Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, novembro 01, 2008

O Jogo Da TV (Parte II) - Juventus x Roma



Uma Roma órfã de Totti resistiu apenas durante o quarto inicial contra a Juventus de um super Del Piero, principal trascinatore da Vecchia Signora em sua 3ª vitória consecutiva na Serie A.
Com importantes desfalques de ambos os lados, Ranieri optou por lançar a Juve no 4-4-2 com Marchionni e Tiago no meio de campo, enquanto Spalletti manteve o seu usual 4-2-3-1, postando Julio Baptista na posição do Pupone.
Depois de um começo com a Juventus mais incisiva, a Roma conseguiu equilibrar as iniciativas, chegando até a ter uma bola na trave do gol defendido por Manninger aos 20'.
Mas, a partir daí, a Juventus foi passando a dominar as ações e aos 38', quando Chiellini (que 5' antes havia tido um gol incrivelmente negado por grande defesa de Doni) sofreu uma falta a 30 metros de distância da meta giallorossa, Del Piero começou a escrever a história definitiva da partida ao cobrar a falta de forma explendida - de nada adiantou o vôo do arqueiro romanista (acima - Ap) - Juve 1 x 0!
Antes do intervalo, Del Piero fez a torcida juventina vibrar novamente, mas a conclusão em cruzamento de Molinaro encontrou as redes pelo lado de fora.
Para o 2º tempo, Spalletti sacou o brasiliano Taddei (apenas 19 participações durante toda a 1ª etapa) e colocou o francesino Menez, mas foi a Vecchia Signora que chegou novamente: Marchionni cruzou e Amauri desferiu uma belíssima rovesciata (ao lado - Ap), ensejando mais uma importante defesa de Doni.
Mas não adiantou muito: aos 3', foi a vez de Pinturicchio servir Marchionni, que passou facilmente por Riise antes de inflingir mais um tento à Roma (foto mais abaixo - Reuters).
Partita chiusa, embora Spalletti tenha ainda procurado dar nova anima à Roma trocando Panucci por Cicinho e Okaka por Pizarro.
No final, a convicção de que a Juventus está em evidente crescita, enquanto na Roma a crisi è nera, com 5 derrotas em fila (incluindo a sofrida na Champions League diante do Chelsea).
O tabellino do encontro ficou assim:
Juventus: Manninger; Grygera (77' Mellberg), Legrottaglie, Chiellini, Molinaro; Sissoko, Tiago, Marchionni, Nedved (81' De Ceglie); Del Piero, Amauri (74' Iaquinta). All. Ranieri.
Roma: Doni; Panucci (58' Cicinho), Mexes, Juan, Riise; De Rossi, Pizarro (70' Okaka), Taddei (46' Menez), Perrotta, Vucinic; Julio Baptista. All. Spalletti.
Gols: 38' Del Piero, 48' Marchionni.
Árbitro: Rizzoli.
Cartões amarelos: Pizarro e Panucci.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

O Jogo Da TV (Parte I) - Reggina x Internazionale



Tudo indicava uma passeggiata nerazzurra: 2 x 0 aos 24' contra a última colocada do campeonato... mas o final foi inesperadamente da brividi, com a vitória interista se concretizando apenas nos acréscimos.
E o início foi mesmo avassalador - bastaram alguns minutos para que a Inter, disposta em um audacioso 4-2-4 com Quaresma, Balotelli, Ibrahimovic e Mancini na frente, chegasse ao gol que inaugurou o placar: depois de uma conclusão do Trivela na trave, Ibra serviu o lateral Maicon que, em veloz progressão, concluiu de prima intenzione dentro da área no ângulo alto de Campagnolo - Inter 1 x 0 (ao lado - Ap).
Com muita movimentação e constante trocas de posição, a equipe de Mourinho não tardou a raddoppiare: Ibrahimovic recuperou uma bola no meio de campo e tocou para Quaresma que, por sua vez, achou Vieira sozinho, com o francês chegando até a pequena área para concluir por baixo do arqueiro amaranto.
Pena muito severa para uma Reggina que, com os habilidosos e ariscos Brienza e Cozza logo atrás do centroavante Corradi, não começou demonstrando temor diante da poderosa armata nerazzurra.
Mas, depois de alguns minutos difíceis, com a torcida vaiando o próprio time de Reggio Calabria, eis que, de um escanteio cobrado diretamente para a entrada da área, capitano Cozza (à esquerda contra Maxwell - Sapone) fez disparar um tiro indefensável para Júlio César e colocou o time calabrês de volta à partida.
Então, o ritmo agonístico subiu e as oportunidades se sucederam de lado a lado: Brienza cobrou falta com perigo aos 36'; Ibrahimovic, em posição de impedimento, teve um gol anulado aos 41'; Balotelli desperdiçou uma palla d'oro aos 42'.
Veio o 2º tempo e com ele o empate da Reggina em conclusão de Brienza de fora da área, com Júlio César não de todo inocente.
De repente, a partida ficou aperta e combattuta, com grande disputa in mezzo al campo, onde a equipe de Orlandi se destacava não só pela superioridade numérica, mas também pela qualidade do trio Carmona, Barreto e Vigiani, sem falar dos já citados Brienza e Cozza.
Aí, Mourinho partiu para os reparos e inseriu Crespo no lugar de Mancini, arrastando o jovem Balotelli para a posição até então ocupada pelo ex romanista.
Servido pelo azzurrino, Ibrahimovic começou a aparecer mais na área adversária e teve em seus pés (e cabeça) ótimas oportunidades de colocar a Inter novamente em vantagem.
Jogando de igual para igual, a Reggina também teve suas chances, como aos 30', quando Chivu desarmou Di Gennaro in contropiede, com o romeno voltando a se contundir com alguma gravidade.
Quando a partida parecia que se encaminhava para terminar em um justo empate, a defesa amaranto cochilou e o colombiano Cordoba não teve dó - encheu o pé após um escanteio para escrever o placar final (ao lado a comemoração do colombiano - Sapone).
Abaixo, alguns dos melhores momentos e entrevistas com vários dos protagonistas de uma partida muito equilibrada (segundo o scout da Gazzetta dello Sport, a Reggina teve 50,8 de posse de bola; 49,84% de vantaggio territoriale; concluiu 19 vezes ao gol, contra 22 da Inter; efetuou 324 passes com 81,48% de acerto, contra 314 com 77,39% da Inter), além do tabellino:
Reggina: Campagnolo; Lanzaro (75' Cosenza), Cirillo, Valdez, Costa; Carmona, Barreto, Vigiani, Cozza (68' Di Gennaro), Brienza (83' Tognozzi); Corradi. All. Orlandi.
Inter: Júlio César; Maicon, Cordoba, Chivu (75' Burdisso), Maxwell; Vieira, Zanetti, Quaresma (83' Obinna), Mancini (58' Crespo); Balotelli, Ibrahimovic. All. Mourinho.
Gols: 9' Maicon, 24' Vieira, 34' Cozza, 53' Brienza, 91' Cordoba.
Árbitro: De Marco.
Cartões amarelos: Barreto e Cordoba.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Match Clou - 10ª Rodada 2008/2009



O 'Match Clou' desta 10ª rodada da Serie A 2008/2009 é uma volta ao passado, como ao dia 13 de abril de 1986, quando Giordano e Maradona fizeram os gols partenopei naquela que foi a última vitória do Napoli sobre o Milan longe do San Paolo (a partida terminou 2 x 1, com Di Bartolomei descontando para a equipe rossonera na 2ª etapa).
Para o confronto deste domingo, a esperança do Napoli para voltar a vencer no San Siro é novamente argentina, mas veste a camisa azzurra nº 7 e se chama Ezequiel Lavezzi, que deverá formar o tandem ofensivo ao lado do seu connazionale Denis, que vem de uma tripletta contra a Reggina na última rodada.
No 3-5-2 de Edy Reja, o cérebro do centrocampo é o talentoso eslovaco Hamsik (ao lado - Laporta), que deverá formar com os alas Maggio e Vitale e os guerreiros Gargano e Blasi, este último retornando de suspensão.
Na defesa, protegendo Iezzo, devem aparecer Santacroce, Cannavaro e Contini.
Ou seja, formação ideal para o Napoli enfrentar o seu principal adversário na época maradoniana.
Do lado rossonero, Ancelotti ainda não poderá contar com Kaladze, Nesta, Senderos, Flamini e Pirlo, mas terá Ronaldinho à disposição, com o brasileiro (mais abaixo - Afp) devendo entrar no ataque ao lado de Borriello, deixando Pato e Inzaghi no banco.
Com Kaká alle spalle do duo ofensivo, Gattuso, Ambrosini e Seedorf (à esquerda - Tanopress) devem formar a linha mediana, com Zambrotta, Bonera, Maldini e Jankulovski compondo a defesa, com Abbiati no gol.
O capitano Maldini, se realmente entrar em campo, completará seu 15º embate contra a equipe azzurra, sendo que seu único insucesso foi exatamente naquele 13 de abril de 1986, computando, depois, 5 empates e 8 vitórias, inclusive um 5 x 0 em 1992 (quando marcou até um dos gols), que é até agora a maior goleada do confronto, juntamente com um 6 x 1 ocorrido em 1959, quando Altafini realizou uma doppietta.
Outro resultado expressivo e com gols brasileiros foi o da última temporada, quando o time de Ancelotti fez 5 x 2, com uma doppietta de Ronaldo e gols de Kaká, Pato e Seedorf para o Milan, enquanto Sosa e Domizzi marcaram para o Napoli (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2008/01/o-jogo-da-tv-parte-iii-milan-x-napoli.html).
Ao todo, são 60 confrontos, com 29 vitórias do Milan, 20 empates e 11 sucessos do Napoli, que fez 61 gols e sofreu 107.
Se nos confrontos recentes o clube partenopeo não teve grande sorte, em 1956 chegou a fazer 5 x 0 só no 1º tempo (Posio, Pesaola e Vinicio, estes últimos duas vezes, realizaram os gols), mas permitiu que o jogo terminasse 5 x 3 (graças a uma doppietta do uruguaio Schiaffino e tento de Galli), naquela que é a edição com maior número de gol no confronto.
Agora, se Paolo Maldini é o jogador que mais atuou no embate, Aldo Boffi, pelo Milan, e Antonio Vojak, pelo Napoli, são os maiores artilheiros do certame, com 5 gols cada.
E neste domingo a história continua ...

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma


Chegou o momento mais esperado da semana e ele vem consubstanciado na emblemática figura ao lado, um simpático exemplar da ordem dos Ordem dos Struthioniformes (ou será um mero Galliforme?).
Società tradicional, recentemente se fundiu com outra agremiação e tem no settore giovanile il fiore all'occhiello.
Alguém arrisca?

Marcadores:

Na Última Vez ...

Especiais Do Mês


Outubro foi um mês excepcional para o Calcio Serie A, que registrou mais de 2.500 visitas (segundo o contador Sitemeter, 2.531 para ser exato) e 49 posts, ilustrados com 179 imagens e 9 vídeos!
Ao todo, a 'O Jogo Da TV' destrinchou 11 jogos (envolvendo 13 equipes diferentes) das 6ª, 7ª, 8ª e 9ª rodadas da Serie A 2008/2009, que tiveram seus principais cotejos antecipados na 'Match Clou', sempre com curiosidades e estatísticas do mais aguardado embate da giornata.
As demais pelejas da Serie A foram tratadas na 'Panorama Da Rodada', enquanto a ''B' Em Pílulas' trouxe os principais acontecimentos do torneio cadetto.
A 'E Na Copa ...' trouxe a definição do Quarto Turno da Copa Itália 2008/2009, enquanto a 'A Itália Na Europa' acompanhou, por todo o Velho Continente, as equipes italianas nas competições patrocinadas pela U.E.F.A.
Também a Azzurra apareceu no Calcio Serie A, assim como a U21 targata Casiraghi, objetos da 'Gli Azzurri'.
A especialíssima 'Memorabilia' não ficou de fora e contou a emocionante história do atacante Borgonovo (http://calcioseriea.blogspot.com/2008/10/memorabilia-borgonovo.html) - já o excepcional Sebastien Frey (http://calcioseriea.blogspot.com/2008/10/momento-panini-sebastien-frey.html) teve sua carreira aborda pela 'Momento Panini', ilustrada com as figurinhas do mítico álbum Calciatori.
Por fim, se a 'Você Sabia ...', sempre aos domingos, apresentou uma série de curiosidades sobre o futebol italiano, o II Desafio Calcio Serie A continuou cada vez mais emocionante na 'L'Enigma', postada às quartas e sábados.
Um sincero Muito Obrigado a todos que fazem este blog ser especial!

Marcadores: ,

Na Última Vez ...

sexta-feira, outubro 31, 2008

Rodada vem repleta de clássicos


A 10ª giornata da Serie A 2008/2009 vem aí e com ela o final de semana vai ser quase todo na frente da televisão.
Para começar, depois do aperitivo do campionato cadetto, às 15h00 (horário de Brasília) do sábado tem Reggina x Internazionale.
Vindo de 2 empates em 0 x 0 e ocupando apenas a 4ª posição (atrás inclusive dos cugini rossoneri), a squadra allenata por Mourinho precisa muito da vitória e para tanto deverá contar com os brasileiros Júlio César e Maicon (abaixo, à direita - Roth), que atravessam ótima fase.
E se Mancini e Maxwell devem começar no banco, o atacante Adriano sequer foi relacionado para a partida, ficando mais uma vez de fora por motivos disciplinares.
Assim, L'Imperatore está cada vez mais longe de Via Durini, até porque as palavras proferidas por Special One nesta sexta soam como uma sentença quase definitiva: "Io sono il leader di un gruppo di 29 giocatori, un gruppo in cui ci sono regole e dove un allenatore non può avere un giocatore diverso che può permettersi di fare quello che gli altri non possono fare. Il mio affetto nei suoi confronti è lo stesso, non cambia, ma io devo difendere prima di tutto, come indica la mia storia di allenatore, prima il club, poi la squadra e alla fine noi, il gruppo. I miei principi di squadra sono fondamentali, i giocatori devono capire che questo per me è fondamentale. Domani sarebbe stato importante averlo con la Reggina, ovviamente sì, ma per me è più importante il rispetto dei professionisti e della società. Ci sono cose che per me non è possibile accettare. La strada per ritornare è lunga, ma non impossibile".
Ainda no sábado (às 17h30) acontece o clássico dos infortunati: Juventus x Roma protagonizarão um derby com 14 jogadores nas enfermarias, dentre eles Aquilani e Totti do lado romanista e Marchisio e Poulsen pelo juventino.
De qualquer maneira, Ranieri deve recuperar Grygera, Legrottaglie e Del Piero para o confronto, que deverá ter o português Tiago (abaixo - Insidefoto), apontado como l'acquisto di gennaio pelo presidente bianconero Cobolli Gigli, no centrocampo ao lado de Marchionni, Sissoko e Nedved.
No domingo, às 12h00, a dificuldade vai ser escolher entre o clássico dos argentinos Lazio x Catania (previsão de 8 portenhos começando), o eclético Palermo x Chievo (de Kerlon) e o derby toscano Siena x Fiorentina - no mesmo horário ainda acontecem: Cagliari x Bologna; Sampdoria x Torino e Udinese x Genoa.
Mais tarde, a partir das 17h30, fecha a rodada o 'Match Clou' Milan x Napoli, quando Kaká & Cia. terão que se ver contra a equipe do momento e seu ataque espetacular composto por El Pocho Lavezzi e El Tanque Denis.
Portanto, lápis, papel e controle remoto na mão: Reggina x Inter - ESPN e RAI; Juventus x Roma - ESPN Brasil, SporTV, RAI e TV Esporte Interativo; Lazio x Catania - ESPN, SporTV e TV Esporte Interativo; Palermo x Chievo - ESPN Brasil; Siena x Fiorentina - RAI; Milan x Napoli - ESPN, RAI e TV Esporte Interativo.
Pena só que o feriado não caiu na segunda para repor as energias!

quinta-feira, outubro 30, 2008

'B' Em Pílulas


* No big match da 11ª rodada da Serie B 2008/2009, o até então líder Sassuolo perdeu, em casa, por 4 x 0 para o Empoli;
* Com o resultado, construído por Lodi (à direita em ação - Nucci), Buscè, Pozzi e novamente Buscè, o Empoli chegou à vice-liderança, enquanto o Sassuolo caiu para a 4ª colocação;
* No clube toscano estreou o nazionale polacco Adam Kokoszka, proveniente do Wisla Cracovia;
* A liderança é agora do Grosseto, que tem os mesmos 21 pontos do Empoli e venceu, nesta rodada, o Treviso por 4 x 1, gols de Sforzini, Musetti (T), Garofalo, Cordova e Pichlmann;
* A 3ª colocação é do Vicenza, que empatou em 2 x 2 com o Modena, tentos de Sgrigna (V), Catellani (M), Biabiany (M) e Margiotta (V);
* O jovem Diamanti realizou uma doppietta, mas o Livorno não conseguiu superar o Ancona - 2 x 2 foi o placar final;
* Brescia e Parma voltaram a vencer - a equipe rondinelle fez 1 x 0 na Salernitana (Zambelli) e a crociata 2 x 1 na Triestina (Morrone, Cristiano Lucarelli - contra e Castellini).

Marcadores:

Na Última Vez ...

Panorama Da Rodada


Internazionale? Juventus? Milan? Roma? Que nada, os líderes da Serie A são os surpreendentes Udinese e Napoli, ambos com 20 pontos, que aproveitaram o empate no 'Match Clou' Fiorentina x Internazionale (http://calcioseriea.blogspot.com/2008/10/o-jogo-da-tv-fiorentina-x.html) para se isolarem na ponta da tabela.
No Angelo Massimino, o Catania até jogou muito bem, fazendo jus a ótima campanha que realiza, mas foi sciupone em excesso, permitindo à uma concreta Udinese treinada pelo amatissimo Marino (treinador que conduziu a equipe siciliana à Serie A) vencer por 2 x 0, tentos do Nino Maravilla Sanchez (acima a comemoração friulana - Pecoraro) e de Quagliagol, que passou pelo arqueiro Bizzarri e concluiu con un pallonetto di sinistro da posizione molto difficile.
Já no San Paolo, a equipe partenopea não teve maiores dificuldades para superar uma mai pericolosa Reggina (Orlandi renunciou a Brienza e Cozza e arriscou um 3-6-1 muito longo) e fez 3 x 0 em grande atuação do Tanque Denis, autor de uma tripletta (abaixo o 2º gol do avante argentino - Cuomo), sua primeira no campeonato italiano.
Quem também subiu na tabela foi o Milan, que sofreu muito mas venceu um aguerrido Siena por 2 x 1 no San Siro.
Sem Ronaldinho, com uma defesa rivoluzionata composta por Antonini, Bonera, Favalli e Zambrotta e com Emerson titular no centrocampo, o Milan largou na frente com Pippo Inzaghi em seu melhor estilo, sul filo del fuorigioco, mas sofreu o empate (merecido) logo no início da 2ª etapa com o bom meia Vergassola.
Porém, mais uma vez Il Principe Kaká resolveu, cobrando um pênalti cometido por Portanova (ao lado marcando Kaká juntamente com Vergassola - Reuters) em Inzaghi.
Já a Lazio, depois de duas derrotas, voltou a vencer na Serie A na partida que marcou a estréia do brasileiro Kerlon, mas para tanto contou com grande colaboração do zagueiro clivense Mantovani, que, nos últimos minutos da partida, fez um incrível gol contra que valeu os 3 pontos para a equipe romana.
O Chievo até começou melhor a gara, sendo premiado logo aos 11' com o gol de Pellissier, mas viu uma Lazio muito propensa a atacar pelas laterais (Delio Rossi dispôs a equipe no 4-4-2 com De Silvestri-Lichtsteiner pela direita e Radu-Kolarov pela esquerda) chegar ao empate em seguida, aos 15', com Pandev concluindo jogada criada por Zárate, que voltou a atuar de forma convincente.
Na 2ª etapa, debaixo de forte chuva, a Lazio retornou ao 4-3-3, mas só chegou a virada quando contou com a ajuda do sfortunato Mantovani, que tocou para as próprias redes quando sozinho na pequena área.
Também por 2 x 1 e fora de casa a Juventus venceu o Bologna com grande atuação do tcheco Nedved (ao lado contra Marchini - Afp), autor de uma doppietta (foi a 1ª vez que a Juve fez mais de um gol neste campeonato).
Pelo Bologna, que perdeu a 7ª em 9 rodadas, descontou o ex Di Vaio, sendo que Marazzina ainda chegou a empatar no finalzinho, mas o árbitro Trefoloni anulou o tento per un fuorigioco millimetrico.
Em dia muito feliz para as equipes de Turim, até o Torino chegou à sua 2ª vitória no campeonato, fazendo 2 x 1 na Atalanta em partida na qual aconteceu de tudo na etapa final, inclusive 3 gols em apenas 4'.
Para começar, o atacante Amoruso (ao lado contra Bellini - Ap) marcou di tacco aos 17', no que foi seguido por Stellone, que ampliou a vantagem do Toro aos 19', ao que o árbitro De Marco assinalou gol de Floccari aos 21' em conclusão que, muito provavelmente, não ultrapassou a linha.
Quem também venceu por 2 x 1 foi o Genoa no confronto dos rossoblù contra o Cagliari.
De nada adiantou o espírito muito combativo dos comandados de Allegri, pois o Genoa de Gasperini chegou a 5ª vitória consecutiva no Marassi (evento inedito dalla stagione ’42-’43) com gols do grego Papastathopoulos e do brasileiro Thiago Motta, tendo o zagueiro Bianco descontado para os sardi.
Por fim, o Lecce quase venceu o Palermo no Via del Mare, mas acabou penalizado pela expulsão de Giacomazzi depois do gol que abriu o marcador de Cacia. No final, Cavani aproveitou um cruzamento de Balzaretti para empatar a partida.
Já Roma x Sampdoria só durou 6', momento em que o árbitro Tagliavento suspendeu a partida em decorrência da forte chuva que assolou a capital italiana (ao lado - Reuters).
Assim, com Roma e Sampdoria com uma partida a menos, a classificação da Serie A está assim: 1º Udinese (20 pts); 2º Napoli (20); 3º Milan (19); 4º Internazionale (18); 5º Fiorentina (17); 6º Lazio (16); 7º Genoa (16); 8º Catania (15); 9º Juventus (15); 10º Atalanta (13); 11º Palermo (13); 12º Lecce (10); 13º Siena (9); 14º Torino (8); 15º Sampdoria (7); 16º Roma (7); 17º Cagliari (7); 18º Bologna (6); 19º Chievo (6) e 20º Reggina (5).

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...

quarta-feira, outubro 29, 2008

O Jogo Da TV - Fiorentina x Internazionale



Uma partida bem à italiana: pressing stretto, grande attenzione, troppa tattica - e o placar do 'Match Clou' da 9ª rodada da Serie A 2008/2009 acabou como começou - 0 x 0.
Com Gilardino suspenso, Prandelli ainda teve que renunciar, na última hora, ao romeno Mutu, lançando Pazzini e Osvaldo (ao lado contra Cordoba - Afp) ao lado de Santana na frente.
Lá trás, o até pouco renegado Pasqual assumiu o posto de Vargas, deludente neste início de temporada.
Na Inter, Mourinho também optou por deslocar o romeno Chivu para o meio, inserindo Burdisso na zaga, além de preterir seu connazionale Quaresma pelo nigeriano Obinna na ala direita.
Assim, na prática, ao invés dos aguardados 4-3-3, o que se viu foi a Fiorentina no 4-3-1-2 e a Inter no 4-2-3-1.
O jogo até começou dando a impressão de que seria franco, com o brasileiro Mancini (à esquerda contra Comotto - Reuters) acertando a trave logo aos 5'.
E foi mesmo a Inter que começou mais disposta, colocando em dificuldada a defesa da squadra viola que, com o transcorrer dos minutos, foi se soltando mais e ganhando terreno (ao final da partida, a Fiorentina teve 63,58% de vantaggio territoriale, contra 54,2% de posse de bola).
Ainda na 1ª etapa, aos 42', ocorreu um dos lances mais contestados: Pasqual cobrou falta que foi explendidamente defendida por Júlio César; no rebote, Pazzini viene trattenuto por Burdisso quando ia em direção a bola, mas o árbitro Rosetti considerou normal o lance.
O 2º tempo pareceu uma repetição do 1º, com a Inter começando melhor e a Fiorentina, paulatinamente, tomando conta das ações.
Mourinho trocou Obinna e Mancini por Crespo e Vieira (ao lado ambos se preparando para entrar depois de serem instruídos pelo treinador português - Afp) e Prandelli respondeu com Almiron e Jovetic nos postos de Kuzmanovic e Osvaldo.
Apesar de algumas boas ocasiões per i viola no final, il gol non arriva e o duelo, muito tático, terminou mesmo 0 x 0.
O tabellino:
Fiorentina: Frey; Comotto, Gamberini, Koldrup, Pasqual (86' Zauri); Kuzmanovic (69' Almiron), Felipe Melo, Montolivo; Santana, Pazzini, Osvaldo (74' Jovetic). All. Prandelli.
Inter: Júlio César; Maicon, Cordoba, Burdisso, Maxwell; Chivu, Zanetti, Stankovic (81' Quaresma); Obinna (62' Crespo), Ibrahimovic, Mancini (62' Vieira). All. Mourinho.
Árbitro: Rosetti.
Cartões amarelos: Koldrup e Maicon.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Match Clou - 9ª Rodada 2008/2009



Fiorentina e Internazionale, respectivamente 5ª e 2ª colocadas na atual Serie A, protagonizam o 'Match Clou' desta 9ª rodada, que será integralmente disputada nesta quarta-feira às 20h30 da Itália, 17h30 de Brasília.
A Fiorentina, que no último domingo venceu bem o Palermo por 3 x 1 no Renzo Barbera, vem de 4 vitórias consecutivas no campeonato italiano, nas quais marcou 9 gols e sofreu apenas 1, mas não poderá contar nesta quarta com seu principal artilheiro e capocannoniere da atual Serie A, o azzurro Alberto Gilardino, suspenso per due turni per il gol segnato con la mano exatamente contra o Palermo (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2008/10/o-jogo-da-tv-parte-ii-palermo-x.html).
Para o lugar de Gila, Prandelli ainda não definiu o substituto, estando entre Pazzini e Osvaldo, com o primeiro favorito.
Menos mal que Mutu (ao lado - Insidefoto) reencontrou o rumo do gol e, principalmente, voltou a atuar bem.
Completando o tridente ofensivo, o argentino Santana deve aparecer pela direita.
No meio, a Fiorentina deve ir com Kuzmanovic, Felipe Melo e Montolivo, um trio de piedi buoni.
Na defesa, com Frey na meta, Prandelli deve lançar dois laterais bastante ofensivos - Comotto e Vargas - e compor a zaga central com o dinamarquês Koldrup (abaixo - Insidefoto), já que o capitão Dainelli está lesionado, e Gamberini.
Por sua vez, o allenatore Mourinho não poderá contar com Cambiasso e Muntari, além de Figo e Jimenez, tendo esparsas opções para montar o centrocampo nerazzurro.
De qualquer maneira, a Inter deve começar também no 4-3-3, em esquema em muito semelhante ao da Fiorentina.
Com Júlio César confirmado no gol, Maicon, Cordoba, Chivu e Maxwell devem formar o quarteto defensivo, com Zanetti, Dacourt e Stankovic no meio e Quaresma, Ibrahimovic e Mancini compondo o ataque.
O brasileiro Adriano, mais uma vez, sequer foi convocado per la sfida, prosseguindo no castigo aplicado pelo Special One, assim como o argentino Cruz, cuja causa, porém, não parece ligada a baladas, mas sim a renovação contratual.
Confronto muito tradicional na Serie A, nos 70 precedentes ocorreram 25 vitórias da Fiorentina, 29 empates e 16 sucessos da Inter, que fez 77 gols e sofreu 102, encontrando igualdade apenas no quesito pênalti - 7 para cada lado.
O 4 x 3 da temporada 1988/1989 foi a partida que registrou maior número de gols, na ocasião anotados por Matthäus (I), Baggio (F), Cucchi (F), Serena (I), Borgonovo (F), Serena (I) e Borgonovo (F).
Lamentável, apenas, que Borgonovo e Cucchi, protagonistas daquela emocionante partida, tenham enfrentado moléstias seríssimas em suas vidas - Borgo vem bravamente lutando contra a SLA (http://calcioseriea.blogspot.com/2008/10/memorabilia-borgonovo.html), enquanto Cucchi faleceu ainda em 1996, aos 30 anos, acometido por câncer.
Já no dia 11 de maio de 1952 ocorreu a maior goleada do embate: 5 x 0 para a Viola, tentos de Pandolfini (2), Roosenburg, Lefter e Vitali.
Mas, se servir de consolo, nas últimas duas oportunidades que se encontraram em Florença, a Inter saiu vitoriosa: 2 x 0 na última temporada (gols de Jimenez e Cruz, que podem ser vistos no vídeo ao final do post) e 3 x 2 na 1ª giornata do campeonato 2006/2007, tentos de Cambiasso (2), Ibrahimovic e Toni (2).
Em 08 de fevereiro de 2006 ocorreu o último sucesso da Fiorentina - 2 x 1 com Jimenez (atualmente na Inter) e Brocchi marcando os gols dos mandantes e Recoba anotando o dos visitantes, que alinharam 7 argentinos na ocasião: Burdisso, Cambiasso, Cruz, Kily Gonzalez, Samuel, Veron e Zanetti (acima - Insidefoto).
Embora a Fiorentina tenha um melhor retrospecto no confronto, os recordes individuais são todos nerazzurri: Giuseppe Bergomi e Giacinto Facchetti lideram no quesito più presenze (17), Aldo Serena no più gol (7) e até Giampiero Marini no più ammonizioni (6)!
Um ótimo jogo para todos!

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma - La Soluzione


Parabéns ao Brahma, que brindou os leitores do Calcio Serie A com uma verdadeira aula sobre a Scafatese, società calcistica de Scafati, na província de Salerno, que tem como símbolo um canarino.
Mas, quem somou ponto no II Desafio Calcio Serie A foi Lady Cyntia, a primeira a desvendar que o scudetto acima é o do clube gialloblù, que já passou pela Serie B (abaixo o escudo em sua íntegra) mas atualmente perambula pela Lega Pro Seconda Divisione (a antiga Serie C2).
Com mais este sucesso da vencedora da edição precedente do Desafio, o placar está assim: 1º Lady Cyntia (6 pts); 2º Michel Costa (4); 3º JP e Leo Mafra (3); 5º Antonio Giusto e Brahma (2).
Portanto, todos ainda estão no páreo!

Marcadores:

Na Última Vez ...

terça-feira, outubro 28, 2008

Quarta-feira tem rodada da Serie A


Com a disputa de uma das únicas três rodadas infrasettimanali deste campeonato (a primeira foi no dia 24 de setembro e a derradeira será em 28 de janeiro), a próxima quarta-feira será recheada de Calcio.
E que Calcio de qualidade!
Para começar, SporTV e RAI prometem o 'Match Clou' Fiorentina x Internazionale a partir das 17h30, horário de Brasília, com reprise às 19h45 na ESPN.
Outro jogo bastante aguardado é Bologna x Juventus, até porque Ranieri tem uma série de desfalques (12 ao todo - Andrade, Buffon, De Ceglie, Del Piero, Grygera, Legrottaglie, Marchisio, Poulsen, Salihamidzic, Trezeguet, C. Zanetti e Zebina) e não vai ser fácil para a Juve, que deverá ter Amauri e Iaquinta (acima - Insidefoto) no ataque, confirmar sua recuperação
Como todas as partidas vão ocorrer simultaneamente - como nos campeonatos da dourada década de 1980 -, uma boa dica é acompanhar a rodada pelo site da Gazzetta dello Sport (vide link ao lado) e assistir ao jogo da Vecchia Signora depois, já que a ESPN Brasil irá veicular a partida a partir das 16h30 de quinta-feira e também às 04h40 de sexta para os madrugadores.
Menção também para Milan x Siena, que terá transmissão da ESPN Brasil ao vivo (às 17h30 desta quarta) e em video tape na ESPN às 18h00 de quinta (e também às 14h00 de sexta na ESPN Brasil).
Mas, imperdível, mesmo em vt, é Roma x Sampdoria, que terá cobertura da SporTV a partir das 22h00 da própria quarta.
Em concentração desde o final de semana e com o seu cargo a perigo, o técnico giallorosso Spalletti pelo menos poderá contar com o retorno do brasileiro Juan (ao lado - Insidefoto), que deverá compor a zaga com Panucci, deixando Loria, que não foi nada bem nas últimas rodadas, no banco.
Poupado do treinamento desta terça, Totti deverá fazer mais um esforço e ir para sua 4ª partida em 10 dias, de modo a não deixar o ex romanista Cassano como estrela-mor do clássico.
Completam a rodada: Catania x Udinese; Chievo x Lazio; Genoa x Cagliari; Lecce x Palermo; Napoli x Reggina e Torino x Atalanta.

segunda-feira, outubro 27, 2008

'B' Em Pílulas


* Em uma Serie B muito disputada, o líder Sassuolo venceu e perdeu nesta semana;
* Primeiro, em partida adiada da 8ª rodada, venceu o Bari no San Nicola por 3 x 0, gols de Erpen, Zampagna e Pagani, depois, já pela 10ª giornata, foi derrotado pelo Vicenza no Romeo Menti por 1 x 0, tento de Sgrigna;
* Com essa vitória, o Vicenza aparece agora na 2ª colocação, com 18 pontos (o Sassuolo tem 19) ao lado de Empoli e Grosseto;
* O Empoli, aliás, foi clamorosamente derrotado nesta 10ª rodada pelo Pisa em pleno Carlo Castellani por 3 x 0 (ao lado, Buscè contra o camaronês Feussi - Nucci), com gols de Buzzegoli, Joelson (irmão do também atacante Piá) e Gasparetto;
* Foi o 5º resultado útil consecutivo da equipe treinada por Giampiero Ventura e que tem como destaque o antigo juventino Birindelli;
* A rodada também foi positiva para Brescia e Parma, que vêm buscando recuperação na tabela;
* A equipe dirigida por Sonetti foi a Modena e venceu, de virada, por 3 x 1, gols do português De Oliveira, Caracciolo, Feczesin e Baronio;
* Já a comandada por Guidolin visitou o Mantova e venceu, também de virada e pelos mesmos 3 x 1, tentos de Caridi, Zenoni, Cristiano Lucarelli e do brasileiro Reginaldo;
* Com gols de Rossini e Tavano, o Livorno venceu o Rimini por 2 x 1 e chegou aos 15 pontos, ficando entre Brescia (que tem 16) e Parma (14), outros favoritos à promoção.

Marcadores:

Na Última Vez ...

Panorama Da Rodada


Depois de 4 rodadas sem conhecer vitória, nada melhor do que vencer o derby stracittadino para afastar uma possível crise.
E assim fez a Juve que, embora vá muito bem na Champions League, enfrentava uma crise de resultados na Serie A, chegando a ocupar uma incômoda 12ª posição.
Neste sábado, contra o rivalíssimo Torino, coube ao brasileiro Amauri, contando com a colaboração do arqueiro Calderoni, marcar o único gol da partida (ao lado a conclusão do atacante - Reuters) logo no início da 2ª etapa.
Do lado granata, postado em um inovador 4-4-1-1 com il solito Rosina a supportare Bianchi, fica o consolo da boa atuação, embora os números sejam preocupantes, já que a equipe soma apenas 5 pontos no campeonato e chegou a sua 4ª derrota consecutiva.
Acerca de números, o empate em 0 x 0 entre Internazionale e Genoa encerrou uma série de 60 partidas (isso mesmo!) em que a Inter, como mandante, marcou pelo menos 1 gol.
E olha que a squadra nerazzurra atuou boa parte do 2º tempo com um homem a mais depois da expulsão do croata Juric, que deixou o Genoa em desvantagem numérica.
Para piorar, um ótimo Mesto ainda acertou uma bola no travessão e o brasileiro Thiago Motta, que tem demonstrado uma ótima adaptação ao calcio, quase marcou, cobrando falta, já nos acréscimos (acima, Maicon contra os dois rossoblù - Afp).
Além do Napoli (http://calcioseriea.blogspot.com/2008/10/o-jogo-da-tv-parte-i-lazio-x-napoli.html), quem aproveitou do tropeço interista foi a Udinese, que aumentou a crise romanista ao fazer 3 x 1 no Friuli.
Foi uma partida senza história, com a Udinese em vantagem já aos 10' e que chegou aos 3 x 0 bem no início do 2º tempo (ao lado, Di Natale, autore di una doppietta, contra De Rossi - Debernardi - os demais gols foram de Floro Flores e Totti, cobrando pênalti).
Com o resultado, a equipe bianconera venceu sua 5ª partida em 8 rodadas e alcançou Inter e Napoli in vetta alla classifica, enquanto a Roma sofreu sua 3ª sconfitta consecutiva (apenas na Serie A) e sprofonda in classifica.
Quem vem se recuperando na Serie A é o Milan, que, depois de amargar derrotas nas duas rodadas iniciais, venceu 5 das 6 partidas que disputou em seguida, inclusive a deste domingo em Bergamo contra a Atalanta por 1 x 0, gol de Kaká em jogada de Borriello.
Já a Sampdoria conseguiu a sua 1ª vitória no torneio ao superar o Bologna do seu ex capitano Volpi (ao lado, o neo rossoblù sendo 'conduzido' pelo ex rossoblù Bellucci em direção a Curva Sud - Sampdoria) por 2 x 0, tentos de Delvecchio e Bellucci, mas em dia de Cassano, que fez impazzire a defesa do Bologna.
O mesmo placar - 2 x 0 - ocorreu também no Sant'Elia, onde o Cagliari venceu o Chievo com gols de Acquafresca e Fini, e no Oreste Granillo, onde a Reggina bateu o Lecce com tentos do seu artilheiro Corradi.
Além de Palermo 1 x 3 Fiorentina (http://calcioseriea.blogspot.com/2008/10/o-jogo-da-tv-parte-ii-palermo-x.html), completou a rodada o anticipo Siena 1 x 1 Catania, com o placar sendo construído por Calaiò e Mascara, que empatou (injustamente) para os visitantes cobrando pênalti.
A classificação da Serie A 2008/2009, transcorridas 8 rodadas, está assim: 1º Udinese (17 pts); 2º Internazionale (17); 3º Napoli (17); 4º Milan (16); 5º Fiorentina (16); 6º Catania (15); 7º Lazio (13); 8º Genoa (13); 9º Atalanta (13); 10º Juventus (12); 11º Palermo (12); 12º Siena (9); 13º Lecce (9); 14º Sampdoria (7); 15º Roma (7); 16º Cagliari (7); 17º Bologna (6); 18º Chievo (6); 19º Torino (5) e 20º Reggina (5).

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker