Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, dezembro 20, 2008

O Jogo Da TV (Parte I) - Siena x Internazionale



E a Inter capolista chegou a 8 vitórias seguidas, abrindo + 9 da Juventus, que visita a Atalanta em Bergamo amanhã.
Mas, contra o Siena na Toscana, o sucesso da Inter foi tudo, menos fácil, a ponto de seu treinador José Mourinho ter declarado, após o jogo que "non meritavamo di vincere, non tanto per il gol in fuorigioco di Maicon ma perché il Siena ci ha messo in difficoltà. Tra l'altro ce n'era anche uno sbagliato per noi su Crespo e quello sarebbe stato un gol per noi, legale. Ma non abbiamo meritato perchè il Siena ha giocato molto molto bene. Con un pressing intenso, gran controllo della profondità. Ci hanno pressati, e poi partivano in contropiede. E anche dopo il 2-1 sono stati pericolosi. Complimenti a Giampaolo. Non hanno meritato di perdere la partita".
Efetivamente, disposto no 4-3-1-2 com um centrocampo em diagonal e laterais bastante ofensivos (Zuñiga pela direita e Del Grosso pela esquerda), o Siena, que promoveu a estréia do jovem defensor português Gonçalo Brandão (ao lado com o difícil cômputo de marcar Ibrahimovic - Reuters), esteve sempre vivo na partida e foi até mais contundente na 1ª etapa, quando o avante Frick logo desperdiçou uma boa chance (que pode ser assistido nos highlights ao final do post, juntamente com entrevista com Cambiasso).
Curiosamente, o atacante natural do pequeno Liechtenstein ainda foi peça crucial no gol da vantagem nerazzurra, ao não cortar o escanteio cobrado por Balotelli (figura praticamente nulta no scratch interista) e completado por Maicon, que irrompeu com grande oportunismo dentro da pequena área.
Mas a vantagem da Inter resultante do primeiro gol sofrido pelo Siena em casa desde agosto não fazia justiça ao que visto dentro do gramado e, antes do intervalo, o bom marroquino Kharja antecipou Maxwell em um cruzamento preciso de Del Grosso e empatou a partida (acima - Reuters).
No 2º tempo, com Crespo e Figo nos lugares dos inócuos Balotelli e Jimenez (apenas 14 toques na bola!), a Inter melhorou e com ela a partida, que passou a ser disputada em ritmo muito alto por ambos os lados.
O jogo ficou aberto, com Ibrahimovic acertando o travessão aos 13' e Maccarone (que entrou no lugar de Frick) tendo grande oportunida aos 31', mas Big Mac acabou chutando por cima na chegada de Cordoba.
Aí, em uma partida così, o lance que a decidiu foi irregular: Maxwell interceptou um chute de longuíssima distância de Cordoba na entrada da área e passou para seu compatriota Maicon, que estava em posição irregular mas avançou até que, na saída de Curci, tocou por cima do goleiro bianconero (ao lado - Reuters).
Prejudicado? Sim. Morto? Não. O Siena ainda partiu para cima e Júlio César e Maxwell tiveram que se virar para impedir nova parità, que teria melhor refletido o que foi o jogo.
De qualquer maneira, eis o tabellino de mais uma vitória nerazzurra:
Siena: Curci; Zuñiga (89' Calaiò), Brandão, Portanova, Del Grosso; Vergassola, Codrea, Galloppa, Kharja; Ghezzal, Frick (76' Maccarone). All. Giampaolo.
Inter: Júlio César; Maicon, Cordoba, Samuel, Maxwell; Zanetti, Cambiasso, Muntari (73' Quaresma), Jimenez (55' Figo); Balotelli (55' Crespo), Ibrahimovic. All. Mourinho.
Gols: 34' Maicon, 44' Kharja, 83' Maicon.
Árbitro: De Marco.
Cartões amarelos: Balottelli, Vergassola, Kharja, Samuel, Maicon e Portanova.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker