Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

terça-feira, fevereiro 19, 2008

Momento Panini - Christian Maggio


Aos 26 anos recém completados (nasceu em Montecchio Maggiore em 11 de fevereiro de 1982), Christian Maggio vive a melhor fase de sua carreira, sendo um dos mais apreciados alas da atual Serie A, estando cotado para ser chamado por Donadoni para a Azzurra.
Maggio, apelidado de Quattro Stagioni por sua versatilidade, cresceu calcisticamente no Vicenza, onde estreou na squadra principale em 1º de outubro de 2000, na derrota de 2 x 0 para o Milan logo na 1ª giornata do campeonato 2000/2001, entrando no lugar de Maurizio Rossi na 2ª etapa.
Naquele Vicenza, cujo ataque era composto pelos jovens Kallon e Toni, Maggio (à direita a figurinha do álbum 2000/2001) fez outras 5 partidas, aparecendo como uma das boas revelações do campeonato e confirmando as expectativas pelas suas várias passagens pelos selecionados italianos de base (Maggio conta dezenas de presenças com as U18 e U21).
Na temporada seguinte, com o rebaixamento da equipe biancorossa, Maggio teve condições de atuar mais e participou de 27 partidas na Serie B, mas, em 2002/2003, por causa de uma grave contusão, apareceu em apenas 5 jogos durante toda a temporada.
Porém, suas qualidades já tinham sido notadas pelos dirigentes da Fiorentina, que o contrataram para o campeonato 2003/2004.
Centrocampista esterno muito veloz e bom no duelo homem-a-homem, Maggio logo conquistou um posto de titular no 11 viola que conseguiu a promoção à Serie A, somando 40 partidas e 1 gol na campanha vitoriosa da Fiorentina.
Em seu retorno à principal divisão do Calcio a Fiorentina não foi nada bem e escapou do rebaixamento apenas na última rodada, quando bateu o Brescia por 3 x 0 e superou o próprio time lombardo na classifica finale - com Maggio indo ainda pior: apenas 13 presenças e ficando de fora até do banco nas últimas rodadas.
No campeonato seguinte a Fiorentina foi muito melhor (terminando em 9º apesar da penalização de 30 pontos aplicada pelo Giudizio Sportivo), mas Maggio continuou pouquíssimo utilizado no plantel viola e, depois de apenas 3 presenças na 1ª parte do campeonato, foi emprestado ao Treviso, que amargou a última colocação desde o início (a equipe biancoceleste marcou seu 1º ponto apenas na 6ª rodada e obteve a 1ª vitória na 9ª, tendo sido matematicamente rebaixada com 5 rodadas de antecedência) e onde Maggio também não conseguiu maior destaque.
Quando tudo indicava que Maggio seria mais uma daquelas promessas que não vingariam e a Fiorentina não tinha mais planos para o biondo centrocampista di fascia, eis que a Sampdoria apareceu e obteve o prestito con diritto di riscatto do jogador.
E aí começou a redenção de Quattro Stagioni, logo titularizado na ala direita do time blucerchiato.
Agora, depois de uma temporada em alto nível, Maggio vem mantendo o elevado rendimento (a figurinha do alto à esquerda é da atual temporada), a ponto de ter marcado o gol que decidiu o último Derby della Lanterna, se destacando como uma das mais importantes peças da boa Sampdoria de Mazzarri e uma válida alternativa a Camoranesi na Azzurra.

Marcadores:

Na Última Vez ...

2 Comments:

At 9:07 PM, Blogger Lady Cyntia said...

Adorei esse Momento Panini. Desconhecia que Maggio vem da terra que dizem ser a casa de Romeu e Julieta, Montecchio.
Ele me impressiona pelo que você descreve como duelo homem-a-homem. Além de ser um jogador aguerrido. Olha, no fim, Maggio acabou sendo o melhor 'acquisto' da Sampdoria nesta temporada, visto que o clube comprou a outra metade do passe dele.

Abraços e obrigada pela homenagem ao 'doriano' Maggio!

 
At 12:31 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

Cyntia,
Que bom que você aprovou! Ademais, concordo plenamente com você, Maggio tem se mostrado um excelente 'acquisto'.
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker