Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, setembro 13, 2008

O Jogo Da TV (Parte II) - Internazionale x Catania



Antes do jogo, The Special One Mourinho, bem ao seu estilo, disparou: "bastará uma Inter normal para bater um Catania excepcional".
Apesar da irresignação dos dirigentes etnei (revolta mesmo no caso do administrador delegado Pietro Lo Monaco), a partida transcorreu sob relativa tranquilidade, começando com uma bela homenagem prestada pelos tifosi e pelo próprio clube nerazzurro ao antigo ídolo Zenga, que retornava pela 1ª vez ao Giuseppe Meazza em sua nova carreira de allenatore (à direita - Inter).
Disposto a frenare i nerazzurri usando "cuore, cervello e gambe", o antigo Uomo Ragno não se intimidou e manteve o seu predileto 4-3-3 com Mascara, Plasmati e Martinez na frente (embora Mascara e Martinez tenham cumprido também funções defensivas), tendo no meio o argentino Ledesma como cervello, enquanto Mourinho promoveu a estréia do seu compatriota Quaresma, que formou com Figo e Balotelli um trio alle spalle do solito Ibrahimovic.
Com a bola rolando, a Inter, talvez condicionada pelas palavras de seu mister, não hesitou em demonstrar sua superioridade técnica, controlando a posse de bola durante a maior parte do tempo (terminou a partida com 59,3% neste quesito e 56,7% de domínio territorial), mas, foi o fechado Catania que abriu o marcador, com Plasmati aproveitando o primeiro escanteio a favor da equipe siciliana para fazer 1 x 0 aos 42'!
A resposta nerazzurra, para alívio dos cerca de 45.000 presentes, foi imediata: trivela do esordiente Quaresma que, desviada por Mascara (à esquerda, exatamente Mascarinho tentando controlar o último contratado da equipe interista - Inter), acabou entrando no gol defendido pelo argentino Bizzarri, que nada pôde fazer.
Antes de acabar o 1º tempo, em lance bastante controvertido, o ganês Muntari (abaixo, à direita, contra Ledesma - Grazia Neri) foi expulso diretamente por uma suposta cotovelada intencional em Tedesco, deixando a Inter com 10 homens para toda a 2ª etapa.
Assim, para tentar manter o controle da palla e, conseqüentemente, do meio de campo e da partida, a Inter voltou do vestiário com Zanetti no lugar de Figo, tendo Balotelli mais aberto pela direita.
Porém, não deu nem para ver se a alteração surtiria o efeito desejado, já que aos 3', em novo cruzamento de Quaresma, o zagueiro Terlizzi cabeceou contra seu próprio patrimônio, tendo a bola tocado na parte interna da trave antes de atravessar a linha do gol e ser recolhida pelas mãos de Bizzarri, em lance muito discutível (vide a foto abaixo, tirada da transmissão da Sky Sport - Corriere dello Sport).
Apesar da dificuldade da jogada, é importante destacar que o árbitro Damato, auxiliado por Rossomando, não teve dúvidas em anotar o gol, o que também não foi motivo de grande reclamação por parte dos jogadores do Catania.
Aliás, embora em superioridade numérica, o Catania não conseguiu, em momento algum, contestar o domínio interista, que teve em Mourinho um grande estrategista, lançando depois Cambiasso no posto de Balotelli e Mancini no de Quaresma, com o brasileiro sendo o grande destaque dos últimos minutos da partida.
Outro brasileiro que esteve muito bem foi o lateral Maicon, apesar de ter se mostrado demasiadamente nervoso em alguns momentos.
Ao final, vitória justa para os atuais tricampeões italianos.
O tabellino (sendo que L'Imperatore Adriano ficou no banco):
Inter: Júlio César; Maicon, Burdisso, Materazzi, Maxwell; Vieira, Muntari, Figo (46' Zanetti), Quaresma (78' Mancini); Balotelli (67' Cambiasso), Ibrahimovic. All. Mourinho.
Catania: Bizzarri; Silvestre, Stovini, Terlizzi, Silvestri; Tedesco (74' Antenucci), Biagianti, Ledesma; Mascara, Plasmati (61' Paolucci), Martinez (61' Dica). All. Zenga.
Gols: 42' Plasmati, 43' Mascara (contra), 48' Terlizzi (contra).
Árbitro: Damato.
Cartões amarelos: Tedesco, Vieira, Ledesma, Biagianti, Dica, Maicon e Paolucci.
Cartão vermelho: Muntari.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

5 Comments:

At 8:00 PM, Blogger JP said...

Rodolfo, vi apenas a 1ª parte desta partida e deu para ver um Inter pressionante embora sem grande criatividade a meio campo. Balotelli nem se viu e Ibrahimovic este muito discreto. A idade de Figo já pesa sobre o seu jogo e Quaresma teve muita sorte no golo obtido já que a bola desviou num defesa.
Depois vi o 2º golo do Inter e enfim... não consigo ter certezas se a bola entrou ou não!... O que interessa mesmo é que a 'estrelinha' não larga Mourinho, é algo impressionante...
Abraços

 
At 11:09 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
É, apesar da vitória, não foi uma Inter entusiasmante, tendo, inclusive, criado muito pouco.
Continuo achando que falta um meia de qualidade.
Abraços,

 
At 11:43 PM, Blogger Cyntia said...

hahaha Isso que dá falar mal do time dos outros. Postei o comentário no lugar errado!

Bem, valeu a bela homenagem feita ao Zenga.

Ciao!

 
At 11:06 AM, Blogger Michel Costa said...

A Inter jogou mal. Isso é um fato. E nem adianta Mourinho usar suas famosas frases de efeito que isso não vai mudar o que foi a partida.
Concordo que falta criatividade ao meio-campo interista, como costuma dizer o Rodolfo. Mas o problema maior pra mim ainda é físico.
Sobre a vinda de um meia de qualidade, infelizmente, não acredito nessa possibilidade ainda para esta temporada.

Ah! E falando em temporada, gostaria de te convidar Rodolfo, para o que aponte os favoritos na Europa para 2008/9.
Aos amigos Cyntia e JP, que já se fizeram presentes, o meu muito obrigado.

Abs a todos

 
At 12:15 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Michel,
Certamente a Inter vai melhorar sua parte física em mais alguns dias, mas acredito que esta temporada será bem mais disputada que as últimas, vez que Juventus, Milan e Roma diminuiram o 'gap' que tinham frente a Inter.
Quanto aos favoritos da temporada, já consignei meus palpites, alguns bem divergentes da maioria...
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker