Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, dezembro 05, 2009

O Jogo Da TV (Parte II) - Juventus x Internazionale



Il campionato è salvo! Em uma partida franca, troppo fisica (em certos momentos até faltosa mesmo, terminada com 36 infrações anotadas pelo árbitro Saccani, sendo 19 cometidas pela Vecchia Signora), a Juventus venceu a Inter por 2 x 1 neste sábado e diminuiu para 5 pontos a diferença que a separa da capolista, tendo ainda o Milan neste interregno.
Com a bola rolando, ambas as equipes gastaram alguns minutos se estudando, até que aos 5' ocorreu o primeiro lance controvertido da gara, com a Juventus reclamando um pênalti de Muntari em Sissoko, que acabou concluindo sem perigo para defesa de Júlio César.
Com Del Piero formando o ataque ao lado de Amauri, a Juventus efetivamente começou mais incisiva, mas só conseguiu chegar ao gol de maneira um tanto fortuita, aos 20', com a bola enganando Júlio César após cruzamento de Diego, em que Chiellini e Del Piero tentaram a conclusão e a bola ainda sofreu mais um desvio antes de entrar (acima, o lance do gol que abriu o marcador - Reuters).
Em desvantagem no marcador, a Inter, que teve Mourinho expulso logo após o gol juventino, adiantou seu baricentro, mas continuou, assim como a Juventus, explorando principalmente o flanco direito, onde Stankovic e Milito deixavam constantemente Grosso em apuros.
E foi em um cruzamento de Stankovic (ao lado marcando Diego - Getty Images) que Eto'o, esquecido na área pela defesa bianconera, testou no contrapé de Buffon para igualar o marcador aos 26'.
Em uma partida nervosa, o 1º tempo ainda teve no argentino Samuel protagonista, seja reclamando de um pênalti supostamente cometido por Cannavaro, seja derrubando Chiellini na área oposta ou ainda caçando Del Piero em campo.
Com troppo agonismo, na 2ª etapa o ritmo da partida caiu e o jogo caminhava para ficar feio, até que Marchisio resolveu iluminar o Olimpico - chute de Sissoko de média distância, com o rebote de Júlio César sendo aproveitado pelo jovem centrocampista, que, com apenas 3 toques, aproveitou um espaço mínimo para cortar Samuel e tocar por cima de Júlio César - golaço (abaixo o monento da belíssima conclusão - Getty Images) que fez explodir de alegria os tifosi bianconeri!
Dentro Balotelli, fuori Muntari, a Inter saiu em busca de novo empate, mas, sem muita coordenação, viu seus esforços se dissiparem sem qualquer resultado.
No final, se o argentino Samuel não foi expulso, o brasileiro Felipe Melo o foi por uma cotovelada em Balotelli, que acentuou, é verdade, a queda.
Como conseqüência, lamentavelmente, vários jogadores se envolveram em uma confusão que teve seu ápice em uma cabeçada de Chivu em Sissoko, passada despercebida pelo árbitro Saccani.
O tabellino:
Juventus: Buffon; Caceres, Cannavaro, Chiellini, Grosso; Sissoko, Felipe Melo, Marchisio (80' Poulsen), Diego (90' Grygera); Amauri, Del Piero (71' Camoranesi). All. Ferrara.
Inter: Júlio César; Zanetti, Lúcio, Samuel (89' Materazzi), Chivu; Muntari (59' Balotelli), Cambiasso (78' Mancini), Thiago Motta, Stankovic; Milito, Eto'o. All. Mourinho.
Gols: 20' Chiellini, 26' Eto'o, 58' Marchisio.
Árbitro: Saccani.
Cartões amarelos: Felipe Melo, Samuel, Grosso, Amauri e Caceres.
Cartão vermelho: Felipe Melo (além do allenatore Mourinho).
Abaixo, os highlights do clássico.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker