Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, setembro 20, 2008

O Jogo Da TV (Parte I) - Roma x Reggina



Finalmente a Roma de Spalletti estreou na temporada 2008/2009! Depois de duas apresentações opacas pela Serie A e uma desastrosa pela Champions League, a Lupa Capitolina mostrou seu potencial e, ao menos no 2º tempo, atropelou a Reggina em jogo válido pela 3ª giornata.
Com Panucci e Loria formando a zaga, Cassetti no posto de Cicinho (que começou no banco) e Menez (pela primeira vez como titular) no suporte da unica punta Vucinic, a Roma entrou em campo para enfrentar uma Reggina cautelosa, com Di Gennaro no lugar do fantasista Brienza e os mastins sulamericanos Barreto e Carmona como meias de contenção, tendo apenas Corradi como atacante de ofício.
Porém, a primeira chance concreta foi exatamente dos comandados de Orlandi, com Vigiani errando o alvo por muito pouco em chute que assustou o goleiro Doni aos 7'.
Com 10 homens disputando espaço no meio de campo, il sistema Spalletti demorou a encaixar e a partida foi evoluindo sem maiores emoções, até que a Roma conseguiu impor sua melhor categoria nos últimos minutos da 1ª etapa e alcançou a vantagem, embora em lance fortuito, com Taddei aproveitando uma bola mal afastada por Valdez e servindo Panucci para o capitano da ocasião firmar o 1 x 0, sem maiores dificuldades (foto do alto - Laganà).
Para a 2ª etapa a Reggina voltou com o habilidoso Brienza no lugar de Di Gennaro, disposta a surpreender a Roma e, como no 1º tempo, foi logo perigosa, desta vez com o jovem Barillà, que obrigou Doni a boa parata.
Mas, desta vez os giallorossi foram mais céleres e, um minuto depois de boa conclusão de Vucinic, Aquilani (acima, à esquerda, com Barreto - Grazia Neri) fez um golaço, acertando um tiro indefensável que entrou no ângulo defendido por Campagnolo (vale a pena conferir nos melhores momentos ao final do post).
A partir daí a Roma envolveu completamente o time amaranto, com Menez aparecendo muito bem e, depois, em seu lugar o esordiente Perrotta.
Houve espaço até para Totti (à direita contra o ex di turno Lanzaro - Laganà), que cobrou a falta que originou o terzo gol romanista, em conclusão de Perrotta depois do rebote de Campagnolo (outro ex).
Un passo verso la luce que começou com uma bela homenagem da Curva Sud à família Sensi e que terminou com o seguinte tabellino:
Roma: Doni; Cassetti, Loria, Panucci, Riise; De Rossi, Brighi, Aquilani (87' Cicinho), Taddei, Menez (69' Perrotta); Vucinic (77' Totti). All. Spalletti.
Reggina: Campagnolo; Lanzaro, Valdez, Cirillo, Costa; Carmona, Barreto, Barillà (83' Hallfredsson), Vigiani (62' Ceravolo), Di Gennaro (46' Brienza); Corradi. All. Orlandi.
Gols: 46' Panucci, 51' Aquilani, 93' Perrotta.
Árbitro: Gervasoni.
Cartões amarelos: Valdez e Lanzaro.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Match Clou - 3ª Rodada 2008/2009



Apesar da vitória conquistada na última quinta-feira sobre o Zürich em jogo válido pela Copa U.E.F.A. (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2008/09/itlia-na-europa.html), o técnico Ancelotti (abaixo, à direita - Insidefoto) sabe da necessidade de vencer também a Lazio no próximo domingo, no 'Match Clou' da 3ª rodada da Serie A 2008/2009.
E, para tanto, o tcheco Jankulovski sabe que será "necessario fare qualcosa in più, con tutto il rispetto per lo Zürich, ma non è forte come la Lazio, che è partita bene, con due vittorie. Ieri c'è stato lo spirito giusto, eravamo aggresivi, pressavamo, ma sappiamo che domenica sera sarà molto più difficile".
Aliás, autor de uma boa prestação pela competição européia, Janku deve ser confirmado na lateral esquerda, com Zambrotta, Bonera e Maldini completando a defesa, com Abbiati voltando à meta rossonera.
A prevalecer a opção pelo 4-3-2-1, Ambrosini e Flamini devem ter a companhia do ritornante Gattuso (abaixo - Afp) na primeira linha do meio de campo, com o duo brasiliano Kaká-Ronaldinho mais avançados e Borriello isolado na frente, deixando os vários Seedorf, Shevchenko e Pato no banco.
No lado romano, o allenatore Delio Rossi volta a poder contar com o meia Foggia (di scuola Milan), mas a única alteração, em relação a equipe que venceu a Sampdoria na última rodada, deve ser a entrada do brasileiro Matuzalém no posto do francês Meghni.
Assim, disposta no 4-3-1-2, a Lazio deve começar com: Carrizo; Lichtsteiner, Siviglia, Rozehnal e Kolarov; Brocchi (que pela primeira vez enfrentará seu ex clube), Ledesma, Matuzalém e Mauri; Zárate e Pandev (mais abaixo - La Presse).
Se dependesse apenas do retrospecto, Ancelotti poderia dormir tranquilo, pois, em 65 encontros, o Milan venceu 38 vezes, empatou 18 e perdeu apenas 9, sendo a última vez na temporada 1989/1990, quando, pela 2ª rodada, Maldini (ele mesmo!) fez o gol contra que redundou na vitória laziale.
Aliás, naquele 03 de setembro de 1989 o meia Ancelotti envergou a camisa rossonera, com Sacchi escalando, ainda, Giovanni Galli, Tassotti, Maldini, Colombo, Filippo Galli, Baresi, Donadoni, Borgonovo, Rijkaard e Massaro.
Na Lazio, o goleiro foi o então promissor Fiori, que encerrou sua carreira no Milan na temporada passada, enquanto o destaque era o controvertido (na época apenas um jovem talentoso) Di Canio.
Maldini, como dificilmente seria diferente, é o jogador que mais atuou no confronto, tento atuado em 16 ocasiões contra a Lazio em Milão, tendo perdido apenas aquela de 1989.
Já os maiores artilheiros do embate são os italianos Silvio Piola e Giovanni Moretti, em companhia do fabuloso sueco Gunnar Nordahl, todos com 7 gols marcados.
Outra curiosidade é que o ano de 1958 é de péssima lembrança para os tifosi laziali, que viram sua equipe sofrer duas das maiores goleadas vivenciadas no confronto: 6 x 1 em abril (com 5 gols de Carlo Galli!) e 5 x 0 em dezembro (com uma doppietta de Altafini), placar que aconteceu também em março de 1936.
Assim, não é de se estranhar que o Milan tenha marcado 131 vezes no confronto, contra apenas 63 da Lazio.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma


Como anunciado, a 'L'Enigma' desta semana propõe, como desafio, o scudetto ao lado, que é de uma equipe que disputa a atual Serie D do futebol italiano.
Para facilitar a tarefa dos nossos leitores, o clube em questão é um dos poucos existentes cuja denominação homenagea uma pessoa física, mais especificamente um antigo calciatore que, inclusive, já passou por estas páginas!

Marcadores:

Na Última Vez ...

sexta-feira, setembro 19, 2008

Serie A promete muitas emoções no final de semana


Abrindo uma semana de muito calcio (haverá rodada na quarta-feira), este final de semana traz a 3ª giornata da Serie A 2008/2009.
O 'Match Clou' coincide com o posticipo de domingo - o aguardado Milan x Lazio (ESPN e RAI prometem a transmissão a partir das 15h30, horário de Brasília), mas a bola rola já no sábado, com Catania x Atalanta (ESPN e RAI às 13h00) e Roma x Reggina (ESPN Brasil, SporTV, TV Esporte Interativo e RAI às 15h30).
Em crise depois do começo titubeante na Serie A e do passo falso na última terça pela Champions League, a Roma entrará no Olimpico sob forte pressão e ainda não deverá contar com vários titulares, dentre eles Totti e a dupla de zaga titular Juan e Mexes.
Do outro lado, a Reggina vem de uma convincente vitória sobre o Cagliari válida pela Copa Itália e deve aparecer com o habilidoso Brienza formando um perigoso tandem ofensivo com Corradi (acima - Laganà), que é ex laziale.
No domingo, às 10h00 de Brasília, o Cagliari recebe a Juventus no Sant'Elia (TV Esporte Interativo e ESPN Brasil prometem o jogo em VT); a Fiorentina o Bologna no Artemio Franchi e Udinese x Napoli fazem um jogo muito interessante no Friuli.
Completam a rodada, sempre no mesmo horário, Lecce x Siena; Palermo x Genoa; Sampdoria x Chievo e Torino x Internazionale, que terá transmissão, ao vivo, da ESPN, da SporTV e da RAI.
Para o desafio contra o Toro, o allenatore nerazzurro José Mourinho poderá lançar, desde o início, o brasileiro Adriano (à esquerda - Insidefoto) no ataque, bem como o romeno Chivu como lateral esquerdo.
Já o granata De Biasi parece propenso a repetir o undici que empatou com a Reggina, repetindo o trio Rosina-Amoruso-Bianchi.
Bom divertimento a todos!

quinta-feira, setembro 18, 2008

A Itália Na Europa


Foi uma semana quase perfeita para as equipes italianas na Europa, com saldo de seis vitórias, um empate (que foi uma quase-vitória na casa do adversário...) e apenas uma derrota - essa totalmente inesperada da Roma frente os desconhecidos romenos do Cluj em pleno Olimpico romano.
E até que a Spalletti's Band começou bem, com o sempre presente Panucci abrindo o marcador aos 17', mas, depois ... uma Roma irreconhecível sofreu a virada e acabou derrotada merecidamente pela estreante equipe romena, que na verdade é uma verdadeira torre de babel, pois apenas 5 dos 22 inscritos na UCL são romenos, sendo 6 só os argentinos.
Aliás, foi exatamente um hermano - totalmente desconhecido em sua pátria - o grande protagonista da partida: Juan Culio (à direita comemorando com o técnico - o italiano Maurizio Trombetta - Ansa), autor de ambos os gols da rimonta histórica!
Para a Roma, em evidente calo físico, chegou a hora de abrir os olhos e buscar salvar a temporada imediatamente, pois, depois da Supercoppa, de duas rodadas da Serie A e deste famigerado esordio na Champions League, o futebol ainda não apareceu, com os reforços em clara dificuldade de inserção no jogo giallorosso.
Mas, ainda na terça-feira, a Internazionale de Mourinho foi até Atenas e venceu com autoridade o Panathinaikos dos brasileiros Cleyton (abaixo, à direita, contra Cambiasso - Afp), Gilberto Silva, Marcelo Mattos e Souza por 2 x 0.
Aliás, foi um jogo onde os brasileiros foram os destaques: enquanto Júlio César fez intervenções importantes, coube a Mancini (à esquerda contra Vintra - La Presse) e seu substituto Adriano anotarem os gols da squadra nerazzurra, que acabou pressionada no final da peleja.
No dia seguinte, foi a vez de Fiorentina e Juventus ingressarem em campo pela Uefa Champions League.
A Vecchia Signora, com Del Piero e Trezeguet no ataque, recebeu a sensação Zenit St. Petersburg, atual campeão da U.E.F.A. Cup e da Supercopa Européia, no Olimpico de Turim.
Não foi um desafio fácil, mas com uma cobrança de falta aos 30' da 2ª etapa de Pinturrichio Del Piero, a Juve conquistou os necessários 3 pontos.
De consignar que o capitano (abaixo - La Presse - sofrendo uma forte marcação adversária), aos 33 anos, marcou seu 38º gol na Champions League e comemorou com uma inédita capriola, no melhor estilo Hugo Sanchez.
Teoricamente com uma missão das mais difíceis, a Fiorentina entrou no Gerland, também na quarta-feira, disposta a controlar a pressão inicial do Lyon e o fez com louvor.
Depois, disposta em um 4-3-1-2 com Kuzmanovic fazendo a ligação do meio de campo com o ataque composto por Mutu e Gilardino, a Viola partiu para o ataque e, em jogada que envolveu Montolivo, Felipe Melo e terminou com um perfeito cross de Zauri, Gilardino abriu o marcador.
Sempre usando a cabeça, Gila ampliou em cruzamento de Mutu ainda no 1º tempo, que ainda viu uma belíssima conclusão de Almiron terminar no incrocio dei pali.
Na 2ª etapa os franceses voltaram dispostos a reagir, mas a Fiorentina vinha muito bem até que, aos 28', ocorreu o lance que mudou o rumo da partida: com o lateral Zauri no chão (seria substituído em seguida), perto da linha de fundo, o Lyon avançou e Benzema, que estaria impedido se não fosse o italiano dolorante, serviu para Piquionne diminuir.
Depois, faltando 4' para o término do tempo regulamentar, o time de Juninho Pernambucano (à direita saltando Dainelli - Gazzetta dello Sport), aproveitando il colpo psicologico degli avversari, alcançou o já inesperado empate com o próprio Benzema.
Cabe lembrar que o árbitro da partida, o sueco Frojdfelt, foi o mesmo que validou o gol de Van Nistelrooy na partida contra a Itália pela Euro 2008, quando Panucci estava também a terra.
Passando à Copa U.E.F.A., o resultado menos confortante para os italianos foi o do Napoli, que acabou vencendo o forte Benfica pelo perigoso placar de 3 x 2.
Jogando no San Paolo, os Águias do trio ofensivo Reyes-Di Maria-Suazo saíram na frente com um gol de cabeça do hondurenho ex-Cagliari, mas sofreram a reviravolta de um ótimo Napoli com Vitale e Denis, que marcou seu tento ainda aos 20' (abaixo, à esquerda, a conclusão vencedora - Ansa).
Depois, a equipe partenopea chegou ao 3 x 1 com Maggio e teve a chance de até fazer mais, como quando El Tanque Denis teve um gol negado pelo brasileiro Léo, que salvou em cima da linha.
Porém, o Napoli acabou pagando certa inexperiência e permitiu que os portugueses, com o zagueiro brasileiro Luisão, diminuíssem a contagem logo em seguida, deixando a noite "magica, sí, ma con l'amaro in bocca" (Gazzetta dello Sport).
Grande resultado foi o da Sampdoria - disposta a não repetir os erros cometidos contra o Aalborg no ano passado - que atropelou o Kaunas da Lituânia por 5 x 0, com doppiette de Bonazzoli e Cassano e gol do uruguaio Fornaroli, que aproveitou cruzamento de Dessena para fechar o placar.
Outra vitória importante foi a da Udinese que, jogando fora de casa e mesmo poupando Di Natale e Quagliarella, venceu o Borussia Dortmund por 2 x 0, tentos de Floro Flores e Inler, ambos na 1ª etapa.
Por fim, o Milan, não sem dificuldade, fez 3 x 1 no Zürich.
Com Dida de volta ao gol rossonero, o Milan só conseguiu abrir o marcador aos 46' do 1º tempo, quando o lateral Jankulovski foi fortunato pela desviação de Stahel e acabou vencendo o goleiro elvetico Leoni.
Na 2ª etapa, a equipe treinada por Ancelotti continuou sem exibir um grande futebol, mas, depois de Ambrosini desperdiçar uma chance concreta e Dida quase protagonizar mais uma incrível papera (a bola, perseguida pelo goleiro brasileiro, acabou por mansamente se chocar com a trave), eis que Pato fez 2 x 0 em uma belíssima cobrança de falta (acima a comemoração do atacante - Ap).
Aos 28', foi a vez de Borriello, con un sinistro angolato di rara precisione, fazer 3 x 0, tendo o sueco Djuric sacramentado o 3 x 1 finale alguns minutos depois.

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...

quarta-feira, setembro 17, 2008

E Na Copa ...


Nesta quarta-feira 3 partidas abriram o Quarto Turno da Copa Itália, ainda disputado em gara unica, eliminatória.
O surpreendente Padova (que disputa a antiga Serie C1), que eliminou Piacenza e Chievo nas fases antecedentes, desta vez não aguentou a maior categoria do Catania (embora Zenga tenha poupado alguns de seus titulares) e levou 4 x 0 no Angelo Massimino.
O grande destaque na vitória siciliana foi o japonês Morimoto, autor de 2 gols - os demais foram do romeno Dica e do defensor Sabato.
Com um time bastante alterado, onde houve espaço para alguns jovens pouco conhecidos como o meia Viola (ao lado contra Parola - Laganà) e o atacante Khoris, a Reggina fez os mesmos 4 x 0 no Cagliari, que também não entrou em campo com a sua força máxima.
O punteggio da partida foi construído todo na 2ª etapa, com doppiette de Ceravolo e Brienza.
Por fim, o Siena recebeu o cadetto Empoli e acabou eliminado, já que o bom meia Lodi fez os 2 gols da partida e decretou a vitória dos azzurri.
Nas 8ªs de final, o Empoli enfrentará a Sampdoria, enquanto a Reggina a Udinese e o Catania a Juventus.
Os demais cotejos que definirão os outros classificados à próxima fase serão disputados entre 30 de setembro e 02 de outubro próximos.

Marcadores:

Na Última Vez ...

L'Enigma - La Soluzione


Só mesmo um romano (grande expert do futebol brasileiro!) para desvendar que o scudetto à esquerda é o logo da Associazione Sportiva Dilettantistica Cynthia 1920 (abaixo o símbolo em sua integralidade), clube de Genzano di Roma, uma pequena comuna na província da capital italiana nell'area dei Castelli Romani, que atualmente disputa a Serie D e teve o seu melhor momento na temporada 1974/1975, quando chegou a participar da Serie C.
Agora, com este grande trunfo de Brahma, o II Desafio Calcio Serie A apresenta o seguinte placar: 1º Michel Costa (4 pts); 2º JP e Lady Cyntia (3); 4º Antonio Giusto e Brahma (2).
No próximo sábado, novo enigma dilettanti!

Marcadores:

Na Última Vez ...

segunda-feira, setembro 15, 2008

'B' Em Pílulas


* Em rodada marcada por erros arbitrais, o Parma goleou o Ancona do brasileiro Rincón (crescido no São Paulo e de propriedade da Internazionale) por 4 x 1, com gols de Paloschi, doppietta (um deles cobrando pênalti inexistente) de C. Lucarelli (abaixo a comemoração dos artilheiros crociati - Grazia Neri) e Matteini, tendo Mastronunzio anotado o della bandiera da agremiação dorica;
* Mas a maior goleada da 3ª rodada da Serie B foi do neopromosso Sassuolo às custas do líder Grosseto - 4 x 0, tentos de Noselli, Salvetti, Zampagna e Andreolli;
* Também esta partida disputada no Stadio Alberto Braglia foi condicionada por um equívoco do árbitro Candussio, que expulsou injustamente o goleiro visitante Acerbis ainda no 1º tempo;
* Transcorridas 3 rodadas, o Modena treinado por Daniele Zoratto é a única equipe que ainda não pontuou no campeonato, tendo, nesta giornata, sido derrotado pelo Pisa por 1 x 0, gol anotado por Greco cobrando um pênalti inventado pelo mediador Tozzi;
* Quem ainda não marcou um único gol no campeonato é o Avellino, que pela segunda vez consecutiva empatou em 0 x 0 - desta vez com o Cittadella;
* Bari x Brescia e Piacenza x Livorno terminaram ambos em 1 x 1, com Caracciolo e Cavalli anotando os gols do primeiro embate e Tavano e Graffiedi o do segundo;
* Mantova x Vicenza foi suspensa depois de 5' em razão de um diluvio universale que impediu a continuidade da partida, devendo ser recuperada no início de outubro.

Marcadores:

Na Última Vez ...

Panorama Da Rodada


Internazionale? Juventus? Milan? Roma? Que nada, transcorridas duas rodadas da Serie A 2008/2009, os líderes do certame são Lazio e Atalanta, únicos contendedores com 100% de aproveitamento até aqui.
Com 5 gols de saldo, os Aquilotti estão na ponta depois de superarem, neste domingo, a Sampdoria por 2 x 0, gols do argentino Zárate (capocannoniere do torneio com 3 gols - ao lado contra Delvecchio - Grazia Neri) e do fantasista Pandev.
E foi um cotejo bastante interessante, com o suíço Lichtsteiner impedindo um gol de Cassano logo aos 4', tendo o talentoso barese ainda aprontado das suas litigando com o seu próprio treinador e também com o adversário, bola na trave e boas defesas de Carrizo.
Já a Atalanta foi até o Renato Dall'Ara e superou o Bologna, que não conseguiu reeditar, principalmente em termos ofensivos, a boa atuação da rodada inicial.
Com um gol de Guarente (o 1º na categoria), os nerazzurri comandados por Del Neri (à esquerda, Cigarini disputa a bola com o atacante rossoblù Marazzina - Grazia Neri) conseguiram um merecido sucesso que propicia a equipe de Bergamo comandare la graduatoria a punteggio pieno.
Quem também quase alcançou os 6 pontos foi o Torino que, porém, teve que se contentar em terminar a rodada 'apenas' no 3º posto com 4 pontos após empatar com a Reggina em 1 x 1.
Jogando em Reggio Calabria, o time do presidente Cairo até largou na frente, com um tento do ex Amoruso (que não comemorou), mas permitiu o empate dos até então pouco eficientes calabresi com um autogol do defensor Di Loreto.
No final, a igualdade foi justa, até porque, depois de chegar ao empate, a Reggina acertou duas bolas na trave do gol defendido por Sereni.
Em um dos melhores jogos da rodada, o Napoli superou, de virada, a Fiorentina no 'Match Clou' por 2 x 1, gols de Mutu (em posição dúbia), Hamsik e Maggio, estes aproveitando jogadas de Lavezzi e Vitale.
O único ponto negativo da gara foi o San Paolo semi vazio (à direita - Ap), resultado das penalidades aplicadas ao Napoli pelo vandalismo de sua torcida contra a Roma na 1ª giornata.
Em confronto de duas equipes recém promovidas da Serie B, o Lecce venceu um Chievo senza idee por 2 x 0, com gols (merecidos) de Caserta e Castillo, que entrou no decorrer da partida no posto de Cacia e fez seu primo gol na Serie A (para saber mais sobre a carreira deste atacante argentino, vide http://calcioseriea.blogspot.com/2008/08/quem-vem-l-parte-ii-jos-castillo.html).
Também 2 x 0 foi o placar de Siena x Cagliari, tendo o time toscano construido o placar com Calaiò e Ghezzal (que fazia sua estréia na Serie A) sem maiores dificuldades, com o Cagliari de Allegri mostrando preocupantes limitações técnicas e táticas.
No posticipo de domingo, a Juventus bateu a Udinese no confronto bianconero (embora o time de Udine tenha jogado de azul - à esquerda Nedved perseguido por D'Agostino - La Presse) por 1 x 0, gol do brasiliano Amauri em partida na qual o time de Turim foi em muito superior, mesmo poupando algumas de suas peças para o confronto pela Champions League no meio de semana.
Por fim, completaram a rodada Genoa x Milan (http://calcioseriea.blogspot.com/2008/09/o-jogo-da-tv-parte-iii-genoa-x-milan.html), Internazionale x Catania (http://calcioseriea.blogspot.com/2008/09/o-jogo-da-tv-parte-ii-internazionale-x.html) e Palermo x Roma (http://calcioseriea.blogspot.com/2008/09/o-jogo-da-tv-parte-i-palermo-x-roma.html), todos já analisados na 'O Jogo Da TV'.
A classificação aponta o seguinte: 1º Lazio (6 pts); 2º Atalanta (6); 3º Torino (4); 4º Internazionale (4); 5º Napoli (4); 6º Juventus (4); 7º Udinese (3); 8º Genoa (3); 9º Siena (3); 10º Palermo (3); 11º Bologna (3); 12º Catania (3); 13º Chievo (3); 14º Lecce (3); 15º Fiorentina (1); 16º Reggina (1); 17º Roma (1); 18º Sampdoria (1); 19º Milan (0) e 20º Cagliari (0).

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...

domingo, setembro 14, 2008

O Jogo Da TV (Parte III) - Genoa x Milan



Na aguardada estréia de Diego Milito na Serie A, o Genoa não decepcionou os cerca de 30.000 torcedores que compareceram ao Marassi e impôs um convincente 2 x 0 sobre o Milan que, depois de duas rodadas, continua sem marcar qualquer ponto.
E olha que Ancelotti contou inclusive com Kaká (à direita com Juric - La Presse), postando os 3 Palloni d'Oro rossoneri desde o início.
Porém, foi o Genoa de Gasperini, atuando no 3-4-3 com a interessante dupla Criscito-Ferrari compondo com Biava a defesa rossoblù, tendo os rápidos alas Mesto e Modesto abertos nas extremidades do centrocampo, com Milanetto e Juric como centrais e Sculli e Gasbarroni como atacantes com cômputo de também fechar o meio, com o solito Milito como avante puro, que dominou a partida, atuando de forma spettacolare contra um Milan troppo lento.
Aliás, o gaúcho Ronaldinho, por exemplo, só apareceu nos primeiros minutos da partida, enquanto Shevchenko, também substituído no intervalo, não deu um mísero chute a gol.
Portanto, merecido o 1 x 0 do Grifone, concretizado aos 30' do 1º tempo, quando Gasbarroni (um dos melhores em campo) lançou El Principe Milito dentro da área que, com um genial toque de peito, colocou Sculli na frente de Abbiati, com o rápido atacante de scuola Juve achando o canto do gol rossonero para marcar seu 17º tento na Serie A (abaixo o momento da conclusão - La Presse).
Na 2ª etapa, Ancelotti voltou logo com Seedorf e o ex Borriello, avançando ainda o lateral Zambrotta para o meio, deixando o Milan no 3-4-2-1.
Depois, foi a vez de Pato entrar no lugar de Flamini, enquanto Gasperini, sem temer o adversário, sacou o ala Mesto para colocar o mais ofensivo Rossi.
Embora o Milan tenha melhorado um pouco e criado algumas boas oportunidades (logo em seu 1º lance Pato acertou uma bela cabeçada que passou bem pertinho da meta defendida por Rubinho, depois, o goleiro brasileiro ainda fez uma defesa arrojada nos pés do giovane rossonero), o Genoa prosseguiu superior também no 2º tempo.
No finalzinho, para delírio dos tifosi, o veterano Maldini cometeu pênalti em Milito (à direita um duelo de ambos - La Presse), que o argentino converteu com categoria, sacramentando o placar final.
Eis o tabellino:
Genoa: Rubinho; Biava, Ferrari, Criscito; Mesto (52' Rossi), Milanetto, Juric (66' Vanden Borre), Modesto; Sculli, Milito, Gasbarroni (85' Palladino). All. Gasperini.
Milan: Abbiati; Zambrotta, Bonera, Maldini, Favalli; Flamini (69' Pato), Pirlo, Ambrosini, Kaká; Ronaldinho (46' Seedorf), Shevchenko (46' Borriello). All. Ancelotti.
Gols: 30' Sculli, 91' Milito (pênalti).
Árbitro: Rocchi.
Cartões amarelos: Favalli, Juric, Sculli, Zambrotta, Kaká e Ambrosini.
Abaixo, os highlights da partida.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Você Sabia ...


* Que, nas duas primeiras rodadas da temporada 2008/2009, os 20 clubes da Serie A utilizaram 127 estrangeiros, de 38 países diferentes?
* Que, desses estrangeiros, 67 são de países da América do Sul, 53 da Europa, 6 da África e 1 da Oceania?
* Que o Brasil, com 26 atletas (dentre ele o atacante juventino Amauri - à direita - Insidefoto), é o país com mais representantes, seguido de Argentina (23), Uruguai (10), França (8), Chile (5), República Tcheca (5), Sérvia (5), Portugal (4), Suíça (4), Romênia (3), Áustria (2), Bélgica (2), Dinamarca (2), Mali (2), Montenegro (2), Suécia (2), Albânia (1), Austrália (1), Colômbia (1), Costa do Marfim (1), Croácia (1), Eslováquia (1), Eslovênia (1), Gana (1), Geórgia (1), Grécia (1), Holanda (1), Islândia (1), Liechtenstein (1), Lituânia (1), Macedônia (1), Marrocos (1), Nigéria (1), Noruega (1), Paraguai (1), Peru (1), Rússia (1) e Ucrânia (1)?

Marcadores:

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker