Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, maio 23, 2009

Match Clou - 37ª Rodada 2008/2009



O 'Match Clou' da 37ª e penúltima rodada da Serie A 2008/2009 é dos mais especiais, não só pelo Milan ainda estar correndo atrás da Champions League e a Roma na disputa por uma vaga na Europa League, mas porque Maldini, que parecia ser eterno, irá entrar pela última vez como profissional no San Siro.
Sob o olhar atento de Galliani, Ancelotti definiu os 18 convocados para a partida no treinamento deste sábado em Milanello, deixando fora os indisponibili Abbiati, Bonera, Borriello e Kaladze, além do convalescente Nesta.
l'undici titolare deve ter, a frente do brasileiro Dida, um quarteto composto pelos improvisados Flamini, Favalli, Maldini e Zambrotta, pois, enquanto o francês é originalmente um volante e os centrais Favalli e Maldini são laterais esquerdos, Zambrotta começou a carreira como meia e depois passou a atuar como ... lateral direito!
No meio, Carletto deve lançar o inglês Beckham (acima - Celotto) ao lado de Pirlo e Ambrosini (deixando Gattuso e Seedorf no banco), com Kaká um pouco mais a frente.
Na frente, Pippo Inzaghi (à esquerda - Stelle) deve ser o companheiro de Pato, com Ronaldinho e Shevchenko relegados à panchina.
Sob forte calor em Trigoria, Spalletti também fez o último treinamento com vistas ao 'Match Clou' neste sábado, mas o treinador de Certaldo tem mais preocupações que seu adversário de Reggiolo, pois, além de Aquilani, Cicinho, Doni, Panucci, Perrotta e Tonetto, que sequer foram convocados para a partida, assim como o meia De Rossi, suspenso, Júlio Baptista ainda sente um fastidio muscolare alla coscia sinistra e é dúvida para o embate.
Com Artur sob a meta e Júlio Sérgio no banco mantendo a hegemonia brasileira no gol giallorosso, outro verdeoro ainda deve aparecer na zaga, vez que Juan deve formar com Mexes, tendo Motta e Riise como laterais.
No atual 4-4-2 romanista, Taddei, Brighi, Pizarro e Cassetti (abaixo - Steele) devem aparecer no centrocampo, com Totti formando o ataque ao lado de Vucinic.
Confronto dos mais tradicionais, Milan x Roma já ocorreu 73 vezes válido pela Serie A, com ampla vantagem rossonera: 42 vitórias, 17 empates e 14 derrotas.
Mas é bom Berlusconi & Cia. ficarem atentos, pois nas últimas duas temporadas a vitória foi dos Sensi, com a Roma fazendo 2 x 1 em 11 de novembro de 2006 em um dos primeiros jogos acompanhados por esta coluna (vide o histórico http://calcioseriea.blogspot.com/2006/11/o-jogo-da-tv-i-milan-x-roma.html) e 1 x 0 na temporada passada, mais precisamente em 28 de outubro de 2007 (confira acessando http://calcioseriea.blogspot.com/2007/10/o-jogo-da-tv-parte-ii-milan-x-roma.html).
Assim, o último sucesso do Milan remonta a stagione 2005/2006, quando, em 14 de abril de 2006, a equipe rossonera venceu por 2 x 1.
Se servir de consolo, em maio de 1950 (no dia 28), o Milan fez 6 x 2 na Roma naquela que é a maior goleada do confronto em todos os tempos, com uma tripletta de Rinaldi, doppietta de Nordahl e gol de Liedholm, enquanto Bacci e Lucchesi marcaram para os visitantes.
Aliás, o sueco Nordahl é o maior artilheiro do embate, com 7 gols, todos anotados pelo Milan, embora Il Pompiere tenha também jogado com a Lupa Capitolina.
Por corriqueiro, Maldini é o atleta que mais participou do confronto, devendo alcançar sua 20ª presença amanhã.
Mais uma singela marca para esse que foi, sem qualquer dúvida, um dos mais brilhantes em seu mister!

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma - Le Scomesse


Domingo tem Milan x Roma e a intuição dos amigos do Calcio Serie A foi colocada à prova na continuidade do III Desafio Calcio Serie A.
Ao todo, foram 9 palpites, com boa vantagem para o time rossonero, que não vence sua rival giallorossa desde a temporada 2005/2006, quando fez 2 x 1 com gols dos brasiliani Kaká e Amoroso, com Mexes marcando para os romanisti (acima, Gattuso contra Dacourt - Ansa).
Eis os resultados indicados: 0 x 0 - Sérgio André; 0 x 1 - Lucas; 1 x 0 - Michel Costa (e também o Raphael Zerlottini); 1 x 1 - Cyntia; 2 x 0 - Thiago; 1 x 2 - Mafra; 2 x 1 - Pai e 2 x 2 - JP.
Que seja um ótimo jogo!

Marcadores:

Na Última Vez ...

sexta-feira, maio 22, 2009

Clássico marcará despedida de Maldini do San Siro


O domingo será de grande festa no San Siro de Milão, com a torcida rossonera comparecendo para ver sua bandiera Paolo Maldini (abaixo, à direita - Insidefoto) pisar naquele impianto pela última vez.
E não será um jogo qualquer, pois Milan x Roma é também o 'Match Clou' da 37ª rodada da Serie A 2008/2009, que será disputada toda no domingo às 10h00 (com exceção do duelo Lazio x Reggina, realizado na última quarta-feira em razão da final da Uefa Champions League, que será disputada na próxima quarta no Olimpico romanista).
A partida, importantíssima ainda para a definição das vagas nas próximas competições européias, terá cobertura da ESPN Brasil e da RAI, bem como da SporTV2 em vt (a partir das 20h30 do domingo) e da ESPN (a 01h00 da segunda).
Outro cotejo importante será Siena x Juventus, que marcará a estréia de Ciro Ferrara como allenatore juventino.
Para a partida, que terá transmissão da SporTV ao vivo, o neo treinador (provisório?) da Juventus deverá lançar o contestado Zebina (à esquerda - Insidefoto) na sua posição enquanto calciatore, com Trezeguet e Iaquinta formando o ataque.
Festividades também serão vistas na Sardenha, onde Cagliari x Internazionale acontecerá com a equipe nerazzurra bastante modificada, já que Mourinho pretende poupar alguns de seus titulares, inclusive o portiere brasiliano Júlio César.
Ibrahimovic, disposto a brigar pela artilharia do Calcio, está confirmado no ataque, que deverá formar com Balotelli e Mancini.
Para quem quiser acompanhar, a ESPN promete transmitir a partida, em vt, a partir das 14h00.
Completam a rodada Atalanta x Palermo; Catania x Napoli; Chievo x Bologna; Lecce x Fiorentina; Sampdoria x Udinese e Torino x Genoa.

quarta-feira, maio 20, 2009

O Jogo Da TV (Parte I) - Lazio x Reggina



Abrindo a 37ª giornata, nesta quarta, excepcionalmente, a Lazio recebeu a Reggina no Olimpico, em jogo antecipado por exigência da U.E.F.A. com vistas a final da Champions League que será realizada em Roma daqui há uma semana.
Precisando da vitória para continuar com esperanças de permanecer na Serie A, a Reggina começou de forma entusiasmada distribuída no 3-5-2, mas sem qualquer avante de ofício, com os habilidosos Brienza e Cozza no ataque.
Porém, transcorridos os minutos iniciais, a Lazio, por sua vez postada no 4-4-2 com Lichtsteiner e Foggia como esterni e Zárate e Pandev como coppia d'attacco, fresca vencedora da Copa Itália, percebeu que tinha pela frente a adversária ideal para interromper a incômoda série de 4 derrotas consecutivas no campeonato e passou a atacar com maior incisividade, a ponto do suíço Lichtsteiner (acima contra Barillà - Grazia Neri) estufar as redes aos 7', em gol anulado pelo árbitro Gervasoni.
O jogo ficou aberto e Carrizo salvou a Lazio aos 23', em chute do chileno Carmona de dentro da área, pouco antes de Zárate (abaixo contra Cirillo - Grazia Neri) marcar, aproveitando lançamento de Dabo para deslocar o goleiro Puggioni con un preciso destro.
A Reggina até que tentou reagir de imediato, mas com o ex Corradi no banco per scelta societaria faltava uma referência no ataque, como aos 36', quando Brienza chegou a driblar Carrizo, mas depois acabou alargando demais e seu chute terminou nos braços do arqueiro laziale.
No 2º tempo, enquanto Delio Rossi colocou o novato Mendicino em campo, Orlandi lançou Ceravolo e Corradi nos postos de Vigiani e Costa, disposto a dar maior peso ao ataque amaranto.
Porém, apesar da propensão ofensiva, a Reggina, ciente de que nem só a vitória contra a Lazio poderia permitir a fuga do descenso, foi esmorecendo e os Aquilotti passaram a controlar facilmente as iniciativas.
Mas, com um Pandev pouco inspirado em sua provável despedida da Lazio (o macedônio estava diffidato e foi ammonito), também os mandantes foram perdendo o interesse na partida com o correr do relógio.
No final, um último scatto de Brienza quase empatou a partida, mas Carrizo conseguiu desviar para escanteio o lance que mudaria o placar do cotejo, mas não o destino da Reggina (na foto abaixo, a desolação de Barillà - Ap).
O tabellino:
Lazio: Carrizo; De Silvestri, Rozehnal, Diakite, Kolarov; Lichtsteiner, Dabo (58' Meghni), Ledesma, Foggia (48' Mendicino); Zárate (65' Kozak), Pandev. All. Rossi.
Reggina: Puggioni; Lanzaro, Valdez, Cirillo; Vigiani (55' Ceravolo), Barreto, Carmona, Barillà, Costa (50' Corradi); Brienza, Cozza (67' Adejo). All. Orlandi.
Gol: 26' Zárate.
Árbitro: Gervasoni.
Cartões amarelos: Cirillo e Pandev.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

PontoCom - Bologna


De volta ao Calcio Serie A, nesta semana a 'PontoCom' apresenta o website de uma das agremiações mais tradicionais do Calcio, o Bologna Football Club 1909 S.p.A.
Hospedada no endereço http://www.bolognafc.it/, a página da squadra rossoblù é de fácil navegação e possui farto e interessante conteúdo.
Embora o primeiro impacto com a página inicial (imagem ao lado) não seja dos mais agradáveis em razão da grande quantidade de informações existentes, logo o visitante descobre que o layout permite um acesso rápido e direto as informações desejadas.
Assim, da página inicial é possível ir direto à história do clube, às informações sobre os atletas da prima squadra, bem como para outras seções mais prosaicas, como La foto della settimana, que toda semana destaca uma foto enviada pelos próprios torcedores e o curioso Almanacco del giorno dopo, que traz curiosidades sobre fatos ocorridos naquele dia em anos anteriores.
A página inicial, em sua área principal, ainda destaca as últimas notícias e informações detalhadas sobre a última e a próxima partida da equipe, inclusive fartas estatísticas.
Outro espaço interessante é o que permite aos visitantes formularem perguntas a um determinado jogador, sendo que as più interessanti são selecionadas e disponibilizadas, juntamente com as respectivas respostas, na seção interativa.
Além de tudo isso, a página inicial traz também entradas para 10 seções, assim intituladas: Club, Storia, Squadra, Stagione 08/09, Sponsor, Biglitteria, Sett.Giovanile, Multimedia, Stampa e Bfc Shop.
Uma das mais interessantes é a Storia, que traz, temporada por temporada, todas as partidas oficiais do Bologna em ordem cronológica, bem como informações detalhadas sobre todos os jogadores que já vestiram a mítica maglia rossoblù (na imagem à esquerda a abertura da seção contendo os dados dos atletas) - é possível descobrir, por exemplo, que o arqueiro Francesco Antonioli está a 6 partidas de igualar as 269 do também portiere Gianluca Pagliuca!
Na seção Stagione 08/09 estão disponíveis informações detalhadas, incluindo tabellino e cronaca, de todas as partidas disputadas pela agremiação nesta temporada, enquanto a Multimedia elenca fotos dos confrontos e até da Biblioteca rossoblù, onde é possível visualizar obras que versam sobre o Bologna.
Como não poderia deixar de ter, o site ainda reserva um canal temático (Siamobologna.tv) e uma interessante lojinha virtual, que comercializa mais de uma centena de produtos!

Marcadores:

Na Última Vez ...

L'Enigma


No próximo domingo tem Milan x Roma e a 'L'Enigma' quer exatamente saber como vai terminar esse aguardado duelo, que ainda vale (e muito!) na luta pelas competições européias.
Novidade - o III Desafio Calcio Serie A tem novo líder isolado, eis a pontuação até aqui alcançada: 1º JP (4 pts); 2º Leonardo Mafra (3); 3º Michel Costa (2) e 4º Lucas, Marra, Raphael Zerlottini e Sérgio André (1).
A título de sugestão, na temporada passada a Lupa venceu o Diavolo por 2 x 1, de virada (acima, Favalli marcando Taddei no duelo de março de 2008 - La Presse).
Vamos palpitar!

Marcadores:

Na Última Vez ...

terça-feira, maio 19, 2009

Momento Panini - Francesco Antonioli


Quais goleiros em atividade na Serie A contam com maior número de scudetti conquistados? Acertou quem respondeu a dupla da Internazionale e ... Francesco Antonioli!
Pouco badalado pela grande imprensa, o veterano arqueiro atualmente defendendo o Bologna traz na bagagem uma longa carreira coroada com a conquista de 3 títulos italianos, sendo o último vencido de protagonista com a Lupa Capitolina na temporada 2000/2001.
Nascido em Monza aos 14 de setembro de 1969, Antonioli começou sua carreira no time de sua cidade natal, com o qual disputou a Serie C1 nos anos de 1986 a 1988.
Individualizado como um dos goleiros più promettenti de sua geração, Antonioli foi contratado pelo Milan de Sacchi juntamente com seu mais experiente colega biancorosso Pinato, que foi ocupar a reserva imediata de Giovanni Galli na temporada 1988/1989.
Mesmo como 3º goleiro rossonero, Antonioli foi convocado por Cesare Maldini para integrar a U21 italiana e fez sua estréia com os azzurrini no dia 20 de dezembro de 1989 em amistoso disputado contra a Espanha em Valência.
No mercado estivo de 1990, o time rossonero emprestou seu jovem arqueiro ao Cesena e, em novembro do mesmo ano, ao Modena, na Serie B, onde Antonioli foi titular até o final da temporada.
De volta ao Milan, Antonioli assumiu o posto de dodicesimo de Sebastiano Rossi, tendo aproveitado a ausência do titular para fazer sua estréia na Serie A no dia 18 de abril de 1992 (a figurinha acima é referente a esta temporada), logo em um Derby della Madonnina vencido pelo time comandado por Sacchi por 1 x 0 com gol de Massaro aos 89'!
Embora campeão europeu de 1992 com a U21 (com a qual somou 29 presenças ao todo) e titular do selecionado italiano (deixando Peruzzi na suplência) que participou das Olímpiadas do mesmo ano em Barcelona - e que só foi eliminado pela posteriormente dourada Espanha de Luis Enrique e Guardiola - Batman teve poucas chances no Milan, sempre preterido pelo mais rodado Rossi, o que acabou proporcionando uma mudaça de rumo em sua carreira quando, em novembro de 1993, passou ao Pisa, na Serie B.
Apesar da campanha decepcionante, concluída com o rebaixamento da equipe neroazzurra à Serie C1, Antonioli voltou à Serie A na temporada 1994/1995 para substituir o brasileiro Taffarel - cedido ao Atlético Mineiro - sob a meta da Reggiana.
Era a época da Juventus de Lippi, com Baggio, Del Piero, Ravanelli e Vialli, e a Reggiana, apesar de alguns bons valores como os veteranos De Agostini e De Napoli e stranieri como o português Futre, o romeno Mateut e o nigeriano Oliseh, naufragou na competição, terminando no penúltimo lugar com pífios 18 pontos (frutos de 4 vitórias, 6 empates e 24 derrotas!), tendo sofrido 56 gols nos 34 encontros.
Hora de começar de novo, desta vez com o prestigioso Bologna, que retornava à Serie B depois do fallimento ocorrido no início da década.
Sob Le Due Torri, já na primeira temporada Antonioli conquistou o título do campionato cadetto e a conseqüente promoção à Serie A, participando em seguida das boas campanhas da equipe rossoblù na máxima divisão do futebol italiano, contando com, dentre outros, companheiros do calibre de Marocchi, Fontolan, Ingesson, Kennet Andersson, Signori e, claro, Roberto Baggio!
Ao final de seu contrato com os Felsinei, Antonioli acertou sua transferência à Roma, onde foi titular na campanha do terzo scudetto romanista, tendo participado, também, da excursão italiana ao Europeu disputado nos Países Baixos em 2000, sem porém estrear pela Azzurra principal.
Goleiro bastante seguro, de ótima colocação e de forte personalidade, Antonioli prosseguiu sua carreira na Sampdoria depois que transcorreu boa parte da stagione 2002/2003 duelando com o jovem Pelizzoli pelo posto de titular na Lupa.
Em Gênova, Batman demonstrou não ser um arqueiro em final de carreira e durante 3 temporadas passou segurança aos seus companheiros de defesa, até que em 2006, aos 36 anos, resolveu retornar à Bologna, onde disputou 2 campeonatos in B sem ficar de fora de uma partida sequer, conquistando nova promozione in massima serie em 2008.
Agora, com 347 presenças na Serie A, Antonioli (a figurinha acima é a desta temporada) tem mostrado, a cada rodada, que Bologna é realmente uma ótima praça para relançar jogadores tidos como em final de carreira, sendo um dos principais responsáveis, junto com o capocannoniere Di Vaio, pela equipe ainda buscar a permanência na Serie A.

Marcadores:

Na Última Vez ...

segunda-feira, maio 18, 2009

'B' Em Pílulas


* Durou só uma temporada o purgatório crociato, pois com o empate em 2 x 2 com o Cittadella no Pier Cesare Tombolato na última sexta-feira, o Parma matematicamente assegurou o seu retorno à próxima Serie A (abaixo, a comemoração de Budel, Morrone e Castellini - Parma);
* O time comandado por Guidolin chegou a fazer 2 x 0 no 1º tempo, com direito a gol do brasileiro Reginaldo, mas cedeu o empate na 2ª etapa para a squadra granata com uma doppietta de Meggiorini;
* Gols brasileiros ocorreram também na vitória do capolista Bari e do Frosinone;
* Os Galletti golearam o Modena por 4 x 1, com o brasileiro Barreto anotando, de pênalti, o último gol da partida, que ainda teve tentos de Guberti, Lanzafame, Kutuzov e do modenese Bruno;
* Já o avançado Eder fez o gol da vitória do seu Frosinone como visitante em Vicenza;
* O principal artilheiro do campionato cadetto segue sendo Tavano, do Livorno, que passou em branco na vitória da sua equipe sobre o Sassuolo por 3 x 2, placar todo construído na etapa final com Miglionico (L), Danilevicius (L), Zampagna (S), Noselli (S) e novamente Danilevicius (L);
* Tavano é também o jogador que mais concluiu em toda Serie B, totalizando 163 conclusões até aqui, seguido por Vantaggiato (155) e pelo seu companheiro Diamanti (150).

Marcadores:

Na Última Vez ...

Panorama Da Rodada


Se a rodada passada pouco contribuiu para a definição dos verdetti da temporada, esta 36ª, ao contrário, foi pródiga!
Para começar, a Internazionale (que venceu o Siena por 3 x 0 - http://calcioseriea.blogspot.com/2009/05/o-jogo-da-tv-parte-iii-internazionale-x.html), confirmou mais um scudetto em seu palmares com a derrota do Milan para a Udinese no sábado (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/05/o-jogo-da-tv-parte-i-udinese-x-milan.html), mesmo dia da emocionante vitória da Roma sobre o Catania por 4 x 3.
A partida do Olimpico romanista foi realmente empolgante, com a Lupa indo para o intervalo vencendo por 3 x 1 (tentos de Perrotta, Tedesco, Vucinic e novamente Perrotta), mas sofrendo a rimonta no 2º tempo, quando esteve perto de ser mesmo derrotada, até que Panucci (os outros gols foram de Mascara e Morimoto), aos 92', deu números finais a partida com uma cabeçada em plena pequena área (acima o gol do defensor giallorosso - Bartoletti).
Embora na teoria ainda seja possível, faltando apenas duas rodadas para o término do campeonato, o Genoa efetivamente jogou a toalha na disputa por uma vaga na próxima Champions League ao empatar em 2 x 2 com o Chievo no domingo.
Sem Criscito, Mesto e Papastathopoulos, Gasperini lançou o Grifone em um inédito 4-2-3-1, com o ala Marco Rossi improvisado como lateral e, depois de um 1º tempo muito intenso, onde o Genoa foi inconclusivo in zona gol, o Chievo fez prevalecer sua maior força física e foi para o vestiário vencendo por 1 x 0, tento do meia Pinzi em assistência do brasileiro Luciano (acima contra o sérvio Jankovic - Guerin Sportivo).
Na 2ª etapa, o Genoa começou disposto a recuperar o prejuízo e alcançou o empate com o argentino Milito cobrando pênalti e a virada com o uruguaio Olivera batendo falta, mas, no final, o Chievo, então já com 3 atacantes, alcançou nova igualdade com o sempre presente Pellissier, que marcou de cabeça aos 40'.
Se o empate no Luigi Ferraris e a vitória da Fiorentina contra a Sampdoria (confira em http://calcioseriea.blogspot.com/2009/05/o-jogo-da-tv-parte-ii-fiorentina-x.html) praticamente definiram o quarteto italiano que vai para a UCL, a briga pela Europa League continua acirrada, especialmente porque, além de Roma e Udinese, também o Palermo venceu na giornata, fazendo 2 x 0 na Lazio com gols de Miccoli e Migliaccio, um no início e outro no final da partida.
Agora, se os Aquilotti já estão assegurados na EL por causa do sucesso na Coppa Italia, o Cagliari, que ficou estacionado nos 50 pontos, abandonou o sonho de voltar à Europa depois de 15 anos ao perder para a Reggina, que deixou a última colocação, por 2 x 1.
Apesar da equipe comandada por Allegri ter até largado na frente com um gol de Lazzari, o time amaranto mereceu a vitória construída de virada a partir dos gols de Ceravolo e Brienza e que, além de ter tirado os comandados de Orlandi da última posição, dá uma sobrevida ao clube de Reggio Calabria.
Aliás, a luta para fugir da Serie B continua muito interessante, principalmente porque o Torino foi até o San Paolo e venceu o Napoli pelos mesmos 2 x 1 e também de virada, tentos do brasileiro Piá e dos italianos Bianchi e Rosina.
Em uma rodada marcada por grandes viradas, no 'Match Clou Salvezza' o Bologna passou pelo Lecce por 2 x 1, com direito a gol decisivo de Volpi aos ... 94'!
Antes, o placar havia sido construído pelos atacantes Tiribocchi e Di Vaio.
Para completar a rodada, a Juventus não aproveitou a chance para encostar no Milan e não foi além de mais um empate (o 5º consecutivo!), desta vez com a Atalanta por 2 x 2, gols de Cigarini (ao lado com Defendi contra Camoranesi - Grazia Neri), Iaquinta, Cristiano Zanetti e Pellegrino em partida que ainda teve 6 bolas na trave.
Esta 36ª, inclusive, foi uma giornata na qual os principais marcadores do torneio estufaram as redes, com a classifica cannoniere passando a apontar o rossoblù Di Vaio na ponta com 23 gols, seguido de Ibrahimovic (Inter) com 22, Milito (Genoa) com 20 e Gilardino (Fiorentina) com 19.
Ainda segundo o projeto DigitalSoccer da Panini, os recordmen della giornata foram o zagueiro Ferrari (Genoa), com 40 bolas recuperadas, os meias Pizarro (Roma), com 82 passes acertados, Barreto (Reggina) e Nedved (Juventus), com 5 assistências cada, além dos atacantes Brienza (Reggina), Quagliarella (Udinese) e Tiribocchi (Lecce), que acertaram 8 tiri cada.
Já a classificação atualizada da Serie A 2008/2009 está assim: 1º Internazionale (81 pts); 2º Milan (71); 3º Juventus (68); 4º Fiorentina (67); 5º Genoa (62); 6º Roma (57); 7º Palermo (55); 8º Udinese (54); 9º Cagliari (50); 10º Lazio (47); 11º Atalanta (46); 12º Sampdoria (44); 13º Napoli (43); 14º Siena (43); 15º Catania (40); 16º Chievo (37); 17º Torino (34); 18º Bologna (33); 19º Reggina (30) e 20º Lecce (29).

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...

domingo, maio 17, 2009

O Jogo Da TV (Parte III) - Internazionale x Siena



Em um Giuseppe Meazza repleto (73.492 spettatori para ser exato) e em festa para celebrar o 17º scudetto nerazzurro, a Inter entrou em campo festejando (abaixo a entrada do grupo com uma enorme bandeira com o famoso Tricolore com um 17 ao centro - Villa), mas, depois que a bola rolou, não quis saber de brincadeira contra um Siena brioso, que acabou severamente castigado pelo placar de 3 x 0.
Distribuída no 4-3-1-2, com Calaiò e Ghezzal na frente, tendo o marroquino Kharja como trequartista, a equipe bianconera, como antecipado por seu técnico Giampaolo, realmente não foi até Milão com o propósito de ser um mero sparring ou coadjuvante na festa do título interista e começou assustando, com Júlio César sendo chamado para mandar para escanteio uma conclusão de Calaiò no primeiro lance de perigo da partida.
Mas, depois de começar de forma aparentemente meio desatenta, errando muitos passes, a Inter foi se acertando e o desejo de estufar as redes adversárias para completar a festa na arquibancada foi aumentando ... até que, no finalzinho da 1ª etapa, o argentino Cambiasso foi oportunista e emendou um rebote do goleiro Curci em chute de Stankovic para abrir o marcador.
No 2º tempo, aproveitando um magistral lançamento de Figo, o jovem Balotelli (ao lado contra Codrea - Grazia Neri) avançou com sua tradicional galopada e, após tirar o goleiro Curci com um drible sensacional, fez 2 x 0 para a campeã italiana.
Apesar da desvantagem, o Siena não se deu por vencido - o que deixou a partida muito interessante - e acertou a trave de Júlio César em duas ocasiões até que Ibrahimovic ampliou para 3 x 0 aos 31', com um chute rasteiro e forte (abaixo o momento em que o avante sueco concluiu para o gol - Reuters) que passou entre as pernas do bom arqueiro Curci.
Mourinho, que já havia propiciado uma ovation para Balotelli ao substituí-lo por Mancini, fez com que também o brasileiro Júlio César fosse aplaudidíssimo ao dar lugar a Orlandoni, com o terzo portiere interista ainda tendo que se exibir em grande arremate do argelino Ghezzal, que tentou surpreender encobrindo o goleiro italiano.
Em suma, uma grande festa (cujos melhores momentos podem ser visualizados no highlights abaixo)!
O tabellino:
Inter: Júlio César (77' Orlandoni); Zanetti, Cordoba, Samuel, Chivu; Cambiasso, Muntari, Figo (63' Santon), Stankovic, Balotelli (74' Mancini); Ibrahimovic. All. Mourinho.
Siena: Curci; Ficagna, Portanova, Brandão, Del Grosso; Vergassola, Codrea (46' Coppola), Galloppa, Kharja (46' Jarolim); Calaiò, Ghezzal. All. Giampaolo.
Gols: 44' Cambiasso, 52' Balotelli, 76' Ibrahimovic.
Árbitro: Bergonzi.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

O Jogo Da TV (Parte II) - Fiorentina x Sampdoria



Contra uma Sampdoria desiludida (e cansada) depois da perda da Copa Itália (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/05/e-na-copa.html), a Fiorentina não teve maiores dificuldades para somar mais 3 pontos em sua caminhada rumo a uma das vagas italianas na próxima Champions League.
É verdade que o resultado final, um magrinho 1 x 0, não deixa transparecer o que foi o jogo, mas basta verificar que a Samp acertou um único mísero chute na meta defendida por Frey durante todo o jogo...
Sem Cassano e com um ampio turnover, mas com Pazzini de volta à sua Florença tendo como partner o jovem Marilungo (ao lado marcado por Koldrup - Sampdoria), a equipe blucerchiata até que começou equilibrando as ações, mas acabou sucumbindo diante da melhor técnica da Viola e do forte calor de Firenze.
Já a Fiorentina, que iniciou no 4-2-3-1 com Jovetic e Vargas liberi para encostar no avante Gilardino, explorou o bom toque de bola de seu centrocampo e chegou ao gol aos 21', quando Semioli foi à extema direita e cruzou, com a bola chegando até a outra ponta, onde o peruano Vargas devolveu a bola à área para a conclusão do sempre oportunista Gilardino (abaixo controlado por Gastaldello - Grazia Neri).
A Samp até que tentou reagir, com Pazzini e Gastaldello criando boas oportunidades ainda no 1º tempo, mas na etapa complementar o time comandado por Mazzarri sucumbiu ao forte calor (pela primeira vez no ano o termômetro apontou 30 graus Celsius em Florença!) e o ritmo da partida decaiu muito, cabendo a Fiorentina as melhores chances com Felipe Melo (grande defesa de Mirante) e Jovetic.
E, como não definiu quando teve a oportunidade, quase que a Fiorentina viu sua vitória esvair no finalzinho, já que aos 40' o suíço Ziegler (mais abaixo perseguido por Zauri - Sampdoria) acertou o único chute certo da Sampdoria no gol da Fiorentina durante toda a partida, exigindo boa defesa de Frey em cobrança de falta próxima da área.
Teria sido injusto, pois a Fiorentina mereceu a vitória que vai para a história com o seguinte tabellino:
Fiorentina: Frey; Zauri, Gamberini, Dainelli (26' Koldrup), Pasqual; Montolivo, Felipe Melo (55' Donadel), Semioli, Vargas (78' Gobbi), Jovetic; Gilardino. All. Prandelli.
Sampdoria: Mirante; Gastaldello, Ferri (73' Campagnaro), Raggi; Padalino, Palombo, Dessena (82' Sammarco), Delvecchio, Ziegler; Marilungo (69' Mustacchio), Pazzini. All. Mazzarri.
Gol: 21' Gilardino (o gol e os melhores momentos podem ser visualizados nos highlights ao final do post).
Árbitro: Gervasoni.
Cartões amarelos: Raggi, Ferri e Sammarco.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Você Sabia ...


* Que, desde que a Serie A é disputada a girone unico, 16 equipes diferentes já terminaram ao menos uma vez o campeonato na 2ª colocação?
* Que, dentre estas, figura o Perugia, que na temporada 1978/1979 (foto ao lado - Guerin Sportivo) terminou o campeonato de forma invicta, mas 3 pontos atrás do Milan campione?
* Que a Juventus, maior campeã do Calcio, tem também o primato em se tratando de vice-campeonatos, vez que a Vecchia Signora terminou 16 vezes na 2ª colocação, sendo seguida pela Internazionale (14 volte), Milan (13) e Roma (10)?

Marcadores:

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker