Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

segunda-feira, dezembro 07, 2009

Panorama Da Rodada


Com a vitória da Juventus sobre a Internazionale (confira os detalhes em http://calcioseriea.blogspot.com/2009/12/o-jogo-da-tv-parte-ii-juventus-x.html), a Serie A 2009/2010 ganhou novo fôlego, até porque, com uma atuação irrepreensível, o Milan arrasou a Sampdoria (vide em http://calcioseriea.blogspot.com/2009/12/o-jogo-da-tv-parte-i-milan-x-sampdoria.html) e ficou a apenas 4 pontos da liderança.
Aliás, com a derrota a Samp perdeu o 4º posto para o surpreendente Parma, que arrancou um ótimo empate contra o Genoa em outra partida acompanhada pela 'O Jogo Da TV' - confira em http://calcioseriea.blogspot.com/2009/12/o-jogo-da-tv-parte-iii-genoa-x-parma.html.
Completando o quarteto de encontros acompanhados pela 'O Jogo Da TV', a Roma venceu o Derby della Capitale, complicando ainda mais a situação da sua rival Lazio (veja todos os detalhes em http://calcioseriea.blogspot.com/2009/12/o-jogo-da-tv-parte-iv-roma-x-lazio.html), que só não ingressou na zona do rebaixamento porque suas diretas concorrentes não foram felizes na rodada.
Voltando a parte alta da tabela, quem também chegou aos 24 pontos (mesma pontuação dos já citados Genoa, Roma e Sampdoria) foi a Fiorentina, que fez 2 x 0 na Atalanta no Artemio Franchi com muita autoridade.
Efetivamente, com grande atuação de Montolivo, a Viola não deu chances a uma Dea nervosa (Valdes e Conte acabaram expulsos) e mai pericolosa, construindo o placar final com gols de Vargas (ao lado sofrendo a marcação de Padoin - Panato) na 1ª etapa e de Gilardino (que fez seu 120º na Serie A) allo scadere.
Já a única vitória externa da giornata teve o timbre do Chievo e de seu avante Pellissier, grande protagonista na vitória sobre o Livorno por 2 x 0 no Picchi, com indiscutível mérito também para o técnico Di Carlo, que armou sua equipe com os seus atacantes bem abertos favorecendo o inserimento dos meias a ponto dos tentos decisivos terem sido de autoria de Rigoni e Bentivoglio, ambos centrocampisti.
Como atenuante para o time amaranto - que tem o pior ataque da competição e completou a 5ª partida consecutiva sem marcar - o fato de seu avante Lucarelli ter sido expulso pelo árbitro Gava ainda aos 25' do 1º tempo.
Outro atacante que merece menção honrosa pelo que fez na rodada foi o partenopeo Quagliarella (ao lado perseguido por Almiron - Mosca), autor de uma excelente partida na vitória, obtida in extremis, pelo Napoli sobre o Bari.
Jogando no San Paolo, o Napoli foi superior durante toda a partida, mas, depois de um 1º tempo em que desperdiçou várias oportunidades, viu o brasileiro Barreto abrir o marcador com um sensacional pallonetto mancino (este gol e todos os demais highlights da peleja, assim como entrevista com o uomo partita Quagliarella, podem ser visualizados no vídeo ao final do post), ao que Quagliarella revidou com uma cabeçada certeira 5' depois.
Porém, em mais uma descida de Alvarez pela direita, o Bari voltou a ficar em vantagem com gol do bom zagueiro Ranocchia, que aproveitou rebote em grande defesa de De Sanctis.
Aí, em seguida, o lateral Parisi deixou o Bari com um homem a menos ao levar o segundo cartão amarelo cometendo obstrução em Maggio, que empatou a partida aos 71' em jogada de Quagliarella, que acabou ele mesmo fazendo o gol da vitória azzurra após lançamento de Lavezzi aos 88', antes apenas de Ranocchia cometer uma falta violentíssima no próprio Lavezzi e também receber o vermelho do árbitro Romeo.
Em rodada com várias expulsões (6 ao todo), o cotejo Siena x Catania acabou tendo menos cartões (4) do que gols (5), resultando na vitória do lanterna sobre o vice-lanterna por 3 x 2, tentos de Martinez (C) aos 14', Calaiò (S - mais abaixo o lance - Getty Images) aos 50', novamente Martinez (C) aos 55', Terzi (S) aos 56' e Paolucci (S) aos 62'.
Quem conseguiu fugir um pouco da zona do descenso foi o Bologna, que fez 2 x 1 na Udinese com gols do brasileiro Adailton e do avante Di Vaio, enquanto o cada vez mais capocannoniere Di Natale marcou o tento friulano, pouco para evitar a 7ª derrota bianconera no certame.
Por fim, com o mesmo placar do Renato Dall'Ara o Palermo derrotou o Cagliari no Renzo Barbera (configurando a primeira vitória sob o comando de Delio Rossi), onde marcaram Matri (C), Budan (P) e Kjaer (P).
Com esses resultados a classificação ficou da seguinte forma: 1º Internazionale (35 pts); 2º Milan (31); 3º Juventus (30); 4º Parma (25); 5º Fiorentina (24); 6º Roma (24); 7º Genoa (24); 8º Sampdoria (24); 9º Napoli (23); 10º Cagliari (22); 11º Chievo (21); 12º Bari (21); 13º Palermo (20); 14º Udinese (18); 15º Bologna (16); 16º Lazio (13); 17º Atalanta (12); 18º Livorno (12); 19º Catania (9) e 20º Siena (9).
Já os recordmen della giornata foram esses: Palle recuperate: 1º Bianco (Atalanta) 32; 2º Yepes (Chievo) 30; 3º Bocchetti (Genoa) 29; Passaggi riusciti: 1º Pirlo (Milan) 122 - cada vez mais líder no quesito com esse novo recorde!; 2º Seedorf (Milan) 84; 3º Zambrotta (Milan) 67 (merece registro o fato de que, embora os 3 primeiros da posição em uma rodada serem de uma mesma equipe não seja fato inédito - a Inter teve Vieira, Zanetti e Maicon na 11ª -, os rossoneri Thiago Silva e Ambrosini completam um inacreditável quinteto de primatiste milaniste nesta giornata entre os maiores passadores); Assist: 1º Pellissier (Chievo) 6; 2º Hamsik (Napoli) e Mascara (Catania) 5; Tiri: 1º Quagliarella (Napoli) 9; 2º Di Natale (Udinese) 8; 3º Pato (Milan) 6.

video

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker