Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

quarta-feira, janeiro 06, 2010

O Jogo Da TV (Parte II) - Parma x Juventus



Precisando interromper a série negativa de 3 derrotas com que fechou o ano passado, neste primeiro compromisso de 2010 a Juventus se travestiu da provinciale e, com uma postura defensiva muito consistente, saiu do Ennio Tardini com os 3 pontos que permitirão ao treinador Ferrara dar uma respirada.
É verdade que a Vecchia Signora teve o mérito de abrir o marcador logo no início da partida, com Salihamidzic (ao 2º gol consecutivo, vez que foi também de Brazzo o último gol juventino de 2009) completando de cabeça cobrança de escanteio que ainda teve a sponda aerea de Chiellini (acima a conclusão da jogada - Getty Images), mas foi um generoso Parma que conduziu a partida por quase toda sua integralidade, pecando apenas na conclusão das ações para que pudesse escapar da derrota.
Jogando no 4-4-1-1 com o meio de campo formado por Salihamidzic, Felipe Melo, Poulsen e Marchisio, tendo Diego um pouco mais a frente e o solito Trezeguet (substituído por Amauri ainda no curso da 1º etapa) no ataque, a Juventus demonstrou desde o início sua proposta de jogar no contra-ataque, dando espaço ao Parma, armado no 5-3-2 por Guidolin.
E, comandado por um exuberante Amoruso, jogando como um ragazzino não obstante seus 35 anos, o Parma chegou ao (merecido) empate aos 25', com Biabiany cruzando para a cabeçada imperiosa do avante crociato, que não tomou conhecimento de Legrottaglie para colocar a bola no canto de Manninger (acima - Villa).
Aí, o esquema juventino quase desandou de vez quando o mesmo Amoruso chutou de média distância e só não fez um golaço porque o arqueiro austríaco foi excepcional ao jogar a bola para escanteio aos 34'.
Mais concreto, o Parma não merecia ir para o intervalo perdendo, mas o lateral Castellini (que vinha sendo insistentemente chamado pelo narrador da ESPN Ari Aguiar de Celestini ...) foi autor de uma pixotada digna de nota aos 39', cabeceando contra o próprio gol para colocar a Juventus novamente em vantagem (este gol incrível e os demais highlights da partida podem ser visualizados ao final do post).
No 2º tempo, o time bianconero (que jogou com uniforme dourado) buscou proteger o resultado e, mesmo perdendo o uruguaio Cáceres aos 28', expulso por uma falta ingênua em Zaccardo, conseguiu segurar o ímpeto dos emiliani, que mesmo com as entradas de Bojinov e Paloschi, passando a jogar com 4 atacantes, não conseguiram furar o bloqueio juventino.
Aliás, fora uma conclusão perigosa de Amoruso aos 41', as demais chances perigosas foram mesmo da Juventus, com destaque para uma belíssima cobrança de falta de Diego (o homem das bolas paradas - ao lado sofrendo a marcação de Galloppa - Villa) aos 20'.
No final, com Grygera no posto de Diego e De Ceglie no de Salihamidzic, a Juve conseguiu a vitória tão almejada, però senza incantare!
O tabellino ficou assim:
Parma: Mirante; Zenoni, Zaccardo, Dellafiore, Panucci, Castellini (66' Bojinov); Dzemaili, Morrone, Galloppa (80' Paloschi); Biabiany, Amoruso. All. Guidolin.
Juventus: Manninger; Cáceres, Legrottaglie, Chiellini, Grosso; Salihamidzic (78' De Ceglie), Felipe Melo, Poulsen, Marchisio, Diego (73' Grygera); Trezeguet (22' Amauri). All. Ferrara.
Gols: 3' Salihamidzic, 25' Amoruso, 39' Castellini (contra).
Árbitro: Rizzoli.
Cartões amarelos: Cáceres, Marchisio, Felipe Melo, Grosso, Morrone e Dellafiore.
Cartão vermelho: Cáceres.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker