaixo - Cebrelli), Burdisso, Juan e Riise, enquanto De Rossi e Pizarro devem ser os mastins responsáveis por proteger a zaga e, devido a qualidade de ambos, iniciar as jogadas ofensivas.
No Genoa, o allenatore Gasperini, ao menos numericamente, tem mais problemas, vez que Kharja, Jankovic e, principalmente, Palacio e Palladino estão entregues ao departamento médico e serão desfalques certos.
De qualquer maneira - e mesmo jogando no Olimpico, o Grifone deve começar atuando no 3-4-3 (capaz de se transformar em um 4-5-1 quando se defende), com Mesto, Suazo (mais abaixo - Cebrelli) e Sculli formando o ataque, tendo no meio de campo o capitano Rossi e o ala Criscito nas extremidades e Milanetto e Juric mais centralizados.
Com Amelia no gol, l'undici deve ser completado com o central Dainelli realizando sua estréia ao lado de Biava (favorito su Papasthatopoulos para começar jogando) e Bocchetti na defesa, passando Moretti para o banco.
E o ex capitão da Fiorentina começa mesmo com uma missão bastante árdua, pois, se não bastasse ser uma das piores defesas do torneio (só é superado pela do lanterna Siena), o Genoa, nas últimas 3 vezes que visitou Roma para enfrentar os giallorossi, sempre saiu de campo com ... 3 gols sofridos.
Assim foi não só na temporada passada, quando perdeu por 3 x 0 (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/02/o-jogo-da-tv-parte-iii-roma-x-genoa.html) e no campeonato 2007/2008, quando protagonizou um eletrizante 3 x 2 (confira em http://calcioseriea.blogspot.com/2008/04/o-jogo-da-tv-parte-i-roma-x-genoa.html), mas também no ano de seu último rebaixamento à Serie B, em 1994, quando os sul-americanos Balbo (2) e Fonseca construíram o 3 x 0 final.
Aliás, ao todo são 42 confrontos em Roma entre estas equipes, com 29 vitórias da Roma, 6 empates e apenas 7 sucessos do Genoa, o último ocorrido no campeonato 1989/1990, quando o uruguaio Aguilera fez o tento da vitória rossoblù, que tinha ainda o ex colorado Ruben Paz em campo.
Aliás, a bandiera genoana Fosco Beccatini é o jogador que mais atuou no confronto, totalizando 11 presenças entre 1947 e 1959, enquanto Amadeo Amadei, romanista doc, é o artilheiro do embate com 5 gols anotados de 1939 a 1948.
Por fim, outra legenda romanista foi decisivo no campeonato 1983/1984, já que coube ao mítico Bruno Conti, após tabelinha com Carlo Ancelotti (isso mesmo, o atual técnico do Chelsea), fazer o gol partita na ocasião, que pode ser conferido no vídeo abaixo:

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma - Le Scomesse


'Match Clou' da 20ª giornata da Serie A 2009/2010 (a 1ª do returno), Roma x Genoa é também a partida escolhida pela 'L'Enigma', que contou com grande participação dos amigos do Calcio Serie A, inclusive com o ilustre Luiz Carlos Largo, um dos mais competentes profissionais da ESPN e costumeiro narrador do Calcio!
Aliás, vamos aos palpites ofertados: 0 x 0 - Daniel Schneider; 1 x 0 - Alcindo (e também o Fabriani Melazzo); 1 x 1 - LCLargo; 2 x 0 - Afonso; 1 x 2 - Raphael Zerlottini; 2 x 1 - Michel Costa; 2 x 2 - Hugo Ribeiro; 3 x 0 - Leonardo Mafra; 3 x 1 - Pai; 3 x 2 - JP (assim como o Bruno Matos) e 4 x 1 - Braitner Moreira.
Portanto, ao menos segundo os amigos do Calcio Serie A, a Lupa Capitolina é ampla favorita, como, inclusive, tem se sucedido desde o retorno do Grifone à Serie A!
Assim, se na temporada passada a Roma venceu por 3 x 0, na anterior foi bem mais difícil - 3 x 2, com gols de Taddei (R), Vucinic (R), Rossi (G), Leon (G) e, ufa, De Rossi (R - na foto acima contra Konko - World Soccer) (confira os detalhes em http://calcioseriea.blogspot.com/2008/04/o-jogo-da-tv-parte-i-roma-x-genoa.html).

Marcadores:

Na Última Vez ...

sexta-feira, janeiro 15, 2010

Vai começar o 'girone di ritorno'!


Neste final de semana começa o girone di ritorno da Serie A, ou seja, a segunda metade do campeonato italiano temporada 2009/2010!
E, se em agosto o girone d'andata teve início com Fiorentina x Bologna, agora o returno será iniciado com Cagliari x Livorno, que terá cobertura da ESPN HD e da RAI a partir das 15h00 (horário de Brasília) deste sábado.
Favorito, não só por jogar no Sant'Elia, mas por estar praticando um futebol muito vistoso sob o comando de Allegri, o Cagliari, entretanto, não deverá ter vida fácil, pois o Livorno tem mostrado uma boa recuperação desde que o técnico Cosmi assumiu.
Aliás, o time amaranto ainda não empatou uma partida sequer sob a batuta do allenatore perugino, ou seja, é promessa de gols!
Um pouco mais tarde, com início previsto para às 17h45, acontecerá Bari x Internazionale com transmissão, ao vivo, da ESPN Brasil, SporTV2, RAI, TV Esporte Interativo e Rede Gazeta, esta última televisão aberta.
Para quem acredita em uma passeggiata nerazzurra, vale lembrar que no jogo de ida, em Milão, a partida terminou 1 x 1 (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/11/o-jogo-da-tv-parte-iii.html para maiores detalhes) e, para este sábado, Mourinho continua com problemas para montar a equipe diante de vários desfalques.
Mas o técnico Ventura também tem alguns desfalques importantes na equipe pugliese, em especial o zagueiro Ranocchia (que não deve mais atuar neste campeonato) e o meia Almiron, suspenso.
De qualquer maneira, como o argentino Castillo (contratado junto a Fiorentina) provavelmente ainda não estará regularizado, o brasileiro Barreto (mais acima - Getty Images) deverá ter a companhia do interessante Meggiorini no ataque barese.
Falando em desfalques, problemas mesmo tem Ferrara para montar a Juventus que vai até Verona enfrentar o Chievo no domingo (com início às 12h00 e transmissão da ESPN e RAI), vez que Cáceres, Camoranesi, Poulsen, Sissoko, Giovinco, Iaquinta e Trezeguet estão indisponibili e Amauri suspenso.
Assim, Del Piero deverá jogar ao lado do giovane ... Immobile no ataque bianconero!
A outra partida que terá cobertura, ao vivo a partir das 12h00 de domingo, será Milan x Siena, atração dos canais ESPN Brasil, ESPN HD e TV Esporte Interativo.
Portanto, uma pena, mas o 'Match Clou' Roma x Genoa não será transmitido para o Brasil!
No mesmo horário, jogam ainda Atalanta x Lazio (com o time do estreante Mutti encarando o ex Floccari); Fiorentina x Bologna; Parma x Udinese e Sampdoria (que terá as estréias de Storari e Guberti) x Catania.
Por fim, fecha a rodada o bom Napoli x Palermo, que está nas grades de SporTV2, RAI e TV Esporte Interativo (cadê os canais ESPN?).
A partida, que terá começo às 17h45 do domingo, será uma ótima oportunidade para assistir o habilidoso Hamsik (acima, à esquerda - Getty Images) em ação, com a possibilidade do lateral Dossena, recém contratado junto ao Liverpool, fazer sua estréia no campeonato.
Vai faltar pipoca!

quinta-feira, janeiro 14, 2010

E Na Copa ...


Em meio de semana movimentado no futebol italiano, foram definidas as 7 equipes que se juntarão a Internazionale nos quarti di finale da Copa Itália 2009/2010, fase que será disputada ainda neste mês (mais precisamente entre os dias 20 e 28).
Aliás, caberá a Beneamata (que já havia se classificado em dezembro eliminando o Livorno - vide 'Na Última Vez ...') protagonizar o Derby d'Italia contra a Juventus, que trascinata por um excelente Diego venceu por 3 x 0 o Napoli nesta quarta, com gols do brasileiro e doppietta de Del Piero (acima em ação - La Presse), exatamente os homens de maior classe na Vecchia Signora.
É verdade que o Napoli atuou com uma equipe bastante modificada diante daquela titular na Serie A, mas a Juventus comandada por Ferrara (confirmado pelo CdA juventino antes da partida) nem parecia aquela que vinha de 6 derrotas nos últimos 8 encontros e, com uma convincente prova tática, interrompeu a invencibilidade de Mazzarri no comando partenopeo (12 jogos) e, orgulhosamente, prosseguirá na TIM Cup!
Em um round sem surpresas, na terça-feira a Roma saiu perdendo para a Triestina em pleno Olimpico, mas no 2º tempo conseguiu a virada e passou à próxima fase com o 3 x 1 final.
Jogando contra a única representante do campionato cadetto, a Lupa sofreu mais do que esperado no 1º tempo, em especial após o gol marcado por Della Rocca aos 5', mas, sempre superior, primeiramente empatou com Brighi no final da etapa inicial (acima, à esquerda, o gol do meia giallorosso - La Presse) e no 2º tempo assegurou a classificação com gols de Vucinic e Júlio Baptista.
Bem, se havia um time que poderia surpreender esse era o Novara, algoz de Siena e Parma nas fases precedentes, mas que acabou se rendendo ao ... Milan no San Siro em uma partida inusitadamente equilibrada na quarta.
Depois de sofrer o gol de Inzaghi no início, o squadrone dirigido por Tesser, mesmo com alguns de seus principais jogadores poupados, endureceu o confronto e até empatou a partida aos 46' com o argentino Gonzalez, mas acabou sucumbindo diante do gol de Flamini aos 80', que assegurou a passagem rossonera para enfrentar a Udinese na próxima etapa.
Aliás, coube ao time friulano eliminar, nestas 8ªs de final, também uma equipe da Lega Pro, fazendo 2 x 0 no Lumezzane, tentos de Lodi e Corradi.
Bem mais complicado era o adversário da Lazio, mas os Aquilotti venceram o Palermo pelo mesmo placar de 2 x 0 (Kolarov - jogando de centrocampista centrale e capaz de, apenas no 1º tempo, concluir 7 vezes ao gol rosanero - e Floccari) e seguem defendendo o título conquistado na temporada passada.
Já o Catania foi o único visitante a vencer, com Plasmati fazendo os 2 gols que eliminaram o Genoa, que diminuiu com seu capitano Rossi no 2º tempo, mas terminou a partida com apenas 9 homens em campo.
Por fim, no Franchi, o Chievo chegou a ficar por duas ocasiões em vantagem, mas a Fiorentina foi briosa e buscou o resultado para, após uma doppietta personale de Mutu, alcançar a vitória com gol do jovem senegalês Babacar (acima contra o argentino Morero - La Presse), apenas 16 anos e um grande futuro pela frente!

Marcadores:

Na Última Vez ...

quarta-feira, janeiro 13, 2010

Especulações Da Semana


Os últimos dias formaram mais uma semana repleta de especulações, mas com poucas transações efetivamente concretizadas.
Reflexo disso é que a principal transferência da semana foi a passagem do zagueiro Dainelli da Fiorentina para o Genoa por cerca de € 2,5 milhões.
Embora seja um bom jogador, a chegada de Dainelli acabou frustrando uma torcida que sonhava com o brasileiro Alex (Chelsea), com o argentino Milito (Barcelona) ou com o mexicano Rafa Márquez (Barcelona)...
Serve de consolo a declaração do presidente Preziosi de que "il Genoa continuerà a comprare"!
Porém, o brasileiro Menegazzo, que parecia ser um dos principais objetivos do Grifone, deve continuar no Bordeaux, pelo menos, até o final da temporada, vez que o clube francês, brigando pelo título da Ligue 1 e classificado para a próxima fase da Champions League, não conseguiu encontrar um substituto à altura.
Com isso, agora podem pintar no Genoa os gregos Tziolis (Panathinaikos) e Tachtsidis (AEK).
Movimentação também na Sampdoria, que trouxe ... Cassano - não, é claro, o atacante Antonio (que já joga no clube blucerchiato), mas o goleiro Massino, de propriedade do Piacenza mas que estava na Reggina por empréstimo e que deve substituir o infortunato Castellazzi.
Já o também jovem goleiro Fiorillo fez o caminho inverso, sendo emprestado pela Sampdoria à Reggina.
Deixou Gênova ainda o lateral Stankevicius que, apesar de ter sido considerado, pela segunda vez consecutiva, o melhor jogador lituano do ano, foi cedido por empréstimo con diritto di riscatto pela Sampdoria ao Sevilla.
Mas, quem esteve mesmo ativo foi o Bologna, que acertou as contratações do ugandês naturalizado alemão Nsereko, contratado pela Fiorentina no último dia de agosto mas nunca utilizado pelo técnico Prandelli, e do lateral Buscè, que estava na Reggina mas fez algum sucesso foi com o Empoli.
Por outro lado, deixaram a Emilia-Romagna o meia Tedesco, cedido à Reggina na negociação que trouxe Buscè, e o atacante Osvaldo, que foi emprestado ao Espanyol.
Outros jogadores que deixaram a Itália rumo a Espanha foram os meias Eliseu, emprestado pela Lazio ao Zaragoza, e Tiago, também por empréstimo da Juventus ao Atlético Madrid.
Para completar o panorama das transferências, a Fiorentina anunciou, nesta quarta, ter chegado a um acordo para contar com o promettente meia ofensivo Ljajic, uma das maiores revelações sérvias dos últimos tempos e que chegou a ter um pré-acordo com o Manchester United que, porém, não exerceu sua preferência no prazo estipulado.
Passando ao campo das especulações, a Juventus, até por atravessar um momento bastante conturbado, é a equipe que mais tem atraído holofotes.
Por exemplo, com o técnico Hiddink chegariam um entre o holandês Affelay e o espanhol Joaquin, vez que o atual commissario tecnico da seleção russa gostaria de atuar com esterni di centrocampo.
Outros nomes ventilados para reforçar a Juventus, diante da má fase do brasileiro Felipe Melo e da contusão sofrida pelo dinamarquês Poulsen, seriam os dos argentinos Gago (foto mais ao alto - McDonald) e Ledesma (já apontados como de interesse da Internazionale).
Aliás, as coisas andam tão confusas em Turim que os noticiaram indicam desde Lanzafame até ... Ribery para reforçar a Vecchia Signora!
Outro time que continua no olho do furacão do calciomercato é a Lazio - perdidos Pandev, Ledesma e, provavelmente, Kolarov, os Aquilotti gostariam de se reforçar com o zagueiro Van Buyten (Bayern München), com o lateral Zuñiga (Napoli) e com o meia Milanetto (Genoa), além de estarem dispostos a ceder Foggia e Rocchi para terem Esposito e Zapater do Grifone.
No tocante a brasileiros, Inter e Roma continuam tratando a transferência de Júlio Baptista, enquanto a mesma Roma está interessada em contar com Fábio Simplício e com o lateral Márcio Azevedo, do Atlético Paranaense.
Para completar, enquanto seu presidente Cellino está tratando a aquisição do ... West Ham (com um budget de cerca de € 100 milhões!), o Cagliari parece intencionado a patrocinar o retorno do zagueiro suíço Senderos (foto do alto, à esquerda - Hewitt) à Itália.
E a pergunta: porque Cellino não utiliza essa dinheirama toda para tornar o time da Sardenha uma equipe competitiva a nível de Europa? Ou será que ele só quer perseguir o Zola?

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma


Domingo é dia de Roma x Genoa e a 'L'Enigma' quer saber exatamente como vai terminar esse instigante duelo que será disputado no Olimpico.
Na temporada passada o cotejo foi válido pela 23ª rodada e terminou com o placar de 3 x 0 para a Lupa, com gols de Cicinho, Vucinic (ao lado contra o zagueiro Biava, que enverga uma inusitada maglia com listras verticais em azul e branco - Afp) e Júlio Baptista (mais detalhes em http://calcioseriea.blogspot.com/2009/02/o-jogo-da-tv-parte-iii-roma-x-genoa.html).
E agora, com Toni e Suazo em campo, qual vai ser o placar do embate?
Para participar, é só arriscar um palpite neste post!

Marcadores:

Na Última Vez ...

terça-feira, janeiro 12, 2010

Momento Panini - Patrick Vieira


Nesta semana, o meia Patrick Vieira concretizou sua saída da Inter com destino ao Manchester City, onde, sob o comando de seu antigo allenatore Roberto Mancini, acredita que poderá jogar com maior continuidade e, assim, assegurar uma vaga no grupo francês que irá disputar a próxima Copa do Mundo na África do Sul.
Efetivamente, apesar de ser um dos jogadores mais titulados da atualidade (e até, quiçá, da história!), a verdade é que La Grande Saucisse nunca conseguiu ser unanimidade jogando na Itália, ao contrário do ocorrido em sua primeira passagem pela Inglaterra, sendo até hoje ídolo dos Gunners.
Patrick Donalé Vieira nasceu aos 23 de junho de 1976 em Dakar, capital do Senegal, mas mudou-se juntamente com sua família, aos 8 anos de idade, para a França, país que acabou adotando como pátria.
Longilíneo (1,92 m por 82 kg), de passadas largas e elegantes, Vieira passou por alguns clubes menores até ser descoberto pelo antigo meia Luis Fernandez, que o levou para o Cannes, clube com o qual descobriu a Ligue 1.
Embora titular do meio de campo da equipe rouge et blanc, com a qual disputou até a Copa U.E.F.A. 1994/1995, não foi sem surpresa que o Milan anunciou a contratação de Vieira em 1995, então apenas um espoirs francês de 19 anos.
Fã do argentino Redondo, este milieu défensif muito inteligente, dotado de ótimo passe e grande visão de jogo, logicamente não conseguiu muito espaço no time rossonero treinado por Capello e que tinha Weah, Savicevic, Baggio e, especificamente, Albertini, Desailly, Eranio e o também giovane Ambrosini para a função de volante.
Ainda assim, Vieira se sagrou campeão italiano da temporada 1995/1996, embora tenha entrado em campo apenas em duas ocasiões pela Serie A: em 31 de março de 1996, quando fez sua estréia como titular na vitória externa sobre o Piacenza por 2 x 0 e na rodada seguinte, a 29ª, no empate de 0 x 0 contra Lazio substituindo Albertini no decorrer da 2ª etapa.
Apesar de ter planos para o francesino, o Milan não se opôs ao assédio do Arsenal, que pagou cerca de £ 3,5 milhões pelo passe de Vieira em setembro de 1996.
O valor, considerável para uma promessa como o então jovem Vieira, acabou se mostrando um grande affare diante do que o francês fez nas 9 temporadas que passou em Highbury, coroadas com 3 títulos da Premier League, 4 da FA Cup e outros tantos da Community Shield.
Arsenè Wenger, seu treinador nos tempos dos Gunners, uma vez bem colocou que Vieira "possui uma força e um talento incrível, técnica e determinação que lhe garantem uma enorme influência dentro do gramado".
Apesar de tudo isso e de ter sido eleito em 6 ocasiões para o PFA Team Of The Year, Vieira notou que não era mais considerado imprescindível no Arsenal e, em 14 de julho de 2005, aceitou a oferta da Juventus para voltar à Itália.
Na Vecchia Signora, que pagou cerca de £ 18 milhões ao clube londrino, Vieira começou em grande estilo, se tornando rapidamente peça chave no centrocampo que Capello conduziu ao scudetto posteriormente assegnato all'Inter em razão do escândalo do Calciopoli (a figurinha mais ao alto é da temporada em questão, 2005/2006).
Porém, Vieira foi um dos juventini que não quis acompanhar a equipe bianconera na Serie B, preferindo passar à rival Internazionale, com a qual estreou na final da Supercoppa disputada em agosto de 2006 contra a Roma marcando logo uma doppietta.
Mas, mesmo sob o comando de Roberto Mancini, na Beneamata (a figurinha ao lado é da temporada 2008/2009) Vieira nunca conseguiu ser titular indiscutível, totalizando, no máximo, 20 presenças em uma temporada da Serie A, realmente muito pouco para quem almeja um posto de protagonista na próxima Copa do Mundo, competição que já conquistou em 1998.
Assim, tendo jogado apenas 681 minutos na atual Serie A, Vieira, de origem cabo-verdiana, resolveu buscar melhor sorte no ambicioso City, de forma a poder superar as atuais 107 presenças com a Equipe de France!

Marcadores:

Na Última Vez ...

segunda-feira, janeiro 11, 2010

'B' Em Pílulas


* Pela 21ª giornata da Serie B TIM 2009/2010, o Lecce visitou o Sassuolo e ficou no 1 x 1 no principal jogo da rodada, gol do argelino Mesbah e réplica de Noselli;
* Com o resultado, os salentini ampliaram a vantagem frente ao 2º colocado Ancona, que perdeu na rodada para o vice-lanterna Mantova por 2 x 0, tentos do veterano Locatelli e Nassi;
* Agora, o Lecce tem 38 pontos e o Ancona 36;
* Com 35 pontos aparece o Cesena, que fez fáceis 3 x 0 no Piacenza com gols do brasileiro Do Prado (cobrando pênalti) e doppietta do meia Parolo;
* Um Torino nervoso e sfortunato caiu diante do Cittadella por 2 x 0 (ao lado uma fase do jogo - La Stampa) e segue na parte baixa da tabela com apenas 27 pontos;
* Já o Brescia confirmou a boa fase vencendo o Padova por 3 x 2, gols de Dallamano (B), Caracciolo (B), Jidayi (P), Possanzini (B) e Cuffa (P);
* Depois de realizarem doppiette na rodada anterior, Antenucci e Bernacci voltaram a marcar para o Ascoli, que venceu por 3 x 1 o Crotone, com Antenucci realizando mais uma doppietta e chegando a 12 no campeonato, 2 atrás do artilheiro Mastronunzio do Ancona.

Marcadores:

Na Última Vez ...

Panorama Da Rodada


Com a realização da 19ª rodada neste último final de semana, a Serie A 2009/2010 chegou a sua metade!
Apesar de faltarem 4 partidas válidas pela 17ª rodada - adiadas em razão do mau tempo que assolou a Itália no final de dezembro, alguns verdetti importantes já estão definidos, como o título do girone d'andata para a Internazionale e a última colocação para o Siena.
Porém, no encontro deste sábado (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2010/01/o-jogo-da-tv-parte-ii-internazionale-x.html), nem parecia que as equipes estavam tão distantes na tabela, tanto que a Beneamata só conseguiu a vitória (por 4 x 3) nos acréscimos!
Do mesmo modo, o Milan ainda tem 1 jogo a recuperar, mas assegurou o 2º posto na graduatória ao humilhar a Juventus no posticipo de domingo (confira em http://calcioseriea.blogspot.com/2010/01/o-jogo-da-tv-parte-iv-juventus-x-milan.html).
Já a Vecchia Signora, ainda em zona Champions, tem a companhia do ótimo Napoli targato Mazzarri, que conseguiu recuperar o time partenopeo e, com uma série de 12 resultados úteis consecutivos, faz o San Paolo sonhar, como neste domingo, quando Denis decidiu a partida contra a Sampdoria (os detalhes em http://calcioseriea.blogspot.com/2010/01/o-jogo-da-tv-parte-iii-napoli-x.html).
Quem também protagonizou uma ótima recuperação foi a Roma, que abriu esta última giornata vencendo o Chievo (veja como foi em http://calcioseriea.blogspot.com/2010/01/o-jogo-da-tv-parte-i-roma-x-chievo.html).
Logo atrás da Lupa Capitolina terminou o girone d'andata a Fiorentina, que neste domingo passou pelo Bari em um jogo eletrizante que terminou com a suada vitória viola por 2 x 1.
Apesar de ter começado pressionado, o time barese conseguiu abrir o placar com o brasileiro Barreto aos 25', tendo depois desperdiçado algumas oportunidades de ampliar o marcador (inclusive um belíssimo tiro de Meggiorini que bateu na trave direita de Frey e foi sair pela linha de fundo ... do lado oposto!), ao que sobreveio o tento de empate da Fiorentina, anotado por Mutu (na foto do alto contrastado por Almiron - Maltinti) aos 38'.
No 2º tempo, foi a vez do Bari começar mais incisivo, mas a Fiorentina soube aproveitar a vantagem numérica proporcionada pela expulsão de Almiron e com o neo entrato Castillo (que posteriormente também receberia cartão vermelho) chegou a vitória importantíssima.
De lamentar, em uma partida muito bem disputada, apenas a contusão sofrida pelo ótimo zagueiro Ranocchia, que deverá desfalcar o Bari por um período ainda a ser apurado.
Aguardando uma bobeada dos ponteiros para brigar por uma vaga na UCL está também o Palermo, que fez 1 x 0 em uma Atalanta tutto grinta (e comandada pelo ex Bonacina) com o uruguaio Cavani cobrando pênalti.
O mesmo placar ocorreu no Renato Dall'Ara, mas a favor dos visitantes, com o Cagliari jogando muito bem postado defensivamente para segurar o ímpeto dos mandantes e alcançando a vitória com uno sprazzo di classe de seu bomber Matri.
Com a derrota (a 3ª consecutiva), o Bologna só não terminou o turno na zona de rebaixamento porque o Catania foi derrotado no Ferraris pelo Genoa por 2 x 0, gols de Mesto e Sculli (acima a cabeçada certeira do avante rossoblù - Tanopress), um em cada tempo.
Aliás, disposto a sair da degola está mesmo o Livorno, que venceu por 2 x 1 o bom Parma de Guidolin, com os atacantes Tavano e Cristiano Lucarelli marcando para o time amaranto e Zaccardo descontando para o crociato, onde alinhou o defensor Alessandro Lucarelli, irmão de um dos goleadores do dia.
Por fim, Udinese e Lazio fizeram um jogo especialmente movimentado no final, quando Mauri e Siqueira desperdiçaram ótimas chances, mas que terminou mesmo 1 x 1 (o vídeo ao final do post traz exatamente os highlights dessa partida), placar todo construído no 1º tempo, com Floccari marcando seu 3º gol em duas partidas pelos Aquilotti e Di Natale (na foto abaixo disputando a bola com Zárate - Panato) chegando ao seu 13º no campeonato, marca que o coloca como capocannoniere do girone d'andata!
Com esses resultados, a classificação da Serie A está assim, sempre lembrando que Atalanta, Bari, Bologna, Cagliari, Fiorentina, Genoa, Milan e Udinese têm uma partida ainda a recuperar: 1º Internazionale (45 pts); 2º Milan (37); 3º Juventus (33); 4º Napoli (33); 5º Roma (32); 6º Fiorentina (30); 7º Palermo (30); 8º Parma (28); 9º Bari (27); 10º Genoa (27); 11º Cagliari (27); 12º Sampdoria (26); 13º Chievo (24); 14º Livorno (21); 15º Lazio (20); 16º Udinese (19); 17º Bologna (16); 18º Catania (15); 19º Atalanta (13) e 20º Siena (12).
Já os recordmen della giornata foram: Palle recuperate: 1º Campagnaro (Napoli) 35; 2º Bocchetti (Genoa) e Chiellini (Juventus) 30; Passaggi riusciti: 1º Milanetto (Genoa) 80; 2º Montolivo (Fiorentina) 61; 3º Pirlo (Milan) 59; Assist: 1º Di Natale (Udinese) e Mesto (Genoa) 5; 3º Adailton (Bologna), Galloppa (Parma), Reginaldo (Siena), Santana (Fiorentina) e Taddei (Roma) 4; Tiri: 1º Maccarone (Siena) e Mutu (Fiorentina) 7; 3º Floro Flores (Udinese) e Sculli (Genoa) 6.

video

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...

domingo, janeiro 10, 2010

O Jogo Da TV (Parte IV) - Juventus x Milan



No dia da última chamada para Juventus e Milan no atual campeonato, o squadrone rossonero não deixou pairar dúvidas sobre quem é l'anti Inter e, mesmo jogando em Turim, sapecou impiedosos 3 x 0 na Vecchia Signora, que saiu totalmente desolada de campo e com seu allenatore Ferrara cada vez mais bambo.
Os desfalques eram fartos em ambos os lados - Buffon, Cáceres, Sissoko, Camoranesi, Iaquinta e Trezeguet do lado da Juve; Oddo, Zambrotta, Seedordf e Pato pelo Milan -, mas Leonardo se saiu melhor já na montagem da equipe, mandando o Diavolo a campo em um audacioso 4-2-1-3, com Pirlo um pouco a frente de Gattuso e Ambrosini e dietro a Beckham, Borriello e Dinho.
Na Juventus, Ferrara, talvez sentindo a pressão pela má fase, armou uma equipe bem mais cautelosa, com Salihamidzic, Felipe Melo, Poulsen e Marchisio formando uma linha no centrocampo, tendo apenas Diego alle spalle de um inconsistente Amauri na frente.
Aliás, infelizmente, o trio brasileiro da Vecchia Signora - Felipe Melo, Diego e Amauri - estão bem no centro do furacão, figurando entre os piores da (até aqui) pífia temporada bianconera.
De qualquer forma, em um jogo que iniciou morno, com uma instigante disputa tática, a Juventus até que conduziu as primeiras iniciativas e Diego foi o autor da primeira boa chance, disparando um chute cruzado que passou ao lado do gol defendido por Dida aos 13'.
Porém, o Milan, com um incansável Ambrosini no meio, foi, aos poucos, conquistando o centrocampo e, aos 29', conseguiu perfurar o sólido esquema defensivo adversário em uma clamorosa falha do volante Felipe Melo (acima fugindo exatamente de Ambro - La Presse), que não cortou um escanteio cobrado por Pirlo e permitiu que o zagueiro Nesta, totalmente livre dentro da pequena área, concluísse para fazer seu 3º gol stagionale e o 7º em sua carreira na Serie A.
Aí, aflorou toda a incapacidade ofensiva da Juventus targata Ferrara, que só conseguiu levar perigo ao gol de Dida em uma confusa jogada na qual Cannavaro tentou e Chiellini conseguiu concluir in mischia.
Já o Milan, se não forçou, ao menos foi mais perigoso em um tiro de Thiago Silva defendido por Manninger aos 45' e em uma cabeçada de Ronaldinho na cobrança do corner subseqüente, que só não entrou porque desviou em Amauri (à esquerda tentando uma acrobazia na frente de Nesta - La Presse).
No 2º tempo, Del Piero só entrou em campo aos 15', quando o Milan já controlava a partida depois de um avvio interessante da trupe bianconera, que logo em seguida perderia Poulsen (que deverá ficar fora por mais de um mês), em cujo lugar entrou De Ceglie.
Aliás, com a entrada de De Ceglie, Diego foi parar na faixa da direita, onde antes estava Salihamidzic, desaparecendo por completo (ao todo, o fantasista brasileiro participou de 33 jogadas - um número até expressivo se comparado com seu compatriota Amauri, que só tocou na bola em 13 oportunidades durante toda a partida!).
O Milan, então, percebeu que era chegada a hora de osare e, em novo escanteio cobrado por Pirlo, Ronaldinho só desviou para fazer 2 x 0 aos 27'.
Foi o golpe do k.o., vez que a Juventus, apática, não teve forças para reagir e o Milan, uma vez mais com Ronaldinho (ao lado disputando a bola com Grygera - Apf), ainda fez 3 x 0 no finalzinho, deixando a Madama a -4 (e com um jogo a mais!) e, pior, com -6 em comparação ao campeonato passado, fazendo ... Ranieri sorrir!
O tabellino do cotejo, que teve 60,7% da posse de bola com o Milan:
Juventus: Manninger; Grygera, Cannavaro, Chiellini, Grosso; Salihamidzic (60' Del Piero), Poulsen (63' De Ceglie), Felipe Melo, Marchisio, Diego; Amauri. All. Ferrara.
Milan: Dida; Abate, Nesta, Thiago Silva, Antonini; Gattuso (65' Flamini), Ambrosini, Pirlo; Beckham, Borriello (85' Huntelaar), Ronaldinho. All. Leonardo.
Gols: 29' Nesta, 72' Ronaldinho, 88' Ronaldinho.
Árbitro: Damato.
Cartões amarelos: Poulsen, Ambrosini e Amauri.
A seguir, os highlights da partida.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

O Jogo Da TV (Parte III) - Napoli x Sampdoria



No dia em que perdeu Lavezzi (o atacante deverá ficar no estaleiro por cerca de 1 mês), o Napoli encontrou no substituto Denis o homem decisivo para chegar ao 12º resultado útil consecutivo e, com a vitória sobre a Sampdoria, pular (ao menos enquanto aguarda o posticipo Juventus x Milan) para o 3º posto!
Diante de 50.000 espectadores, Mazzarri armou seu Napoli no 3-4-2-1 para enfrentar seu ex clube, tendo inicialmente Hamsik (abaixo entre Mannini e Ziegler - Bellini) e Lavezzi dietro a Quagliarella, mas desde um pouco antes da metade do 1º tempo, com a entrada de Denis no lugar de Pocho Lavezzi, Quaglia recuou alguns metros cedendo o posto de prima punta a El Tanque.
Porém, apesar da Samp atual ser uma das visitantes mais aguardadas (chegou a sua 6ª derrota seguida jogando fora de casa), o 1º tempo do encontro do San Paolo não foi dos mais animados, muito disputada no meio de campo, mas com poucas chances reais de gols, merecendo destaque apenas uma desperdiçada por Maggio aos 29'.
Já a 2ª etapa começou movimentada, com Denis estufando as redes logo aos 2', em gol que acabou anulado pelo árbitro Rizzoli por impedimento milimétrico do avante portenho.
Depois, foi a vez do ala Maggio voltar a ser protagonista della fiammata entre os 17' e os 21', chutando por cima na primeira oportunidade e esbarrando em Fiorillo (que entrou no lugar de Castellazzi no início do 2º tempo) na seguinte.
Com Cassano (ao lado duelando com Grava - Bellini) e Pazzini pouco acionados, o Napoli continuou muito mais propositivo e, aos 26', chegou a merecida vantagem em jogada toda argentina: Campagnaro cruzou da direita e Denis se antecipou a Zauri e Fiorillo (abaixo - Napoli) para realizar o gol partita.
Na Samp, com os esterni bloccati, Del Neri deve se preocupar com a involução do jogo, vez que parecem já distantes os dias em que a trupe blucerchiata surpreendia com a liderança isolada da Serie A (mas fazem apenas algumas rodadas!) e o time só conseguiu esboçar algo de produtivo no final, depois do tento partenopeo.
Mas, ainda assim, un tiro dal limite de Cassano e due punizioni de Palombo foi muito pouco para evitar mais uma derrota externa da Samp.
O tabellino:
Napoli: De Sanctis; Campagnaro, Cannavaro, Grava; Maggio, Pazienza, Gargano, Aronica, Hamsik, Lavezzi (20' Denis); Quagliarella (90' Cigarini). All. Mazzarri.
Sampdoria: Castellazzi (49' Fiorillo); Zauri, Gastaldello, Lucchini, Ziegler; Semioli (77' Pozzi), Palombo, Poli, Mannini (79' Padalino); Cassano, Pazzini. All. Del Neri.
Gol: 71' Denis.
Árbitro: Rizzoli.
Cartões amarelos: Campagnaro, Zauri, Gargano e Ziegler, tutti per gioco scorretto.
A seguir, os highlights da partida:

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Você Sabia ...


* Que, mesmo com a aposentadoria de Maldini, o Milan (abaixo, à direita, uma formazione tipo - Guerin Sportivo) continua sendo a equipe più anziana da Serie A, com 30,7 anos de média se considerados os jogadores já utilizados por Leonardo até a 18ª giornata?
* Que, em seguida, aparece o deludente Bologna, com média de 30,1, enquanto Chievo e Fiorentina completam o quarteto que supera os 29 anos de média?
* Que, com os jogadores até aqui utilizados, a Juventus apresenta uma média de 28,9 anos, a capolista Inter 28,5 e a Udinese, com un'età media di 26 anos, é la più giovane?

Marcadores:

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker