Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

segunda-feira, novembro 02, 2009

Panorama Da Rodada


O campeonato começou até equilibrado e, ainda na 1ª rodada, a atual tetracampeã Internazionale teve um inesperado tropeço (relembre acessando http://calcioseriea.blogspot.com/2009/11/o-jogo-da-tv-parte-iii.html), mas, incrivelmente, termina sua 11ª giornata com a Beneamata na liderança com ... 7 pontos de vantagem sobre as suas mais próximas inseguitrici!
Méritos de uma cada vez mais concreta Inter e da pouca consistência de seus principais contendentes, em especial Juventus e Sampdoria, que não conseguiram sequer vencer neste último final de semana mesmo jogando em seus domínios (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2009/10/o-jogo-da-tv-parte-i-juventus-x-napoli.html e http://calcioseriea.blogspot.com/2009/11/o-jogo-da-tv-parte-iii-sampdoria-x-bari.html).
Assim, enquanto suas principais concorrentes esbarraram nos adversários, a Inter foi até o Armando Picchi e, mesmo preocupada com o confronto contra o Dynamo Kyiv pela Champions League na próxima semana, venceu por 2 x 0.
Com o esloveno Khrin fazendo sua estréia como titular e Mancini rilanciato por Mourinho ao lado de Stankovic dietro a Milito, a Inter até que sofreu contra um prático Livorno no 1º tempo, mas, na 2ª etapa, com Eto'o em campo, muito mais do que uma grande atuação, conquistou os 3 pontos em jogo com gols de Milito (acima contra o croata Knezevic - Getty Images) aos 3' e Maicon, em jogada de alta velocidade, aos 35' (vide os gols desta partida no vídeo ao final do post).
A rodada também foi positiva para Milan, que fez 2 x 0 no Parma (confira em http://calcioseriea.blogspot.com/2009/10/o-jogo-da-tv-parte-ii-milan-x-parma.html), e Fiorentina, que venceu o Catania por 3 x 1.
Aliás, em Florença, não obstante alguns equívocos do árbitro Tagliavento, a partida foi bella e combattuta, com o Catania começando pressionando, mas sofrendo um gol logo aos 4', quando o ex juventino Marchionni recebeu, na direita, um cruzamento vindo do lado oposto do peruano Vargas e disparou um belo diagonale que entrou no canto de Andujar.
Porém, instigados por seu treinador a se apresentarem com grinta, os etnei continuaram criando perigo para o arqueiro Frey e, depois que Dainelli foi expulso no final do 1º tempo, Mascara empatou a partida logo no início da 2ª etapa acertando um tiro de mais de 20 metros.
Aí, pouco depois, foi a vez de Capuano ser expulso, deixando ambas as equipes com apenas 10 homens em campo - o suficiente para a Fiorentina crescer e reestabelecer o controle da partida, pressionando o Catania pelas laterais do campo, especialmente sull'asse formado por Gobbi e Vargas.
Mas, foi pela direita que a Fiorentina voltou a marcar, com De Silvestri e Marchionni trocando passes para mais uma conclusão deste último, que acertou um splendido piatto al volo e colocou a Viola novamente em vantagem.
No final, Gilardino ainda encerrou sem digiuno fazendo 3 x 1.
Ainda em situação delicada na tabela, ao menos a Roma fez as pazes com a vitória ao bater o Bologna por 2 x 1 no Olimpico.
Vindo de 3 derrotas consecutivas, a Lupa Capitolina ainda saiu em desvantagem no marcador, com o brasileiro Adailton abrindo o marcador para os emiliani sem maiores dificuldades depois que servido por Di Vaio (na foto acima, à esquerda, contra o zagueiro Juan - Getty Images) em um contropiede micidiale.
Porém, a resposta romanista foi quase imediata e 3' depois (aos 35') o montenegrino Vucinic, muito contestado antes da partida, empatou aproveitando de uma confusão na área rossoblù, realizando seu primeiro gol no campeonato.
No 2º tempo, após uma conclusão de Menez, Perrotta pegou o rebote e concretizou a virada giallorossa, que não teve maiores problemas para controlar o Bologna, pouco concreto mesmo após as entradas de Marazzina e Osvaldo.
Já a outra agremiação da capital, a Lazio, continuou sem vencer (completou a 9ª rodada sem vitórias) ao ficar no 1 x 1 com o lanterna Siena no Artemio Franchi Montepaschi Arena - na partida, que marcou a estréia do antigo zagueiro Baroni (campeão italiano com o Napoli na temporada 1989/1990) como técnico do time bianconero, o árbitro Pierpaoli expulsou o goleiro laziale Muslera, mas depois voltou atrás após consultar o assistente Galloni, enquanto Mauri e Maccarone marcaram os gols do embate.
Quem venceu - e bem - foi o Cagliari, que, em sua 1000ª partida na Serie A, fez 3 x 0 na Atalanta ainda no 1º tempo, com uma doppietta do brasileiro Nenê e tento de Matri, cobrando pênalti de Peluso em Lazzari.
Em Verona, Chievo e Udinese ficaram em um 1 x 1 sem grandes emoções, com Floro Flores e Yepes (acima marcando o chileno Sanchez - Getty Images) anotando os gols.
Por fim, na Sicília, Palermo e Genoa ficaram no 0 x 0 (vide, para maiores informações, http://calcioseriea.blogspot.com/2009/11/o-jogo-da-tv-parte-iv-palermo-x-genoa.html).
Com os resultados, a classificação da Serie A está assim: 1º Internazionale (28 pts); 2º Juventus (21); 3º Sampdoria (21); 4º Milan (19); 5º Fiorentina (18); 6º Napoli (17); 7º Genoa (17); 8º Parma (17); 9º Cagliari (16); 10º Palermo (16); 11º Bari (15); 12º Chievo (15); 13º Udinese (15); 14º Roma (14); 15º Lazio (11); 16º Atalanta (9); 17º Bologna (9); 18º Livorno (9); 19º Catania (7) e 20º Siena (6).
Já os recordmen della giornata foram os seguintes: Palle recuperate: 1º Peluso (Atalanta) e Talamonti (Atalanta) 31; 3º Astori (Cagliari) e Zapata (Udinese) 30; Passaggi riusciti: 1º Vieira (Inter) 80; 2º Zanetti (Inter) 75; 3º Maicon (Inter) 64; Assist: 1º Pizarro (Roma) 7; 2º Galloppa (Parma) 5; 3º Ronaldinho (Milan) 4; Tiri: 1º Vucinic (Roma) 5; 2º Bojinov (Parma), Candreva (Livorno), Cassano (Sampdoria), Denis (Napoli), Mannini (Sampdoria) e Marchionni (Fiorentina) 4.

video

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker