Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, dezembro 05, 2009

O Jogo Da TV (Parte I) - Milan x Sampdoria



Foi, sem qualquer chance de errar, a melhor atuação do Milan targato Leonardo, padrone total no duelo contra a Sampdoria que abriu a 15ª rodada da Serie A 2009/2010 neste sábado.
Jogando no habitual 4-4-2 privilegiando as laterais com as duplas Stankevicius-Padalino na direita e Ziegler-Mannini na esquerda, com Pazzini e Cassano no ataque, a Samp foi totalmente controlada pelo time rossonero, que alcançou incríveis 69,9% de posse de bola segundo o scout da Gazzetta dello Sport (vide http://www.gazzetta.it/tr_xml_sics/2009/HTML/match.html?id_c=1320&id_e=27209&id_p=193723).
Efetivamente, o domínio do Milan foi inconteste desde os primeiros minutos, tanto que aos 2' já estava em vantagem no placar depois que Antonini interceptou um passe de Cassano em seu próprio campo e com extrema velocidade serviu Ronaldinho, que bem aberto pela esquerda cruzou na cabeça de Borriello, que com uma cabeçada certeira fez 1 x 0.
Sem Palombo e com Cassano pouco inspirado, a Sampdoria encontrou muitas dificuldades para criar e o Milan manteve seu domínio, constrangendo a trupe blucerchiata ao seu próprio campo com uma incessante troca de bola, que resultou em 17'40'' de supremazia territoriale rossonera, contra apenas 7'41'' da Samp em todo o jogo.
Mas o Milan não precisou nem da metade dos 90' para definir a partida, chegando ao 2 x 0 aos 21' em bela troca de bolas entre Seedorf e Ronaldinho (acima marcado por Stankevicius - Sampdoria), com a conclusão do holandês (na foto abaixo, à esquerda, contra Cassano - Sampdoria) entrando no ângulo do gol defendido por Castellazzi.
E não deu nem para Cassano & Cia. respirarem, pois aos 23' o gol começou do outro lado, com Zambrotta cruzando da direita para Borriello ajeitar a bola para o brasiliano Pato, que na primeira tentativa esbarrou em Castellazzi, mas no rebote estufou as redes para fazer 3 x 0!
Del Neri, então, sacou o esterno Mannini para inserir o zagueiro Lucchini, enquanto Leonardo, alguns minutos depois, tirou Ronaldinho, que sentiu uma piccola contrattura, poupando o astro brasileiro com vistas ao decisivo confronto contra o Zurich pela Champions League.
Mas, mesmo com o Milan diminuindo o ritmo, as alterações táticas não mudaram o desenrolar da partida, que continuou tendo a squadra rossonera amplamente padrona, com Pato ainda desperdiçando uma ótima oportunidade aos 37', quando concluiu cruzamento de Abate em cima de Accardi.
E a história não mudou também no 2º tempo, com o Milan só não transformando a vitória em goleada porque tirou o pé e esbarrou em um ótimo Castellazzi, que impediu gols de Pato (na foto abaixo marcado por Ziegler - Cebrelli) aos 18' e aos 47', com a Samp só exigindo de Dida uma fácil defesa em tiro (central e de longa distância) de Tissone aos 38' - os números, aliás, são implacáveis - o Milan concluiu 16 vezes na partida, tendo acertado 8 conclusões, enquanto a Sampdoria efetuou apenas 5 chutes durante todo o jogo, sendo apenas 1 na meta.
Portanto, com 5 vitórias consecutivas e uma atuação majestosa, o Milan de Leonardo entrou de vez na corrida pelo scudetto, enquanto a Sampdoria, depois de chegar a liderar a Serie A, começa a ver até a Champions League com alguma dificuldade.
Já o tabellino ficou assim:
Milan: Dida; Zambrotta, Nesta, Thiago Silva, Antonini; Pirlo, Ambrosini (75' Flamini), Seedorf; Pato, Borriello (68' Huntelaar), Ronaldinho (34' Abate). All. Leonardo.
Sampdoria: Castellazzi; Stankevicius, Gastaldello, Accardi, Ziegler; Padalino (52' Semioli), Tissone, Poli, Mannini (25' Lucchini); Pazzini (76' Bellucci), Cassano. All. Del Neri.
Gols: 2' Borriello, 21' Seedorf, 23' Pato.
Árbitro: Rocchi.
Cartões amarelos: Tissone, Lucchini, Seedorf e Stankevicius.
A seguir, os highlights da partida acompanhados de entrevista com Seedorf:

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker