Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, fevereiro 08, 2009

O Jogo Da TV (Parte III) - Roma x Genoa



O Genoa, que começou a 23ª rodada na 4º colocação, até que entrou em campo com todos os seus titulares e envergando sua belíssima terza divisa, nas cores azul e branca (abaixo, à direita, o artilheiro Milito marcado por Brighi - Grazia Neri), mas não resistiu a melhor Roma da temporada e acabou sucumbindo por sonoros 3 x 0, resultado que levou a Lupa Capitolina aos mesmos 40 pontos do adversário e a un solo punto dalla zona Champions.
Mas foi o Genoa, disposto no 4-3-3 com Juric, Vanden Borre e Thiago Motta no meio de campo, que começou ditando as ações, forte em um excelente palleggio (a equipe rossoblù, embora derrotada, terminou a partida em vantagem tanto no quesito da posse de bola quanto do domínio territorial - 60,73% a 39,27%), mas pouco incisivo ofensivamente.
Com Totti e Vucinic novamente como dupla de ataque e com o chileno Pizarro preterido por Perrotta, a Roma demorou para engrenar mas, quando o fez, foi fatal - jogada que começou com Cicinho, passou por Brighi, Totti e terminou com Perrotta cruzando para o centro da pequena área, onde Cicinho apareceu novamente para concluir para o fundo das redes - giallorossi em vantagem aos 26'!
E a partir daí a partida tomou outro rumo, com a Roma, embora perdendo Cicinho logo em seguida (esordio para o neo acquisto Motta), passando a dominar a partida e impondo um jogo fluente e de grande ofensividade, enquanto do Genoa não se teve mais notícia dos brilhantes minutos iniciais.
Para o 2º tempo, Gasperini trocou o belga Vanden Borre pelo mais lento, mas ótimo lançador, Milanetto, de forma a cadenciar mais o jogo rossoblù, explorando a velocidade dos esterni Sculli e Jankovic.
Porém, não houve nem tempo para a equipe visitante assimilar a alteração, pois logo aos 2' De Rossi partiu em velocidade de sua própria intermediária e, a poucos metros da entrada da área genoana, serviu Vucinic (acima contra Biava - Reuters), que, com um magnífico sinistro al volo, estufou as redes da meta defendida por Rubinho, que nada pode fazer.
Aí, quando o resultado parecia definido, Taddei foi ingênuo e recebeu o 2º cartão amarelo ao cometer uma falta em Criscito junto a lateral, indo para o vestiário aos 9'.
Gasperini, então, tirou o defensor Bocchetti e colocou o avante Palladino, com o Genoa passando a criar várias oportunidades de marcar, inclusive uma com o excelente Thiago Motta aos 22'.
Spalletti, por sua vez, substituiu Vucinic pelo brasileiro Júlio Baptista, procurando dar sangue novo ao seu reparto ofensivo, vez que, com um homem a menos, os giallorossi restantes teriam que correr ainda mais.
Mas, aos 24', foi a vez de Sculli receber o 2º giallo e deixar tudo igual dentro de campo.
O Genoa até que continou tentando, mas foi a Roma que marcou novamente, com Júlio Baptista (ao lado passando pelo ex Ferrari - Afp) recebendo um lançamento longo de Mexes e, em jogada individual, disparou um belíssimo tiro que entrou sotto la traversa.
La rimonta romanista prossegue!
O tabellino:
Roma: Doni; Cicinho (30' Motta), Mexes, Juan, Tonetto; Taddei, De Rossi, Brighi, Perrotta; Totti (79' Aquilani), Vucinic (60' Júlio Baptista). All. Spalletti.
Genoa: Rubinho (61' Scarpi); Biava, Ferrari, Bocchetti (57' Palladino), Criscito; Juric, Vanden Borre (46' Milanetto), Thiago Motta; Sculli, Milito, Jankovic. All. Gasperini.
Gols: 26' Cicinho, 47' Vucinic, 93' Júlio Baptista (os gols e os melhores momentos da partida, bem como entrevista com o Capitan Futuro De Rossi podem ser vistos no vídeo mais abaixo).
Árbitro: Rocchi.
Cartões amarelos: Sculli, Taddei, Vanden Borre, Biava e Juric.
Cartões vermelhos: Taddei e Sculli.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker