Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, janeiro 23, 2010

O Jogo Da TV (Parte II) - Juventus x Roma



Em mais um dia daqueles, a Juventus prosseguiu em sua caduta libera e perdeu - de virada e com direito a gol nos acréscimos - para a Roma ... de Ranieri, que pela 1ª vez em sua carreira de treinador derrotou a Vecchia Signora (até então tinha alcançado apenas 3 empates nos 12 encontros precedentes) e, assim, gozou uma (merecida) vendetta.
E olha que o jogo não começou nada bem para a trupe romanista, com o avante Toni sentindo uma contusão no polpaccio sinistro logo aos 2' e tendo que ceder seu posto ao capitano Totti, que passou a compor o ataque no 4-3-1-2 giallorosso ao lado do montenegrino Vucinic.
Porém, em um 1º tempo dominado pelos bianconeri, que também foram a campo no 4-3-1-2 com Diego logo atrás do duo Amauri-Del Piero, o goleiro Buffon não teve qualquer trabalho e passou totalmente despercebido, tamanha a falta de concretude da Roma em zona ofensiva.
Assim, mesmo com a Lupa conseguindo preencher os espaços no centrocampo, em especial pela ótima atuação do chileno Pizarro, a Juventus teve várias chances para abrir o marcador na 1ª etapa, principalmente em jogadas alçadas na área, tanto pela esquerda quanto pela direita, buscando as cabeçadas de Amauri (acima marcado por Juan - Pennicino) ou aproveitando a descida de um dos zagueiros, como Legrottaglie, que exigiu grande esforço de Júlio Sérgio aos 33'.
Melhor sorte teve a Juve logo no início do 2º tempo, mais precisamente aos 6', em jogada que começou confusa e contou com uma espanada de Juan, que acabou se transformando em assistência para uma deliciosa conclusão de Del Piero (ao lado - Reuters), que de posição pouco propícia e sem deixar a bola encostar no chão acertou um cruzado que entrou no canto oposto de Júlio Sérgio - golaço!
Tampouco a Roma conseguiu reagir logo, precisando contar com uma rara falha defensiva do central Chiellini, que propiciou uma assistência de Pizarro para Taddei que, dentro da área, acabou dramatizando um contrasto com o lateral Grosso, que chegou para cobrir a lateral oposta a sua e mostrou desconforto na marcação, indo para os anais como o responsável pelo pênalti marcado por Tagliavento e convertido por Totti aos 23'.
O gol, o 188º de Er Pupone na Serie A (que assim igualou a marca de Giuseppe Signori, ídolo ... laziale!), deu novo ânimo a partida, com a Roma passando a acreditar em si e a Juventus querendo impor o fator campo, com Ferrara sacando o tcheco Grygera para promover a estréia de Candreva, com Salihamidzic indo ocupar o posto de lateral direito.
E o minuto 38 se mostrou crucial: em descida juventina, Cassetti conseguiu desarmar Diego dentro da área (não sem correr qualquer risco) e iniciou contra-ataque que seria fulminante se Buffon não tivesse abandonado a área para cometer falta em Riise (à direita - Pennicino).
Com o cartão vermelho recebido pelo goleiro da Nazionale, Ferrara tirou Del Piero para promover o ingresso em campo de Manninger e a Roma, em vantagem numérica, partiu para cima.
Aí, com um homem a menos e certa confusão tática, a Juventus acabou sofrendo o revés aos 48', quando Pizarro cruzou na área e Riise, apenas acompanhado por um totalmente deslocado Candreva (Salihamidzic estava marcando no meio da área), cabeceou para fazer 2 x 1 e sacramentar a 6ª derrota bianconera nas últimas 8 partidas, possivelmente a última sob o comando de Ferrara.
O tabellino ficou assim:
Juventus: Buffon; Grygera (77' Candreva), Legrottaglie, Chiellini, Grosso; Salihamidzic, Sissoko, Marchisio, Diego; Amauri (90' Paolucci), Del Piero (84' Manninger). All. Ferrara.
Roma: Júlio Sérgio; Cassetti, Burdisso, Juan, Riise; Taddei, Pizarro, De Rossi, Perrotta; Toni (8' Totti), Vucinic. All. Ranieri.
Gols: 51' Del Piero, 68' Totti (pênalti), 93' Riise.
Árbitro: Tagliavento.
Cartões amarelos: De Rossi, Burdisso, Grosso, Taddei e Salihamidzic.
Cartão vermelho: Buffon.
A seguir, os highlights da partida:

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

O Jogo Da TV (Parte I) - Catania x Parma



É verdade que o momento do Catania, que somou 7 pontos nas 5 partidas anteriores sob o comando de Mihajlovic, já era bem melhor do que o do Parma, que depois de um começo fulgurante vinha de apenas 1 sucesso nos últimos 7 jogos, mas o placar de 3 x 0 e, principalmente, a supremacia dos etnei no cotejo que abriu a 21ª rodada da Serie A 2009/2010 acabou surpreendendo.
Disposto no 4-3-3 - ainda sem seu novo reforço Maxi López, mas com Mascara, Martinez e Llama formando o tridente ofensivo, com o ágil Ricchiuti encarregado da criação, o Catania começou dando mostras de como seria a partida, encurralando o adversário ao seu próprio campo já nos primeiros minutos.
Para o Parma, armado por Guidolin no 4-1-3-2, restou o álibi de atuar sem vários jogadores importantes, dentre os quais Zaccardo, Zenoni, Galloppa, Lanzafame e Paloschi, mas a falta de concretude sotto porta e a pouca consistência defensiva apresentada são preocupantes em um campeonato que acabou de passar da metade.
E, assim, quando Mascara, do alto dos seus 1,75 m, subiu mais do que a defesa crociata para fazer de cabeça 1 x 0 (acima o lance do gol - Laganà) em cobrança de escanteio aos 15', o Catania já fazia por merecer a vantagem.
Sem conseguir reagir, o Parma escapou de sofrer mais um gol aos 22', quando Mascara chutou para fora pênalti cometido por Panucci em Sculli em mais um escanteio pelo lado direito da defesa emigliana.
E não foi só! Aos 38', em mais uma jogada pela esquerda de seu ataque, Mascara fez a sponda dentro da área e Ricchiutti (à esquerda - Laganà) disparou o tiro, que explodiu na trave depois da defesa parcial de Mirante.
Mister Guidolin ainda partiu para os reparos, colocando Biabiany no lugar de Lunardini pouco antes do intervalo e voltando do vestiário com Antonelli no de Mariga, o que fez o Parma efetivamente melhorar na 2ª etapa, mas não o suficiente para evitar a derrota.
Pior, já que ao menos numericamente o 2º tempo da equipe crociata foi pior do que o 1º!
Paradoxalmente, um dos fatores que resultou na etapa final mais prolífica foi exatamente a maior desenvoltura do Parma, vez que o Catania soube explorar muito bem o avanço do baricentro parmeggiano.
Também não dá para ignorar que o 2º tento etneo foi uma pintura que começou com uma belíssima jogada de Izco e foi concluída por Martinez (ao lado em disputa de bola com Paci - Laganà) de forma impecável, com o uruguaio deixando a bola passar entre as pernas para depois virar e colocar no canto oposto na saída de Mirante (vale a pena conferir esse gol no vídeo ao final do post, que traz os highlights da partida).
Aí, o Parma, que em momento algum teve o domínio da partida, desistiu de vez, sofrendo mais um gol aos 32', quando Morimoto (recém entrado no lugar de Llama) apenas desviou cruzamento de Capuano para estufar as redes mais uma vez, com Mascara ainda acertando o travessão de Mirante em cobrança de falta aos 43'.
O tabellino da vitória que começa a fazer crer que o Catania pode se salvar:
Catania: Andujar; Alvarez, Spolli, Silvestre, Capuano; Carboni, Biagianti (88' Moretti), Ricchiuti (62' Izco); Mascara, Martinez, Llama (74' Morimoto). All. Mihajlovic.
Parma: Mirante; Paci, Lucarelli, Panucci (70' Castellini), Dellafiore; Lunardini (40' Biabiany), Morrone, Mariga (46' Antonelli), Dzemaili; Amoruso, Bojinov. All. Guidolin.
Gols: 15' Mascara, 71' Martinez, 77' Morimoto.
Árbitro: Gervasoni.
Cartões amarelos: Alvarez, Dellafiore, Carboni, Bojinov, Biagianti e Dzemaili.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Match Clou - 21ª Rodada 2009/2010



O fato de Milão ser a única cidade de toda a Europa que possui mais de um clube que já conquistou a principal competição do continente por si só evidencia a magnitude do Derby della Madonnina, ou seja, o clássico entre Internazionale e Milan que é o 'Match Clou' da 21ª rodada da Serie A 2009/2010 e está programado para este domingo.
Mas tem mais! Afinal, a Inter, atual tetracampeã italiana, segue na liderança do torneio com 46 pontos e tem como principal adversário nesta corrida rumo seu ao 18º scudetto exatamente o Milan, que aparece logo em seguida na tabela com 40 punti e 1 jogo a menos, além de estar vindo de vistosas atuações.
Preocupado, Mourinho convocou 25 jogadores para a sfida, principalmente porque Muntari e Thiago Motta não dão segurança no tocante a forma física.
Com Stankovic vetado, o centrocampo nerazzurro deve ter o capitano Zanetti na direita, Muntari (ou Thiago Motta) na esquerda e Cambiasso protegendo a defesa, com o holandês Sneijder completando o rombo um pouco mais a frente.
No ataque, com o camaronês Eto'o ainda na África defendendo a sua seleção, o argentino Milito (acima, à direita - Getty Images) deve ter a companhia do macedônio Pandev (logo abaixo - Getty Images).
Para a defesa, Special One deve optar pelo quarteto formado por Maicon, Lúcio, Samuel e Santon para proteger o arqueiro Júlio César.
Já o brasileiro Leonardo não poderá contar com os defensores Oddo, Onyewu e Zambrotta e os atacantes Adiyah e Pato, que, no frigir dos ovos, é o único desfalque relevante.
Para preencher o 4-3-3, devem ser escalados o brasileiro Dida no gol, com Abate, Thiago Silva, Favalli e Antonini na defesa, Gattuso, Pirlo e Ambrosini no meio e Beckham (mais abaixo - Bellini), Borriello e Ronaldinho no ataque.
Apesar de pouco provável, uma novidade pode ser a entrada do zagueiro Nesta no posto de Favalli, vez que o ex laziale consta do rol dos 21 convocados para a partida, mas como ainda está longe de sua plenitude física, deve ficar mesmo é no banco.
Aliás, na temporada passada o difensore romano também voltava de contusão e, embora integrado ao grupo, acabou não participando do jogo que terminou com a vitória nerazzurra por 2 x 1, gols de Adriano, Stankovic e Pato, curiosamente todos ausentes do embate de amanhã (para maiores informações, vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/02/o-jogo-da-tv-parte-iv-internazionale-x.html).
Ao todo, são 75 encontros disputados pela Serie A com o mando da Beneamata, que soma 26 vitórias contra 22 dos rivais rossoneri, tendo ocorrido ainda 27 empates, com 103 gols da Inter e ... 102 do Milan!
Curiosamente, nas últimas 3 temporadas o resultado foi sempre o mesmo: 2 x 1 para a Inter, que não perde do Milan com seu mando de campo desde o campeonato 2004/2005, quando Kaká fez o gol da vitória do time de Ancelotti sobre o de Mancini.
Já um empate não ocorre desde 13 de março de 1999, quando ... Leonardo fez ambos os gols do Milan no pareggio de 2 x 2 com a Inter de Ronaldo e Baggio, com o nigeriano West marcando contra e Zanetti o outro nerazzurro.
Javier Zanetti, inclusive, coleciona até aqui a marca de 13 presenças no confronto, ainda estando, porém, bem atrás da bandiera rossonera Paolo Maldini, que disputou 21 confrontos contra a Inter com mando de campo nerazzurro (o último foi na temporada passada), incluindo as 6 vitórias consecutivas de 1999 a 2005, período no qual se deu a maior goleada do confronto - 0 6 x 0 de 11 de maio de 2001!
O ucraniano Shevchenko fez 7 gols na rivalíssima, mas o artilheiro absoluto do confronto é o bomber nerazzurro Nyers, que anotou 8 tentos no Milan de 1949 a 1953.
Em um duelo com tanta história, no vídeo abaixo os melhores momentos da edição do torneio 1987/1988, terminada 1 x 0 para o Milan graças a um clamoroso autogol do zagueiro Ferri, além de entrevistas com os míticos Trapattoni e Sacchi, então treinadores das equipes de Milão!

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma - Le Scomesse


Um clássico como o Derby della Madonnina não poderia mesmo deixar os amigos do Calcio Serie A indiferentes e a participação na 'L'Enigma' desta semana foi excepcional!
Aliás, vamos diretamente aos palpites oferecidos, lembrando que a Inter é a mandante: 0 x 1 - Lucas (e também o Fabriani Melazzo); 1 x 0 - Gustavo; 1 x 1 - Michel Costa; 0 x 2 - Afonso; 2 x 0 - Eduardo Carvalho; 1 x 2 - Daniel Schneider; 2 x 1 - Hugo Ribeiro; 2 x 2 - Leonardo Mafra; 0 x 3 - Pai; 1 x 3 - JP; 3 x 1 - Leonardo Redenção; 2 x 3 - Thiago e 3 x 2 - Gonçalo Oliv.
Tamanho equilíbrio nos placares ofertados é realmente justificável, valendo lembrar que Milão é a única cidade a abrigar duas equipes que já venceram a Champions League (a foto acima, inclusive, foi tirada nas 4ªs de final da competição em 2005 - Gazzetta dello Sport).
Que seja mais um ótimo jogo!

Marcadores:

Na Última Vez ...

sexta-feira, janeiro 22, 2010

Rodada imperdível vem aí!


Reservem logo um local na poltrona, pois a Serie A neste final de semana é simplesmente imperdível!
A principal atração do sábado, por exemplo, é o duelo Juventus x Roma, que terá início às 17h45 (horário de Brasília) e transmissão da ESPN Brasil, SportTV2, RAI e TV Esporte Interativo.
Em plena crise, mas com Ferrara confirmado no comando da equipe, a Vecchia Signora deve ir no 4-3-1-2 com as novidades Sissoko (de volta da Copa Africana de Nações) e Candreva (contratado durante a semana) ao lado de Marchisio no centrocampo, até porque o deludente Felipe Melo está suspenso, com Diego alle spalle de Del Piero e Amauri mais a frente.
Já a Roma de Ranieri (à direita - Getty Images), antecessor de Ferrara na Juve, deve entrar em campo distribuída no mesmo 4-3-1-2, com a inédita (e promettente) dupla Totti e Toni no ataque.
Ainda no sábado, um pouco mais cedo, para abrir o apetite, tem Catania x Parma às 15h00 na ESPN e RAI.
Sem Maxi López (que ainda precisa aprimorar a parte física), o time etneo deve ter apenas ... 7 argentinos em campo, enquanto a equipe ducale busca a recuperação e encerrar a incômoda série de 4 partidas sem vitória com o habilidoso Bojinov ao lado do esperto Amoruso no ataque.
Passando ao domingo, no tradicional horário das 12h00 (sempre hora de Brasília) as opções serão Genoa x Atalanta (SporTV), Livorno x Napoli (RAI) e o mais cotado Palermo x Fiorentina (ESPN Brasil e TV Esporte Interativo), onde deverão estar em ação os ex Liverani e Miccoli (ao lado - Getty Images).
No mesmo momento, jogam ainda Bologna x Bari; Lazio x Chievo; Siena x Cagliari e Udinese x Sampdoria, cotejo para o qual Cassano não foi convocado pelo técnico Del Neri per scelta tecnica, instaurando a crise in casa blucerchiata.
Para finalizar, a cereja no bolo: o Derby della Madonnina, Inter x Milan, terá início às 17h45 e transmissão, ao vivo, da ESPN Brasil e RAI - impossível não assistir!

quinta-feira, janeiro 21, 2010

E Na Copa ...


Nesta quarta começou as 4ªs de final da Copa Itália, com a Fiorentina despachando a atual campeã Lazio após partida bella e emocionante.
Ao contrário do que muitas vezes verificado na Coppetta, Prandelli e Ballardini mandaram a campo o que tinham de melhor, com a Fiorentina postada no 4-2-3-1 e a Lazio no 3-4-1-2, proporcionando um jogo disputado desde o começo, com a Lazio inicialmente mais incisiva com o duo offensivo formado por Zárate e Rocchi, que perderam boas oportunidades ainda nos minutos iniciais.
Mas foi a Viola, explorando muito bem as laterais do campo per poi cercare Gilardino e Mutu, que saiu na frente, com o atacante romeno (ao lado contra seu compatriota Radu - Fotonotizia) realizando uma doppietta ainda no 1º tempo (aos 9' e aos 44'), sempre servido por ... Gilardino!
Precisando reagir, a Lazio voltou com Foggia no lugar do zagueiro Stendardo do intervalo e, aproveitando uma Fiorentina sem a mesma determinação, passou a pressionar a adversária e logo aos 5' diminuiu com o argentino Zárate.
O ímpeto mostrado pelos Aquilotti nos minutos iniciais da etapa derradeira até permitiu aos seus torcedores acreditar na virada, mas a defesa laziale voltou a evidenciar suas limitações e, aos 13', Mutu propiciou que Koldrup fizesse o 3º da Fiorentina, de nada adiantando o tento marcado por Rocchi (acima contra Montolivo - Fotonotizia) aos 23', que decretou o placar final de 3 x 2, não impedindo o término das pretensões da Lazio de conquistar sua 6ª Copa Itália.
Agora, a Fiorentina aguardará a definição do duelo entre Internazionale e Juventus, previsto para o próximo dia 28, para conhecer seu adversário nas semi-finais!

Marcadores:

Na Última Vez ...

quarta-feira, janeiro 20, 2010

Especulações Da Semana


Se a última semana havia sido de poucas transações (vide 'Na Última Vez ...'), esta, em especial os últimos dias, está sendo pródiga!
Até a Juventus, envolta em uma crise que parece não ter fim, depois de acertar os retornos de Paolucci (que até já estreou) e Yago, anunciou nesta quarta mesmo a contratação, por empréstimo, do meia Candreva, que estava no Livorno mas tem seus direitos federativos presos junto a Udinese.
Resta saber se o centrocampista, chamado recentemente por Lippi para a Azzurra (à direita - Getty Images) e que chega com o passe fixado em € 7,5 milhões, conseguirá cobrir o buco existente na Madama?
Não obstante o evidente talento, parece uma missão difícil para um jovem de apenas 22 anos e com experiência de parcos ... 22 jogos na Serie A!
Um pouco mais de experiência tem o mais novo reforço da Fiorentina, o argentino Mario Bolatti, autor do gol que resultou na vitória da Argentina sobre o Uruguai em Montevidéu e a conseqüente classificação albiceleste para a próxima Copa do Mundo, que deixou o Porto para integrar o plantel viola.
Mas o grande colpo platino da semana foi a contratação do atacante Maxi López, a lungo cortejado pela Lazio, pelo Catania, que ainda deseja o seu compatriota Pavone, atualmente no espanhol Betis, bem como o laziale Foggia.
Aliás, a Lazio continua sendo uma das equipes mais envoltas em negociações, sendo que os últimos pretendidos seriam os meias Eguren (uruguaio do Villarreal), Goulon (francês do Le Mans) e ... Joca, um português de 28 anos que começou no Porto targato Mourinho e que há anos está no ... forte futebol chipriota, defendendo atualmente o Ermis Aradippou e com passagens por Santa Clara, Dragões Sandinenses e Qingdao Jonoon, este último da China!
Bem, ativo mesmo foi o Livorno, que perdeu Candreva mas trouxe os defensores Bernardini (Varese) e Esposito (Genoa), o meia austríaco Prutsch (Rheindorf Altach) e o atacante Bellucci (Sampdoria).
Mas o grande sonho do time amaranto é o veterano sueco Ljungberg, que teria sido sugerido pelo dirigente juventino Bettega ao presidente do Livorno Spinelli.
Quem também andou contratando foi a Sampdoria, que já promoveu a estréia do goleiro Storari (que veio do Milan) e do ala Guberti (da Roma), além de ter acertado com o atacante Sladjan Scepovic, integrante da U21 sérvia.
E Gênova parece mesmo ser o destino de jovens sérvios, pois o Genoa contratou o atacante Danijel Aleksic, atacante de apenas 18 anos que estava no Vojvodina.
Algumas transações internas também foram concretizadas nos últimos dias: o atacante argentino Castillo, depois de garantir a vitória da Fiorentina sobre o Bari, trocou a equipe gigliata pela ... pugliese; o meia Zanetti saiu do Torino e foi para a Atalanta e o jovem Baccolo chegou ao Parma vindo do Padova.
Voltando ao campo das especulações, como a Inter desistiu do meia brasileiro Júlio Baptista, agora La Bestia estaria na mira do Milan, que também teria interesse no alemão Beck (acima, à esquerda - Getty Images), lateral direito do Hoffenheim.
Ah ..., para terminar, o novo brasileiro da Roma seria, depois de Márcio Azevedo e Júlio César, o palermitano Fábio Simplício!

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma


Internazionale x Milan, um dos maiores e mais empolgantes clássicos do mundo, é o destaque da 21ª rodada da Serie A 2009/2010, que será disputada no próximo final de semana.
E a 'L'Enigma' não poderia ficar indiferente a mais este Derby della Madonnina (ao lado, Weah e Ronaldo em 1999, quando um gol do liberiano valeu a vitória de virada, aos 90', sobre a Beneamata - La Repubblica) e quer saber como vai terminar o encontro do domingo!
Para participar e concorrer a uma incrível flâmula oficial da Inter (igualzinha a da imagem ao lado, medindo 28 x 20 cm) e um exclusivo certificado do blog basta arriscar um palpite para o resultado final do match, sendo que o primeiro que postar o resultado correto somará 1 (um) ponto e, chegando a 10 (dez), leva os prêmios neste que é o III Desafio Calcio Serie A.
Aliás, a classificação atualizada aponta o seguinte: 1º Leonardo Mafra (7 pts); 2º JP (5); 3º Michel Costa (4); 4º Raphael Zerlottini (3); 5º Afonso e Lucas (2) e 7º Alcindo, Cyntia, Marra, Pai e Sérgio André (1).
Será que alguém impedirá Leonardo Mafra (o pai do Júnior!) de levar os prêmios para casa?
Vamos participar!

Marcadores:

Na Última Vez ...

segunda-feira, janeiro 18, 2010

'B' Em Pílulas


* No grande cotejo válido pela 22ª rodada da Serie B 2009/2010, os ponteiros Ancona e Lecce ficaram no 1 x 1 (na foto abaixo, o avante Corvia, um dos melhores em campo, em ação - Sky), gols de Mesbah (que já havia marcado na giornata anterior) e Miramontes;
* Quem aproveitou foi o Cesena, que foi até Reggio Emilia e fez 3 x 1 na decepcionante Reggina (apenas 19ª colocada!), com gols de Lanzaro (R), Parolo (C), Do Prado (C) e Bucchi (C);
* Com o resultado, os romagnoli chegaram aos 38 pontos, apenas 1 atrás do capolista Lecce e ultrapassaram o Ancona, que foi apenas aos 37;
* Ótima vitória externa conquistou também o Ascoli de Pillon, que fez 4 x 1 no Gallipoli de Giannini com destaque para a doppietta de Antenucci, que com os 6 gols anotados nos últimos 3 jogos chegou a 14 na temporada, dividindo a artilharia com Mastronunzio do Ancona;
* De virada, o Torino fez 4 x 1 no Grosseto, com gols de Pichlmann (G), Bianchi (T), Leon (T), do brasileiro Piá (T) e Gasbarroni (T), alcançando a marca de 30 pontos.

Marcadores:

Na Última Vez ...

Panorama Da Rodada


Não obstante mais uma incrível rimonta da Inter, que arrancou um importante empate contra o Bari (confira os detalhes em http://calcioseriea.blogspot.com/2010/01/o-jogo-da-tv-parte-i-bari-x.html), a 20ª rodada da Serie A 2009/2010 foi marcada mesmo pelas atuações de Ronaldinho e Toni, que marcaram reti belle e pesanti.
O craque rossonero (ao lado perseguido por Ekdal - La Presse) foi o comandante da goleada do Milan sobre o Siena por 4 x 0, realizando sua primeira tripletta personale na Itália e outras jogadas repletas de imensa categoria.
O placar do San Siro foi completado por um explêndido tento de Borriello, que ainda sofreu o pênalti que resultou no 1º gol do Milan (os melhores momentos dessa partida podem ser assistidos no vídeo ao final do post).
Já Toni (à esquerda marcado por Dainelli - La Presse) marcou seus primeiros gols com a camisa giallorossa realizando uma doppietta no confronto contra o Genoa, vencido pela Roma por 3 x 0 (Perrotta anotou o 1º), que, com o resultado, superou a Juventus na tabela, ré de ter sido superada pela primeira vez na história pelo Chievo (todos os detalhes em http://calcioseriea.blogspot.com/2010/01/o-jogo-da-tv-parte-ii-chievo-x-juventus.html) em partida na qual os clivensi pouco concederam.
Quem também realizou uma doppietta foi o bergamasco Doni, com o adicional de ter realizado a sua antes dos 10' de jogo (ao lado seu 2º gol, marcado aos 9' - Pennicino), cabendo ao bom meia Padoin completar a vitória da Atalanta por 3 x 0 (placar todo construído no 1º tempo) sobre a Lazio na estréia do técnico Mutti (o 4º na temporada!) na Dea.
Vitória elástica foi também a do Cagliari sobre o Livorno (outro 3 x 0) - com gols de Larrivey (2 - sendo que o último foi uma pintura, valendo a pena conferir em http://www.youtube.com/watch?v=ktWs26-PzOU&feature=related) e Jeda, o time sardo comandado por Allegri entra definitivamente na disputa por uma das vagas italianas na próxima Europa League.
Já quem decepcionou no esame di maturità in chiave Champions League foi a Fiorentina, que recebeu o Bologna no Franchi e perdeu por 2 x 1 na prima de Montolivo como capitano.
Único álibi para a equipe de Prandelli as ausências de Donadel e Cristiano Zanetti, mas a defesa viola concedeu muito espaço para o ataque rossoblù e no intervalo o Bologna já vencia por 2 x 0, gols do uruguaio Gimenez (acima marcado por Vargas e Santana - Maltini) e de Di Vaio, allo scadere.
Na 2ª etapa, Mutu descontou para a Fiorentina aproveitando cruzamento de Vargas logo no início, mas o goleiro Viviano esteve sempre atento para impedir o que seria o pareggio.
Empate acabou ocorrendo no San Paolo, onde Napoli e Palermo não saíram do 0 x 0, com os visitantes jogando melhor e chegando a perder uma penalidade máxima com Miccoli, defendida por De Sanctis.
Aliás, o jogo do Ennio Tardini (Parma x Udinese) também terminou sem gols e com Amoruso desperdiçando outro pênalti ...
Por fim, no Marassi, Sampdoria e Catania ficaram no 1 x 1, com Pazzini empatando a partida cobrando ... pênalti, depois que o argentino Llama abriu o marcador no 1º tempo.
Como de habitual, os recordmen della giornata foram: Palle recuperate: 1º Britos (Bologna) e Portanova (Bologna) 33; 3º Lucarelli (Parma) 32; Passaggi riusciti: 1º Pirlo (Milan) 107; 2º Gattuso (Milan) 70; 3º Antonini (Milan) 66 (com outro rossonero, Beckham, na 6ª colocação, com 55 passaggi); Assist: 1º Marchionni (Fiorentina) 6; 2º Cassano (Sampdoria) 5; 3º Baronio (Lazio) e Barreto (Bari) 4; Tiri: Ronaldinho (Milan) 9; 2º Doni (Atalanta) e Montolivo (Fiorentina) 7.
Com estes resultados, a classificação da Serie A está assim, lembrando que Bologna x Atalanta e Genoa x Bari, válidos pela 17ª rodada, serão recuperados na próxima quarta, enquando Cagliari, Fiorentina, Milan e Udinese permanecerão com uma partida a menos até fevereiro: 1º Internazionale (46 pts); 2º Milan (40); 3º Roma (35); 4º Napoli (34); 5º Juventus (33); 6º Palermo (31); 7º Cagliari (30); 8º Fiorentina (30); 9º Parma (29); 10º Bari (28); 11º Chievo (27); 12º Genoa (27); 13º Sampdoria (27); 14º Livorno (21); 15º Lazio (20); 16º Udinese (20); 17º Bologna (19); 18º Atalanta (16); 19º Catania (16) e 20º Siena (12).

video

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...

domingo, janeiro 17, 2010

O Jogo Da TV (Parte II) - Chievo x Juventus



Depois da bela vitória contra o Napoli na última quarta-feira pela Copa Itália, a Juventus voltou à sua rotina dos últimos tempos e perdeu mais uma pela Serie A, desta vez diante do Chievo por 1 x 0 no Marc'Antonio Bentegodi.
Pior é que o time (ainda) comandado por Ferrara não tem sequer o que recriminar, pois fez uma apresentação bem aquém, tanto que não conseguiu ameaçar seriamente o goleiro Sorrentino em hora nenhuma.
Com ambas as equipes armadas no 4-3-1-2, ao menos na teoria o jogo prometia ser envolvente, com vantagem para os visitantes, claramente dotados de jogadores com maior tasso tecnico.
Porém, disputado em um gramado bastante prejudicado, o que se viu foram os mandantes - órfãos de Pellissier - perigosos já em sua primeira descida, com Buffon evitando gol de Abbruscato, atacante ex ... Torino!
Com a inédita dupla formada por Del Piero e Paolucci na frente, a Vecchia Signora parecia uma arremedo de time de futebol e o Chievo, vindo de 4 derrotas consecutivas, percebeu a oportunidade e se lançou em busca dos 3 pontos, passando a pressionar a Juventus em seu próprio campo.
Assim, as chances começaram a aparecer e, aos 27', Pinzi cruzou da esquerda e Chiellini (acima perseguindo Rigoni - Serra) jogou contra o próprio patrimônio ao tentar cortar o cruzamento, sendo salvo pelo assistente Copelli, que avisou ao árbitro Valeri da trattenuta de Abbruscato às custas do zagueiro bianconero.
Mas nem assim o alarme soou na caserna juventina e aos 33' o lateral Sardo limpou De Ceglie sem maiores dificuldades (na foto ao lado, o jovem juventino, dessa vez, leva a melhor sobre o clivense - Serra) e arriscou de média distância, com o portentoso tiro cruzando a área para entrar no canto oposto de Buffon, sem chances para o arqueiro de Carrara.
Na etapa final a Juventus até que voltou mais disposta, com Ferrara inserindo Salihamidzic no posto de Grosso, recuando De Ceglie para a lateral até então ocupada pelo tetracampeão mundial, mas as poucas chances criadas se resumiram a cobranças de falta de Del Piero - e nenhuma, a bem da verdade, capaz de obrigar Sorrentino a sujar o uniforme.
Assim, apesar de ter terminado o confronto com 65,9% da posse de bola e 56,4% de vantaggio territoriale, a Juventus em nenhum momento ameaçou a vitória gialloblù, com o Chievo administrando perfeitamente a vantagem obtida merecidamente na etapa inicial.
Aliás, o atacante Paolucci (ao lado entre Yepes e Mantovani - Serra), recém contratado por empréstimo junto ao ... lanterna Siena, só tocou 15 vezes na bola durante os 90', o que dá uma idéia da falta de incisividade da Juventus.
E o tabellino da histórica 1ª vitória do Chievo sobre a Juve (cujos melhores momentos podem ser visualizados no vídeo disponível ao final do post) ficou assim:
Chievo: Sorrentino; Sardo (83' Frey), Mandelli, Yepes, Mantovani; Luciano, Rigoni, Marcolini, Pinzi; Abbruscato (86' Ariatti), Granoche (70' De Paula). All. Di Carlo.
Juventus: Buffon; Grygera (34' Zebina), Cannavaro, Chiellini, Grosso (58' Salihamidzic); Marchisio (83' Immobile), Felipe Melo, De Ceglie, Diego; Paolucci, Del Piero. All. Ferrara.
Gol: 33' Sardo.
Árbitro: Valeri.
Cartões amarelos: Granoche, Yepes, Zebina, Felipe Melo e Ariatti.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Quem Vem Lá (Parte II) - Savio Nsereko


Eleito o melhor jogador do Europeu Sub-19 disputado em 2008 na República Tcheca, quando a sua Alemanha venceu exatamente a Itália na final, Savio Nsereko chega ao Bologna com a missão de abastecer o ataque rossoblù, até aqui um dos menos eficientes da Serie A.
Nascido aos 27 de julho de 1989 em Kampala, capital e maior cidade de Uganda, país africano que fica no Vale do Rift, Savio se mudou ainda muito jovem para a Alemanha, onde começou sua carreira futebolística no 1860 München.
Porém, dono de uma habilidade fora do normal, Savio ficou muito pouco tempo no tradicional clube bávaro, passando ainda em 2005 ao Brescia, então na Serie B italiana.
Na Lombardia, Savio Magala Nsereko foi inicialmente direcionado à Primavera, mas logo o seu enorme talento o levou à equipe principal, tendo estreado contra o Crotone ainda no campeonato 2005/2006.
A afirmação veio no torneio 2008/2009, quando Savio se tornou um dos principais jogadores do time rondinelle, a ponto de chamar a atenção de diversos clubes, dentre os quais o West Ham, que pagou cerca de € 9 milhões para tê-lo como novo camisa 10 ainda em janeiro de 2009, substituíndo o galês Bellamy.
Apesar de um começo promissor na Premier League, Savio acabou não confirmando as expectativas e terminou negociado com a Fiorentina no último dia de agosto, na mesma transação que levou o também deludente português Da Costa aos Hammers.
Sem também encontrar espaço no time treinado por Prandelli, Savio (na foto do alto com a camisa da seleção germânica - Getty Images) tem agora grande chance para voltar a brilhar na Itália.

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...

Quem Vem Lá (Parte I) - Adem Ljajic


Apontado como um dos mais talentosos jogadores del calcio dell'est, Adem Ljajic foi apresentado na última sexta-feira como o mais novo reforço viola, com direito a declaração do técnico Prandelli de que "l''approccio è stato molto positivo. È un giocatore di qualità, che ricorda l'acquisto di Jovetic, ha delle potenzialità importanti, ma è molto giovane e deve capire il campionato italiano" (em uma tradução livre, algo como "O primeiro contato foi muito positivo. É um jogador de qualidade, que lembra a contratação de Jovetic, tem um potencial enorme, mas é muito jovem e deve se adaptar ao futebol italiano").
Contratado por cerca de € 6 milhões junto ao Partizan Beograd, clube formador desse ala d'attacco de técnica refinada e bom físico (1,82 m por 75 kg), Ljajic (ao lado com sua antiga equipe - Sportslife) é um destro naturale dotado de um ótimo dribbling e impressiona pela explosão.
Ljajic esteve muito próximo de ir para o Manchester United, mas o clube inglês acabou não efetivando a opção assinada em janeiro de 2009, o que abriu o caminho para a Fiorentina acertar com esse fã de Kaká, que irá envergar la maglia numero 22 viola!

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker