Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, janeiro 23, 2010

O Jogo Da TV (Parte I) - Catania x Parma



É verdade que o momento do Catania, que somou 7 pontos nas 5 partidas anteriores sob o comando de Mihajlovic, já era bem melhor do que o do Parma, que depois de um começo fulgurante vinha de apenas 1 sucesso nos últimos 7 jogos, mas o placar de 3 x 0 e, principalmente, a supremacia dos etnei no cotejo que abriu a 21ª rodada da Serie A 2009/2010 acabou surpreendendo.
Disposto no 4-3-3 - ainda sem seu novo reforço Maxi López, mas com Mascara, Martinez e Llama formando o tridente ofensivo, com o ágil Ricchiuti encarregado da criação, o Catania começou dando mostras de como seria a partida, encurralando o adversário ao seu próprio campo já nos primeiros minutos.
Para o Parma, armado por Guidolin no 4-1-3-2, restou o álibi de atuar sem vários jogadores importantes, dentre os quais Zaccardo, Zenoni, Galloppa, Lanzafame e Paloschi, mas a falta de concretude sotto porta e a pouca consistência defensiva apresentada são preocupantes em um campeonato que acabou de passar da metade.
E, assim, quando Mascara, do alto dos seus 1,75 m, subiu mais do que a defesa crociata para fazer de cabeça 1 x 0 (acima o lance do gol - Laganà) em cobrança de escanteio aos 15', o Catania já fazia por merecer a vantagem.
Sem conseguir reagir, o Parma escapou de sofrer mais um gol aos 22', quando Mascara chutou para fora pênalti cometido por Panucci em Sculli em mais um escanteio pelo lado direito da defesa emigliana.
E não foi só! Aos 38', em mais uma jogada pela esquerda de seu ataque, Mascara fez a sponda dentro da área e Ricchiutti (à esquerda - Laganà) disparou o tiro, que explodiu na trave depois da defesa parcial de Mirante.
Mister Guidolin ainda partiu para os reparos, colocando Biabiany no lugar de Lunardini pouco antes do intervalo e voltando do vestiário com Antonelli no de Mariga, o que fez o Parma efetivamente melhorar na 2ª etapa, mas não o suficiente para evitar a derrota.
Pior, já que ao menos numericamente o 2º tempo da equipe crociata foi pior do que o 1º!
Paradoxalmente, um dos fatores que resultou na etapa final mais prolífica foi exatamente a maior desenvoltura do Parma, vez que o Catania soube explorar muito bem o avanço do baricentro parmeggiano.
Também não dá para ignorar que o 2º tento etneo foi uma pintura que começou com uma belíssima jogada de Izco e foi concluída por Martinez (ao lado em disputa de bola com Paci - Laganà) de forma impecável, com o uruguaio deixando a bola passar entre as pernas para depois virar e colocar no canto oposto na saída de Mirante (vale a pena conferir esse gol no vídeo ao final do post, que traz os highlights da partida).
Aí, o Parma, que em momento algum teve o domínio da partida, desistiu de vez, sofrendo mais um gol aos 32', quando Morimoto (recém entrado no lugar de Llama) apenas desviou cruzamento de Capuano para estufar as redes mais uma vez, com Mascara ainda acertando o travessão de Mirante em cobrança de falta aos 43'.
O tabellino da vitória que começa a fazer crer que o Catania pode se salvar:
Catania: Andujar; Alvarez, Spolli, Silvestre, Capuano; Carboni, Biagianti (88' Moretti), Ricchiuti (62' Izco); Mascara, Martinez, Llama (74' Morimoto). All. Mihajlovic.
Parma: Mirante; Paci, Lucarelli, Panucci (70' Castellini), Dellafiore; Lunardini (40' Biabiany), Morrone, Mariga (46' Antonelli), Dzemaili; Amoruso, Bojinov. All. Guidolin.
Gols: 15' Mascara, 71' Martinez, 77' Morimoto.
Árbitro: Gervasoni.
Cartões amarelos: Alvarez, Dellafiore, Carboni, Bojinov, Biagianti e Dzemaili.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker