Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, setembro 12, 2009

O Jogo Da TV (Parte II) - Lazio x Juventus



Duas semanas depois de vencer a Roma com grande atuação de Diego, a Juventus voltou a capital italiana para enfrentar a Lazio nel primo scontro di vertice della stagione e, pelo menos nesta noite, dormirá como líder isolada da Serie A!
Mas, na giornata em que Ferrara promoveu as estréias dos laterais Cáceres e Grosso (ao lado o eroe azzurro marcando Matuzalem - Bellini) e ainda deixou Cannavaro no banco, lançando Legrottaglie ao lado de Chiellini, o 1º tempo foi de clara marca laziale.
Sem Zárate, mas com Foggia ao lado do aríete Cruz suportados pela tríade formada por Dabo, Baronio e Mauri, com Matuzalem na função de trequartista, a Lazio esteve mais vivace e rápida na 1ª etapa, com os comandados de Ballardini determinando um ritmo bastante elevado à partida.
Dessa forma, a Lazio teve as melhores chances no 1º tempo e chegou a mesmo a marcar, mas o árbitro Gervasoni optou por anular o tento anotado por Mauri (abaixo sofrendo a pressão de Felipe Melo - Bruno), assinalando falta precedente de Cruz.
O 2º tempo, com Giovinco no lugar de Diego (que saiu contundido), começou quase como terminou o anterior, com a Lazio dominando as ações e a Juventus encontrando dificuldades para agire di rimessa, principalmente diante de uma atenta e bem postada defesa laziale.
Porém, apesar do domínio territorial da trupe de Ballardini, a Juventus foi, aos poucos, crescendo e passou a criar as melhores oportunidades de gol, como aos 8', quando Amauri não alcançou um cruzamento perigoso de Grosso e por pouco não marcou.
Aos 21', foi a vez de Giovinco servir, de forma deliciosa, Trezeguet, com o francês concluindo de forma fraca para defesa de Muslera.
Mas, tendo percebido que a vitória era possível, a Juve chegou ao seu gol aos 27', com o estreante Cáceres concluindo uma jogada por ele mesmo iniciada, disparando de forma indefensável para seu compatriota Muslera (ao lado, o pontente tiro do lateral uruguaio - Liverani).
Aí a Juventus cresceu e de nada adiantou as entradas de Inzaghi e Eliseu, com a Vecchia Signora mostrando maturidade para controlar uma Lazio que, claramente, não absorveu o golpe de sofrer um gol depois de 346 minutos de imperforabilità.
Por fim, o nocaute veio já nos acréscimos, aos 49', quando Giovinco cruzou, Muslera protagonizou grande defesa em conclusão acrobática de Amauri e Trezeguet só teve o trabalho de empurrar paras redes e comemorar seu 117º gol na Serie A!
O tabellino:
Lazio: Muslera; Lichtsteiner, Diakite, Siviglia, Kolarov; Dabo (68' Inzaghi), Baronio, Mauri, Matuzalem; Foggia (80' Eliseu), Cruz. All. Ballardini.
Juventus: Buffon; Cáceres, Legrottaglie, Chiellini, Grosso (87' Molinaro); Marchisio, Felipe Melo, Camoranesi (69' Tiago), Diego (45' Giovinco); Amauri, Trezeguet. All. Ferrara.
Gols: 72' Cáceres, 94' Trezeguet.
Árbitro: Gervasoni.
Cartões amarelos: Legrottaglie, Felipe Melo, Cáceres e Amauri.
Abaixo, os highlights da partida.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

O Jogo Da TV (Parte I) - Livorno x Milan



Depois da goleada casalinga sofrida contra a Inter (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/08/o-jogo-da-tv-parte-i-milan-x.html), o Milan targato Leonardo voltou a decepcionar e não passou de um empate em 0 x 0 com o neopromosso Livorno no primeiro anticipo da 3ª rodada, disputado neste sábado no Armando Picchi.
Aliás, não obstante as 25 conclusões computadas pelo projeto DigitalSoccer da Panini (12 pelo Livorno e 13 pelo Milan), o cotejo não foi dos mais empolgantes.
Disposto no 4-4-2 com dois meias de origem (Raimondi e Vitale) como laterais, o Livorno, que promoveu a estréia do brasileiro Mozart (acima marcando Ambrosini - Getty Images) no centrocampo, começou melhor, chegando mesmo a monopolizar as iniciativas ofensivas, só que teve em seu aríete Lucarelli um definidor pouco preciso.
Assim, aos 19', o avante amaranto testou sozinho, da marca da pequena área, para fora, desperdiçando aquela que foi, provavelmente, a melhor chance do 1º tempo.
O Milan, que parecia só ter o lado direito, onde Oddo foi bastante propositivo, mas pouco eficaz, continou sofrendo e quase sofreu novamente o revés aos 34', quando primeiramente Candreva testou o arqueiro Storari (que pareceu pouco seguro, rebatendo demais as conclusões levadas a cabo) com um chute de média distância e depois Raimondi concluiu para fora, com a bola passando por toda a extensão da área rossonera sem ser importunada antes de sair.
Na verdade, com Ronaldinho apático e Huntelaar (ao lado com Flamini marcando Moro - La Presse) pouco incisivo, o Milan só conseguiu ser perigoso quase no finalzinho da 1ª etapa, com Pato exigindo boa defesa de De Lucia, que conseguiu colocar a bola a escanteio.
No 2º tempo, Leonardo trocou Ronaldinho e Huntelaar por Pirlo e Inzaghi aos 10' e logo em seguida o time rossonero teve sua melhor chance, com Pirlo acertando a travessão em cobrança de falta.
Com Pippo ao lado de Pato e tendo Seedorf alle spalle, o Milan melhorou e conseguiu dominar as ações por algum tempo, até que Ruotolo mandou a campo os meias Filippini e Bergvold e, com oxigênio novo nelle gambe, o Livorno voltou a obstaculizar, com eficiência, a manovra rossonera.
O empate, em 0 x 0, acabou sendo justo pelo que apresentado.
Il tabellino:
Livorno: De Lucia; Raimondi, Perticone, Miglionico, Vitale; Pulzetti, Mozart (64' Filippini), Candreva, Moro (69' Bergvold); Tavano (84' Marchini), Lucarelli. All. Ruotolo.
Milan: Storari; Oddo, Nesta, Thiago Silva (que foi o grande recuperador de bolas da partida, com 26 palle recuperate - acima antecipando Tavano - Liverani), Jankulovski; Flamini (79' Abate), Ambrosini, Seedorf, Ronaldinho (55' Pirlo); Pato, Huntelaar (55' Inzaghi). All. Leonardo.
Árbitro: Orsato.
Cartões amarelos: Vitale, Thiago Silva, Pulzetti e Miglionico.
Abaixo, os parcos highlights da partida, bem como entrevista com o bom meia Candreva.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Match Clou - 3ª Rodada 2009/2010



Duas rodadas, duas vitórias! Tanto Lazio, quanto Juventus, chegam para o 'Match Clou' da 3ª rodada, que será disputado neste sábado, com aproveitamento integral e dispostas a permanecer na ponta.
Se ambos os treinadores têm problemas, o laziale Ballardini parece ter os maiores, vez que, além dos afastados Ledesma e Pandev, não poderá contar com os avantes Zárate e Rocchi e com o meia Brocchi, todos supostos titulares e indisponibili, assim como com o zagueiro brasileiro Cribari, suspenso.
Assim, o esquema 4-3-1-2 deverá ter o arqueiro Muslera protegido por Lichtsteiner, Diakite, Siviglia e Kolarov (à direita - Tanopress), que formarão o setor defensivo.
No centrocampo, a posição de trequartista deverá ser ocupada por Matuzalem, com Dabo e Mauri circundando o regista Baronio (abaixo, à esquerda - Tanopress), de refugo a líder do plantel sob o comando da nova comissão técnica.
Na frente, o argentino Cruz deverá ter a companhia do habilidoso Foggia.
Na Juventus, Del Piero permanecerá em Turim fazendo tratamento específico para retornar à disposição na estréia do time na Champions League contra o Bordeaux - também não viajaram para Roma os defensores Grygera e Zebina e os meias Salihamidzic e Sissoko, todos entregues ao departamento médico.
Com Buffon confirmado sob a meta, o restante da defesa bianconera deverá formar bastante alterada, com Ferrara devendo promover as estréias dos laterais Cáceres e Grosso e postando Legrottaglie (mais abaixo - Tanopress) ao lado de Chiellini, dando un turno di riposo a Cannavaro.
No meio, utilizando o mesmo esquema da Lazio, a Juventus deve ter uma linha com Camoranesi, Felipe Melo e Marchisio e Diego um pouco mais à frente, logo atrás dos atacantes Amauri e Trezeguet, em vantagem su Iaquinta.
Computados apenas os jogos realizados em Roma válidos pela Serie A, o confronto está totalmente equilibrado, com 24 vitórias para cada lado, 17 empates e 87 gols marcados por cada um dos times, que ainda empataram na última temporada em 1 x 1, tentos de Ledesma e Mellberg na estréia do promettente zagueiro Ariaudo (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/01/o-jogo-da-tv-parte-iii-lazio-x-juventus.html).
Apesar desse incrível equilíbrio, a Lazio não derrota a Juventus desde a 12ª rodada do campeonato 2003/2004, quando, treinada por Mancini, venceu a adversária por 2 x 0, gols de Corradi e Fiore.
Curiosamente, naquele 06 de dezembro de 2003, Ferrara esteve em campo, tendo entrado no 2º tempo no posto de Montero e figurado ao lado de Buffon, Legrottaglie e Del Piero, dentre outros.
Já a última vitória bianconera ocorreu na temporada 2007/2008, quando os mandantes perderam por 3 x 2, graças a gols de Trezeguet e Del Piero, que firmou uma doppietta, assim como o laziale Pandev (os melhores momentos dessa partida podem ser conferidos no vídeo ao final do post).
Aliás, Del Piero, se não é o maior artilheiro do embate, é o jogador que mais atuou no confronto, totalizando 14 presenças contra Lazio, tendo superado na última temporada o arqueiro Peruzzi, que participou de 13 edições do confronto, 7 vezes pela Juve e 6 pelos Aquilotti.
Para se tornar também o giocatore con più gol, Pinturicchio, que já estufou as redes 5 vezes no duelo, terá que se esforçar ainda um pouquinho, vez que o lendário Piola marcou 8 vezes contra Juventus entre 1934 e 1942.
Quem sabe no ano que vem?

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma - Le Scomesse


Genoa x Napoli, a partida da 'L'Enigma' desta semana, atiçou o sexto sentido dos amigos do Calcio Serie A, que afiançaram os seguintes resultados: 0 x 0 - Michel Costa; 1 x 0 - Pai; 1 x 1 - Raphael Zerlottini; 2 x 0 - Sérgio André; 1 x 2 - Mafra (e o Bruno Matos!); 2 x 1 - Cyntia; 2 x 2 - Gustavo Freire e 3 x 1 - JP.
Aliás, o embate promete mesmo, tanto que na temporada passada terminou em emocionantes 3 x 2 para os mandantes (na foto acima, Palladino e Mesto tentam controlar Hamsik - Mosca), que ainda tiveram o capitano Rossi e o zagueiro Papastathopoulos expulsos!

Marcadores:

Na Última Vez ...

sexta-feira, setembro 11, 2009

Serie A volta neste final de semana


Depois de uma breve parata para que a seleção italiana pudesse entrar em ação pelas Eliminatórias para a próxima Copa do Mundo, a Serie A retorna neste final de semana.
E, que retorno! Para começar, no sábado, tem Livorno x Milan a partir das 13h00 (horário de Brasília), com transmissão da ESPN Brasil e da RAI e provável estréia de Huntelaar (abaixo - Getty Images) como titular, vez que o holandês deve formar o ataque rossonero com o brasileiro Pato, tendo Ronaldinho como trequartista.
Pelo lado do Livorno, embora a equipe ainda não esteja defenida, são prováveis as estréias do brasiliano Mozart e do esterno Vitale, contratado junto ao Napoli.
Logo em seguida, começando às 15h45, acontecerá o 'Match Clou' Lazio x Juventus, que terá cobertura da SporTV, da RAI, da TV Esporte Interativo e da Gazeta, que transmitirá a partida para a televisão aberta.
No domingo, destaque para Siena x Roma (ESPN Brasil e SporTV) e Internazionale x Parma (ESPN, ESPN HD, RAI, TV Esporte Interativo e Cultura, esta última também para a televisão aberta), ambas começando no tradicional horário das 10h00 (sempre hora oficial de Brasília).
No mesmo momento, jogarão ainda Atalanta x Sampdoria; Bologna x Chievo; Fiorentina x Cagliari; Palermo x Bari e Udinese x Catania.
Por fim, completando a giornata, o posticipo de domingo será o interessante Genoa x Napoli, confronto de duas equipes bastante ofensivas e dentre as que mais contrataram no último mercato.
Será uma ótima oportunidade, aliás, para que Don Diego, atual técnico da seleção argentina, veja em ação os avantes Figueroa, Lavezzi e Palacio (à esquerda - Getty Images), que deverão começar como titulares, enquanto Crespo e Denis devem partir apenas como opções no banco.
Portanto, Maradona, olho na ESPN Brasil ou RAI a partir das 15h45 de domingo!

quarta-feira, setembro 09, 2009

Gli Azzurri


A Azzurra está quase lá! Com as duas vitórias obtidas nos últimos dias, a Itália abriu 4 pontos de vantagem sobre a Irlanda, seconda no Grupo 8 e, agora, precisa apenas empatar contra a própria Irlanda em outubro para carimbar seu passaporte rumo à África do Sul em 2010.
A situação ficou tão cômoda que, mesmo que os selecionados por Lippi percam em Dublino no dia 10 de outubro próximo, bastará à Itália vencer Chipre 4 dias depois no Tardini di Parma para assegurar o primeiro posto de grupo e, conseqüentemente, a vaga na próxima Copa do Mundo.
Porém, nem tudo parecia uma passeggiata quando a Itália enfrentou a Geórgia no último dia 05...
Jogando em Tbilisi e disposta no 4-4-2 com Rossi e Iaquinta como atacantes (ao lado a formação inicial italiana - Getty Images), a Itália sofreu mais do que o esperado para derrotar a apenas esforçada seleção local.
Pior, sem marcar um único gol desde a estréia na desastrosa Copa das Confederações (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/06/gli-azzurri_17.html), a Azzurra precisou que o rossonero Kaladze (abaixo contra Marchionni - Ap), capitão e principal jogador georgiano, em atuação desastrosa, jogasse duas vezes contra a própria meta para ter assegurada a vitória.
Efetivamente, Kaka Kaladze marcou ambos os gols italianos, o primeiro su traversone de Palombo e o segundo ao tentar antecipar Iaquinta.
Menos mal que no jogo seguinte, disputado contra a Bulgária em Turim, a Squadra Azzurra foi convincente e, em especial no 1º tempo, com Pirlo vertice alto del rombo di centrocampo (no esquema 4-3-1-2), atuou muito bem.
Assim, com gols de Grosso (aproveitando lançamento preciso de Pirlo) e Iaquinta (abaixo marcado por Angelov - Cebrelli), a Itália construiu o placar definitivo ainda na 1ª etapa, se permitindo a reduzir o ritmo no 2º tempo, quando apenas controlou a partida, sem jamais correr maiores riscos.
Sem tanto sucesso foi o começo da caminhada da Under 21 de Casiraghi rumo ao Europeo da categoria, cuja fase final será realizada em 2011.
Com vários esordienti (os únicos remanescentes do grupo anterior que disputou o Europeu terminado em julho foram o defensor Ranocchia e os avantes Balotelli e Paloschi) e alguns jogadores utilizados de forma improvisada, a Itália caiu diante do mais arrumado Gales por 2 x 1 na última sexta-feira, com ambos os gols dos The Dragons, que jogaram em casa, surgindo de desatenções defensivas dos azzurrini, que ainda conseguiram um momentâneo empate com Paloschi.
Já no dia de ontem, mesmo sem jogar bem, os Azzurrini (ao lado a formação inicial - Getty Images) conseguiram vencer Luxemburgo por 2 x 0 em Novara, com gols do meia Poli e do atacante Balotelli, um em cada tempo.
Mesmo sem ter que se preocupar com a defesa - que foi pouquíssimo exigida, o que se viu no Silvio Piola foi um meio de campo (formado, inicialmente, por Mustacchio, Poli, Soriano e Barillà) sem criatividade, que encontrou muita dificuldade para municiar o ataque, mais uma vez composto por Balotelli e Paloschi.
Portanto, se não quiser ficar de fora do próximo Under 21 Championship, o time de Casiraghi vai ter que melhorar muito!

Marcadores: ,

Na Última Vez ...

L'Enigma


No próximo final de semana a Serie A estará de volta com sua 3ª giornata, que terá como 'Match Clou' o anticipo Lazio x Juventus.
Mas a 'L'Enigma' quer saber como vai terminar o posticipo de domingo, que será o desafiante Genoa x Napoli.
Qual será o placar do cotejo em questão?
Na temporada passada, vitória rossoblù por emocionantes 3 x 2, com direito a gols de Lavezzi, Papastathopoulos, Palladino, Milito (acima contra Rinaudo e observado por Contini - Ap) e Denis.
Vamos participar que todos ainda têm chances de ganhar os prêmios oferecidos pelo Calcio Serie A - uma magnífica flâmula oficial da Internazionale (igualzinha a da imagem ao lado, medindo 28 x 20 cm) e um exclusivo certificado do blog!

Marcadores:

Na Última Vez ...

terça-feira, setembro 08, 2009

Momento Panini - Andrea Pirlo


Ao recusar a proposta milionária do Chelsea para se juntar ao seu antigo treinador Carlo Ancelotti, o meia Andrea Pirlo afirmou que, mesmo sem contar mais com Kaká e Maldini, o Milan vai brigar pelo título em todas as competições que participar e vaticinou: "vocês verão o que esse grupo histórico pode fazer. Vamos fazer todos repensarem e engolir muitas de suas críticas".
É cedo para avaliar qualquer prognóstico, porém, é certo que este meia nascido na província de Brescia, mais precisamente em Fiero aos 19 de maio de 1979, é engrenagem essencial na squadra rossonera, tanto que, não obstante Kaká tenha alcançado sua melhor marca (16 gols!) na última temporada, a campanha do Milan foi pífia diante de suas pretensões, em muito por causa do mau momento vivido pelo seu regista.
Crescido no Brescia, com o qual estreou na Serie A no 2º tempo da partida disputada contra a Reggiana em 21 de maio de 1995, portanto, com incríveis 16 anos e 2 dias, Pirlo é um meia dotado de grande habilidade e, em forma, um jogador ímpar no cenário mundial, capaz de distribuir o jogo com grande desenvoltura e de realizar lançamentos milimétricos com ambos os pés.
Inicialmente uma mezzapunta, Pirlo, chamado de Trilly Campanellino ou La Fatina, viveu sua primeira stagione de protagonista na temporada 1997/1998 (figurinha acima), quando marcou 4 gols em 29 partidas e chamou a atenção dos dirigentes da Internazionale, para onde se transferiu para o campeonato seguinte.
Presença recorrente nas diversas seleções de base da Itália, Pirlo se sagrou campeão europeu U21 em 2000, mas não conseguiu se firmar na Beneamata, onde teve poucas oportunidades.
Admirador de Platini, Pirlo foi por duas vezes emprestado pela Inter - a primeira para a Reggina na temporada 1999/2000 e a segunda para o Brescia no mercato invernale da stagione seguinte.
Na equipe Rondinelle, para que pudesse utilizá-lo juntamente com Baggio, o veterano técnico Mazzone recuou Pirlo alguns metros, transformando-o em um verdadeiro regista.
Apesar das ótimas qualidades demonstradas tanto na Calábria quanto em Brescia, a Inter, em um dos piores negócios da era Moratti, resolveu trocar o seu jovem valor pelo limitado argentino Guglielminpietro mais alguns poucos euros.
Na outra sponda de Milão, depois de um começou um pouco titubeante, Pirlo aproveitou das ausências ocasionadas por lesões sofridas por Ambrosini e Gattuso para, já na temporada 2002/2003, galgar um posto de titolare inamovibile.
Capitão da seleção que foi as Olímpiadas de Sydney e medalha de bronze, como fuori quota, na subseqüente disputada em Atenas, Pirlo fez sua estréia na Azzurra em 2002, entrando no lugar de Inzaghi na vitória italiana sobre o Azerbaijão em 07 de setembro por 2 x 0 em Baku.
Tendo participado do Europeo de 2004 e também do de 2008, foi na Copa do Mundo de 2006 que Pirlo teve seu ápice internacional, sendo fundamental para o título da Azzurra ao ser premiado como Man Of The Match em três ocasiões, inclusive na semifinal e na finalíssima, quando também realizou assistências para gols.
Mas foi no Milan (acima na figurinha da temporada passada), formando um centrocampo formidável com Ambrosini, Gattuso, Seedorf e, a partir do campeonato 2003/2004, também com Kaká, que Pirlo se consolidou como um dos melhores jogadores da atualidade, a ponto de ser apontado pelo treinador brasileiro Carlos Alberto Parreira como um "Zico na frente da defesa".

Marcadores:

Na Última Vez ...

segunda-feira, setembro 07, 2009

'B' Em Pílulas


* Por terem jogadores servindo suas seleções nacionais, as partidas envolvendo Piacenza, Reggina e Triestina, programadas para a 3ª giornata da Serie B 2009/2010, foram adiadas para o próximo dia 15;
* Ainda assim, o domingo foi bastante movimentado, com 24 gols acontecendo nas 8 partidas realizadas pelo campionato cadetto;
* Surpresa no Via del Mare, onde o Lecce perdeu para o Frosinone por 3 x 1, de virada, gols de Baclet, doppietta do brasileiro Caetano e tento do novato Troianiello (ao lado - Frosinone), tudo no 1º tempo;
* Com a vitória, o time comandado por Moriero e que ainda tem o brasileiro Jefferson no elenco, chegou a 3ª vitória consecutiva na competição e comanda a classificação de forma isolada;
* Isso porque o Torino, única outra equipe que ainda não tinha perdido pontos, foi derrotado pelo Brescia no grande cotejo da rodada por 1 x 0, gol do experiente Flachi;
* Gol brasileiro também no embate Grosseto x Gallipoli, terminado 2 x 2, com Joelson anotando o primeiro para o time da casa - Ginestra, Mancini e Conteh, este último empatando para os mandantes, marcaram os demais;
* O Ascoli chegou aos 6 pontos virando seu confronto contra o Mantova nos minutos finais - depois que Caridi havia marcado para os visitantes cobrando pênalti aos 19' do 2º tempo, o meia Amoroso empatou aos 44' e o avante Lupoli (ambos ex Fiorentina) anotou o tento decisivo aos 50';
* A única equipe que ainda não pontuou é a Salernitana, que nesta rodada perdeu para o Modena em plena Salerno e de virada - 2 x 1, gols de Cozza e doppietta de Bruno.

Marcadores:

Na Última Vez ...

domingo, setembro 06, 2009

Você Sabia ...


* Que, apenas na 1ª rodada da temporada 2009/2010, 278 jogadores diferentes foram utilizados pelas 20 equipes da Serie A (apenas Leonardo, treinador do Milan, não fez uso das 3 substituições permitidas durante o jogo)?
* Que, destes, 115 foram estrangeiros (como o brasileiro Thiago Silva, à direita - Villa), correspondendo a 41,36% do total de jogadores utilizados?
* Que, dos estrangeiros que estiveram em campo, 63 vieram da América do Sul (Argentina, Brasil e Uruguai foram, em absoluto, os países que mais cederam jogadores à Serie A, respectivamente 23, 22 e 8), 45 da Europa (França, com 7, e Dinamarca, com 5, foram os países do Velho Continente mais presentes), 4 da África e os 3 restantes divididos igualmente entre América Central, Ásia e Oceania?

Marcadores:

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker