Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, janeiro 24, 2009

O Jogo Da TV (Parte I) - Juventus x Fiorentina



La Juve continua la sua galoppata entusiasmante e a vítima da vez foi a Fiorentina, que saiu do Olimpico de Turim derrotada por 1 x 0 e bradando de raiva no anticipo serale da 20ª rodada da Serie A.
Foi uma partida bastante movimentada, com várias alternâncias táticas e disputada com bom nível técnico, à exceção do árbitro Saccani, cuja atuação acabou por prejudicar a equipe gigliata.
Mas, efetivamente, a Fiorentina, que teve que renunciar a Mutu e começou com Pasqual e Gobbi nos postos dos anunciados Vargas e Kuzmanovic, partiu exageradamente compacta e mais preocupada em marcar, possibilitando um domínio inicial bianconero, que criou a primeira grande oportunidade aos 9', quando Del Piero, com sua genialidade habitual, tentou encobrir Frey com um maravilhoso esterno destro, lembrando, na execução, um pouco o maravilhoso gol anotado em 1994 diante da mesma Fiorentina (vide o vídeo no link http://calcioseriea.blogspot.com/2009/01/match-clou-20-rodada-20082009.html).
Porém, logo em seguida, mais precisamente aos 10', aconteceu o lance que poderia ter mudado o destino da partida: Jovetic entrou na área pela extremidade esquerda e foi derrubado por Mellberg, mas o árbitro Saccani considerou tudo normal e mandou a partida prosseguir.
Inútil o esperneio viola, ainda mais diante de um inspirado Del Piero que, entre 5 adversários, intuiu a penetração do jovem Marchisio, que só teve o trabalho de aguardar a saída de Frey para anotar seu 1º gol na Serie A (ao lado - Pinca).
No minuto seguinte, aos 22', foi a vez de Nedved ser servido por Del Piero, mas o tcheco acabou chutando para fora!
Aí, como já tinha acontecido contra o Milan, depois de um início discreto, a Fiorentina começou a ousar e teve seu grande momento aos 31', quando Santana acertou, de cabeça, o travessão do gol defendido por Buffon, com Montolivo chutando para defesa do arqueiro bianconero na seqüência e, no rebote, Gilardino (abaixo contra Legrottaglie - Pinca) estufou as redes - mas, mais uma vez, o mediador Saccani errou e anulou o gol por suposto fuorigioco.
Em uma 1ª etapa muito movimentada, Nedved ainda quase marcou cobrando falta e Marchionni, servido pelo incansável Del Piero, teve por duas vezes o gol negado por um grande Frey (na foto mais abaixo, o momento em que o pequenino ala corta o gigante Kroldrup antes de disparar o petardo - Afp).
A Fiorentina, em um cruzamento de Santana disputado por Gamberini e Kroldrup, ainda teve a última chance antes do intervalo.
Para o 2º tempo, Prandelli voltou com Kuzmanovic no lugar de Gobbi e logo passou ao 4-3-3, promovendo ainda a estréia do ex blucerchiato Bonazzoli, que entrou no lugar do argentino Santana.
Bem postada defensivamente, a Juventus passou a atuar quase que exclusivamente no contra-ataque (a ponto de terminar a partida com apenas 45% de posse de bola), mas sempre perigosa tendo Del Piero como suggeritore.
E, em dia de goleiros inspirados, Buffon, aos 26', fez uma defesa magistral em conclusão de Gilardino que, na linha da pequena área concluiu, de primeira e com a parte externa do pé, cruzamento milimétrico de Pasqual.
No final, tempo ainda para Giovinco, que apenas não ampliou para a Juve por ter adiantado um pouquinho demais a bola aos 38' (este e outros lances podem ser visualizados no vídeo ao final do post).
O tabellino da partida que deixou a Juventus, ao menos temporariamente, com o mesmo número de pontos da Internazionale:
Juventus: Buffon; Grygera, Mellberg, Legrottaglie, De Ceglie; Marchionni, Marchisio, Zanetti (89' Poulsen), Nedved; Amauri, Del Piero (77' Giovinco). All. Ranieri.
Fiorentina: Frey; Zauri, Gamberini, Kroldrup, Pasqual; Montolivo, Felipe Melo, Gobbi (46' Kuzmanovic), Santana (72' Bonazzoli); Jovetic, Gilardino. All. Prandelli.
Gol: 21' Marchisio.
Árbitro: Saccani.
Cartões amarelos: Grygera, Montolivo, Felipe Melo, Zanetti e Giovinco.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Match Clou - 20ª Rodada 2008/2009



O 'Match Clou' desta 20ª rodada, que abre não só o girone di ritorno da Serie A, mas também uma semana recheada de futebol dentro e fora das 4 linhas com o calciomercato entrando em sua efervescente reta final, reúne duas das equipes que nutrem uma das maiores rivalidades de toda a Itália.
Rivalidade essa que é antiga, mas que foi potencializada em 16 de maio de 1982, quando se disputou a última giornata do campeonato 1981/1982 e a Juve sagrou-se campeã depois de vencer o Catanzaro com um pênalti cobrado por Brady, enquanto a Fiorentina, que tinha o mesmo número de pontos da rival, apenas empatava com o Cagliari, não obstante um gol anulado de Ciccio Graziani.
Depois, em 1990, ainda teve a conturbada transferência de Baggio da Viola à Juventus e a final da Copa U.E.F.A. vencida também pela Vecchia Signora...
O deste sábado será o 70º confronto válido pela Serie A disputado em Turim e, para a ocasião, Ranieri - que já treinou a Fiorentina, poderá contar com o retorno de Buffon, que terá Chimenti como dodicesimo na oportunidade.
Assim como Manninger, desfalcarão a Juve anche Camoranesi, Chiellini, Knezevic, Salihamidzic, Tiago, Trezeguet e Zebina, além dos squalificati Molinaro e Sissoko.
Portanto, a frente do portiere della Nazionale, devem aparecer Grygera, Mellberg, Legrottaglie e De Ceglie.
No meio de campo, Zanetti (acima - Insidefoto) deve formar coppia com Marchisio, enquanto Marchionni e Nedved (logo abaixo - Insidefoto) devem ser os esterni.
Para o ataque, Iaquinta está recuperado mas deve começar no banco, com Del Piero e Amauri compondo o terminal ofensivo bianconero.
Em um cotejo repleto de ex, o antigo centrocampista juventino Prandelli não poderá contar com seu maior astro, o também ex Mutu, que continua lesionado, assim como o dinamarquês Jorgensen.
Abandonado o 4-3-3 do início do campeonato, a Fiorentina deve ir a campo no 4-3-1-2 com Frey na meta, Kroldrup e Gamberini como centrais e Zauri e Vargas nas laterais.
No meio, muito tutano com o trio Kuzmanovic, Felipe Melo e Montolivo, tendo o argentino Santana como elo de ligação com o ataque, onde devem aparecer Gilardino e o jovem (mais abaixo - Insidefoto), ficando o neo contratato Bonazzoli como opção para o decorrer da partida.
Nos 69 precedentes, ampla vantagem da Juventus, que venceu 45 vezes, empatou 18 e perdeu apenas 6, fazendo 150 gols e sofrendo tão somente 59.
Porém, na temporada passada, sensacional vitória (e virada com direito a gol aos 93'!) gigliata por 3 x 2 (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2008/03/o-jogo-da-tv-parte-iii-juventus-x.html), tentos de Gobbi (F), Sissoko (J), Camoranesi (J), Papa Waigo (F) e Osvaldo (F), estes últimos entrados no decorrer da partida.
Outro 3 x 2 espetacular, mas com final diverso, ocorreu em 04 de dezembro de 1994, quando a Juventus foi para o intervalo perdendo por 2 x 0 para a Fiorentina (de Ranieri!) e terminou vitoriosa, com direito a fabuloso gol de um então imberbe Del Piero - no vídeo ao final do post, a história dessa gara, com diversos depoimentos de protagonistas da partida - imperdível!
Em um cotejo no qual desfilaram muitos craques, a legenda bianconera Giampiero Boniperti é o grande destaque individual, sendo o atleta que mais atuou no confronto - ao lado de Gaetano Scirea, com 14 aparições, bem como o maior artilheiro em companhia dos também juventini Felice Borel e John Hansen, todos com 7 gols marcados na história do embate.
Como continuará a ser escrita essa história?

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma - Le Scomesse


Parabéns aos leitores do Calcio Serie A, que arriscaram 11 placares diferentes para o cotejo Internazionale x Sampdoria, objeto da 'L'Enigma' desta semana na continuidade do III Desafio Calcio Serie A.
Vamos a eles, salientando que, em todos os palpites, primeiro a mandante Inter: 0 x 0 António; 1 x 0 - Leonardo; 1 x 1 - JP; 1 x 2 - Daniel Schneider; 2 x 0 - Lucas; 2 x 1 - Rafael (e também o Wilson Hebert que, porém, postou a posteriori); 3 x 0 - Cyntia; 3 x 1 - Michel Costa; 3 x 2 - Raphael Zerlottini; 4 x 0 - Tiago; 4 x 1 - Brahma.
Na inusitada foto acima (Inter), o capitano nerazzurro Zanetti e o antigo blucerchiato Castellini no 3 x 0 (será um auguro Cyntia?) do dia 05 de abril de 1998, quando o placar foi construído, todo no 2º tempo, por Cauet, Sartor e Ronaldo.
Boa sorte a todos e um ótimo jogo!

Marcadores:

Na Última Vez ...

sexta-feira, janeiro 23, 2009

Rodada abre returno da Serie A


A 20ª rodada da Serie A 2008/2009, que será disputada neste final de semana, não abre só o returno do campeonato, mas também uma semana repleta de Calcio, já que na próxima quarta-feira será realizada a 21ª giornata- a última programada para um meio de semana - e no fim de semana subseqüente ocorrerá mais uma rodada completa!
Mas, ficando na que inaugura o girone di ritorno, no sábado acontece Reggina x Chievo, com transmissão da RAI a partir das 15h00.
Se a partida parece sem maiores atrativos, é bom lembrar que o ex cruzeirense Kerlon (o Foquinha), sempre às voltas com infindáveis contusões, foi convocado pelo técnico clivense Di Carlo e pode aparecer no banco.
Um pouco mais tarde, a partir das 17h30, Juventus x Fiorentina é o 'Match Clou' da rodada, com transmissão da ESPN Brasil, RAI e TV Esporte Interativo.
No domingo, a partir das 12h00 (sempre horário de Brasília), a ESPN transmite Bologna x Milan, mas imperdível é Napoli x Roma, que terá cobertura da ESPN Brasil, SporTV e RAI.
No mesmo horário, ainda, o Genoa, provavelmente com a volta de Milito (acima - Baroncini), recebe o Catania, que deverá promover a estréia do lateral Capuano, contratado junto ao rivalíssimo Palermo nesta semana.
Sempre a partir das 12h00, jogam ainda Lazio x Cagliari; Lecce x Torino (importantíssimo match salvezza); Palermo x Udinese e Siena x Atalanta.
Fechando a rodada, Internazionale x Sampdoria ocorrerá às 17h30, sempre com transmissão da ESPN, SporTV2, RAI e TV Esporte Interativo.
Para o confronto, com Ibrahimovic suspenso, Mourinho parece propenso a escalar o jovem Balotelli (à esquerda - Inter) ao lado de Adriano no ataque interista.
Do lado da Samp, a preocupação gira em torno de Cassano, que tem treinado em separado e pode ser substituído por Pazzini, que faria dupla de área com Bellucci.
Mas os problemas de Mazzarri não se resumem à zona ofensiva, pois, com Lucchini suspenso e Accardi e Campagnaro lesionados, o recém contratado Raggi e Gastaldello são os únicos defensores disponíveis, devendo o meia Palombo ser recuado para compor a defesa a tre.
Achou pouco? A RAI ainda transmitirá, no sábado, a interessante Brescia x Empoli, válido pelo campeonato cadetto, a partir das 13h00!

quinta-feira, janeiro 22, 2009

E Na Copa ...


Uma semana depois de definidas as equipes que passaram às 4ªs de final da Copa Itália, o sonho de conquistar a competição em sua 61ª edição já acabou para 3 delas.
Na última quarta, dia 21, Sampdoria e Udinese, le più deludenti in campionato, protagonizaram uma partida pouco emocionante, que teve uma única conclusão certeira em todo o 1º tempo e que acabou indo para os pênaltis depois do 1 x 1 (Pazzini e Di Natale, este último cobrando penalidade máxima) no tempo normal.
Na sequência de cobranças da marca do cal, melhor para a Samp, que teve seu arqueiro Mirante como herói ao defender as cobranças de D'Agostino e Pepe e assegurar a passagem blucerchiata à fase semi-finale.
Ainda no dia de ontem, Inter e Roma reviveram a final das últimas 4 edições (com 2 sucessos para cada lado) e fizeram um belo espetáculo, disputado até o final e vencido pelos nerazzurri por 2 x 1.
Jogando com o jovem Santon (18 anos recém completados) postado como lateral esquerdo, a Inter começou muito agressiva e, aproveitando de uma leggerezza de Juan e Riise, que literalmente bateram cabeça e permitiram Adriano invadir a área e concluir para vencer o goleiro brasileiro Artur, saiu na frente aos 10'.
A Roma, sem Totti, sentiu o baque e quase viu a Inter ampliar em seqüência, primeiro com Stankovic acertando uma belíssima conclusão no travessão e depois com Ibrahimovic pecando por virtuosismo na frente de Artur, que conseguiu desviar a conclusão do sueco a escanteio.
Na 2ª etapa, com Pizarro no lugar de Vucinic e Júlio Baptista como punta, a Roma chegou ao empate em uma sensacional conclusão de Taddei, que aproveitou slalom realizado por Brighi.
Porém, Spalletti teve pouco tempo para sorrir, já que 2' depois, aos 17', Ibrahimovic (na foto do alto contra Cicinho - Afp) realizou mais uma de suas magias para colocar a Inter novamente em vantagem.
A Roma ainda reclamou, e com razão, da posição inicial de Samuel na jogada, em claro impedimento, e lutou em busca de nova igualdade, mas teve que se contentar em abandonar a competição de cabeça erguida, com a Inter seguindo para enfrentar a Samp.
Nesta quinta, coube a Lazio assegurar sua classificação vitimando o Torino, que ainda conseguiu ir para o intervalo em vantagem graças ao gol do zagueiro Natali aos 29' (ao lado - Tarantino).
Mas, no 2º tempo, com o innesto di Pandev, a equipe romana simplesmente atropelou a granata, alcançando o empate logo aos 4' com o macedônio e a virada aos 10', com Mauri (que já tinha dado a assistência para o gol de Pandev).
Depois, o mesmo Mauri e Dabo acertaram a trave antes de Rocchi, aos 46', marcar o 3º tento laziale e levar o time de Delio Rossi a aguardar o vencedor de Juventus x Napoli no próximo dia 04.

Marcadores:

Na Última Vez ...

quarta-feira, janeiro 21, 2009

Especulações Da Semana


E Kaká não aceitou a proposta milionária do Manchester City naquela que foi a tratativa mais frenética dos últimos tempos em sede de calciomercato, com direito a clamor dos tifosi rossoneri na frente do clube e da casa do jogador e que foi encerrada com uma teatral intervenção do poderoso Silvio Berlusconi, ao vivo, em tradicional programa de televisão italiano.
Mas, bastou ser oficializada a não ida do Principe para a Inglaterra para os jornais espanhóis, conhecidos por sua propensão ao fantacalciomercato, afirmarem que Kaká já estaria prometido ao Real Madrid em julho próximo...
De qualquer maneira, a proposta de cerca de € 120 milhões ainda deverá render muito, pois, como salientou o presidente do Napoli, De Laurentiis, "Di sicuro permetterebbero di comprare altri 20 Hamsik o Lavezzi. Oltretutto questa cifra forse non esisteva ed è stata gonfiata; forse è stata un'operazione di marketing per rivalutare l'attenzione intorno al Milan. Berlusconi è il re della comunicazione, non dimentichiamolo"!
Voltando ao mundo real, a principal transação concretizada na semana foi a transferência do promissor atacante Osvaldo, que foi cedido pela Fiorentina ao Bologna (à direita sua apresentação ao lado da presidente Francesca Menarini - Schicchi) por cerca de € 7 milhões.
Agora, o clube da Emilia-Romagna, que está atrás de um adquirente para o veterano avante Marazzina, espera fechar com um centrocampista, sendo Almiron (Fiorentina) e Dacourt (Internazionale) os nomes mais cotados.
Falando em Internazionale, se em Via Durini estão interessados no zagueiro Ivanovic, atualmente no Chelsea e que já foi cotado para reforçar Juventus e Milan, os nerazzurri Burdisso e Materazzi estariam na lista de compras do inglês Tottenham.
E o asse Inghilterra-Italia não fica por aí, pois o Milan continua insistindo no dinamarquês Agger, do Liverpool, para reforçar sua pouco consistente defesa.
Porém, como a negociação com os Reds parece não decolar, o clube de Via Turati estaria de olho em outro danish - o jovem Kjaer, do Palermo.
Para completar o trio de ferro, a Juventus tem uma lista de reforços bem ampla: D'Agostino e Inler no mercado interno, o brasileiro Diego, o holandês Kuyt e o espanhol Silva no externo.
Ainda em Turim, o presidente Cairo anunciou o veterano Rino Foschi como novo direttore sportivo do Torino, que terá muito trabalho para salvar o histórico clube da Serie B.
Para começar, Foschi estaria observando o lateral brasileiro Jonathan (Cruzeiro) e o italiano Zauri (Fiorentina), bem como os meias Appiah (com passagens por Udinese, Parma, Brescia e Juventus, mas atualmente sem clube), Mozart (ex-Reggina e agora no CSKA Moskva) e Sivakov (Bate Borisov).
Outro que espera fugir da zona do descenso é o Chievo, e para tanto gostaria de contar com o atacante giramondo Makinwa, pouquíssimo aproveitado na Lazio.
Como nem as especulações estão assim tão entusiasmantes, de registrar, apenas, as contratações dos laterais Capuano, que trocou o Palermo pelo Catania, e Savini (acima sua apresentação - Palermo), que saiu do Napoli para o Palermo.

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma


O desafio desta semana ficará por conta, mais uma vez, do posticipo de domingo à noite na Itália, o nostálgico e sempre interessante Internazionale x Sampdoria!
Se a Samp não vem bem no campeonato, é bom lembrar que o scudetto da temporada 1990/1991 foi efetivamente decidido quando o time blucerchiato visitou o nerazzurro e venceu por 2 x 0 no Giuseppe Meazza na trentunesima giornata, gols de Dossena e Vialli em partida muito viva e que contou com a expulsão dos capitães Mancini e Bergomi (acima, o bate-boca que precedeu os cartões vermelhos, com participação especial do Cavallo Pazzo Berti, que acabou por meter a mão na cara de Mancio - Zucchi).
Lembretes importantes: i) só será computado ponto válido para o III Desafio Calcio Serie A para aquele que primeiro arriscar o palpite vencedor; ii) Leonardo Mafra, o pai do Júnior, segue liderando a competição com os únicos 2 pontos conquistados até aqui; iii) o confronto pode ser intitulado também Adriano (Ibra estará suspenso) x Cassano!
Portanto, é só palpitar e boa sorte a todos!

Marcadores:

Na Última Vez ...

terça-feira, janeiro 20, 2009

Momento Panini - Sergio Floccari


No último domingo, no duelo das equipes nerazzurri da Serie A, a menos famosa e badalada Atalanta simplesmente atropelou a capolista Internazionale, que já sucumbia por sonoros 3 x 0 aos 33' da 1ª etapa.
E um dos principais artífices desse disastro interista foi o avante Sergio Floccari, 27 anos no último 12 de novembro.
Embora não seja mais um ragazzino, Floccari é um dos atacantes mais cobiçados deste e, provavelmente, do próximo calciomercato, sendo almejado por Roma e, fora da Itália, Newcastle.
Bomber di razza, Floccari começou no dillettanti Montebelluna, passando ao Mestre, na então Serie C2, em setembro de 1999.
Porém, os primeiros gols Floccari anotou com a camisa do Faenza apenas no campeonato 2001/2002, quando terminou a temporada da C2 com 10 tentos em 33 partidas.
Seus dotes de goleador ágil e de chute potente chamaram a atenção do Genoa, com o qual Floccari disputou a primeira parte da stagione 2002/2003 da Serie B, realizando 1 gol em 9 aparições.
De volta à C2 ainda em janeiro de 2003, Floccari foi apenas coadjuvante na promoção do Rimini no final do campeonato.
Mas, no retorno do time biancorosso à C1 depois de 14 anos na C2, Floccari realizou 10 gols em 24 partidas e ajudou a equipe a chegar ao playoff contra o rivalíssimo Cesena, fazendo outros 7 em 29 na temporada 2004/2005, quando, então, a equipe carimbou o passaporte para à Serie B.
Floccari começou a temporada 2005/2006 com o Rimini na Serie B, mas foi reforçar o Messina em janeiro de 2006, fazendo sua estréia na Serie A no dia 18 do mesmo mês, quando a equipe da Sicília empatou em 1 x 1 com a Lazio.
O atacante que tem como modelo Amauri (que, assim como Floccari, também esploso tardi), logo conquistou uma maglia di titolare e realizou seus primeiros gols (uma doppietta!) contra a Juventus de Del Piero e Ibrahimovic (e Mutu e Trezeguet) no San Filippo pela 26ª rodada.
No ano seguinte, fazendo dupla com Riganò, Floccari (a figurinha do alto é da temporada 2006/2007) se mostrou um bom garçom, mas sucumbiu com a equipe última colocada na Serie A com apenas 26 pontos.
Porém, a Atalanta buscava substitutos para as saídas dos partenti Osvaldo, Ventola e Vieri e individualizou em Floccari um dos reforços necessários para a temporada 2007/2008, com o atacante de Vibo Valentia começando na reserva do duo Langella-Zampagnà para, após o gol marcado contra a Inter em pleno San Siro pela 13ª rodada (que o próprio atacante considera o gol che ha cambiato la sua storia), se firmar como titular a ponto de terminar a temporada (a figurinha ao lado é exatamente deste campeonato) com 8 reti.
Procurado para se transferir ao Palermo antes do começo do atual campeonato, Floccari optou por continuar em Bergamo - onde rapidamente se tornou um dos ídolos da tifoseria, consciente de que ainda tinha muito a evoluir e com o objetivo de andare in doppia cifra - feito que alcançou com o gol do último domingo.
E pensar que o campeonato está apenas na metade...

Marcadores:

Na Última Vez ...

segunda-feira, janeiro 19, 2009

'B' Em Pílulas


* Com a vitória de 1 x 0 sobre o Ascoli na partida que abriu a 21ª rodada da Serie B na sexta-feira, o Livorno permaneceu na liderança da competição, agora com 38 pontos;
* O gol da vitória amaranto foi anotado pelo veterano avante Fausto Rossini, que chegou a 4 no campeonato;
* A vice-liderança é do Bari, que fez 2 x 0 no Treviso jogando no Omobono Tenni, tentos de Pianu e Mezzano, ambos contra!;
* Na 3ª colocação, com 35 pontos e 1 jogo a menos aparece o Brescia, que fez 4 x 0 no Pisa, doppiette do defensor Davide Zoboli e do atacante alemão (mas de origem ugandense) Savio Nsereko (ao lado com o costarriquenho Martinez - Zanardelli);
* Em seguida aparecem o Parma (34 pontos) e o Sassuolo (33, mas 1 jogo a recuperar com o Brescia), que ficaram no 1 x 1 nesta rodada, gols de Cristiano Lucarelli e do argentino Horacio Erpen, que empatou para os visitantes já nos acréscimos;
* Decepcionante foi o Empoli, que ficou apenas no 1 x 1 com vice-lanterna Avellino, tentos de Sforzini (A) e Lodi (E).

Marcadores:

Na Última Vez ...

Panorama Da Rodada


Na última rodada do girone d'andata a grande manchete foi o tombo da Internazionale em Bergamo frente a Atalanta (http://calcioseriea.blogspot.com/2009/01/o-jogo-da-tv-parte-ii-atalanta-x.html), tropeço que acabou aproveitado pelo Milan (http://calcioseriea.blogspot.com/2009/01/o-jogo-da-tv-parte-i-milan-x-fiorentina.html) e em parte pela Juventus (http://calcioseriea.blogspot.com/2009/01/o-jogo-da-tv-parte-iii-lazio-x-juventus.html).
Mas a semana foi proveitosa mesmo é para a Roma e, especialmente, para o brasileiro Júlio Baptista, já que a Lupa Capitolina, além de vencer seu compromisso pela 19ª rodada, também bateu a Sampdoria em recupero da 9ª giornata disputado na última quarta-feira, sempre com gols do ex Real Madrid.
Se contra a Samp La Bestia realizou a doppietta decisiva (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/01/o-jogo-da-tv-parte-ii-roma-x-sampdoria.html), contra o Torino, neste domingo, mais uma vez Baptista anotou o gol da vitória, realizado, aliás, com uma belíssima rovesciata (acima - Pinca).
Com o resultado, a Roma encostou em sua rivalíssima Lazio e entrou de vez na luta por uma vaga na próxima Champions League, enquanto o Torino continua seriamente ameaçado pelo descenso.
Restando na parte baixa da tabela, quem obteve uma vitória surpreendente (e contestada) foi o Chievo, que fez 2 x 1 no Napoli jogando no Bentegodi.
Porém, a bem da verdade, a vitória clivense foi merecida, já que a equipe comandada por Di Carlo neutralizou o perigoso Napoli de Reja e teve 2 gols (com Yepes e Pellissier) anulados antes de Marcolini converter o primeiro rigore aos 32' do 1º tempo.
Na 2ª etapa, o solito Lavezzi conseguiu o empate provisório, mas logo em seqüência o meia Hamsik foi expulso e, embora o argentino Morero também tenha ido para o chuveiro mais cedo e igualado as coisas em campo, coube a Marcolini (acima com Luciano e Esposito - Ap) cobrar outro pênalti (anotado após contestado contato entre Rinaudo e Bentivoglio) aos 29' e decretar o placar final.
Com a derrota partenopea, quem aproveitou para assumir o 4º posto na classificação foi o Genoa, que venceu o Lecce por 2 x 0 no Via del Mare com gols de Jankovic (strepitoso tocco di tacco) e Sculli, este último já nos acréscimos.
Já o outro time de Gênova, a Sampdoria, decepcionou jogando em casa e acabou derrotada por 2 x 0 pelo Palermo em jogo muito fraco tecnicamente e que teve no australiano Bresciano seu match-winner, com um tento em cada tempo.
Vitória fora de casa conseguiu também o Bologna, que contou com a expulsão de Izco ainda na 1ª etapa para vencer o Catania por 2 x 1, gols do capocannoniere Di Vaio (14 na temporada) e do brasileiro Adailton, com Paolucci descontando já no final depois que Mascara desperdiçou uma penalidade máxima.
Com o sucesso por 2 x 0 no Sant'Elia, o Cagliari ultrapassou a ex capolista Udinese, cada vez mais atrás na tabela (foi a 7ª derrota nas últimas 10 rodadas) e que sucumbiu nesta rodada com gols de Biondini e Conti (ao lado, com a camisa quase sem identificação, ao lado do brasileiro Jeda e contra o nigeriano Obodo - Locci).
Por fim, na partida que abriu a rodada no sábado, o Siena venceu a Reggina por 1 x 0, tento de Frick.
Ao término do 1º turno, a classificação ficou assim, lembrando que, agora, todas as equipes têm o mesmo número de partidas - 19: 1º Internazionale (43 pts); 2º Juventus (40); 3º Milan (37); 4º Genoa (35); 5º Napoli (33); 6º Fiorentina (32); 7º Lazio (31); 8º Roma (30); 9º Palermo (29); 10º Atalanta (27); 11º Cagliari (25); 12º Catania (25); 13º Udinese (23); 14º Siena (22); 15º Sampdoria (20); 16º Bologna (19); 17º Lecce (17); 18º Torino (15); 19º Chievo (13) e 20º Reggina (13).

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...

domingo, janeiro 18, 2009

O Jogo Da TV (Parte III) - Lazio x Juventus



Lazio x Juventus foi um posticipo bem equilibrado, com um tempo para cada equipe e resultado final justo de 1 x 1.
Talvez motivada pelos tropeços de Fiorentina e Napoli, rivais na luta pela Europa que conta (Champions League), a Lazio começou forte, privilegiando a posse de bola (terminou o 1º tempo ostentando 60,7% neste quesito) e, com seu tridente formado por Pandev, Rocchi e Zárate, constrangendo uma Juve molto bassa à sua metade do campo.
E, assim, o time romano merecidamente abriu o marcador aos 24', quando Ledesma cobrou uma falta da extrema esquerda parecendo que iria cruzar para a área, mas acabou contando com uma clamorosa falha de Manninger (que mais uma vez substituiu Buffon, dessa vez gripado) para marcar (acima uma visão do lance - Reuters).
Uma Juve pouco concreta ainda quase sofreu o raddoppio em seguida, quando Manninger defendeu um chute à queima-roupa de Rocchi e, no rebote, Pandev mandou a bola às alturas.
Com seu duo de ataque Amauri-Del Piero parecendo cansado por ter atuado durante os 90' do match válido pela Copa Itália durante a semana, mas com a defesa formada pelo improvisado Mellberg na direita e o esordiente Ariaudo ao lado de Legrottaglie no centro funcionando com louvor, coube exatamente ao difensore svedese (ao lado, duelo dos artilheiros do embate - Medichini), na única conclusão bianconera in porta de todo o 1º tempo, empatar a partida, com uma cabeçada sem chance para Carizzo.
Na etapa complementar, houve uma reviravolta, com a Juventus voltando transformada e "con la cattiveria agonistica che è prerogativa dei bianconeri" (Gazzetta dello Sport), postada mais à frente, de forma a pressionar os laziali.
Foi a vez da Juventus criar (e desperdiçar) oportunidades, seja em chute de Sissoko, cabeçada de Amauri ou tirambaço de Legrottaglie, que acertou a trave aos 41'.
Já na Lazio, o fato digno de nota do 2º tempo foi a discussão ocorrida entre o argentino Zárate e o agora dirigente Tare, que protagonizaram um tremendo bate-boca (ao lado - Reuters) depois que o atacante não gostou de ser substituído.
Ao final, os números (60,7% de posse de bola para a Lazio ao final do 1º tempo e apenas 53,7% no fim do jogo, bem como 57,18% de vantaggio territoriale para a Juventus no intervalo e 60,53% no final do 2º tempo) mostraram que cada equipe foi melhor em uma etapa e que o empate final acabou sendo justo pelo que ambas produziram no decorrer da partida.
O tabellino:
Lazio: Carrizo; Lichtsteiner, Diakite, Rozehnal, Radu; Dabo (71' De Silvestri), Ledesma, Meghni (63' Brocchi); Pandev, Rocchi, Zárate (77' Foggia). All. Rossi.
Juventus: Manninger; Mellberg, Ariaudo, Legrottaglie, Molinaro; Marchionni, Sissoko, Zanetti (71' Marchisio), Nedved; Amauri, Del Piero (80' Giovinco). All. Ranieri.
Gols: 24' Ledesma, 30' Mellberg.
Árbitro: Morganti.
Cartões amarelos: Dabo, Del Piero, Molinaro, Radu, Sissoko, Lichtsteiner e Brocchi.
Abaixo, os highlights da partida!

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

O Jogo Da TV (Parte II) - Atalanta x Internazionale



Que a capolista Inter não vinha se apresentando bem já era de fácil constatação, mas daí para que o empate contra o Cagliari na última rodada (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/01/o-jogo-da-tv-parte-ii-internazionale-x.html) fosse um prenúncio do disastro ocorrido neste domingo em Bergamo...
Foi realmente uma Internazionale irreconhecível, senza idee nè gioco, a ponto do seu treinador José Mourinho declarar, logo após o término da partida, que aquela tinha sido "la mia peggiore Inter".
Mas também não podem ser olvidados os méritos próprios da Atalanta targata Del Neri, que fez uma partida envolvente, mas, principalmente, um 1º tempo exuberante, a ponto de não permitir uma única conclusão certa dos adversários e, especialmente, fazer 3 gols naquela que era a melhor defesa do campeonato com apenas 12 gols sofridos nas 18 partidas anteriores.
Jogando no 4-4-1-1, com Doni trequartista e Floccari na frente, tendo ainda o ágil chileno Valdes caindo pela esquerda com Padoin e o brasileiro Ferreira Pinto descendo pela direita, a Atalanta começou já pressionando, praticando um pressing alto que colocou a Inter em dificuldade desde os primeiros minutos.
Pelo volume de jogo criado, o primeiro gol bergamasco até demorou a sair, ocorrendo apenas aos 18', quando Floccari (na foto mais acima contra Burdisso - Cerescioli) recebeu na entrada da área, de costas para o gol e, com uma virada rápida, venceu Cordoba e chutou rasteiro no canto do gol defendido por Júlio César.
Evidente que Del Neri estudou muito bem as últimas atuações da Beneamata, pois, tocando a bola velozmente e com os esterni alti per schiacciare os alas Maicon e Maxwell, a Atalanta não deixava o jogo da Inter fluir e, aos 28', chegou merecidamente ao segundo gol aproveitando de uma suposta esperteza de Ibrahimovic em cobrança de falta de Doni (acima contra Figo - Cerescioli), com o sueco, postado na barreira dentro da área, desviando sutilmente a bola com a mão, o suficiente para tirar Júlio César totalmente da jogada e colocar a bola no fundo das redes!
Mourinho ainda tentou consertar sua equipe e sacou o romeno Chivu, postado no centrocampo, inserindo o velocista Obinna, passando do 4-3-1-2 para o 4-3-3, mas não adiantou, pois novamente o maior artilheiro da história da Atalanta na Serie A - Cristiano Doni - aproveitou ótima jogada de Valdes e completou de cabeça para fazer, incríveis, 3 x 0 aos 33' do 1º tempo!
Sem capacidade de reação, a Inter até que passou a ficar mais tempo com a bola, mas não conseguiu nada de relevante até o início do 2º tempo, quando Mourinho esgotou suas substituições colocando Adriano e Figo nos lugares de Crespo e Maxwell.
Um pouco mais determinada, a Inter começou a etapa final mostrando disposição para tentar correr atrás do resultado, mas logo sucumbiu a melhor atuação da Atalanta, que aos 10' quase ampliou novamente o marcador, primeiro com Doni e depois com De Ascentis, que acertou a trave de Júlio César.
Aos 15', Doni teve outra boa chance para marcar, ao que a torcidade bergamasca começou a entoar os gritos de ole!
No final, a Inter até que mostrou orgulho, com Ibrahimovic, já nos acréscimos, marcando o da honra interista.
O tabellino (ao lado o placar final no Atleti Azzurri d'Italia - Cerescioli) da derrota que pode reabrir o campeonato:
Atalanta: Coppola; Garics, Talamonti, Manfredini, Bellini (85' Rivalta); Guarente, Padoin, Ferreira Pinto, Valdes (50' De Ascentis), Doni; Floccari (89' Vieri). All. Del Neri.
Inter: Júlio César; Maicon, Cordoba, Burdisso, Maxwell (46' Figo); Zanetti, Cambiasso, Chivu (30' Obinna), Stankovic; Crespo (46' Adriano), Ibrahimovic. All. Mourinho.
Gols: 18' Floccari, 28' Doni, 33' Doni, 93' Ibrahimovic.
Árbitro: Rizzoli.
Cartões amarelos: Burdisso, Ibrahimovic, Bellini e Vieri.
Abaixo, os highlights e entrevista com Doni!

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Quem Vem Lá (Parte II) - Edinho


Jogador de poucos recursos técnicos, mas de muita personalidade, o volante Edinho (abaixo - Boucinha) está deixando o Internacional para reforçar o Lecce nesta segunda parte da temporada 2008/2009.
Fluminense de Niterói, Edinho, apelidado de Guerreiro, começou sua carreira profissional no modesto Boavista, mas estava no Colorado desde 2003, período no qual conquistou por 3 vezes o Campeonato Gaúcho e ainda a Copa Libertadores da América e o Mundial de Clubes em 2006.
Forte fisicamente (1,83 m por 83 kg), Edinho, embora não fosse um dos jogadores mais badalados do plantel do Internacional, era considerado peça importantíssima pelo técnico Tite e também pelos colegas, como bem destacado pelo meia Magrão antes da transferência ser concretizada: "O Edinho agora é o capitão, por tudo o que ele já conquistou dentro do clube. Seria difícil substituí-lo. Talvez ele fique brabo comigo, mas eu gostaria que ele ficasse no time. Só quem está dentro de campo sabe da importância dele".
Determinado, o volante tem todas as características para fazer sucesso no Lecce e compensar os cerca de € 2,3 milhões investidos em sua contratação.

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...

Quem Vem Lá (Parte I) - Felipe Mattioni


Embora pouco conhecido até mesmo no Brasil, o lateral direito Felipe Mattioni chega ao Milan com o status de estar sendo comparado a Cafu e de ter preterido, entre outros clubes, a Juventus que, inicialmente, parecia ser o destino da jovem promessa gaúcha.
Nascido aos 15 de outubro de 1988 em Ijuí, Felipe, ou Mattioni, é um laterale molto veloce que pode exercer também a função de ala e até de zagueiro central, formado nas categorias de base do Grêmio, clube onde foi profissionalizado no ano passado.
Ao todo, Mattioni (ao lado - Placar) participou de 19 partidas na excelente campanha do Grêmio no último Campeonato Brasileiro, apesar de ter começado como reserva de Paulo Sérgio e no final ter sido suplantado pelo improvisado Souza.
Comunitário, Mattioni foi adquirido in prestito con diritto di riscatto e foi logo declarando que "mi metterò subito a disposizione. Sono pronto ad allenarmi in gruppo e presto sarò pronto anche per giocare".
Resta saber os planos de Ancelotti.

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker