Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, fevereiro 28, 2010

O Jogo Da TV (Parte III) - Juventus x Palermo



Depois de passar 47 anos sem vencer a Juventus em Turim uma única vez sequer, o Palermo resolveu repetir o feito da temporada passada (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2008/10/o-jogo-da-tv-parte-iii-juventus-x.html) e, no posticipo desta 26ª rodada, fez 2 x 0 em pleno Olimpico torinese.
Foi a primeira derrota da Vecchia Signora sob o comando de Zaccheroni - após 6 resultados úteis consecutivos, sendo 4 pela Serie A -, mas o bastante para instaurar nova crise no clube, principalmente porque o time perdeu para um concorrente direto à Champions League jogando bem abaixo da crítica.
Efetivamente, disposta no 4-3-1-2 com a coppia storica Trezeguet (ao lado marcado por Cassani - La Presse) e Del Piero no ataque, a Juventus até teve maior posse de bola na 1ª etapa, mas só conseguiu ser perigosa fortuitamente, como aos 22', quando Candreva tentou um cruzamento e acabou levando perigo para Sirigu, fresco nazionale no posto do lesionado Buffon, substituído na meta juventina por Manninger.
De resto, evidente a dificuldade de Felipe Melo em dominar a cabina de regia e o mau momento de Diego, più fumo che arrosto.
Aí, o Palermo, que ordinato e ben organizzato não se aventurou muito no ataque na etapa inicial, resolveu avançar suas peças e passou a acreditar na repetição do feito da temporada passada.
Jogando no mesmo 4-3-1-2 bianconero, mas com um meio de campo muito mais participativo, com Migliaccio e Nocerino dando cobertura para os sempre certeiros passes de Liverani (que acertou 84,91% dos passaggi que executou) e para a genialidade de Pastore, o Palermo passou a ser mais perigoso que o time comandado por Zaccheroni, forse stanco em razão do compromisso de meio de semana pela Europa League, logo no início do 2º tempo e só não abriu o placar aos 10' porque Manninger foi preciso no tiro de El Flaco Pastore.
Mas o scivolone bianconero não demoraria muito mais, até porque o ex di turno Miccoli (na foto acima marcado por De Ceglie - Ap) começou a fazer das suas e, aos 15', acertou um petardo de fora da área que entrou no ângulo oposto de Manninger, que só pôde cair no chão desolado!
Sem maiores opções no banco e com seus atacantes pouco eficientes (Trezeguet e Del Piero, juntos, concluíram apenas 4 vezes durante o jogo e ... nenhuma delas no gol!), a Juventus passou a apelar para a descida de seus zagueiros, sendo que Cannavaro chegou a marcar (mas o árbitro Valeri anulou o gol em razão de impedimento de Del Piero) e Chiellini arrematou com perigo aos 22'.
Porém, com Liverani bastante solto e Pastore e Miccoli em dia inspirado, o Palermo continuou sendo mais perigoso, especialmente após a entrada de Cavani no posto do seu connazionale Hernandez.
Só que o time rosanero nem precisou contar com a criatividade do seu centrocampo, pois o lateral juventino Grygera (ao lado com Nocerino - La Presse) resolveu dar uma mãozinha, ou melhor, um passe certeiro e colocou o avante Budan (que havia acabo de entrar no lugar de Miccoli) na frente de Manninger, com o croata tendo o trabalho apenas de tirar do arqueiro austríaco para entrar com bola e tudo dentro do gol fazendo Palermo 2 x 0 aos 36'.
Depois disso, digno de nota apenas a entrada de Zebina no posto de Diego ...
E assim ficou o tabellino:
Juventus: Manninger; Grygera, Cannavaro, Chiellini, De Ceglie (80' Grosso); Candreva, Felipe Melo, Sissoko, Diego (89' Zebina); Del Piero (80' Paolucci), Trezeguet. All. Zaccheroni.
Palermo: Sirigu; Cassani, Kjaer, Bovo, Balzaretti; Migliaccio (86' Blasi), Liverani, Nocerino, Pastore; Miccoli (80' Budan), Hernandez (69' Cavani). All. Rossi.
Gols: 60' Miccoli, 81' Budan.
Árbitro: Valeri.
Cartões amarelos: Candreva, Cassani e Sissoko.
Abaixo, os highlights da partida, com o incrível gol do Romario del Salento:

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker