Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Especulações Da Semana


E, nem no 1º dia útil de fevereiro veio o tão esperado verdadeiro colpo di mercato! Aliás, nem algumas contratações que eram ditas como certas aconteceram, dando bem o tom de um calciomercato de inverno bem gelado.
De qualquer maneira, era a última chance que as equipes da Serie A tinham para efetivamente mexer em seus plantéis, vez que, a partir de agora, só jogadores svincolati poderão ser contratados, ao menos até o final da temporada, quando começa tudo de novo...
Nas próximas linhas, o que de mais importante aconteceu em janeiro, clube por clube:
* Atalanta - Uma das equipes revelação do girone d'andata, a nerazzurra de Bergamo manteve seus principais jogadores (inclusive o artilheiro Floccari, cobiçado por várias equipes de ponta) e ainda acertou com o bom atacante Plasmati, que veio por empréstimo do Catania. O meia Parravicini chegou do Parma, que levou os também centrocampisti D'Agostino e Manzoni. Completam o quadro de transferências as cessioni do zagueiro Rivalta (Torino) e dos jovens atacantes Cissé (Albinoleffe) e Marconi (Grosseto), bem como a contratação do defensor Peluso (Albinoleffe);
* Bologna - O time rossoblù, em situação bastante delicada na tabela, sonhou com os avantes Balotelli e Pazzini e acordou com o ítalo-argentino Osvaldo; desejou os internacionais Almiron e Dacourt e acertou com o dispensado Mutarelli; queria um entre Da Costa e Zauri e ficou com Belleri - um mercato, sem dúvida, sotto tono. Como consolação, ao menos o capocannoniere Di Vaio não saiu e Carrus, a única cessão (foi para o Empoli), não vinha sendo utilizado. De consignar, ainda, que o brasileiro César, ex Inter, chegou antes mesmo da abertura do mercado;
* Cagliari - Ao contrário do campeonato passado, quando foi o pior time do girone d'andata, desta vez a equipe do presidente Cellino faz uma campanha excelente e, até por isso, não havia necessidade de maiores mudanças no elenco comandado pela revelação Allegri. Ainda assim, chegou o promettente Sivakov, meia bielorrusso que defendia o BATE Borisov e enfrentou a Juventus na Champions League. Já a baixa foi o lateral Ferri, que seguiu para a Sampdoria;
* Catania - Se no mercado estivo o clube etneo foi um dos protagonistas ao trazer, dentre outros, o romeno Dica e o argentino Ledesma, agora em janeiro o amministratore delegato Pietro Lo Monaco cuidou principalmente de encontrar destinações para aqueles jogadores in esubero. Assim, deixaram a Sicília o arqueiro Polito (Grosseto), os defensores Alvarez (Rosário Central), Sabato (Empoli) e Sardo (Chievo), os meias Colucci (Chievo) e Edusei (Bari), além dos atacantes Antenucci (Pisa) e Plasmati (Atalanta). Chegaram o goleiro Acerbis (Grosseto) e os alas Capuano (Palermo) e Potenza (Genoa), que podem brigar por um posto ao sol no time titular;
* Chievo - Embora a equipe tenha começado 2009 em ascensão, a fórmula bom, bonito e barato do presidente Luca Campedelli dá claros sinais de saturação. Ainda assim chegaram apenas o lateral Sardo (Catania), o meia Colucci (Catania) e o atacante Makinwa (Lazio), enquanto partiram o zagueiro César (Padova), os meias D'Anna (Pisa), Grippo (Piacenza) e Patrascu (Padova), além do atacante Iunco (Salernitana). O allenatore Di Carlo, que substituiu Iachini já no decorrer desta temporada, deverá continuar tirando água de pedra...;
* Fiorentina - O clube dos irmãos Della Valle (e do d.s. Pantaleo Corvino!), em sede de calciomercato, já está na temporada 2009/2010, sendo que o zagueiro sérvio do Chelsea Ivanovic tem tudo para ser o primeiro reforço para o próximo campeonato. Assim, janeiro, para a Viola, foi período apenas de despedidas (ou até logos) de jogadores que buscavam mais espaço - saíram o zagueiro Da Costa, emprestado à Sampdoria, e os atacantes Osvaldo (Bologna), Papa Waigo (Lecce) e Pazzini (Sampdoria), sendo que o também avante Bonazzoli acabou envolvido na transação deste último e deverá aparecer como opção aos mais cotados Mutu, Gilardino, Santana e Jovetic;
* Genoa - Em time que está vencendo não se mexe e, portanto, apenas cessioni de menor monta: Brivio voltou ao Vicenza, Gasbarroni foi emprestado ao Torino e Potenza ao Catania;
* Internazionale - Várias foram as especulações, mas desta vez Moratti não abriu a carteira e as únicas transações relevantes foram as saídas de Dacourt para o Fulham e do bidone Quaresma para o Chelsea de seu mister Scolari;
* Juventus - Diego? Silva? Tutto rimandato para julho ou agosto próximos, pois em janeiro a Vecchia Signora preferiu só observar e concretizar transações menores, como a contratação do jovem arqueiro búlgaro Kirev, logo emprestado aos suíços do Grasshoppers para ganhar experiência;
* Lazio - Lotito prometeu fazer o clube biancoceleste grande novamente, mas parece que seus planos serão implementados só a partir da próxima temporada, pois neste mercato invernale apenas saídas, ainda que nenhuma significante: Belleri e Mutarelli foram para o Bologna (e saíram atirando contra a direção do clube romano), Berni para a Salernitana e Makinwa para o Chievo;
* Lecce - A equipe giallorossa trouxe alguns reforços bastante interessantes, como o volante brasileiro Edinho (Internacional) e o atacante grego Papadopoulos (Panathinaikos), além do senegalês Papa Waigo, pouco utilizado na Fiorentina. Curiosamente, apenas estrangeiros também deixaram o clube, inclusive o antigo capitão Diamoutene, que foi para a Roma. Deixaram Lecce (e a Itália) ainda o russo Boudianski e o brasileiro Leonardo, devolvido ao Internacional sem sequer ter jogado oficialmente;
* Milan - Certamente o responsável pela grande contratação de janeiro, que foi o inglês David Beckham (mais acima em sua apresentação ao lado de Galliani - Reuters), que prometia ser apenas um affare de marketing e está se mostrando excelente também tecnicamente. Ademais, o clube rossonero ainda contratou os brasileiros Mattioni e Thiago Silva, embora este último só possa ser utilizado a partir de julho;
* Napoli - A chegada do argentino Datolo (à esquerda entre o direttore generale Pierpaolo Marino e o presidente Aurelio De Laurentiis - Laporta) se mostrou providencial diante da suspensão do meia Mannini, embora o antigo jogador do Boca Juniors estivesse sendo visionado já há várias semanas. Demonstrando clareza de planejamento, deixou o clube apenas o pouco utilizado lateral Savini, que foi cedido ao Palermo;
* Palermo - Nilmar continuou apenas um sonho, mas o duo Zamparini e Sabatini trouxe o promissor uruguaio Abel Hernandez, apelidado de La Joya e um dos destaques do último campeonato Sudamericano Sub 20, onde se sagrou artilheiro com 5 gols. Além do já citado Savini, também o jovem defensor suíço Morganella irá se juntar ao plantel rosanero sob o comando do técnico Ballardini. Deixaram a Sicília os defensores Capuano (Catania), Dellafiore (Torino) e Raggi (Sampdoria), além do meia Ciaramitaro (Salernitana) e o atacante Lanzafame, que retornou ao Bari;
* Reggina - Decepcionante, a lanterna da Serie A acertou apenas com o internacional eslovaco Krajcik, contratado junto ao Slavia Praha e muito pouco para escapar da Serie B. Aronica, Cribari, Dalla Bona, Pratali, Scurto e muitos outros que foram cotados ficaram apenas como desejo;
* Roma - Assim como as demais big do Calcio, a Lupa Capitolina foi pouco ativa neste calciomercato, mas, ao menos, reservou algumas novidades para os derradeiros momentos: trouxe os defensores Diamoutene (Lecce) e Motta (Udinese) e cedeu o meia Greco (Pisa) e o atacante Okaka (Brescia);
* Sampdoria - A blucerchiata foi a agremiação que mais se moveu para se reforçar, acertando com Da Costa (Fiorentina), Ferri (Cagliari), Pazzini (Fiorentina) e Raggi (Palermo), além de ter repatriado os jovens Soriano, capitão da seleção sub-18 da Itália e que estava no Bayern München, e Zamblera, avançado que vem do Newcastle;
* Siena - A equipe bianconera da Toscana não esteve no centro de muitas especulações e, ao contrário de outros anos, não recebeu nenhum jovem valor por empréstimo dos grandes (caso, por exemplo, do argentino Grimi e do italiano De Ceglie, emprestados, respectivamente, por Milan e Juventus), mas realizou um ótimo colpo ao trazer o experiente atacante Nicola Amoruso, que estava no Torino. Por outro lado, o zagueiro romeno Moti, pouco utilizado pelo técnico Giampaolo, voltou ao Dinamo Bucuresti, enquanto foram respirar outros ares os jovens Forestieri, que retornou ao Genoa para ser emprestado ao Vicenza, e Jaakola, que passou ao Colligiana;
* Torino - Mais uma vez o clube do presidente Cairo ficou devendo e, pior, demonstrou grande falta de planejamento, tanto que o famoso d.s. Rino Foschi foi contratado apenas na segunda quinzena do mês e teve pouquíssimo tempo para trabalhar, acertando apenas com os zagueiros Dellafiore (Palermo) e Rivalta (Atalanta), bem como com o fantasista Gasbarroni, que veio do Genoa. Para piorar, o atacante Nicola Amoruso, a mais cara contratação granata do início da temporada, saiu de graça para o Siena, um direto rival na briga contra o rebaixamento. Deixou o clube, ainda, o avante francês Malonga, que passou ao Foggia, na antiga Serie C1;
* Udinese - Como de costume, a sociedade friulana apostou, mais uma vez, em reforços pouco conhecidos e contratados a baixo custo - vieram o dinamarquês Zimling do Esbjerg e o finlandês Mattila do HJK (que vai, inicialmente, reforçar a primavera bianconera). O lateral Motta, que foi emprestado à Roma, e o suíço Nef, emprestado ao Recreativo Huelva da Espanha, foram as baixas;
* Na Serie B, o grande destaque foi o agora líder Bari, que contratou nada menos do que 16 reforços, dentre os quais os já citados Edusei e Lanzafame, bem como o válido meia Guberti (Ascoli) e o atacante bielorrusso Kutuzov (Parma);
* Outras transações de destaque envolvendo times do campionato cadetto: Massimo Bonnani (da Sampdoria ao Grosseto), Leonardo Bonucci (da Inter ao Pisa), Gastón Brugman (do Peñarol para o Empoli), Andrea Capone (do Vicenza ao Grosseto), Juriy Cannarsa (do Frosinone à Salernitana), Marco Carparella (do Grosseto ao Cittadella), Simone Cavalli (do Bari para o Frosinone), Gastón Cellerino (do Fénix ao Livorno), Carmine Coppola (do Frosinone à Salernitana), Csaba Csizmadia (do Mattersburg ao Grosseto), Roberto D'Aversa (do Treviso para o Mantova), Luca Di Matteo (do Palermo ao Cittadella), Ivan Fatic (do Vicenza à Salernitana), Nicollò Gatti (do Caravaggese ao Brescia), Domenico Giampà (da Salernitana ao Mantova), Paolo Ginestra (da Ternana ao Parma), Duccio Innocenti (do Grosseto ao Vicenza), Emmanuel Ledesma (do Queens Park Rangers para a Salernitana), Francesco Lunardini (do Rimini ao Parma), Ibrahim Maaroufi (da Inter ao Vicenza), Leandro Martinez (da Ternana para o Parma), Davide Matteini (do Palermo ao Rimini), Maurizio Nassi (do Ancona para o Brescia), Fabio Notari (do Carpi ao Mantova), Claudio Pani (do Cagliari à Triestina), Daniele Paponi (do Parma ao Rimini), Dario Passoni (do Mantova para o Piacenza), Alessandro Pellicori (do Avellino ao Grosseto), Radek Petr (do Pro Patria ao Parma), Tomi Petrescu (do Tampere United para o Ascoli), Ivan Rajcic (do Bari ao Frosinone), Jonathan Rossini (da Sampdoria para o Cittadella), Filippo Savi (da Spal ao Parma), Marko Stankovic (do Sturm Graz à Triestina), Daniele Vantaggiato (do Rimini para o Parma), Dario Venitucci (da Juventus ao Avellino) e Rej Volpato (do Bari ao Piacenza).

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...

7 Comments:

At 10:56 PM, Blogger JP said...

Rodolfo, para que é que o Bari quer 16 reforços, ainda para mais quando é o líder da Série B?!?!? Não fazia a menor ideia desta e fiquei extremamente surpreendido...
Realmente o mercado da Série A foi muito fraco, o que já se esperava, talvez no Verão ocorram algumas contratações de monta...
Abraços

 
At 11:43 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Pois é, o Bari praticamente reformulou seu elenco aproveitando o 'mercato invernale', porém, a estratégia tem seus méritos, já que a equipe terminou 2008 na 6ª colocação e agora está em 1º...
Incrível não? Nem tanto, porque, ao final de 2008, o Bari estava apenas 1 ponto atrás do quinteto líder... (rs).
Abraços,

 
At 5:24 PM, Blogger JP said...

Eh eh eh está boa essa... ;)
Sinceramente tenho seguido muito pouco ou quase nada a Série B, a última notícia que me recordo de ler sobre o Bari é a passagem do seu antigo promissor avançado Daniele Vantaggiato do Rimini para o Parma...
Abraços

 
At 11:32 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Verdade, hoje à tarde assisti a Parma x Brescia pela RAI, com Vantaggiato em ação, mas gol decisivo anotado pelo 'giovane' Paloschi!
Abraços,

 
At 11:33 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Ah..., e parabéns por ter acertado o resultado de Palermo x Juventus!
Abraços,

 
At 8:38 PM, Blogger JP said...

Obrigado, Rodolfo.
Recordo-me de ler há alguns anos sobre um jovem promissor do Bari, será que é desta que ele começa a confirmar as credenciais, afinal ainda é relativamente jovem, pode perfeitamente para o ano alinhar numa equipa da Série A, penso que ainda é o melhor marcador da Série B até ao momento.
Paloschi é o do Milan não é? Muito promissor também esse jovem.
Abraços

 
At 10:00 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
É verdade, Vantaggiato está com 24 anos e ainda pode escrever algumas linhas na Serie A, até porque continua como 'capocannoniere' da atual Serie B.
Quanto ao Paloschi, é aquele jovem que surgiu no Milan há pouco tempo, estando emprestado à equipe 'crociata'.
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker