Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sexta-feira, outubro 01, 2010

Final de semana terá clássicos no domingo!


Vai começar a 6ª giornata da Serie A 2010/2011 e as atrações não são poucas!
Para começar, no sábado, com início às 13h00 (horário de Brasília), acontece Udinese x Cesena, com o time friulano buscando a 1ª vitória no campeonato contra os surpreendentes romagnoli com cobertura da RAI.
Mas a atração principal do sábado começa precisamente às 15h45 e terá cobertura, ao vivo, da ESPN, ESPN HD e RAI - Parma x Milan jogam no Ennio Tardini.
Com Ibrahimovic (ao lado - Getty Images) ainda da valutare, Allegri deve começar com os brasileiros Robinho e Ronaldinho como titulares e lançar Pato no decorrer do jogo, vez que o jogador ex Internacional está voltando de contusão.
De resto, com Ambrosini fora, Boateng, Pirlo e Seedorf devem ser titulares no centrocampo e Thiago Silva deve formar a zaga com Nesta, tendo Abate e Antonini nas laterais e Abbiati no gol.
No Parma, destaque para o ex Crespo, favorito para ser o punta centrale no 4-2-3-1 do técnico Marino.
No domingo, a atração das 07h30 da manhã (sempre horário oficial do Brasil) será Lecce x Catania (com transmissão da RAI), mas imperdível mesmo é o cotejo Napoli x Roma, que começará às 10h00 e terá transmissão da ESPN, RAI e RedeTV!, tendo mais de 30.000 ingressos vendidos até esta sexta-feira.
Com Adriano vetado, a Lupa Giallorossa, que não perde na Campania desde 1997, deve ter Borriello como companheiro de Totti (abaixo - Getty Images) no ataque, com Menez como trequartista e Vucinic destinado, ao menos inicialmente, à panchina.
Pelo lado partenopeo, Mazzarri só não poderá contar com o atacante Lucarelli e deve distribuir a equipe no 3-4-2-1, com Hamsik, Lavezzi e Cavani recebendo o apoio dos alas apoiadores Maggio e Dossena.
No mesmo horário, jogam ainda Bologna x Sampdoria; Chievo x Cagliari; Fiorentina x Palermo (que será atração da ESPN HD e do SporTV); Genoa x Bari e Lazio x Brescia.
Acabou? Só se for de começar, pois às 15h45 é hora de Internazionale x Juventus, que poderá ser assistido na ESPN Brasil, ESPN HD, RAI e RedeTV!.
Portanto, é bom ir votar cedo!
Um ótimo final de semana para todos, com muita sabedoria na hora de exercer a democracia e emoção no momento de acompanhar o Calcio!

quarta-feira, setembro 29, 2010

L'Enigma


Domingo é dia de Derby d'Italia e, claro, a 'L'Enigma' pergunta para os amigos do Calcio Serie A como vai terminar o imperdível clássico?
Vale lembrar que todos estão convidados a participar neste que é o III Desafio Calcio Serie A, que premiará o primeiro que somar 10 (dez) pontos com uma flâmula oficial da Internazionale (igualzinha a da imagem ao lado, medindo 28 x 20 cm) e um exclusivo certificado do blog, sendo que, a cada semana, aquele que primeiramente arrisca o placar correto do jogo escolhido soma 01 (um) ponto.
Aliás, a classificação atualizada da disputa está assim: 1º Michel Costa (9 pts); 2º Leonardo Mafra (8); 3º JP (5); 4º Pai (4); 5º Alcindo e Raphael Zerlottini (3); 7º Afonso, Braitner Moreira, Lucas e Tiago (2) e 11º Cyntia, Diogo Araujo Triginelli, Eduardo Carvalho, Hugo Ribeiro, Marra, MP e Sérgio André (1).
Para quem quiser uma sugestão, na temporada 1983/1984, com Le Roi Platini em campo (na foto acima marcado de perto por Giuseppe Baresi - Guerin Sportivo) deu Juventus 2 x 1.
Vamos palpitar!

Marcadores:

segunda-feira, setembro 27, 2010

O Jogo Da TV (Parte II) - Roma x Internazionale



O aguardado 'Match Clou' da 5ª rodada, a "sfida diventata la più spettacolare dell'ultimo lustro" na expressão da Gazzetta dello Sport, caminhava para um decepcionante 0 x 0, quando, já nos acréscimos, o atacante Vucinic foi extremamente corajoso para colocar a cabeça quase no pé de Lúcio e testar a bola para fazer o gol partita, que não só assegurou a primeira vitória da Roma na competição, como também evitou a fuga da Inter, com Benitez sofrendo sua primeira derrota na Serie A.
Com a Lupa postada no 4-4-2 com o francesino Menez (ao lado marcado pelo ex Chivu - Getty Images) no suporte de Borriello e Totti no ataque, Adriano relegado à panchina e a Inter no 4-2-3-1 com Pandev, Sneijder e Eto'o auxiliando Milito, a partida começou muito estudada e, fora um tiro de média distância de Stankovic, destaque só para as alternâncias de pressing - primeiro da Roma com Menez e Perrotta muito atentos e fechando os espaços com os mediani De Rossi e Pizarro e em seguida nerazzurro, que conseguiu um prolungato possesso palla até por volta dos 15'.
Aí, passou a incidir o (inédito ?) duelo dei uomini col casco, vez que ambos os laterais esquerdos jogaram com proteções na cabeça - enquanto o romeno Chivu aparentou nervosismo em excesso a ponto de receber o único cartão amarelo de toda a 1ª etapa, o norueguês Riise, explorando o espaço deixado por Maicon, se tornou o grande protagonista, demonstrando grande capacidade ofensiva face ao seu antigo técnico no Liverpool, o espanhol Rafa Benitez.
Assim, aos 19', protestos giallorossi pela entrada de Lúcio em Borriello (ao lado - Bruno) dentro da área, após Júlio César ter fechado o ângulo su Perrotta, lançado por Totti em jogada iniciada pelo próprio Riise.
Com Cassetti perseguindo Eto'o por todo o campo e Pizarro cercando Sneijder, a Inter continuou com dificuldade para criar e perigo mesmo só em chutes de média distância, como o de Stankovic aos 39', que encontrou o travessão de Lobont.
Já a Roma continuou contando com um excepcional Riise, que encontrou Totti sozinho dentro da área interista, mas Er Pupone acabou falhando no domínio e permitiu que a bola escoasse pela linha de fundo.
Veio o 2º tempo e Menez partiu com o cômpito de explorar a fragilidade de Chivu, que só não foi expulso logo no início da etapa complementar porque Morganti esmoreceu.
As equipes si allungano e as chances passaram a pipocar, com destaque para cabeçada de Cambiasso aos 5' e para a ótima jogada de Menez em cima de Chivu aos 10', que só não resultou em gol porque Borriello não conseguiu fechar a tempo dentro da pequena área, com a bola cruzando por toda a frente da meta de Júlio César que, mais uma vez, não foi impecável, propiciando até mesmo um tiro em dois toques para a Roma dentro da área, que Totti desperdiçou.
Benitez, então, sacou Milito e inseriu Muntari, passando a Inter ao 4-4-1-1, trocando depois Pandev por Coutinho, conseguindo conter o melhor momento da Roma que, já sem a mesma força física, muito contribuiu para a partida ficar feia, obrigando Morganti a distribuir cartões amarelos para conter o excesso agonístico de ambos os lados.
Na Roma, Ranieri tirou um deludente Totti (que saiu bastante contrariado e foi direto para o vestiário) para o ingresso de Vucinic e, conforme as câmeras flagraram, pretendia mandar o ex Adriano a campo nos minutos finais, mas o brasileiro resmungou algo e o treinador romanista acabou preferindo promover a entrada de Júlio Baptista no posto de Borriello.
Tudo pronto para a crise explodir? Que nada, pois Vucinic mergulhou quase no pé de Lúcio (acima o vôo decisivo do montenegrino - Getty Images) e fez foi explodir o Olimpico de alegria, com a Roma colocando fogo no campeonato!
O tabellino:
Roma: Lobont; Cassetti, N. Burdisso, Juan, Riise; Menez (88' Brighi), De Rossi, Pizarro, Perrotta; Borriello (88' Júlio Baptista), Totti (76' Vucinic). All. Ranieri.
Inter: Júlio César; Maicon, Lúcio, Cordoba, Chivu; Stankovic, Cambiasso, Pandev (74' Coutinho), Sneijder, Eto'o; Milito (67' Muntari). All. Benitez.
Gol: 92' Vucinic.
Árbitro: Morganti.
Cartões amarelos: Chivu, Stankovic, Cordoba, Cassetti, Perrotta, Pandev, N. Burdisso e Menez.
A seguir, os highlights do grande cotejo:

video

Marcadores: , , , ,

eXTReMe Tracker