Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sexta-feira, setembro 10, 2010

Campeonato italiano retorna no fim de semana


Depois da tradicional parada para que a Azzurra entrasse em campo, neste final de semana acontece a retomada do campeonato italiano, com a realização da sua 2ª giornata.
E, com o calciomercato encerrado, è giunto il momento di far sul serio!
Para começar, no sábado, a campeã Internazionale recebe a Udinese precisando vencer para ... convencer, vez que depois de um mercato anônimo e do começo trôpego, o trabalho de Rafa Benitez começa a sofrer as primeiras críticas.
Sem Maicon e Stankovic, a Beneamata deve jogar no 4-2-3-1 com Zanetti na lateral direita e o trio Pandev-Sneijder-Eto'o logo atrás do solito Milito.
O jogo promete ser interessante, até porque a Udinese de Guidolin talvez não seja tão rápida quanto a de Marino, mas continua sendo um time arisco que explora, principalmente, a velocidade do chileno Sanchez e do capocannoniere do último torneio, Totó Di Natale, confirmadíssimos para o cotejo.
Portanto, atenção, porque a bola irá rolar no Giuseppe Meazza às 13h00 e, ao vivo, a partida vai ter cobertura apenas da RAI.
Quem não puder assistir neste horário, terá como alternativa a transmissão da ESPN às 23h00 ou da SporTV2 às 23h30, sempre sábado e horário de Brasília.
Ainda neste sábado, com início previsto para às 15h45 (e com transmissão da ESPN Brasil e RAI), acontecerá Cesena x Milan, a partida mais esperada da rodada em razão das prováveis estréias de Ibrahimovic e Robinho com a camisa rossonera.
A princípio, o sueco está previsto para partir como titular no ataque milanista ao lado dos brasileiros Pato (acima - Pennicino) e Ronaldinho, com Robinho ficando como opção no banco, até porque o técnico Allegri já informou que "I quattro insieme? Non dall'inizio"!
Para completar os confrontos de sábado, o Cagliari recebe a Roma no Sant'Elia também às 15h45.
No domingo, uma novidade será o horário de Brescia x Palermo, que jogarão às 07h30 (sempre horário oficial de Brasília) com transmissão da RAI - para quem quiser acordar cedo, vale a pena!
Um pouco mais tarde, no tradicional horário das 10h00, a principal atração será o 'Match Clou' Juventus x Sampdoria, que terá cobertura da ESPN, ESPN HD, RAI e RedeTV!, esta última um canal aberto.
No mesmo horário, uma opção será assistir ao fantasista Giovinco (à esquerda - Villa), que muita falta deverá fazer à Vecchia Signora, defendendo o Parma contra o Catania na Sicília e com transmissão do SporTV.
Sempre às 10h00 (15h00 italianas) jogam Genoa x Chievo, Lazio x Bologna e Lecce x Fiorentina.
Por fim, fecha a rodada o posticipo Napoli x Bari, o interessante Derby del Sud que poderá marcar as estréias dos stranieri Sosa e Yebda no time partenopeo e será atração da RAI às 15h45.
É bom comprar pipoca!

quarta-feira, setembro 08, 2010

L'Enigma


No dia 28 de outubro de 2009, a Juventus simplesmente atropelou a Sampdoria e tomou a vice-liderança da adversária com uma inapelável goleada de 5 x 1 (na foto ao lados, os azzurri Cassano e Chiellini disputando uma jogada - Pennicino).
Muita coisa aconteceu desde então, em especial na Vecchia Signora, que não conta mais com o brasileiro Diego (que teve grande atuação na ocasião - vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/10/o-jogo-da-tv-parte-i-juventus-x_28.html) e com outros 5 jogadores que estiveram em campo na ocasião, além do afastado Grosso e, para este domingo, com os lesionados Amauri (que foi autor de uma doppietta) e Buffon.
Mas, dentre os vários reforços que chegaram, está o técnico Del Neri, que naquela ocasião sentou no banco blucerchiato.
E agora, como vai terminar o confronto do próximo domingo?
É o que quer saber a 'L'Enigma', valendo uma flâmula oficial da Internazionale (igualzinha a da imagem ao lado, medindo 28 x 20 cm) e um exclusivo certificado do blog para o primeiro que somar 10 (dez) pontos neste que é o III Desafio Calcio Serie A!
Para participar, basta consignar um palpite para o jogaço!
Vamos participar!

Marcadores:

terça-feira, setembro 07, 2010

Memorabilia - Brian Laudrup

No último dia 07, o ex jogador Brian Laudrup, atualmente com 41 anos e trabalhando como comentarista de televisão, revelou que está lutando contra um linfoma (espécie de câncer do sistema linfático), manifestando, entretanto, otimismo com o tratamento.
Integrante de uma família de futebolistas talvez sem igual no mundo (cujo expoente mais famoso é o seu irmão mais velho, Michael - vide http://calcioseriea.blogspot.com/2007/08/memorabilia-michael-laudrup.html), Brian Laudrup nasceu em Viena, na Áustria, aos 22 de fevereiro de 1969 (à época, seu pai, Finn, jogava como atacante no Wiener Sportklub) e teve uma carreira de sucesso com passagens por 6 diferentes ligas européias.
Sob a pressão do sucesso do irmão mais velho, Brian Laudrup começou no mesmo Brøndby com o qual Michael estreou na 1ª divisão dinamarquesa alguns anos antes, conquistando logo os campeonatos nacionais de 1987 e 1988.
Convocado para a seleção dinamarquesa principal ainda em 1987, curiosamente para substituir o próprio Michael em um amistoso, Brian Laudrup disputou a temporada 1989/1990 com o Bayer Uerdingen e na seguinte foi contratado pelo poderoso Bayer München, quando se tornou o jogador mais caro da Bundesliga à época.
Escolhido o jogador dinamarquês do ano em 1989 (feito que repetiria, ineditamente, outras 3 vezes!) e um dos destaques da Bundesliga seguinte, Brian Laudrup foi também um dos protagonistas da surpreendente conquista da Euro 1992 pela Dinamarca (na foto do alto, à direita, a comemoração da Danish Dynamite, sendo que Laudrup é o jogador mais a direita, com as mãos ao alto - Guerin Sportivo).
Porém, apesar de ter ficado em 5º na escolha do F.I.F.A. World Player daquele ano, a relação de Laudrup com os dirigentes do clube bávaro não ia nada bem e, assim, o danese resolveu se transferir ao Calcio.
Apontado como "un rifinitore fantasioso e brillante" e "un piccolo genio degli assist" (revista Guerin Sportivo nº 910, de 2 a 8 de setembro de 1992, página 26), Laudrup (à esquerda com a maglia viola - Guerin Sportivo) chegou com a missão de municiar um time com vocação claramente ofensiva, que teria Batistuta e Baiano - dupla de 29 gols na Serie A anterior - como atacantes titulares.
Porém, apesar de ambiciosa e contando ainda com o forte tedesco Effenberg, aquela Fiorentina de Cecchi Gori naufragou incrivelmente, terminando o campeonato apenas na 17ª colocação, de nada adiantando a goleada de 6 x 2 na giornata finale para evitar o descenso à Serie B.
Aliás, aquela Fiorentina, treinada por Radice, Agroppi e Chiarugi, terminou com o 5º melhor ataque da competição e pecou mesmo por praticar um futebol irresponsável, capaz, por exemplo, de protagonizar um 3 x 7 frente ao Milan pela 5ª rodada (na foto abaixo, Laudrup contra Massaro neste exato cotejo - Borsari).
Jogador de passada característica, bom driblador e tiro certeiro, Laudrup concluiu, assim, sua primeira temporada na Serie A com um gosto amarguíssimo, apesar dos 5 gols anotados em 31 presenças.
Como, à época, no campionato cadetto eram permitidos apenas 2 estrangeiros por equipe, a Fiorentina optou por manter o argentino Batistuta e o alemão Effenberg no elenco, emprestando Laudrup para o ... Milan!
Porém, o squadrone que dominava a Itália e a própria Europa tinha em seu plantel outros 5 estrangeiros (sem contar o lesionado Van Basten!) e apenas 3 eram permitidos entre campo e panchina, o que acabou resultando em poucas oportunidades para o Piedi da Delirio, como Laudrup (abaixo com a camisa do Milan - Guerin Sportivo) foi apelidado pelo célebre Pellegatti.
Dos 24 jogadores utilizados por Capello na campanha do tricampeonato rossonero (na foto mais abaixo o elenco completo da temporada 1993/1994 - Milan), o francês Desailly foi o estrangeiro que mais jogou, computando, ainda assim, apenas 21 em 34 aparições possíveis, cabendo a Laudrup apenas 9 presenças, com direito a 1 gol, marcado na derrota para a Sampdoria por 3 x 2 pela 10ª rodada (no vídeo ao final do post, além desse gol, é possível ver outras jogadas de Laudrupinho com a Fiorentina).
Com a carreira em descendente, Laudrup resolveu tentar a sorte no escocês Rangers, onde, sem tanta pressão, conseguiu voltar a brilhar e venceu 3 Scottish Premier League consecutivas.
Protagonista também na Copa do Mundo disputada na França, quando a seleção dinamarquesa caiu apenas diante do Brasil nas 4ªs de final, com Brian Laudrup anotando ainda um dos gols do 3 x 2 final, o mais novo dos irmãos mais importantes da história dos De Rød-Hvide ainda defendeu o inglês Chelsea e o dinamarquês F.C. København antes de encerrar sua carreira, aos 31 anos por reiteradas lesões, no holandês Ajax.
Agora, 10 anos depois, Brian Laudrup vai precisar muito da torcida dos seus milhões de admiradores para vencer mais esta disputa!

video

Marcadores: ,

Na Última Vez ...

segunda-feira, setembro 06, 2010

Quem Vem Lá (Parte II) - Robinho


Submersa por críticas devido ao imobilismo no calciomercato, a diretoria do Milan resolveu agir nos últimos dias e acabou concretizando duas das principais transações do período.
Se o sueco Ibrahimovic já é velho conhecido dos italianos (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2007/04/momento-panini-zlatan-ibrahimovic.html), o brasileiro será a grande novidade da Serie A 2010/2011 e, até por isso, foi escolhido para encerrar mais essa etapa da 'Quem Vem Lá', que a partir do próximo domingo devolve o espaço para a 'Você Sabia ...'.
Aos 26 anos, indiscutivelmente talentoso e já com vasta experiência internacional (participou das Copas do Mundo de 2006 e 2010 - ao lado nesta última - Chaou), Robinho, entretanto, tem visto os anos passarem sem conseguir abandonar o rótulo de eterna promessa.
Esploso no Santos em 2002 ao lado do amigo Diego, Robinho forçou uma conturbada transferência para o Real Madrid em 2005 e, em 2008, mais uma vez insatisfeito com o tratamento recebido, migrou para o Manchester City, onde, após uma boa temporada de estréia, também não obteve o sucesso esperado, a ponto de retornar ao Santos, por empréstimo, no início do presente ano.
Agora, resta saber se, diante da concorrência com os vários Pato, Ronaldinho e Ibrahimovic, Robinho será mais feliz em Milão?

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...

domingo, setembro 05, 2010

Quem Vem Lá (Parte I) - Armand Traoré


O jornalista Stefano Discreti foi quem melhor definiu a atuação da Juventus no último calciomercato, afirmando "100 milioni, 0 campioni"!
Aliás, causa mesmo alguma perplexidade o penúltimo arrivato in casa Juve: o francesino Armand Traoré.
Não que o defensor, que pode jogar também como esterno sinistro di centrocampo ou ala, seja necessariamente um bidone, mas não parece ter a experiência necessária para ser titular da lateral esquerda bianconera.
Nascido aos 8 de outubro de 1989 em Paris, Traoré tem ascendência senegalesa e chega por empréstimo do inglês Arsenal (acima em ação - Caughtoffside), clube que o recrutou em 2005.
Integrante da seleção U 21 transalpina, Traoré, até hoje, jogou com maior regularidade apenas quando esteve emprestado ao Portsmouth na temporada 2008/2009, quando somou 19 partidas pela Premier League.
Portanto, é esperar para ver se o ragazzino vai repetir a trajetória do uruguaio Cáceres, que, ao final de uma annata nada espetacular, foi devolvido ao seu clube de origem!

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker