Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, janeiro 16, 2010

O Jogo Da TV (Parte I) - Bari x Internazionale



Não dá mais para negar que essa Inter está com cara e ... sorte de campeã!
Depois de conseguir uma virada sensacional contra o Siena na rodada anterior (confira em http://calcioseriea.blogspot.com/2010/01/o-jogo-da-tv-parte-ii-internazionale-x.html), neste sábado, no anticipo da 21ª giornata, a Beneamata, em um intervalo de apenas 5', anulou um revés duplo que havia sido construído por um Bari divertente e, no final, ainda contou com a má pontaria dos biancorossi para somar mais um ponto em um spettacolare pareggio.
Mas, diante de quase 60.000 espectadores presentes em um San Nicola lotado e que registrou record d'incasso, quem começou assustanto foi a Inter, que com apenas 15'' praticou um forte pressing sobre a defesa barese, forçando Bonucci ao erro que propiciou conclusão perigosa de Sneijder, postado ao lado de Pandev e Balotelli in linea dietro a Milito no 4-2-3-1.
Porém, o tiro perigoso do holandês foi a única conclusão digna de nota da Inter em todo o 1º tempo, que presenciou um Bari bastante ofensivo e explorando com muita competência as laterais do campo dominar as ações.
Atuando no tradicional 4-4-2, com esterni rápidos - Alvarez pela direita e Koman pela esquerda - e atacantes velozes - Meggiorini e Barreto -, o time comandado por Ventura foi realmente bastante incisivo e aos 14' reclamou um primeiro pênalti, que teria sido cometido por Muntari em Koman (acima o lance - Liverani) depois de jogada do brasileiro Barreto em que Júlio César saiu mal.
Com Donati e Gazzi vencendo o duelo com Muntari e Zanetti, a mais cristalina chance de gol da 1ª etapa foi do hondurenho Alvarez, que, entretanto, viu Júlio César negar-lhe o gol aos 28', com o arqueiro brasileiro sendo novamente decisivo aos 32', desta vez defendendo tiro de Parisi do flanco esquerdo.
No 2º tempo, a Inter continuou atuando como provinciale e o Bari aproveitou, construindo uma bela vantagem em 2 pênaltis seguidos marcados por Rosetti - o 1º cometido por Samuel, que interceptou com a mão cruzamento de Meggiorini aos 14' e o 2º por Lúcio, que derrubou Parisi aos 17' - em ambos, Barreto (ao lado marcado por Maicon - Reuters) cobrou por perfeição, alternando os cantos e sempre deslocando Júlio César para o outro.
Ma L'Inter non ci sta a perdere! Mourinho, então, agiu rápido e sacou Samuel por Santon e Muntari por Quaresma, postando Cordoba no centro da zaga e adiantando o baricentro da equipe.
E o resultado foi quase imediato, pois aos 24' Pandev aproveitou um rebote em tiro de Balotelli e descontou marcando seu 1º gol com a maglia nerazzurra.
Partida reaberta e Inter finalmente ... Inter, chegando ao empate rapidamente, aos 29', após passe errado de Donati recuperado por Milito, com a bola passando, sempre na vertical, por Sneijder até chegar a Pandev (abaixo contra Gazzi - Reuters), que foi derrubado na área por Bonucci no 3º pênalti do dia.
Oriali até reclamou pedindo a expulsão do zagueiro biancorosso, que já tinha recebido o amarelo, mas quem acabou expulso mesmo foi o próprio dirigente interista, que teve que assistir a cobrança perfeita de Milito do vestiário.
Aí, curiosamente, a Inter voltou a recuar e foi o Bari que voltou a pressionar, com Alvarez desperdiçando mais uma ótima chance, antes que Meggiorini testasse a elasticidade de Júlio César na última grande oportunidade do jogo aos 38'.
No final, um empate muito bom para a Inter contra um Bari mai domo, cujo tabellino ficou assim:
Bari: Gillet; Belmonte, A. Masiello, Bonucci, Parisi; Alvarez (89' Kamata), Gazzi, Donati, Koman (77' Rivas); Meggiorini, Barreto. All. Ventura.
Inter: Júlio César; Maicon, Lúcio, Samuel (64' Santon), Cordoba; Muntari (65' Quaresma), Zanetti, Pandev, Sneijder, Balotelli (79' Cambiasso); Milito. All. Mourinho.
Gols: 60' Barreto (pênalti), 63' Barreto (pênalti), 69' Pandev, 74' Milito (pênalti).
Árbitro: Rosetti.
Cartões amarelos: Parisi, Samuel, Lúcio, Bonucci e Belmonte.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker