Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, setembro 27, 2008

O Jogo Da TV (Parte II) - Fiorentina x Genoa


Com grande voglia di riscatto, a Fiorentina venceu o Genoa por 1 x 0 no 2º anticipo desta 5ª rodada - tento do cada vez mais uomo gol Alberto Gilardino, deixando para trás o crollo con la Lazio da última quarta-feira.
Aliás, até em razão da rodada de meio de semana, Prandelli e Gasperini pouparam alguns de seus titulares, promovendo o conhecido turnover: Dainelli e Semioli nos postos de Gamberini e Santana na Viola, Olivera e Palladino por Milito e Sculli no Grifone (à direita, Semioli perseguido por Bocchetti e Palladino - Grazia Neri)
Com um pressing molto alto, a Fiorentina logo tomou as rédeas da partida empurrada pelo grande entusiasmo do público presente ao Artemio Franchi (cerca de 35.000), enquanto o Genoa tentava responder nos contra-ataques, especialmente naqueles puxados pelos rápidos Mesto e Bocchetti.
A primeira grande oportunidade ocorreu aos 17', com Montolivo exigindo uma defesa em dois tempos do arqueiro Rubinho, ao que Mesto respondeu aos 23' com um perigoso tiro-cross.
Bem postado em campo, com Milanetto (à esquerda contra o brasileiro Felipe Melo - Ansa) e Vanden Borre formando uma parede quase intransponível no meio de campo, o Genoa foi se soltando com o transcorrer dos minutos, passando a utilizar o habilidoso Rossi como principal saída sulla destra.
Por sua vez, a Fiorentina teve em Gilardino, ben sostenuto da Semioli e Felipe Melo, seu principal artifice.
Para a 2ª etapa, Gasperini, que já havia perdido Milanetto no final do 1º tempo (substituído por Juric), colocou sua principal arma em campo - o argentino Milito, de forma a proporcionar um pressing mais incisivo no ataque.
Porém, foi a Fiorentina que, depois de uma bela conclusão de Donadel aos 12', chegou ao gol, com Gilardino aproveitando um cruzamento da esquerda para, de virada, acertar um belo diagonale sul 2º palo (à direita o atacante viola em ação - Grazia Neri) aos 16'.
O Genoa, então, sentiu o golpe e a Fiorentina, que teve ainda os ingressos de Santana, Pazzini e Osvaldo, passou a dominar todas as ações perigosas, com Mutu chegando a ficar a um passo do raddoppio.
Portanto, ao final, merecida vitória viola, que concluiu 20 vezes contra apenas 3 da equipe rossoblù.
O tabellino:
Fiorentina: Frey; Jorgensen, Dainelli, Koldrup, Gobbi; Donadel, Felipe Melo, Montolivo; Semioli (66' Santana), Gilardino (66' Pazzini), Mutu (83' Osvaldo). All. Prandelli.
Genoa: Rubinho; Papastathopoulos, Ferrari, Criscito; Vanden Borre (60' Modesto), Milanetto (41' Juric), Mesto (51' Milito), Rossi; Bocchetti, Olivera, Palladino. All. Gasperini.
Gol: 61' Gilardino.
Árbitro: Rosetti.
Cartões amarelos: Donadel, Milanetto, Bocchetti, Gilardino, Dainelli, Papastathopoulos, Montolivo, Olivera e Osvaldo.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

O Jogo Da TV (Parte I) - Sampdoria x Juventus



O primo anticipo deste sábado não foi dos mais divertenti e, como costuma acontecer com esses jogos, terminou como começou, com o 0 x 0 estampado no placar.
Com vários desfalques importantes (Buffon, Legrottaglie, Zebina, Zanetti e Trezeguet), Ranieri lançou uma Juventus in maglia oro no 4-4-2 com Mellberg e Chiellini como centrais e Amauri e Del Piero compondo a dupla de ataque, enquanto Mazzarri optou por escalar a Samp no 3-5-1-1, tendo Palombo, Franceschini, Stankevicius, Pieri, Sammarco e Delvecchio (abaixo, literalmente em cima de Nedved - La Presse) no centrocampo.
Obviamente, com tanta gente no meio de campo, mas tão poucos criativos (do lado bianconero Poulsen e, principalmente, Sissoko, foram muito bem no desarme, mas só) o jogo acabou muito truncado, com pouca emoção.
Aliás, no 1º tempo apenas Del Piero (abaixo contra Gastaldello - La Presse), em um cobrança de falta aos 4' e com um diagonale di destro che colpisce il palo esterno aos 20', esteve perto de abrir o marcador.
Na 2ª etapa a gara continuou extremamente equilibrada (o scout elaborado pela Gazzetta dello Sport deu 55,6% de posse de bola para a Juventus e exatamente 50% de vantaggio territoriale para cada uma das equipes, enquanto o projeto Panini Digital atribuiu 52% de possesso palla à Juve) e as chances de gol continuaram escassas (ao todo, 13 conclusões a 11 para o Panini Digital e 13 a 10 para a Gazzetta dello Sport, sempre com os blucerchiati em vantagem).
De consignar, com Cassano (mais abaixo contra Chiellini - Grazia Neri) irregular e Amauri poco brillante, apenas uma cabeçada de Sammarco bastante perigosa durante os 45' finais.
O tabellino da partida, que nem com as entradas de Dessena e Iaquinta melhorou:
Sampdoria: Mirante; Lucchini (80' Bottinelli), Gastaldello, Accardi; Palombo (74' Dessena), Franceschini, Stankevicius, Pieri, Sammarco, Delvecchio (88' Bonazzoli); Cassano. All. Mazzarri.
Juventus: Manninger; Grygera, Mellberg, Chiellini, Molinaro; Poulsen, Sissoko, Camoranesi, Nedved; Del Piero (73' Iaquinta), Amauri. All. Ranieri.
Árbitro: Rizzoli.
Cartões amarelos: Gastaldello, Lucchini, Mellberg e Camoranesi.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Match Clou - 5ª Rodada 2008/2009



Em um 'Match Clou' especialíssimo, o Milan recebe a líder Internazionale na 1ª sfida stracittadina desta temporada da Serie A, a ser disputada neste domingo a partir das 15h30 (horário de Brasília) com cobertura da ESPN e da RAI - imperdível!
Vindo de duas vitórias consecutivas que elevaram o moral do grupo e evidenciaram uma melhora na condição atlética, o Milan sabe que o resultado deste Derby della Madonnina é de fundamental importância para suas pretensões no campeonato italiano e para tanto Ancelotti (que festejará sua 400ª panchina na Serie A) deve lançar o time no 4-3-1-2.
Sem poder contar com os vários Nesta, Pirlo, Borriello e Inzaghi, bem como o último reforço Senderos, a equipe rossonera deve começar com: Abbiati; Zambrotta, Maldini, Kaladze e Jankulovski; Flamini, Gattuso, Ambrosini e Seedorf; Kaká e Pato (ao lado - Steele).
Já na Inter, Mourinho não poderá escalar os defensores Maxwell e Samuel, bem como os meias Figo e Jimenez, todos com problemas físicos, além de Muntari, que ainda cumpre suspensão, devendo optar pelo 4-3-3 preenchido com: Júlio César; Maicon, Cordoba, Materazzi e Chivu; Vieira (abaixo, à esquerda - Hewitt), Cambiasso e Zanetti; Mancini, Cruz e Ibrahimovic.
Embora a Inter tenha conquistado o scudetto na temporada passada, quem venceu o último Derby com mando de campo do Milan foi o próprio time de Milanello, que fez 2 x 1 em noite inspirada de Kaká, autor do 2º gol da partida, depois que Inzaghi abriu o marcador e antes que Cruz diminuísse para os cugini (para saber mais, vide: http://calcioseriea.blogspot.com/2008/05/o-jogo-da-tv-milan-x-internazionale.html).
Porém, no retrospecto geral, a Internazionale leva ligeira vantagem, com 28 vitórias, 22 empates e 24 derrotas, 106 gols marcados e 96 sofridos, computados apenas os jogos com mando do Milan.
E o derradeiro sucesso nerazzurro foi na temporada 2006/2007, mais precisamente no dia 28 de outubro de 2006, quando os comandados de Roberto Mancini venceram por incríveis 4 x 3, gols de Crespo (I), Stankovic (I), Ibrahimovic (I), Seedorf (M), Materazzi (I), Gilardino (M) e, ufa, Kaká (M).
Curiosamente, dos 22 jogadores que começaram jogando há quase 2 anos atrás, apenas os laterais Cafu (pelo Milan) e Grosso (pela Internazionale) não permanecem nos elencos contendentes.
Como não poderia ser diferente, Paolo Maldini (à direita - Hewitt) é o jogador que mais atuou no confronto, com 20 aparições desde a temporada 1985/1986, ocasião na qual as camisas 9, 10 e 11 (é, se jogava ainda com numeração de 1 a 11!) do Milan foram envergadas por Hateley, Rossi e Virdis, enquanto as da Inter por Altobelli, Brady e Rummenigge.
Já os maiores artilheiros do embate são o ítalo-brasileiro José Altafini, autor de 7 gols entre 1958 (1 x 1, com Angelillo marcando o tento nerazzurro) e 1964 (outro 1 x 1, com Corso anotando o gol interista), e Giuseppe Meazza, autor de outros 7 tentos entre 1929 e 1936, sempre com a camisa azul e preta.
Por fim, olho em Materazzi, que é o giocatore con più ammonizioni na história do confronto (6 cartões amarelos!), e Gattuso, que comemorará sua 300ª partida na Serie A!

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma


Em um cada vez mais disputado II Desafio Calcio Serie A, a 'L'Enigma' estréia uma série de logos com temática, literalmente, animal!
Portanto, para começar, qual clube tem como símbolo o simpático golfinho à esquerda?
Na quarta-feira o nome do acertador(a)!

Marcadores:

Na Última Vez ...

sexta-feira, setembro 26, 2008

Rodada da Serie A tem clássico imperdível


A 5ª rodada da Serie A 2008/2009 vem aí e com ela o super clássico de Milão, o sensacional Derby della Madonnina, que será disputado no domingo, a partir das 15h30 (horário de Brasília) e terá cobertura, ao vivo, de ESPN e RAI.
Antes, no sábado, a giornata começa com o também interessantíssimo Sampdoria x Juventus (ESPN, SporTV, TV Esporte Interativo e RAI às 13h00), com Cassano (à direita - Insidefoto), alvo de especulações bianconeri durante a semana, confirmado no ataque blucherciato.
Do lado da Juve, com Buffon, Legrottaglie, Zebina, Zanetti e Trezeguet fora de ação, Ranieri deve optar por Mellberg ao lado de Chiellini na zaga e Iaquinta e Del Piero no ataque, deixando Amauri como opção no banco, até porque a equipe terá que viajar para a Bielorrússia em seguida.
Um pouco mais tarde (às 15h30), ESPN Brasil, SporTV, TV Esporte Interativo e RAI prometem transmitir Fiorentina x Genoa, com a squadra viola precisando urgentemente do riscatto, enquanto no Grifone a novidade é a inclusão do brasileiro Thiago Motta no elenco de convocados, embora o meia não deve aparecer nem no banco, ainda.
No domingo, no horário das 10h00, os destaques são Bologna x Napoli (ESPN e RAI), que deverá ter o brasileiro Adailton (ao lado - Macchiavelli) partindo como titular, Roma x Atalanta (ESPN Brasil e TV Esporte Interativo), onde deverão começar jogando Doni, Cicinho e Ferreira Pinto, além do tradicional Torino x Lazio.
Completam a rodada: Catania x Chievo; Lecce x Cagliari; Palermo x Reggina e Udinese x Siena.
Ah... Milan x Internazionale? Isso é assunto para a 'Match Clou'!

quinta-feira, setembro 25, 2008

'B' Em Pílulas


* No big match da 5ª rodada da Serie B 2008/2009, integralmente disputada na última terça-feira, o Sassuolo venceu o Albinoleffe por 1 x 0, tento do veterano meia Salvetti (abaixo, à direita - Sassuolo);
* A equipe neroverde da província de Modena é uma das líderes da competição, ao lado do próprio Albinoleffe, Grosseto e Salernitana, todos com 10 pontos conquistados;
* Já o Modena, que perdeu de 3 x 1 para o Empoli nesta rodada, continua com nenhum posto conquistado no torneio;
* A equipe gialloblù só não figura na lanterna porque o Avellino, partito con 3 punti di penalizzazione, ainda aparece com -1;
* Avellino que nesta rodada empatou em 2 x 2 com o também surpreendente Grosseto, gols de Sforzini (G), Di Cecco (A), Valeri (G) e Mesbah (A);
* O Parma, com apenas decepcionantes 5 pontos até aqui, também empatou em 2 x 2, mas com o Frosinone no Ennio Tardini, gols de Santoruvo (F), Paloschi (P), C. Lucarelli (P) e Dedic (F), atacante sloveno curiosamente crescido nas categorias de base da própria equipe crociata;
* Quem também não vai bem é o Brescia, que demitiu hoje seu treinador Serse Cosmi depois da derrota de 2 x 0 para o Ancona;
* O antigo clube de Roberto Baggio, que só soma 6 pontos no torneio até aqui, será treinado agora pelo veterano Nedo Sonetti.

Marcadores:

Na Última Vez ...

Panorama Da Rodada


Não foi nada fácil, mas a Internazionale de Mourinho fechou a 4ª giornata da Serie A 2008/2009 como líder isolada - prenúncio do que vem por aí?
Inter e Juventus, as ponteiras com 7 pontos ao final da 3ª rodada, tinham compromissos teoricamente fáceis nesta giornata de meio de semana, porém, a prática se mostrou diferente.
Recebendo o Lecce no Giuseppe Meazza, a Inter começou no 4-3-3 em busca do 100º resultado útil casalingo de seu mister lusitano, bem como festejando a 600ª partida in nerazzurro do seu capitão Javier Zanetti, aliás postado em seu antigo ruolo di terzino destro, vez que Maicon foi poupado tendo em vista o derby contra o Milan agendado para o próximo domingo.
Só que, com a bola rolando, o que se viu foi uma Inter lenta, sem imaginação, que teve em uma traversa de Ibrahimovic (acima contra Zanchetta - Ansa) o grande momento da 1ª etapa.
Para a 2ª etapa, Mourinho voltou com Maicon e Quaresma nos lugares de Vieira e Stankovic, com claro objetivo de buscar a vitória pelas laterais.
Mas, não obstante as boas intenções de seu treinador, a squadra nerazzurra continuou muito burocrática, até que Mourinho lançou sua última cartada, colocando o argentino Cruz no posto de Chivu.
E foi exatamente El Jardinero que, aproveitando uma jogada de Maicon e servido por Ibra, fez o gol da vitória interista, merecida diante dos números: 73,4% da posse de bola e 61,8% de vantaggio territoriale.
Já a Juventus enfrentou o Catania e, não obstante os vários desfalques que afligiram Ranieri (a equipe começou com Manninger; Grygera, Legrottaglie, Chiellini e De Ceglie; Poulsen, Marchisio, Marchionni e Goivinco; Amauri e Del Piero), até começou na frente, com o brasiliano Amauri abrindo o marcador aos 16' do 1º tempo com uma cabeçada imperiosa su assist do Formica Atomica (acima - La Presse).
Porém, no 2º tempo, Zenga passou sua equipe do 4-5-1 para o 4-4-2 com a entrada de Plasmati no posto de Llama, cabendo ao jovem atacante de 1,98 m empatar a partida aos 23', aproveitando cruzamento de Tedesco.
Daí, a Juve se mandou para o ataque e, ao contrário do que vinha fazendo, passou até a jogar bem, chegando a criar diversas oportunidades de gol, mas um Bizzarri em versão Zenga garantiu o valioso empate para a equipe rossoazzurra da Sicília.
O Milan, por sua vez, deu seqüência ao bom resultado obtido no último domingo (http://calcioseriea.blogspot.com/2008/09/o-jogo-da-tv-parte-iii-milan-x-lazio.html) e venceu, fora de casa, a Reggina por 2 x 1, gols de Borriello, Corradi e Pato, com este último aproveitando uma bela assistência de Kaká.
No 'Match Clou' da rodada, a Lazio não tomou conhecimento da Fiorentina e venceu por retumbantes 3 x 0, placar que poderia ser ainda mais dilatado se um ótimo Frey não tivesse mantido o placar inalterado por todo o 1º tempo, bem como o argentino Zárate (ao lado contra Gamberini e Kuzmanovic - Grazia Neri), autor de 4 gols nas 3 primeiras rodadas, não tivessse sprecato tutto.
De qualquer maneira, nella ripresa, a Lazio precisou de apenas 8' para construir a vitória com gols de Mauri, Pandev e Siviglia.
Quem também vem muito bem, obrigado, é a Atalanta treinada por Del Neri que, nesta giornata, venceu o lanterna Cagliari em uma partita bloccata, brutta e con pochissime occasioni da rete, mas decidida por um belo gol do eficaz Floccari aos 34' do 2º tempo.
Gols ocorreram no Renato Dall'Ara, onde o Bologna sucumbiu diante de uma forte Udinese por 3 x 0 em partida que acabou condicionada pela expulsão do difensore rossoblù Britos ainda aos 13' do 1º tempo, quando o uruguaio cometeu pênalti no atacante Floro Flores.
Assim, com gols de D'Agostino (cobrando o pênalti cometido por Britos), Floro Flores e Pepe, o Bologna conheceu sua 3ª derrota consecutiva.
Em Verona, o local Chievo empatou com o Torino em una partita molto equilibrata, com o resultado de 1 x 1 construído por Bianchi (cobrando pênalti contestado) e Marcolini, ex di turno.
Empate também em Siena, onde bianconeri e blucerchiati não passaram do 0 x 0, com a Sampdoria chegando ao 3º empate na competição.
Bem mais interessante foi Napoli x Palermo, vencida pelos donos da casa por 2 x 1, tentos de Hamsik (acima contra Nocerino, nascido exatamante em Nápoles - Mosca), Zalayeta e Miccoli, este último cobrando pênalti que reacendeu a partida.
Por fim, no cotejo acompanhado pela 'O Jogo Da TV', o Genoa venceu a Roma por 3 x 1 (http://calcioseriea.blogspot.com/2008/09/o-jogo-da-tv-genoa-x-roma.html).
Eis a classificação da Serie A atualizada: 1º Internazionale (10 pts); 2º Lazio (9); 3º Atalanta (9); 4º Napoli (8); 5º Juventus (8); 6º Udinese (7); 7º Catania (7); 8º Palermo (6); 9º Genoa (6); 10º Milan (6); 11º Siena (5); 12º Chievo (5); 13º Torino (5); 14º Roma (4); 15º Lecce (4); 16º Fiorentina (4); 17º Bologna (3); 18º Sampdoria (3); 19º Reggina (1) e 20º Cagliari (0).

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...

quarta-feira, setembro 24, 2008

O Jogo Da TV - Genoa x Roma



Super Milito! Com grande atuação do El Principe, o Genoa impôs à Roma a sua 2ª derrota stagionale (lembrando que em toda a temporada passada foram apenas 4 derrotas) e, pior, evidenciou que a regularidade almejada por Spalletti para seus comandados ainda está longe.
Sem a dupla de zaga titular (Mexes pelo menos ficou no banco) e também sem Cassetti, Júlio Baptista, Pizarro e, principalmente, Totti, a Lupa Capitolina entrou em campo no 4-1-4-1, com Loria e Panucci como zagueiros, De Rossi, Brighi, Perrotta, Taddei e Menez no meio de campo, com Vucinic no ataque.
No Genoa, distribuído no 3-4-1-2, Gasperini optou por deixar o belga Vanden Borre in panca, lançando Juric no meio e Gasbarroni como trequartista, tendo Milito e Sculli na frente.
E foi exatamente o veloz atacante di scuola Juve o primeiro protagonista da partida ao receber um lançamento preciso de Gasbarroni sob total desatenção de Riise e tocar por cima de Doni, abrindo o marcador para a equipe rossoblù ainda aos 4' (foto ao lado - La Presse).
A Roma, então, teve dificuldade para reagir, com o Genoa mais coordenado em campo e chegando com mais facilidade à área adversária, com l'argentino Milito sempre perigoso.
Porém, aos 28', su una punizione de Cicinho, De Rossi cabeceou duas vezes (a primeira foi defendida por Rubinho) para empatar a partida (à esquerda a conclusão vincente - Grazia Neri).
Daí, o jogo ralentou até a ida das equipes para o vestiário, com Gasperini, antes de completado o primeiro terço da 2ª etapa, feito entrar Palladino e Olivera nos lugares de Gasbarroni e Sculli.
As alterações logo deram resultado e aos 16' Milito aproveitou uma cabeçada de Modesto para, em posição, regular, começar o seu show particular, colocando o Genoa novamente na dianteira no placar.
Em seguida, dois lances selaram a sorte da partida: aos 21' Panucci marcou (ao lado - La Presse) o que seria o gol de empate giallorosso, mas o árbitro Brighi, atendendo a marcação de seu assistente Biasiutto, apontou um impedimento inexistente do defensor.
Depois, aos 24', De Rossi foi expulso por uma falta no meio de campo sobre Palladino, deixando a Roma com apenas 10 homens em campo.
Spalletti foi até audacioso, colocando Okaka, Aquilani e Montella nos postos de Taddei, Perrotta e Menez, mas foi o Genoa que chegou a mais um tento, novamente marcado por ele, El Principe Milito (abaixo sua comemoração após seu 1º gol - Reuters), que concluiu bela jogada de Palladino.
No final, vitória rossoblù merecida, evidenciada pelo confronto dos números de Milito (2 gols, 2 tiri in porta, 3 tiri totali e 95,45% de acertos nos passaggi positivi) e Vucinic (0 gol, 0 chutes no gol, 2 tiri totali e 57,69% só de acertos nos passaggi positivi) na partida.
O tabellino ficou assim:
Genoa: Rubinho; Biava, Ferrari, Criscito; Juric, Milanetto, Rossi, Modesto (79' Mesto), Gasbarroni (56' Palladino); Sculli (59' Olivera), Milito. All. Gasperini.
Roma: Doni; Cicinho, Loria, Panucci, Riise; De Rossi, M. Brighi, Perrotta (78' Aquilani), Taddei (76' Okaka), Menez (84' Montella); Vucinic. All. Spalletti.
Gols: 4' Sculli, 28' De Rossi, 61' Milito, 88' Milito.
Árbitro: C. Brighi.
Cartões amarelos: Perrotta, Menez, Criscito, De Rossi, Cicinho, Juric, Loria, Olivera e Aquilani.
Cartão vermelho: De Rossi.
Abaixo, compacto da interessante partida!

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Match Clou - 4ª Rodada 2008/2009



A considerar as realizações na última temporada, a Fiorentina entrou nesta como aspirante às primeiras colocações, enquanto a Lazio apenas almejando não repetir o fiasco do último campeonato, mas, transcorridas 3 rodadas da stagione 2008/2009, o 'Match Clou' desta giornata de meio de semana coloca, frente a frente, os Aquilotti figurando na zona Champions League, enquanto a squadra viola aparece apenas em posição intermediária, na parte baixa da tabela.
Porém, independentemente da posição na tabela, a Fiorentina venceu o Derby dell'Appennino contra o Bologna no último final de semana, enquanto a Lazio conheceu sua primeira derrota na temporada, e logo por sonoros 4 x 1 para um esordiente Milan.
Portanto, a partida desta quarta-feira, que terá transmissão da RAI para o Brasil (a partir das 15h30, horário de Brasília), assume contornos imprevisíveis, embora o retrospecto em Roma seja amplamente favorável à Lazio, que tem 28 vitórias, 19 empates e sofreu apenas 12 derrotas, tento marcado 102 gols e sofrido apenas 56.
Para os tifosi viola, serve o consolo (e a esperança) de que nas últimas duas temporadas a Fiorentina venceu, sempre por 1 x 0, tentos de Mutu (na temporada 2006/2007) e Pazzini (em 2007/2008).
Disposto a encerrar essa série negativa, o allenatore laziale Delio Rossi (acima - Insidefoto) deve promover 3 alterações no time que perdeu para o Milan, embora o grupo de convocados para a partida seja exatamente o mesmo que viajou até Milão.
Assim, devem começar jogando Radu no posto de Kolarov, Cribari no de Rozehnal e Foggia no de Matuzalém, com Mauri passando a jogar sulla mediana al fianco de Brocchi e Ledesma.
Com Foggia sulla trequarti deve aparecer o macedônio Pandev (à esquerda - Insidefoto), com o perigoso argentino Zárate como única punta verdadeira.
Completando a defesa, protegendo o também portenho Carrizo, devem figurar Lichtsteiner e Siviglia.
Já Prandelli deve repetir o 4-3-1-2 adotado nas últimas partidas pela squadra gigliata, mas deve promover um amplo turnover, vez que, no dia de ontem, declarou à Gazzetta dello Sport que "domani contro la Lazio potremmo vedere in campo molti ragazzi che non hanno preso parte alla sfida di domenica scorsa".
Assim, por exemplo, é possível que, caso tenha condições físicas, Pazzini assuma o posto de Gilardino, bem como Almiron apareça no meio de campo.
Presença certa deve ser a do ex capitano biancoceleste Zauri (à direita - Insidefoto), que deve ocupar a lateral direita e formar com Gamberini, Dainelli e Vargas a defesa, com o titularíssimo Frey sob a meta.
No meio, além do argentino Almiron, devem figurar o brasileiro Felipe Melo e Montolivo, com Kuzmanovic fazendo as funções de trequartista.
Lá na frente, ao lado de Pazzini (ou Gila), o romeno Mutu!
Com média de 2,6 gols por partida, o confronto teve sua edição com mais gols (e também a partita con più scarto) em 05 de março de 1995, quando a Lazio de Zeman venceu a Fiorentina de Ranieri (atual treinador da Juventus) por 8 x 2, com direito a um poker de Gigi Casiraghi (atual c.t. da Under 21) e gols de Negro, Cravero, Boksic e Di Vaio para o time romano, enquanto Rui Costa e Batistuta marcaram os dos visitantes, que tiveram Toldo como goleiro.
Apesar dos 4 gols de Casiraghi naquele dia, o maior artilheiro do embate é o também laziale Silvio Piola, autor de 8 tentos entre 1934 e 1943, incluindo uma tripletta na goleada de 5 x 0 em 17 de abril de 1938.
Para finalizar, não é possível esquecer que o jogador que mais participou do cotejo é o viola Sergio Cervato, terzino de grande categoria que militou na Fiorentina de 1948 a 1959 e participou de 11 edições do confronto.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma - La Soluzione


Clap, clap, clap, parabéns mais do que especiais ao Leo Mafra que, sem titubear, desvendou que o scudetto à esquerda é do Armando Picchi Calcio Srl (abaixo em sua integralidade), agremiação de Livorno que atualmente disputa o Girone E da Serie D e que, na década de 1970, obteve algum destaque pelas suas categorias inferiores, por onde passaram, também, os irmãos Alessandro e Cristiano Lucarelli.
Agora, o placar do II Desafio Calcio Serie A está assim: 1º Michel Costa (4 pts); 2º JP e Lady Cyntia (3); 4º Antonio Giusto e Brahma (2) e 5º Leo Mafra - subindo (1).
Até o próximo sábado com um novo escudo enigmático!

Marcadores:

Na Última Vez ...

terça-feira, setembro 23, 2008

Serie A tem rodada nesta quarta-feira


Em uma quarta-feira de muito futebol pelo mundo, na Itália será disputada a 4ª rodada da Serie A 2008/2009.
E o dia promete muitos confrontos interessantes, a começar pelo 'Match Clou' Lazio x Fiorentina que, infelizmente, não será televisionado para o Brasil.
Porém, às 15h30 (horário de Brasília), os apaixonados pelo Calcio poderão escolher entre Genoa x Roma (SporTV2), Internazionale x Lecce (SporTV) e Reggina x Milan (ESPN Brasil e TV Esporte Interativo).
Mas não é só, porque Juventus x Catania ainda poderá ser acompanhado na ESPN às 20h00 de quinta-feira ou a partir da 04h40 de sexta na ESPN Brasil!
Tem mais: em Bergamo, a Atalanta de Doni (à direita - Cerescioli) recebe o lanterna Cagliari, enquanto em Bologna os comandados de Arrigoni pegam a Udinese de Marino e em Verona o Chievo enfrenta o Torino, que deverá promover a estréia do suíço Dzemalli no centrocampo.
Por fim, o Napoli (sem Lavezzi) recebe o Palermo em um confronto considerado de alto risco, enquanto Siena e Sampdoria se enfrentam no Artemio Franchi di Siena, com o bom Galloppa confirmado (à esquerda - Insidefoto) ao lado de Vergassola, Codrea e Kharja no meio de campo bianconero.
Para aqueles mais atarefados, os cotejos que terão transmissão ao vivo poderão ser vistos também em vários horários alternativos: Genoa x Roma às 17h30 na SporTV e às 20h00 na TV Esporte Interativo; Internazionale x Lecce às 17h30 na TV Esporte Interativo e às 22h00 na ESPN Brasil, bem como às 05h00 de quinta-feira na ESPN; Reggina x Milan às 20h00 na ESPN e às 22h00 de quinta-feira na TV Esporte Interativo.

segunda-feira, setembro 22, 2008

'B' Em Pílulas


* Completadas 4 rodadas (faltando ainda recuperar Mantova x Vicenza pela 3ª giornata), a Serie B tem a liderança de Albinoleffe e Salernitana, ambos com 10 pontos conquistados, seguidos do não menos surpreendente Grosseto, que tem 9;
* Nesta rodada, a Salernitana derrotou, fora de casa, o Modena - que ainda não pontuou na competição - por 1 x 0, gol do atacante Dino Fava (ao lado, o modenese Bolaño em ação na partida - Grazia Neri);
* Já o Albinoleffe superou o Avellino, que ocupa a última colocação do torneio (fruto da penalidade de 3 pontos aplicada pela F.I.G.C.), por 2 x 1, gols de Ruopolo, Carobbio e Doudou, que anotou o dos visitantes;
* Embora favoritos, Brescia, Empoli, Livorno e Parma estão todos longe das primeiras colocações;
* A equipe crociata, inclusive, amarga apenas a 13ª colocação, com uma vitória, um empate e duas derrotas, inclusive nesta rodada frente ao Grosseto por 1 x 0, gol de Lazzari;
* O Brescia, depois de 3 empates, enfim encontrou a vitória - venceu o Ascoli, de virada, por 2 x 1, tentos de Nsereko e Possanzini, com Pesce tendo inaugurado o marcador no Mario Rigamonti;
* O artilheiro da Serie B é o livornese Tavano com 4 gols anotados, seguido do brasileiro Eder (Frosinone), do austríaco Pichlmann (Grosseto) e dos italianos Bruno (Modena) e Lucarelli (Parma), todos com 3 gols até aqui.

Marcadores:

Na Última Vez ...

Panorama Da Rodada


Foi uma rodada excepcional para as poderosas Sorelle do futebol italiano, com todas as 4 derrotando seus adversários pela Serie A.
Assim, enquanto Milan e Roma finalmente venceram - e convenceram - e a tricampeã Internazionale não ficou intimidada diante do Torino (todos os jogos analisados pela 'O Jogo Da TV'), a Juventus foi até a Sardenha enfrentar o lanterna Cagliari e também venceu o adversário, embora a atuação bianconera não tenha sido entusiasmante.
Sem Grygera, Legrottaglie, Camoranesi, Del Piero e Trezeguet, e ainda tendo perdido Buffon no intervalo (o goleiro deve voltar em uma semana), a Vecchia Signora derrotou um Cagliari apenas voluntarioso pelo placar mínimo, com o gol sendo anotado pelo brasileiro Amauri (acima entre Biondini e Pisano - Grazia Neri).
Também pelo placar mínimo foi a vitória da Fiorentina sobre o Bologna, tento do revigorado Gilardino.
Mas, ao contrário da partida disputada no Sant'Elia, a do Artemio Franchi foi bella e combattuta, jogada a viso aperto e que teve 33 conclusões, a maioria (23) da equipe vencedora.
Outro 1 x 0 foi verificado na partida do Angelo Massimino, onde o Catania derrotou a Atalanta, uma das revelações deste campeonato e até então a punteggio pieno.
Mérito de Walter Zenga, que postou a equipe rossoazzurra no 4-3-1-2, promovendo o esordio do argentino Ezequiel Carboni, com Pablo Ledesma e Baiocco completando a linha média e il cervello Mascara alle spalle de Morimoto e Paolucci.
E coube exatamente ao ex bergamasco Paolucci anotar o gol que consignou il primo k.o. stagionale e la prima rete al passivo da Atalanta (ao lado a conclusão do atacante di scuola Juve - Ap).
Já o Palermo conquistou sua segunda vitória consecutiva (nas duas rodadas sob o comando do técnico Ballardini) fazendo 2 x 1 em um Genoa troppo timido e pericoloso solo nel finale, gols do uruguaio Cavani (na foto mais abaixo sua conclusão - Palazzotto) su assist, mais uma vez, do brasileiro Fábio Simplício, e do zagueiro Bovo, com o argentino Milito descontando nos derradeiros minutos.
Em rodada não muito feliz para os clubes de Gênova, a Sampdoria não passou de um empate em 1 x 1 com o Chievo sob forte chuva, o que acabou condicionando o fraco nível técnico da partida que teve gols de Franceschini (servido por Cassano) e Langella (em assistência de Pellissier).
Outro empate em 1 x 1 foi no jogo Lecce x Siena, com tentos do zagueiro Ficagna (seu primeiro na Serie A) e do meia Caserta.
Por fim, Udinese e Napoli protagonizaram o único 0 x 0 da rodada, em gara na qual se destacou o talentoso chileno Sánchez (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2008/07/quem-vem-l-parte-i-alexis-snchez.html), apelidado de El Niño Maravilla.
Eis a classificação atualizada da Serie A: 1º Internazionale (7 pts); 2º Juventus (7); 3º Lazio (6); 4º Palermo (6); 5º Catania (6); 6º Atalanta (6); 7º Napoli (5); 8º Roma (4); 9º Torino (4); 10º Siena (4); 11º Udinese (4); 12º Fiorentina (4); 13º Chievo (4); 14º Lecce (4); 15º Milan (3); 16º Genoa (3); 17º Bologna (3); 18º Sampdoria (2); 19º Reggina (1) e 20º Cagliari (0).

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...

domingo, setembro 21, 2008

O Jogo Da TV (Parte III) - Milan x Lazio



Não foi só a Roma que deixou para estrear na temporada 2008/2009 da Serie A apenas nesta 3ª rodada, pois o vice-lanterna Milan recebeu a líder Lazio neste domingo e sapecou, com muito mérito, 4 x 1!
Jogando com um vistoso uniforme amarelo e preto (à la Borussia Dortmund), a Lazio começou distribuída no 4-3-1-2 com Mauri, Pandev e Zárate na frente, mesmo esquema adotado por Ancelotti para o Milan (tendo o trio Kaká-Pato-Borriello avante), que ainda optou por um meia habilidoso - Seedorf - ao lado do rientrante Ringhio Gattuso e de Ambrosini na Linha Maginot, o que acabou proporcionando um grande espetáculo, terminado com 26 conclusões a gol.
E as emoções começaram logo cedo, como aos 5', quando Pato tentou marcar de chaleira mas esbarrou em um atento Carrizo, que nada pode fazer, porém, aos 8', quando Seedorf (à direita contra o ex Brocchi - Grazia Neri), recebendo de Pato e aproveitando uma involuntária tabela com Ledesma, fuzilou da marca do pênalti para fazer 1 x 0 Milan.
A Lazio, então, resolveu responder e passou a comandar as ações, com o ápice ocorrendo aos 26', quando um inspirado Pandev serviu com precisão a revelação Zárate que, com um tiro di sinistro vanamente inseguito da Kaladze, surpreendeu Abbiati para marcar seu 4º gol em apenas 3 partidas.
Como já havia acontecido com os Aquilotti, o gol do adversário serviu para acordar o Diavolo e Zambrotta, que não marcava no campeonato italiano desde a temporada 2003/2004, acertou um petardo de cerca de 30 metros indefensável para Carizzo, colocando o Milan novamente na frente aos 35'.
Partida aberta e empolgante, a Lazio voltou disposta a alcançar a igualdade já no início do 2º tempo, mas foi o Milan que voltou a marcar, com Pato aproveitando cruzamento de Jankulovski para cabecear para o fundo das redes (ao lado o ragazzino brasiliano logo após a incornata - Lingria).
E aí começou um show rossonero: jogando em ritmo muito alto o Milan chegou logo ao 4º gol - na verdade, um golaço de Kaká, que robou a bola de Brocchi e acertou uma parabola divina - de muito longe, mas indefensável para Carrizo (na foto abaixo o momento do chute - Garofalo).
Até Ronaldinho, que começou no banco, fez das suas: aos 29', em sua primeira participação, serviu explendidamente Borriello, com o ex rossoblù (que, não obstante não ter feito gol, fez uma boa partida) chutando para a defesa do arqueiro laziale, enquanto aos 46', em conclusão pessoal, ainda acertou a trave.
O tabellino de una prova vera da squadra rossonera:
Milan: Abbiati; Zambrotta, Kaladze, Maldini, Jankulovski; Gattuso (79' Emerson), Ambrosini, Seedorf (64' Flamini), Kaká; Borriello, Pato (71' Ronaldinho). All. Ancelotti.
Lazio: Carrizo; Lichtsteiner, Siviglia, Rozehnal, Kolarov; Brocchi (79' De Silvestri), Ledesma, Matuzalém (68' Meghni), Mauri (63' Foggia); Pandev, Zárate. All. Rossi.
Gols: 8' Seedorf, 26' Zárate, 35' Zambrotta, 49' Pato, 60' Kaká.
Árbitro: Rizzoli.
Cartões amarelos: Zambrotta, Kaladze, Brocchi e Jankulovski.
Abaixo, confira os highlights da partida e uma entrevista com Kaká em fluente italiano!


video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker