Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, maio 30, 2009

Match Clou - 38ª Rodada 2008/2009



A semana em Via Turati não foi nada fácil, começando com a indefinição sobre quem será o treinador rossonero na próxima temporada, passando pelo entrevero entre Maldini e Leonardo e terminando com as especulações cada vez mais fortes sobre as possíveis saídas de jogadores importantes como Pirlo, Seedorf e Kaká, nem parecendo que o Milan tem um compromisso da mais alta relevância neste domingo, quando enfrenta a Fiorentina no 'Match Clou' da 38ª e última rodada da Serie A 2008/2009, valendo um posto para a fase de grupos da Champions League.
É verdade que o Milan pode até perder por um gol de diferença, mas terminar a temporada em 4º lugar será um desastre em Via Turati, pois significa não só correr o risco de ficar mais um ano longe da principal competição européia, como também ter que começar a preparação muito antes do previsto e, assim, comprometer o rendimento da equipe em 2010.
Muito mais sereno foram os últimos dias em Florença, com o meia Jorgensen renovando seu contrato depois de marcar o tento viola na última rodada.
Mas o experiente danese não deve começar jogando contra o Milan, vez que Prandelli deve distribuir a equipe no 4-2-3-1 com Semioli, Jovetic e Vargas alle spalle de Gilardino no ataque, recuando o habilidoso Montolivo para formar a linha de contenção ao lado de Donadel (abaixo, à esquerda - Insidefoto), que será o únivo volante de ofício e é um ex di turno.
Mas, lembrando que Bonazzoli, Mutu e Santana continuam entregues ao departamento médico e Dainelli e Felipe Melo cumprem suspensão automática, o maior perigo para o Milan reside mesmo na voglia di riscatto de Gilardino (na foto mais ao alto - Herringshaw), desejoso de rovinare os planos do clube que defendeu até a última temporada.
Na defesa, com o seguro Frey sob a meta, a Viola deve aparecer com Comotto, Zauri (ou Koldrup que, porém, não está na forma física ideal), Gamberini e Pasqual.
Do lado rossonero, Ancelotti, em sua provável última panchina (o técnico de Reggiolo está no comando do Milan há 8 campeonatos!), parece intencionado a repetir quase todo o time que começou jogando na derrota para a Roma na última rodada, apenas voltando o francês Flamini para o meio (com Zambrotta entrando na lateral direita) e inserindo Seedorf, vez que Ambrosini está suspenso e Beckham ainda sente o tornozelo.
De qualquer maneira, o Spice Boy integra a lista de convocados, assim como o zagueiro Nesta, que deve ficar no banco.
Assim, l'undici deve ser composto por Dida; Zambrotta, Favalli, Maldini e Jankulovski; Flamini, Pirlo (à direita - Insidefoto), Seedorf e Kaká; Inzaghi e Pato.
Em sua última partida como profissional, Maldini, como de costume, enriquecerá seu palmares pessoal participando de seu 18º confronto contra a Fiorentina no Artemio Franchi, recorde para o embate.
Ao todo, Maldini participou de 5 vitórias do Milan em Florença, inclusive o histório 7 x 3 de 04 de outubro de 1992, que consiste na partida com mais gols do confronto e con più scarto, ao lado das vitórias da Fiorentina por 5 x 1 em 30 de abril de 1933 e por 4 x 0 em 13 de janeiro de 2001.
Naquele outubro de 1992, anotaram os tentos Baiano (F), Massaro (M), Lentini (M), Gullit (M), Massaro (M), Effenberg (F), Van Basten (M), Gullit (M), Di Mauro (F) e novamente Van Basten (M), com Batistuta passando em branco.
Já no mais recente janeiro de 2001, foi a vez de Nuno Gomes, Cois, Chiesa e Rui Costa construirem o sucesso gigliatto.
Com 29 vitórias, a Fiorentina leva vantagem no confronto, com o Milan tendo vencido 20 e ocorrido outros 19 empates, com os atacantes dos donos da casa marcando 105 vezes e os de Milão 89 gols nos 68 confrontos até aqui registrados.
Pierino Pratti, histórico atacante que defendeu tanto a Fiorentina quanto o Milan, é o maior artilheiro do embate, tendo marcado 5 gols entre 1968 e 1972, todos com a equipe rossonera.
Gilardino, que já estufou as redes 19 vezes nesta temporada, marcou 3 neste confronto (todos, é lógico, pelo Milan) e vem atrás de Boffi, Hamrim e Van Basten, que marcaram 4 cada.
Ainda não foi possível perceber a importância do cotejo? Deixa que o poderoso Adriano Galliani explica: "Se arriveremo secondi saremo felicissimi e noi dobbiamo giocare per arrivare secondi, perché se la Juve non batte la Lazio... Poi se arriveremo terzi saremo felici, mentre se chiuderemo quarti saremo delusi".

Marcadores: , , , ,

L'Enigma - Le Scomesse


Neste domingo tem Fiorentina x Milan, que é o 'Match Clou' da última rodada da stagione e ainda o confronto direto pela derradeira vaga que leva diretamente para a fase de grupos da Champions League.
Será também a despedida de Maldini dos gramados depois de inacreditáveis 25 (!) temporadas defendendo o Milan!
Milan, que, em 04 de outubro de 1992, venceu a Fiorentina por sonoros 7 x 3 em Florença, com direito a gols de Baiano (F - foto acima, sendo que o número 3 rossonero é exatamente ele, Paolo Maldini - Borsari), Massaro (M), Lentini (M), Gullit (M), Massaro (M), Effenberg (F), Van Basten (M), Gullit (M), Di Mauro (F) e, ufa, Van Basten (M).
Os amigos do Calcio Serie A, embora até acreditem em um jogo com gols neste domingo, não chegaram a tanto - eis os palpites ofertados: 0 x 1 - Pai; 1 x 0 - Michel Costa; 1 x 1 - Tiago; 0 x 2 - Raphael Zerlottini (que ainda escreveu que será "a despedida do Kaká"); 1 x 2 - Sérgio André; 2 x 1 - Mafra; 2 x 2 - Cyntia; 3 x 1 - JP e 2 x 3 - Alcindo.

Marcadores:

Na Última Vez ...

sexta-feira, maio 29, 2009

Rodada encerra a temporada da Serie A


As tratativas de calciomercato já estão a toda (a 'Especulações Da Semana' retorna já na próxima quarta!) e, com o término da temporada 2008/2009 no próximo domingo, devem se intensificar ainda mais!
Mas é bom ficar atento para os jogos da 38ª giornata, pois muita coisa ainda está para ser definida, a começar pela última vaga para a fase de grupos da Champions League, que será decidida no confronto direto (e 'Match Clou' da rodada) Fiorentina x Milan, com a equipe rossonera podendo perder até por um gol de diferença na partida que terá transmissão, ao vivo, da ESPN Brasil e da RAI a partir das 10h00 (horário de Brasília) de domingo (todos os jogos da rodada começarão no mesmo instante).
Muita emoção também para os torcedores de Bologna e Torino, com as tradicionais equipes (vencedoras de, cada uma, 7 campeonatos italianos) brigando para não acompanhar Reggina e Lecce na próxima Serie B.
Mais complicada a situação do Toro, que visita a Roma na capital com 7 (!) jogadores suspensos depois da batalha campal contra o Genoa precisando torcer contra o Bologna que recebe o Catania no Renato Dall'Ara.
A equipe rossoblù, que precisa de uma vitória simples contra um pouco interessado Catania para permanecer na Serie A, deve ter a dupla Osvaldo-Di Vaio no ataque, enquanto o Torino deve visitar a Lupa no 3-5-1-1 com o goleiro Sereni (acima - Ap) postado atrás do trio Di Loreto-Francheschini-Natali, com Rosina alle spalle de Ventola na frente.
Outra partida que terá cobertura da televisão (SporTV, sempre às 10h00) será o confronto tutti nerazzurri Internazionale x Atalanta.
Em vt, às 14h00 da segunda-feira ainda será possível acompanhar Juventus x Lazio na ESPN Brasil.
Contra um Ferrara invicto no comando da Vecchia Signora o laziale Delio Rossi deve propor uma formação bastante alterada, vez que os atacantes Pandev e Zárate já estão de férias e o capitano Rocchi lesionado.
Assim, o ataque biancoceleste deve ser formado por Del Nero e Kozak, enquanto o promettente zagueiro Tuia (ao lado - Guerin Sportivo) deve fazer sua estréia na Serie A formando a dupla central como também bastante jovem Diakhite.
Em rodada que pode reservar ainda outras estréias (é normal o lançamento de algumas promessas no último jogo da temporada) e várias despedidas, jogam também Genoa x Lecce; Napoli x Chievo; Palermo x Sampdoria; Reggina x Siena e Udinese x Cagliari.

quarta-feira, maio 27, 2009

L'Enigma


Quem ficará com a última vaga italiana para a fase de grupos da Champions League? Tudo depende de como vai terminar o confronto Fiorentina x Milan, 'Match Clou' da 38ª e última rodada da Serie A 2008/2009, a ser disputada integralmente no domingo.
E, obviamente, é este o cotejo da 'L'Enigma', que quer saber dos amigos do Calcio Serie A como vai terminar o duelo.
Na temporada 2006/2007, por exemplo, terminou no empate de 2 x 2, com doppiette de Mutu e Gilardino (no alto comemorando com Kaká e Seedorf, que podem estar fazendo suas últimas aparições com a maglia rossonera - Photorazzi), atualmente companheiros na Viola.
Vale lembrar que o primeiro que arriscar o prognóstico correto vai somar 1 (um) ponto no III Desafio Calcio Serie A, que premiará o felizardo que alcançar a marca de 10 (dez) pontos com uma flâmula oficial da Internazionale (igualzinha a da imagem ao lado, medindo 28 x 20 cm) e um exclusivo certificado do blog.
Como ninguém acertou o resultado da última partida proposta, a classificação continua a seguinte: 1º JP (4 pts); 2º Leonardo Mafra (3); 3º Michel Costa (2) e 4º Lucas, Marra, Raphael Zerlottini e Sérgio André (1).
Vamos participar e ... boa sorte a todos!

Marcadores:

Na Última Vez ...

terça-feira, maio 26, 2009

Momento Panini - Bruno Cirillo


Aos 32 anos, capitão do rebaixado Reggina, Bruno Cirillo já faz planos para quando pendurar as chuteiras. Técnico? Empresário? Que nada, o sonho deste roccioso difensore é ser ... ator de filmes pornográficos!
Isso mesmo, em recente entrevista a um programa de televisão italiano, Cirillo declarou: "Da piccolo ho sempre sognato di essere un attore porno. Forse un giorno lo realizzerò", para completar, dentre risadas, que os companheiros o chamam de Dotato.
Independentemente de eventual atributo extra-calcistico, o certo é que este zagueiro ou terzino sinistro nascido aos 21 de março de 1977 em Castellammare di Stabia, na província de Napoli, apesar de parcos recursos técnicos, construiu uma carreira mais do que digna na Europa.
Tendo começado na própria Reggina, com a qual estreou na Serie C1 na temporada 1994/1995, Cirillo ganhou experiência na Tricase, uma pequena agremiação da cidade homônima, com a qual disputou as stagione 1996/1997 e 1997/1998, esta última na C2.
De volta à Reggina, Cirillo foi apenas um coadjuvante na campanha que resultou na histórica promoção à Serie A, mas esteve em campo no histórico 28 de agosto de 1999, quando o time calabrês fez seu esordio na máxima divisão do futebol italiano empatando com a poderosa Juventus por 1 x 1, em Turim!
Ao final da temporada 1999/2000 (figurinha acima), Cirillo tinha colecionado 32 partidas (no máximo de 34, ficando atrás apenas do zagueiro Stovini no time amaranto) e realizado 2 gols (o decisivo contra o Piacenza pela 3ª rodada e outro na vitória externa sobre a Roma por 2 x 0), figurando como uma das revelações do campeonato e um dos destaques da boa Reggina treinada por Colomba e que tinha, dentre outros, os centrocampisti Baronio e Pirlo.
As boas atuações deste defensor de 1,87 m por 75 kg também levaram Cirillo à Under 21 de Tardelli, com a qual foi campeão europeu da categoria derrotando na final a República Tcheca de Ujfalusi, Jankulovski e Grygera.
Massimo Moratti, então, resolveu levar Cirillo para ser companheiro de Ronaldo na Internazionale, naquele que foi provavelmente o mais pífio mercato protagonizado pelo atual patròn nerazzurro (junto com Cirillo, chegaram o veterano goleiro Ballotta, os defensores Ferrari, Gresko, Lombardi e Macellari, além dos meias Brocchi, Farinos, Robbiatti e dos atacantes Keane e Sükur, todos de péssima recordação para os aficcionados do time).
Obviamente, depois de apenas 17 aparições na Serie A com a Inter, Cirillo foi cedido ao Lecce para o campeonato 2001/2002, onde também não conseguiu se firmar como titular, apesar do descenso da equipe à Serie B.
Jogador nem sempre dos mais leais (embora tenha recebido apenas 2 cartões vermelhos em sua carreira na Serie A, é um grande colecionador de amarelos, sendo 13 apenas na atual temporada - figurinha ao lado), Cirillo voltou à Reggina no início da stagione 2002/2003, mas no mercado invernale aceitou o resultado das 4 linhas e seguiu para o Lecce, onde terminou a temporada na Serie B.
Contratado pelo Siena, o Dotato transcorreu de 2003 a 2005 na belíssima cidade toscana, quando somou 54 jogos pela Serie A completados por 20 ammonizioni, além de protagonizar um lamentável incidente com o interista Materazzi, que custou ao atual capitão amaranto uma lesão bem feia no lábio.
Em 2005, Cirillo acertou sua transferência para o grego AEK, onde se firmou como um dos pilares defensivos e obteve destaque até jogando na Champions League, chegando a marcar um belo gol di rovesciata contra o Anderlecht que quase valeu a classificação do clube de Atenas à fase seguinte.
Pretendido pelo Benfica, Cirillo acabou passando ao Levante, na Liga, em 2007, de onde voltou à Reggina em janeiro de 2008.
Desde então, Cirillo tem colocado sua experiência a favor de sua società madre, mas, não poucas vezes imprudente, nesta temporada não conseguiu assegurar a 7ª salvezza consecutiva.

Marcadores:

Na Última Vez ...

segunda-feira, maio 25, 2009

'B' Em Pílulas


* A 41ª giornata da Serie B 2008/2009, integralmente disputada no último sábado, colocou Livorno, Brescia e Empoli no play-off que definirá o 3º promovido à próxima Serie A, vez que Bari e Parma asseguraram as vagas diretas com antecedência;
* O Livorno até perdeu, em casa, para o Albinoleffe por 1 x 0, mas assegurou a participação no play-off com o empate do Grosseto com o Ancona em 1 x 1 e a derrota do Sassuolo para o Brescia por 4 x 2;
* No Mario Rigamonti, Baronio (B), Masucci (S), Taddei (B), Zoboli (B), Noselli (S) e Possanzini (B) construíram o placar que assegurou o time do técnico Alberto Cavasin na próxima fase do torneio;
* Vida mais tranquila teve o Empoli, que fez 4 x 0 na Triestina, com gols de Musacci, Pozzi, Flachi e Saudati (ao lado, o jovem zagueiro Alessandro Vinci em ação - Empoli);
* Também o Parma venceu o Vicenza por 4 x 0, com direito a uma doppietta do jovem Paloschi, e ainda pode ultrapassar o Bari e conquistar o título cadetto;
* Bari que nesta rodada perdeu para a Salernitana por 3 x 2, tentos de Barreto (B), Ganci (S), Scarpa (S), Di Napoli (S) e Ranocchia (B);
* Com mais este gol, o brasileiro Barreto agora divide a artilharia do torneio ao lado de Tavano, do Livorno, ambos com 22 gols marcados;
* Ao perder para o Modena por 3 x 2, o Avellino se juntou ao Treviso como rebaixado à Lega Pro.

Marcadores:

Na Última Vez ...

Panorama Da Rodada


Arquivada a 37ª rodada da Serie A 2008/2009, mais alguns verdetti foram definidos, como o rebaixamento do Lecce, que até jogou muito bem sob o forte calor pugliese e saiu na frente contra a Fiorentina com um gol do seu artilheiro Tiribocchi, mas acabou cedendo o empate no último minuto, depois de perder várias oportunidades, cabendo ao danese Jorgensen decretar o empate.
Com o resultado (ao lado, o brasileiro Felipe Melo contra o leccese Zanchetta na partida disputada no Via del Mare - Grazia Neri), o Lecce se juntou a Reggina, que se viu matematicamente na Serie B na útima quarta-feira, quando perdeu para a Lazio por 1 x 0 no único cotejo diferito della giornata (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/05/o-jogo-da-tv-parte-i-lazio-x-reggina.html).
Com o empate em 0 x 0 entre Chievo e Bologna, o time clivense assegurou sua permanência na Serie A e deixou o pepino para ser decidido entre o próprio clube rossoblù e o Torino, que são as únicas duas agremiações que ainda correm risco de rebaixamento e de cujo duelo vai sair o derradeiro retrocesso.
Aliás, o tradicional clube granata, 7 vezes campeão italiano, é quem está em situação mais delicada após perder por 3 x 2 para o Genoa em plena Turim.
Além de ter sido rica em gols (Milito, Franceschini, Olivera, Bianchi e novamente Milito os autores), a partida do Olimpico torinese foi extremamente nervosa, culminando com uma grande rissa no final que envolveu, dentre outros, os brasileiros Thiago Motta e Rubinho (acima, uma imagem do lamentável episódio - Ap).
Agora, o Torino deve vencer a Roma fora de casa e ainda torcer para o Bologna não derrotar o Catania no Renato Dall'Ara na última rodada para permanecer na Serie A ...
Vitória externa também para a Juventus na estréia de seu neo allenatore Ciro Ferrara, com direito a doppietta de Del Piero e gol de Marchisio (ao lado - Getty Images) para o 3 x 0 final.
Além de voltar a vencer depois de 8 rodadas, com o resultado a Vecchia Signora assegurou participação na fase de grupos da Champions League, vez que não poderá mais ser ultrapassada por Fiorentina e Milan concomitantemente.
Sucesso também teve o Catania, que fez 3 x 1 no Napoli no dia em que Zenga comunicou seu addio ao clube etneo, não obstante a stagione da record, com a equipe superando os 41 pontos alcançados na temporada 2006/2007.
A partida, que teve também giro di campo para Baiocco, Bizzarri e Spinesi, teve o placar construído por Bogliacino (N), Morimoto (C), Mascara (C) e Falconieri (C).
No tocante aos clubes de Milão, um duplo insucesso - além da derrota do Milan frente a Roma (http://calcioseriea.blogspot.com/2009/05/o-jogo-da-tv-parte-ii-milan-x-roma.html), a Inter visitou o Cagliari e, talvez inebriada com a festa pelo seu 17º scudetto, acabou perdendo por 2 x 1, tentos de Ibrahimovic (que chegou ao 23º gol stagionale, igualando-se com Di Vaio na briga pela artilharia), Cossu e Acquafresca.
Em uma rodada de muitos gols (31 ao todo, com média de 3,1 por partida), aconteceram ainda dois empates em 2 x 2: Atalanta x Palermo (gols de Succi, doppietta de Plasmati e Miccoli) e Sampdoria x Udinese (D'Agostino, Isla contra, Cassano e Felipe).
Em termos individuais, os recordmen della giornata foram: Ledesma (Lazio), com 34 bolas recuperadas; Conti (Cagliari), com 61 passes certos; D'Agostino (Udinese), com 6 assistências e Doni (Atalanta), com 8 conclusões.
Já a classificação da Serie A, faltando apenas mais uma rodada para o término da temporada, está assim: 1º Internazionale (81 pts); 2º Juventus (71); 3º Milan (71); 4º Fiorentina (68); 5º Genoa (65); 6º Roma (60); 7º Palermo (56); 8º Udinese (55); 9º Cagliari (53); 10º Lazio (50); 11º Atalanta (47); 12º Sampdoria (45); 13º Siena (43); 14º Napoli (43); 15º Catania (43); 16º Chievo (38); 17º Bologna (34); 18º Torino (34); 19º Reggina (30) e 20º Lecce (30).

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...

domingo, maio 24, 2009

O Jogo Da TV (Parte II) - Milan x Roma



Não foi suficiente a torcida de 72.681 espectadores ou a necessidade do Milan de somar pontos para honrar l'ultima de Paolo Maldini no San Siro, pois o mítico capitano rossonero (abaixo na volta olímpica de despedida - Celotto), agora a um passo da aposentadoria, viu seu Milan sucumbir diante da Roma em seu último compromisso casalingo.
Com ambas as equipes começando no 4-4-2, com a diferença de que a Roma tinha seu centrocampo em linha (com dois esterni bem abertos), enquanto o Milan partiu com Kaká um pouco mais avançado em relação ao trio Beckham-Pirlo-Ambrosini, a partida começou movimentada, com a Lupa melhor nos momentos iniciais.
O Milan, envergando o bonito uniforme que usará na próxima temporada, só conseguia criar a partir de lançamentos do Spice Boy Beckham, como aos 23', quando Pato, porém, não conseguiu dominar e permitiu a antecipação do arqueiro Artur.
Já a Roma, explorando a habilidade de seus jogadores e o toque curto de seu centrocampo, chegou com perigo aos 24' com Brighi completando uma tabelinha com Totti que passou raspando a trave de Dida.
Aí, depois que Pato teve outra boa oportunidade em lançamento de Beckham, o norueguês Riise acertou o ângulo de Dida (ao lado - Reuters) em uma cobrança de falta fortissima para abrir o placar aos 36'.
Com um Kaká muito apático (a ponto de ser mesmo vaiado!), o Milan ainda chegou mais uma vez com perigo antes do intervalo, mas Motta desviou corajosamente com a cabeça um tiro potente de Pato aos 41', em mais uma jogada de Beckham.
Porém, Becks não voltou para o 2º tempo e o Milan passou ao 4-2-3-1, com Seedorf formando com Kaká e Pato (que logo deu lugar a Ronaldinho) um tridente alle spalle de Inzaghi.
Embora sem muita organização, a squadra rossonera passou a atacar mais e, aos 30', chegou ao empate com Ambrosini, que aproveitou rebote su tiro de Inzaghi.
A partida passou a ritmo aluciante e, aos 35', Menez, que havia entrado poucos minutos antes no posto de Vucinic e já levara perigo ao gol de Dida aos 32', recebeu de Riise e venceu Favalli na corrida antes de completar na saída do arqueiro brasiliano.
Botta-risposta e aos 36' Ambro empatou novamente a partida aproveitando cruzamento de Kaká (ao lado, a comemoração do meia milanista, que realizou sua primeira doppietta pessoal na Serie A - Reuters).
Fim de papo? Que nada, aos 40', Pizarro rolou a bola para Totti e Er Pupone fuzilou Dida para fazer seu 177º gol na Serie A, ficando a apenas um de Giampiero Boniperti na graduatoria dos maiores artilheiros do Calcio!
Na seqüência, Ambrosini recebeu o 2º cartão amarelo e foi mais cedo para o vestiário, acabando com qualquer chance de mais uma reação rossonera, que agora terá que aguardar o confronto direto com a Fiorentina na última rodada para ver quem fica com a 3ª vaga italiana para a fase de grupos da Uefa Champions League e ainda não pode propiciar a Maldini a despedida que o capitano merecia do estádio onde tantas vezes saiu vitorioso.
O tabellino:
Milan: Dida; Flamini, Maldini, Favalli, Jankulovski (60' Zambrotta); Beckham (46' Seedorf), Pirlo, Ambrosini, Kaká; Inzaghi, Pato (59' Ronaldinho). All. Ancelotti.
Roma: Artur; Motta, Mexes, Juan (69' Diamoutene), Riise; Cassetti, Brighi, Pizarro, Taddei (63' Filipe); Totti, Vucinic (76' Menez). All. Spalletti.
Gols: 36' Riise, 75' Ambrosini, 80' Menez, 81' Ambrosini, 85' Totti (todos os gols, assim como os melhores momentos da partida, podem ser visualizados nos highlights ao final).
Árbitro: De Marco.
Cartões amarelos: Ambrosini, Motta, Taddei e Artur.
Cartão vermelho: Ambrosini.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Você Sabia ...


* Que a bandiera rossonera Paolo Maldini, que hoje entra em campo pela última vez como profissional no San Siro, é o recordista absoluto de presenças na Serie A, devendo computar sua 646ª aparição contra a Roma?
* Que Maldini (na foto ao lado na temporada 1992/1993 - Guerin Sportivo) é também um dos maiores vencedores do campeonato italiano em sua história, tendo conquistado, ao todo, 7 scudetti (1987/1988, 1991/1992, 1992/1993, 1993/1994, 1995/1996, 1998/1999 e 2003/2004)?
* Que Maldini é também o recordista de presenças na Azzurra, com 126 caps, tendo participado de 23 partidas em 4 Copas do Mundo diferentes (1990, 1994, 1998 e 2002) para um total de 2.216 minutos jogados, marca também inigualável até o presente?

Marcadores:

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker