Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

quinta-feira, maio 24, 2007

Memorabilia - Hateley

Figlio d'arte, o inglês Mark Hateley apareceu para o futebol europeu no Campeonato Sub 21 do continente disputado de 1982 a 1984, quando a Inglaterra sagrou-se bicampeã da categoria com 6 gols do atacante de 1,88 m.
As grandes atuações do aríete inglês atraíram a atenção do presidente-agricoltore do Milan Giuseppe Farina, que contratou o centravanti do Portsmouth (com o qual havia realizado 22 tentos em 38 jogos), não obstante a perplexidade dos torcedores rossoneri, que tinham assistido aos fracassos dos também britânicos Joe Jordan e Luther Blisset nos anos anteriores.
Para completar, foi dispensado o belga Eric Gerets e para seu lugar contratado o também inglês Ray Wilkins.
O time rubro-negro de Milão não era a potência que é hoje, vinha de duas temporadas não consecutivas na Serie B, mas começava a formar a equipe que seria conhecida como o Il Milan degli Immortali - Evani, Filippo Galli, Franco Baresi, Tassotti, Virdis e um imberbe Maldini já estavam no time - e terminou a temporada 1984/1985 da Serie A na 5ª colocação, tendo Hateley participado de 21 partidas e realizado 7 gols (Virdis foi o artilheiro da equipe com 9).
Nesta época, Hateley (foto acima à direita - Herringshaw) já era titular do English Team (no total, disputou 32 partidas e realizou 9 gols com o selecionado inglês, tendo participado ainda da Copa do Mundo de 1986) e conquistou o público rossonero quando anotou o gol que decidiu o Derby disputado contra a Inter em 28 de outubro de 1984, subindo mais de meio metro que o traditore Fulvio Collovati (que havia deixado o Milan para fugir da Serie B) para vencer Zenga (foto da esquerda - Gazzetta dello Sport).
Apelidado de Attila em razão de um filme da época, Hateley foi o artilheiro milanista na temporada seguinte com 8 gols (a foto abaixo é do jogo contra a Fiorentina disputado em 19 de janeiro de 1986 - Zucchi), mas sua dupla de ataque com um decadente Paolo Rossi não funcionou a contento, tanto que o Milan amargou uma modesta 7ª colocação no campeonato italiano.
Na stagione em que Pietro Paolo Virdis foi consagrado capocannoniere do Calcio com 17 reti (1986/1987), Mark Hateley se despediu do Milan e da Itália realizando apenas 2 gols em 23 partidas, não sem antes polemizar com o novo presidente milanista: "Una volta a Milanello, Berlusconi ci confessò uno per uno. Io era giovane, ma figlio de un calciatore, e ne sapevo abbastanza per comprendere che quell'uomo di football capiva poco. Voleva fare l'allenatore, voleva fare tutto. Si portò Van Basten, non mi lasciò andare alla Roma".
Hateley prossegiu sua carreira no Monaco, da França, onde passou outras 3 temporadas antes de ir para o Glasgow Rangers, da Escócia, clube no qual viveu sua melhor época, realizando 85 gols em 165 partidas - nestas 4 temporadas, outrossim, foi igual número de vezes campeão escocês.
Posteriormente, Attila peregrinou por alguns clubes ingleses e jogou até o ano de 2000, quando encerrou sua carreira aos 39 anos no Ross County.
Atualmente, Mark Hateley comenta as partidas do campeonato escocês para o canal Setanta Sports Tv e para o Daily Record.

Na Última Vez ...

2 Comments:

At 2:07 PM, Anonymous Gílson said...

Sensacional! Parabéns pelo blog e pelo texto sobre o inglês. Conta um amigo meu que no já longínquo ano de 1984 um observador do Milan veio ao Brasil conferir a performance do Renato, que na época ainda não era Gaúcho, em uma partida amistosa contra a Inglaterra e fechar o negócio. Pois bem, ele não jogou nada, a Inglaterra venceu - sim, venceu o Brasil do Edu Coimbra no Maracanã! - por 2 x 0 e o Milan acabou fechando com o Hateley. Anos depois o Renato apareceria, mas jogando pela Roma.

 
At 9:17 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Gílson,
Muito obrigado! Não sabia do interesse do Milan em Renato, mas lembro bem desta vitória inglesa no Maracanã! Efetivamente, o 'Attila' fez um dos gols ingleses, o outro foi do mítico Barnes, aliás, um golaço!
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker