Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, janeiro 09, 2010

O Jogo Da TV (Parte I) - Roma x Chievo



Com um gol relâmpago de De Rossi e muita disposição tática para não sofrer maiores riscos durante a maior parte da partida em que esteve com um homem a menos em campo, a Roma abriu a 19ª giornata da Serie A 2009/2010 neste sábado com uma vitória sobre o Chievo que coloca os giallorossi, ao menos temporariamente, al quarto posto in classifica.
Sem Totti (presente nas tribunas do Olimpico), mas com Toni fazendo sua estréia como titular, a Lupa Capitolina não deu tempo nem para que o Chievo se adaptasse à atmosfera romana, inaugurando o placar aos quarentacinque secondi, com De Rossi (ao lado marcado por Yepes - Bruno) aproveitando escanteio cobrado por Pizarro para colocar longe do alcance de Sorrentino.
Recém chegado, Toni pareceu totalmente integrado aos novos companheiros e aos 5' quase celebrou seu primeiro gol com a maglia giallorossa, mas sua cabeçada em jogada de Taddei passou ao lado da meta clivense.
Até então com amplo domínio romanista, a partida sofreu uma reviravolta aos 11', com a expulsão do goleiro brasileiro Doni (abaixo - Bruno), que interceptou a bola com a mão fora da área na primeira descida do Chievo e foi punido pelo árbitro Mazzoleni com o cartão vermelho.
Aí, Ranieri foi obrigado a sacar Vucinic para inserir o aqueiro Lobont, passando a Roma ao 4-2-2-1.
Com um jogador a mais, o Chievo aumentou seu baricentro e passou a controlar mais a bola (terminou a partida com 63,4% da posse de bola e 63,95% de vantaggio territoriale), mas esbarrou na própria ineficiência do seu ataque, órfão de seu melhor jogador, Pellissier.
Assim, apesar de ter ficado bem mais com a bola em seus pés, o Chievo foi muito pouco eficiente e, mesmo armado no ofensivo 4-3-1-2 por Di Carlo, concluiu menos que a adversária - 17 a 10 -, que jogou quase toda a partida em inferioridade numérica!
Aliás, apesar do Chievo esboçar um pressing por conta de sua maior posse de bola, foi sempre da Roma as melhores chances da partida, como aos 28', quando Toni por muito pouco não alcançou um cross de Riise (que pegou de primeira lançamento de Pizarro), ou aos 31', quando Taddei concluiu para fora mais uma jogada de Riise pela esquerda.
Não foi muito diferente no 2º tempo, com Toni (à direita perseguido por Mantovani - Getty Images) semeando o pânico na defesa clivense, deixando a dupla Yepes e Mandelli em constante dificuldade, a ponto do ex centravanti di Fiorentina e Palermo ser derrubado dentro da área por este último aos 9'.
Porém, o arqueiro Sorrentino foi prodigioso e defendeu a cobrança de Pizarro, evitando que o chileno chiudesse la gara logo no início da etapa complementar.
Mas, vã esperança, apesar da entrada de Luciano ter dado maior movimentação ao time gialloblù, em nenhum momento a vitória romanista esteve em xeque, com o 9º resultado útil consecutivo valendo o ingresso da Roma na zona Champions!
E o tabellino ficou assim:
Roma: Doni; Cassetti, Burdisso, Juan, Riise; De Rossi (65' Brighi), Pizarro, Taddei, Perrotta, Vucinic (13' Lobont); Toni (81' Júlio Baptista). All. Ranieri.
Chievo: Sorrentino; Frey, Mandelli (74' Marcolini), Yepes, Mantovani; Ariatti, Rigoni (58' Luciano), Bentivoglio, Pinzi; Abbruscato, Bogdani (71' Granoche). All. Di Carlo.
Gol: 1' De Rossi.
Árbitro: Mazzoleni.
Cartões amarelos: Mandelli, Yepes e Mantovani.
Cartão vermelho: Doni.
Abaixo, os highlights da partida, que podem ser assistidos também no endereço http://www.youtube.com/watch?v=Sttmm6Y6E6U, com direito a entrevista com Luca Toni, escolhido Uomo partita pela Sky!

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker