Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, maio 17, 2008

Match Clou - 38ª Rodada 2007/2008



O 'Match Clou' da última giornata da Serie A 2007/2008 será sensacional e proibido para cardíacos!
De um lado estará a Internazionale, que precisa da vitória para ostentar o scudetto na maglia nerazzurra também na próxima temporada, enquanto, do outro, o Parma, que precisa vencer para permanecer na Serie A - e o empate pode não servir para nenhum dos dois!
Portanto, deverá ser uma partida com contornos dramáticos, já que uma vitória crociata poderá tirar um título até pouco tempo seguro da Inter, enquanto um sucesso desta última encerrará um ciclo, condenando o Parma à Serie B depois de 18 temporadas consecutivas na máxima divisão do Calcio, período no qual terminou 15 vezes dentre os 10 primeiros colocados e conquistou 3 competições européias.
Na tentativa de evitar o descenso, o patron emiliano Ghirardi demitiu o argentino Cuper no decorrer da semana, passando o comando da equipe ao treinador da equipe primavera Andrea Manzo, que, assim, fará seu esordio na Serie A.
Sem poder contar com o zagueiro Falcone, os meias Morfeo e Pisanu e o atacante Corradi, além dos squalificati Dessena, Mariga e Rossi, o allenatore esordiente deve dispor o Parma no 4-4-2, mantendo o goleiro Pavarini e formando a defesa, da direita à esquerda, com Coly, Couto (à direita - Giglio), Paci e Castellini.
O meio de campo deve ser composto pelos interditori Morrone e Cigarini, bem como pelos esterni Reginaldo (mais abaixo - Iotti) e Gasbarroni, enquanto, no ataque, devem aparecer a dupla Budan e Lucarelli.
Contra esse Parma bastante ofensivo, Mancini, que certamente não esperava chegar a esta partida ainda necessitando de uma vitória para conquistar o tricampeonato italiano, deverá postar a Inter no 4-3-1-2.
Sem o argentino Cambiasso, que se contundiu no finalzinho do último compromisso contra o Siena, o centrocampo interista deverá ser composto por Vieira, Zanetti, Stankovic e Jimenez, enquanto a defesa deverá ser formada pelo arqueiro Júlio César, pelos laterais Maicon e Maxwell e pelos centrais Burdisso e Materazzi.
Na frente, a novidade pode ser o retorno do sueco Ibrahimovic (abaixo - Insidefoto), ausente desde março último, que poderá tomar o lugar do jovem Balotelli, com Cruz confirmado em um dos postos.
Embora a Inter possa ser apontada como favorita para o confronto, é bom lembrar que, jogando na Emilia-Romagna, o retrospecto é amplamenta favorável aos donos da casa, que venceram 10 dos 17 precedentes, ocorrendo, ainda, 5 empates e apenas 2 sucessos da Inter, o 1º em dezembro de 2002 e o derradeiro em novembro de 2006, ambos por 2 x 1.
Portanto, se o time de Milão nunca derrotou o Parma com uma vantagem superior a 1 gol, a equipe crociata conta com um 4 x 1 aplicado na temporada 1993/1994, quando, treinada por Nevio Scala, entrou em campo com: Bucci (que deve ficar no banco no jogo de amanhã); Benarrivo, Minotti, Apolloni e Di Chiara; Sensini, Pin, Crippa e Brolin; Asprilla e Zola.
Na ocasião, il piccolo grande Zola fez uma doppietta, enquanto Asprilla, Brolin e o uruguaio Sosa completaram o placar.
Na temporada seguinte, mais um 3 x 0 a favor do Parma, com Zola e Sensini (2) marcando os gols.
Com mais 1 gol anotado em 1995 (em partida na qual Roberto Carlos também marcou), Gianfranco Zola é o maior artilheiro do embate, com 4 gols marcados, enquanto Christian Vieri, com 3, vem logo em seguida pela Inter.
Em matéria de presenze, a primazia é do capitano nerazzurro Javier Zanetti, que, com 12 aparições, tem uma a mais que o antigo lateral gialloblù Antonio Benarrivo, que tem 11 (acima, em dezembro de 2002, Zanetti contra Benarrivo - Inter).
Portanto, tutto in 90'!

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

L'Enigma


Ops..., quem é o jogador à esquerda (Calciatori)?
É, a 'L'Enigma' desta semana vai requerer uma análise mais apurada por parte dos leitores do Calcio Serie A.
Dica: na Itália, envergou também a camisa nerazzurra da Internazionale!
Até a próxima quarta-feira com o nome dos acertadores ou, quem sabe, com uma prorrogação...

Marcadores:

Na Última Vez ...

sexta-feira, maio 16, 2008

Última rodada acontece neste final de semana!


Infelizmente, a stagione 2007/2008 da Serie A vai chegando ao seu epílogo...
Mas, antes que os clubes entrem em férias, o último final de semana reserva grandes emoções!
Afinal, ao contrário das expectativas, sequer o scudetto está decidido, assim como a última vaga italiana para a cobiçada Champions League.
Para completar o quadro, 3 equipes continuam lutando pela salvezza!
E a bola rola já no sábado, com o anticipo Sampdoria x Juventus que, infelizmente, será ignorado pela televisão brasileira...
Embora ambas as equipes já estejam asseguradas nas competições européias da próxima temporada, o confronto será todo especial para a dupla de atacantes da Juve, vez que Del Piero (à direita - Insidefoto) e Trezeguet, com 19 gols cada, estão empatados com o genoano Borriello na liderança da artilharia da Serie A e certamente desejosos de levar o primato para Turim.
Porém, é no domingo que os cardíacos deverão ter cuidado, pois quis a tabela que Inter e Roma, separadas por apenas 1 ponto na disputa pelo título italiano da temporada, enfrentem logo Parma e Catania como visitantes na derradeira rodada.
Ora, mas Parma e Catania são adversários à altura de Inter e Roma? Em circunstâncias normais, talvez não, mas ocorre que tanto a equipe crociata quanto a rossoazzurra são exatamente duas das que brigam deseperadamente para fugir da Serie B!
Portanto, se Parma x Inter será o 'Match Clou' da rodada, a Roma vai até a Sicília enfrentar um Catania disposto a não fazer nada fácil a vida romanista, que terá De Rossi (à esquerda - Insidefoto) como anima.
E é bom Catania e Parma não bobearem mesmo, pois o outro clube que ainda procura fugir da Serie B é o Empoli, que enfrenta logo o único até aqui rebaixado Empoli no Carlo Castellani.
Obrigação de vencer também tem o Milan, que enfrenta a Udinese no San Siro torcendo pelo Torino contra a Fiorentina em Turim para ficar com a 4ª vaga italiana para a UCL.
Completam a rodada: Atalanta x Genoa no Atleti Azzurri D'Italia; Cagliari x Reggina no Sant'Elia; Lazio x Napoli no Olimpico di Roma e Siena x Palermo no Artemio Franchi di Siena.
Portanto, é só escolher entre ESPN, RAI ou TV Esporte Interativo (Parma x Internazionale) e ESPN Brasil (Catania x Roma), mas sempre de olho na televisão a partir das 10h00 deste domingo.
Ah, e Milan x Udinese ainda passará na TV Esporte Interativo às 14h00 e às 18h00 na ESPN!

quarta-feira, maio 14, 2008

PontoCom - Lazio


Prosseguindo na viagem pelos websites oficiais dos clubes da Serie A, nesta semana a 'PontoCom' visita o endereço http://www.sslazio.it/, onde está hospedada a página da Società Sportiva Lazio S.p.A.
De layout claro, inspirado nas cores do clube, a página principal da agremiação romana (imagem abaixo, à direita) é de visualização agradável, embora pudesse ser mais limpa, vez que repleta de espaços de patrocinadores.
Contendo 8 áreas principais: Home, News, Società, Squadra, Calendario, MyLazio, Biglietteria e LazioStore.
Se notícias do clube são inseridas quase que diariamente, o mesmo não pode ser dito sobre material fotográfico, pois as fotos mais recentes disponibilizadas no site versam sobre a apresentação do atacante Rolando Bianchi e, antes delas, sobre a Cena di Natale da equipe!
Infelizmente, a VideoGallery, apesar de ser aberta com a expressão Le immagini più belle, incide no mesmo erro...
Mas o website da Lazio também tem suas virtudes, como a interessante MyLazio, onde é possível, por exemplo, visualizar fotos enviadas por simpatizantes da equipe e disputar o animado GoleadorGame (imagem mais abaixo, à esquerda).
Além dos usuais espaços para aquisição on line de ingressos e de informações sobre os jogadores da Prima Squadra, do Staff e do Settore Giovanile, o site ainda traz estatísticas bem detalhadas do clube, onde é possível conferir, exemplificativamente, que o atacante Tommaso Rocchi é o 10º maior artilheiro da história laziale.
Acerca do Stadio Olimpico, casa da Lazio, esclarece o site que o impianto é "situato in un contesto sportivo di primaria grandezza, come il Foro Italico, lo Stadio Olimpico di Roma con i suoi 81.903 posti, tutti a sedere, è uno dei templi dello sport mondiale".
Por fim, vale a pena conhecer também a LazioStore e adquirir uma escarpe, um isqueiro ou um baby set completo!

Marcadores:

Na Última Vez ...

L'Enigma - La Soluzione


Está virando barbada! Mais uma vez Lady Cyntia chegou na frente e elucidou, com propriedade, a identidade do jogador misterioso!
Com razão, o jogador à esquerda (Calciatori) é o laziale Roberto Baronio (abaixo, na temporada 2000/2001 com o scudetto no peito - Calciatori).
Crescido no fértil vivaio bresciano, Baronio logo se destacou em uma primavera que contava também com o talento do então lateral Diana e do attaccante Pirlo.
Assim, em 1996, aos 18 anos, Baronio aportou na ambiciosa Lazio de Cragnotti, que tinha, dentre outros, Nesta, Nedved e Signori, para ficar em apenas um por reparto.
Porém, ao contrário do seu antigo companheiro Pirlo, Baronio não conseguiu repetir, profissionalmente, o êxito que teve nas categorias de base, não chegando sequer a conquistar um posto fixo na squadra laziale, que, no decorrer dos anos, emprestou o meia de Verolanuova aos vários Vicenza, Reggina, Fiorentina, Perugia, Chievo e, ufa, Udinese.

Marcadores:

Na Última Vez ...

terça-feira, maio 13, 2008

Momento Panini - Alexander Manninger


"Mannniiinnnger, incredibile, ma incredibile, Manninger, ma incredibile, che cosa sta succedendo a San Siro?" - foi assim que o telecronista da Sky Sport Fabio Caressa narrou a intervenção bem sucedida do arqueiro senese Manninger no pênalti cobrado por Materazzi no último domingo e que poderia ter decidido, na ocasião, o título da temporada 2007/2008 à Inter (vide o vídeo ao final do post http://calcioseriea.blogspot.com/2008/05/o-jogo-da-tv-internazionale-x-siena.html).
Aliás, Manninger tem a Internazionale em seu destino, pois foi contra a equipe nerazzurra de Milão que este goleiro forte (1,88 m por 84 kg) e dotado de uma agilidade felina fez seu debut internacional.
Formado inicialmente no BNZ e em seguida no Austria, sempre de sua Salzburg natal, Manninger chegou ao Casino Graz na temporada 1996/1997 e, com tenros 19 anos (nasceu em 4 de junho de 1977), teve seu batismo de fogo contra a Inter em pleno Giuseppe Meazza pelas sedicesimi di finale da Copa U.E.F.A.
Tendo Pagliuca como adversário na outra meta, Manninger acabou derrotado em sua estréia por causa de um tento marcado pelo francês Angloma, mas só aos 81'!
Talento precoce, ainda diciannovenne foi contratado pelo poderoso Arsenal treinado por Arsène Wenger que, depois de 2 dias observando o jovem goleiro, afirmou: "He is a great prospect for the future. We needed to sign a young goalkeeper and this is a very good one."
Na Inglaterra, Alex Manninger transcorreu 4 temporadas, sempre como reserva do english David Seaman.
Assim, em 2001, Manninger pediu e foi emprestado à Fiorentina (figurinha ao lado), com a qual estreou na Serie A em 14 de outubro do mesmo ano, entrando no lugar do atacante Mijatovic por causa da expulsão de Taglialatela aos 68'.
Porém, a Viola atravessava o período mais negro de sua história e as 24 aparições de Manninger no campeonato não foram suficientes para evitar a queda do clube à Serie B, que veio seguida do fallimento.
Transferido, em definitivo, ao Espanyol, Manninger não chegou a ser utilizado no clube catalão e, 5 meses depois, foi liberado para acertar com o Torino em janeiro de 2003.
Internacional austríaco desde 1999 (fez seu esordio em 18 de agosto em amistoso disputado contra a Suécia em Malmö), Manninger sofreu com contusões e acabou colecionando apenas 3 presenças com o mítico clube granata, passando ao Bologna na temporada seguinte - 2003/2004.
Mas, como o esperto Pagliuca era o titular da equipe rossoblù, Alex transcorreu toda a stagione no banco, optando por prosseguir sua peregrinação pelo Calcio no Brescia, clube com o qual realizou apenas a pré-temporada de 2004, vez que em ainda em agosto acertou com o Siena.
Na Toscana, Manninger dividiu a titularidade com o italiano Fortin (19 presenças para cada) e, ao final do campeonato, resolveu voltar à Áustria, cooptado pelos ambiciosos planos do Red Bull Salzburg de Trapattoni e Matthäus.
Porém, as coisas não foram como planejado e em 2006 Manninger resolveu voltar ao Siena, onde tem protagonizado atuações seguras, a ponto de ter sido escolhido um dos migliori na posição da última stagione e destaque desta (a figurinha acima é da temporada atual), bem como integrando o grupo do treinador Josef Hickersberger que irá representar a Österreichische Fußballnationalmannschaft na Euro 2008 em casa.

Marcadores:

Na Última Vez ...

segunda-feira, maio 12, 2008

'B' Em Pílulas


* A 39ª rodada foi desastrosa para os expoentes da Serie B;
* O líder Chievo, por exemplo, foi derrotado pelo Mantova por 1 x 0, gol do artilheiro Godeas, que chegou ao 26º tento stagionale;
* Curiosamente, a última derrota do Chievo na competição tinha ocorrido no dia 15 de dezembro de 2007 exatamente frente ao mesmo Mantova, quando a equipe clivense perdeu por 3 x 2 em Verona;
* Já o até então vice-líder Albinoleffe foi goleado por 4 x o pelo Lecce em Bergamo, tentos de Tiribocchi (ao lado - Grazia Neri), Zanchetta, Polenghi e Corvia;
* Com a derrota, o Albinoleffe acabou ultrapassado pelo próprio Lecce, que tem os brasileiros Angelo (ex-Corinthians, São Caetano e Criciúma) e Fabiano (ex-Vitória) em seu elenco;
* O Bologna, 4º colocado, também caiu diante do Grosseto, que fez 3 x 0 com Garofalo, Danilevicius (que começou a temporada no próprio Bologna) e Consonni;
* Também o Brescia, 5º colocado, foi humilhado pelo Ascoli em pleno Mario Rigamonti, sucumbindo por 4 x 0;
* Para completar, a última equipe atualmente na zona Playoff, o Pisa, da mesma forma perdeu em casa para o Rimini por 2 x 0, tentos de Vantaggiato e Greco.

Marcadores:

Na Última Vez ...

Panorama Da Rodada


Inacreditável! O que, há alguns meses era para lá de improvável, aconteceu! A Serie A 2007/2008 chega a sua última rodada com o título ainda indefinido, com a Inter, que chegou a ter 11 pontos de vantagem sobre a Roma, precisando vencer seu último compromisso, contra um desesperado Parma, para assegurar seu 16º scudetto.
Mas, isto, é assunto para o próximo final de semana...
Neste, a Internazionale tropeçou feio ao empatar, em casa, com o despretensioso Siena por 2 x 2 (http://calcioseriea.blogspot.com/2008/05/o-jogo-da-tv-internazionale-x-siena.html), permitindo que a Roma, até pouco conformada com o 2º posto, voltasse a sentir o profumo do scudetto.
E, contra a Atalanta neste domingo, os giallorossi se impuseram em uma partida disputada su ritmi elevati e repleta de emoção, fazendo 2 x 1 com Panucci (aproveitando, ao lado, cruzamento de Mancini - Grazia Neri) e De Rossi, este cobrando falta, enquanto Bellini, com um rasoterra, descontou para a equipe de Bergamo.
Quem também desempenhou bem seu papel foi a Fiorentina de Prandelli, que bateu, de virada, o Parma por 3 x 1 (abaixo um duelo Montolivo-Morrone - Sestini), gols de Budan, Santana, Semioli e Osvaldo.
Se a equipe de Florença é agora, de novo, 4ª colocada, o Parma só escapou de ser rebaixado à Serie B, já nesta rodada, porque o Catania cedeu o empate para a Juventus in extremis, com Del Piero anulando a vantagem construída pelo uruguaio Martinez logo na abertura da 2ª etapa.
Em dia nada bom para os clubes de Milão, o Milan sucumbiu diante do Napoli no San Paolo, perdendo por 3 x 1 em atuação totalmente apática da trupe de Ancelotti, que viu Hamsik (mais abaixo contra Gattuso - La Presse), Domizzi e Garics construírem o marcador partenopeo, com Seedorf diminuindo para os rossoneri já no final da partida.
Com a derrota, o Milan foi ultrapassado pela Fiorentina na classificação e agora depende não mais só de si para obter o almejado posto na próxima Champions League.
Quem assegurou seu posto, mais na próxima Serie B, foi o Livorno, que acabou derrotado no Armando Picchi pelo granata mais famoso - o Torino - por 1 x 0, gol do fantasista Rosina.
Com o resultado e a vitória da Reggina sobre o Empoli por 2 x 0 (tentos de Barreto e Amoruso), tanto Torino como Reggina estão assegurados na próxima Serie A!
Completando uma reação incrível e por muitos considerada impossível (até por este subscritor), o Cagliari também garantiu, matematicamente, sua permanência na elite do futebol italiano vencendo a Udinese, no Friuli, por 2 x 0, gols do ótimo Acquafresca e de Cossu, um dos reforços contratados (junto ao Verona!) em janeiro.
Completando a rodada, outros 2 x 0 para os visitantes: a Lazio venceu o Genoa com gols dos sempre presentes Pandev e Rocchi, enquanto a Sampdoria derrotou o Palermo, atrapalhando a festa do partente Amauri (abaixo contra Gastaldello - La Presse), tentos de Cassano e Maggio.
Com esses resultados, a classificação ficou assim: 1º Internazionale (82 pts); 2º Roma (81); 3º Juventus (71); 4º Fiorentina (63); 5º Milan (61); 6º Sampdoria (59); 7º Udinese (57); 8º Napoli (50); 9º Genoa (48); 10º Palermo (46); 11º Atalanta (45); 12º Lazio (43); 13º Siena (43); 14º Cagliari (41); 15º Torino (40); 16º Reggina (39); 17º Catania (36); 18º Parma (34); 19º Empoli (33) e 20º Livorno (30).

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...

domingo, maio 11, 2008

O Jogo Da TV - Internazionale x Siena


Há pouco mais de um ano atrás, mais precisamente no dia 22 de abril de 2007, a Internazionale, ajudada pela vitória da Atalanta sobre a Roma em Bergamo, conquistava seu 15º scudetto derrotando o Siena pelos mesmos 2 x 1.
Quis o destino que, coincidentemente, na 37ª rodada da Serie A desta temporada, a tabela prescrevesse novamente a Inter contra o Siena (só que desta vez em Milão) e a Roma contra a Atalanta (também com mando de campo invertido), em mais um domingo que se mostrava decisivo, vez que uma vitória simples dos comandados de Mancini sobre a despretensiosa (enquanto já assegurada na próxima Serie A) equipe da Toscana asseguraria o tricampeonato nerazzurro, independentemente até do resultado do Olimpico de Roma.
Assim, mais de 80.000 tifosi lotaram o Giuseppe Meazza (ao lado - La Presse - uma bonita imagem da Curva Nord) certos de que deixariam o estádio direto para a Piazza Duomo, tradicional local de celebração da torcida interista.
Postada no esperado 4-3-1-2, apenas com Jimenez no lugar de Stankovic (que sequer ficou no banco), a Inter começou subito in avanti, com o argentino Cruz (realizando sua 200ª partida na Serie A) forçando o goleiro Manninger a trabalhar já no 1'.
Vibrante, a Inter continuou convicta de seu mister e aos 11', após uma cabeçada de Materazzi no travessão, sempre de cabeça, o francês Vieira aproveitou uma cobrança de escanteio de Balotelli para colocar a squadra nerazzurra em vantagem!
Mas, pouco disposto a fazer às vezes de vittima sacrificale, o Siena seguiu atento, inspirado por um ótimo Locatelli - até que o marroquino Kharja encontrou, aos 30', o rápido Maccarone na entrada da área, com o avante ex Empoli vencendo o difensore Burdisso e o portiere Júlio César para empatar a partida (acima - Cacace).
O empate emudeceu o Giuseppe Meazza e desconcertou a Inter, que quase sofreu a virada aos 41', quando o ala Andrea Rossi aproveitou um contra-ataque e só parou por causa de brilhante intervenção do brasileiro Júlio César.
Mas o Meazza voltou a balançar aos 45', perchè Super Mario Balotelli cabeceou sozinho para colocar a Inter novamente em vantagem (ao lado - Inter).
Na volta do intervalo, o Siena retornou sem Codrea e Locatelli que, fora das melhores condições físicas, deram lugar ao brasileiro Alberto e ao brigador Coppola, mas foi a Inter que quase marcou, mais uma vez com El Jardinero Cruz.
Com a partida sob controle, Balotelli foi substituído, aplaudidíssimo, por Suazo aos 18'.
A impressão era de que, efetivamente, a Inter tinha o jogo (e o título) nas mãos, mas, aos 24', o lateral Ficagna aproveitou um erro de Maxwell e cruzou, Burdisso tentou cortar de forma meio displicente e Kharja, da entrada da área, acertou um chute colocado que entrou no canto da meta defendida por Júlio César e sacramentou o 200º gol do Siena na Serie A.
Aí, foi a vez de Marco Materazzi se transformar no protagonista da partida.
Primeiro, aos 32', o zagueiro, em impedimento, acabou impedindo que uma perigosa conclusão do seu companheiro Cruz fosse na direção do gol senese.
Depois, no minuto seguinte, Matrix se enroscou com o atacante Riganò dentro da área e o árbitro Gava assinalou penalidade máxima para ... a Inter!
Êxtase nas arquibancadas e litígio dentro de campo, onde o próprio Materazzi discutiu com Cruz acerca da cobrana do pênalti.
Melhor (?) para o zagueiro, herói na vitória do dia 22 de abril de 2007 (quando realizou a doppietta) e que tem exatamente no Siena sua vítima predileta (contra quem anotou 4 dos seus 49 gol in carriera), mas que acabou virando o vilão da ocasião ao permitir a defesa do austríaco Manninger ao cobrar a penalidade centralmente (acima o momento da cobrança - Garofalo).
Mancini ainda trocou Maxwell por Crespo, mas ambas as equipes já evidenciavam o desgaste físico e, emocionalmente, a Inter foi à lona, com o jogo terminando mesmo 2 x 2 e a decisão do scudetto ficando para os derradeiros 90' do campeonato.
O tabellino da partida, cujos melhores momentos podem ser assistidos também abaixo:
Inter: Júlio César; Maicon, Burdisso, Materazzi (85' Pelé), Maxwell (81' Crespo); Cambiasso (que deixou o campo contundido), Vieira, Zanetti, Jimenez; Balotelli (63' Suazo), Cruz. All. Mancini.
Siena: Manninger; Ficagna, Portanova, Loria, Rossi; Vergassola, Codrea (46' Alberto), Galloppa (65' Riganò), Kharja, Locatelli (46' Coppola); Maccarone. All. Beretta.
Gols: 11' Vieira, 30' Maccarone, 45' Balotelli, 69' Kharja.
Árbitro: Gava.
Cartões amarelos: Materazzi, Ficagna, Kharja, Coppola, Vergassola e Riganò.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

Você Sabia ...


* Que foi no campeonato italiano de 1909 que pela primeira vez participou uma equipe veneta, já que o Venezia se juntou aos representantes da Ligura (Andrea Doria e Genoa), Lombardia (Internazionale, Milan e Milanese) e Piemonte (Juventus, Pro Vercelli e Torino) no torneio disputado de janeiro a abril?
* Que, como nos torneios antecedentes, foram realizadas eliminatorie regionali, classificando um representante de cada região para a fase nazionale, por sua vez estruturada em um quadrangular com semi-finais e final, sempre em jogos de ida e volta?
* Que a estréia da Internazionale, fundada em 1908 por um grupo de dissidentes do Milan (acima uma foto da época - Inter), no campeonato italiano não foi das mais auspiciosas, com a equipe perdendo tanto para o rival rossonero (3 x 2), quanto para o Milanese (2 x 0), sendo eliminada ainda no girone lombardo?

Marcadores:

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker