Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

segunda-feira, novembro 20, 2006

Panorama Da Rodada


Poucos gols só no sábado, quando Empoli e Milan ficaram no 0 x 0 e o Cagliari bateu o até então líder Palermo pela contagem mínima - 1 x 0.
Já os jogos que completaram a 12ª rodada da temporada 2006/2007 no domingo foram repletos de gols - 26!
Além de Roma 7 x 0 Catania (http://calcioseriea.blogspot.com/2006/11/o-jogo-da-tv-parte-ii-roma-x-catania.html), completaram a rodada: Ascoli 1 x 1 Fiorentina; Chievo 2 x 2 Atalanta; Internazionale 1 x 0 Reggina; Livorno 3 x 0 Parma; Messina 1 x 4 Lazio; Torino 1 x 0 Sampdoria e Udinese 3 x 0 Siena.
Se os destaques da rodada foram as vitórias dos times de Roma, as decepções foram, sem qualquer dúvida, os times de Milão.
O Milan, jogando no Carlo Castellani de Empoli (abaixo, Kaká disputa a bola com Raggi - Omega), fez um jogo sem gols com o time da casa. É verdade que Ricardo Oliveira, escalado no ataque com Gilardino, acertou uma bola na trave e outra no travessão, mas apenas 1 ponto conquistado em 4 partidas evidencia que os problemas do Milan persistem.
Outrossim, merece destaque a escalação do setor defensivo proposto por Ancelotti para a partida: Cafu, Costacurta, Maldini e Jankulovski (da direita para a esquerda), totalizando 143 anos! De qualquer maneira, em verdade, a defesa do Milan não foi muito exigida e o time de Via Turati mereceria se tivesse conquistados os três pontos...
Já a Internazionale até que começou bem contra a Reggina, com Crespo abrindo o placar logo aos 4'. Porém, o que se viu depois foi um domínio do time de Reggio Calabria, que teve seu gol negado, ora por mérito de Júlio César (ao menos duas defesas importantes), ora pela trave (a Reggina ainda teve um gol legitimamente anulado e um pênalti reclamado!).
O fato negativo (para a Inter) foi a contusão sofrida pelo seu atual homem-gol, o argentino Julio Cruz, que só deverá voltar aos gramados no ano que vem, enquanto foi positivo o retorno de Adriano aos campos, exatamente substituindo Cruz, logo no início do 2º tempo.
Se não mereceu a vitória (foi a pior apresentação do time no San Siro nesta temporada), ao menos a Inter vai passar a semana como líder isolada do Calcio e alcançou a marca de 5 vitórias consecutivas na Serie A.
No jogo realizado em Ascoli Piceno a Fiorentina quase conseguiu derrotar, com o retorno de Luca Toni (que marcou o gol do time de Florença), o time da casa. Porém, o Ascoli, motivado com a estréia de seu novo treinador - o veterano Nedo Sonetti -, foi uma equipe totalmente diferente da que invariavelmente derrotada nas 3 rodadas anteriores e conseguiu um merecido empate com gol de Bjelanovic, realizado apenas 3' antes dos 90' regulamentares.
Já o péssimo Chievo esteve perto de sua 1ª vitória no torneio, tendo feito 2 x 0 sobre o Atalanta (gols de Zanchetta e Pelissier), mas permitiu o empate do bom time de Bergamo através de Zampagna e do zagueiro artilheiro Loria. Aliás, a equipe treinada por Colantuono está se especializando em reverter placares adversos, já que conseguiu recuperar um 0 x 2 frente a Sampdoria (partida na qual obteve a virada para 3 x 2) e um 1 x 3 com o Cagliari (terminado 3 x 3) anteriormente nesta mesma temporada.
O Livorno conseguiu uma fácil vitória (3 x 0) sobre o Parma, que sofreu com a contusão do fantasista Morfeo (aos 20' do 1º tempo) e a expulsão do atacante Budan (aos 8' do 2º tempo). Destaque para o fato da diferença de idade dos jogadores que formaram a dupla de zaga do Parma (Couto e Rossi) ser de 18 anos, já que o português está com 37 anos, enquanto o italiano (que tem como prenome Marco) apenas 19.
A Lazio atropelou o Messina, mesmo jogando no San Filippo. Mauri (duas vezes), Pandev e Makinwa anotaram os gols da equipe celeste, enquanto o artilheiro Riganò fez o gol solitário do time treinado pelo ex-atacante e ídolo laziale Giordano, chegando assim a 9 gols e se mantendo na ponta da tabela dos artilheiros de forma isolada.
Depois de 3 derrotas consecutivas, com um Iaquinta inspirado, a Udinese superou o Siena por 3 x 0, com 2 gols do atacante tetracampeão e 1 do ganês Asamoah. Destaque para o fato de ambas as equipes terem sofrido verdadeiras revoluções promovidas por seus treinadores em comparação com as escalações da rodada anterior - a Udinese em razão de contusões e suspensões; o Siena por razões técnico e táticas.
Por fim (e finalmente!), o Torino venceu a Sampdoria por 1 x 0 no jogo da noite na Itália, gol do jovem Rosina (cobrando pênalti). E foi um Torino com espírito do Toro - não belo, mas motivado e aguerrido.
Após 12 rodadas, eis a classificação do italiano: 1º Internazionale (30 pts); 2º Palermo (27); 3º Roma (26); 4º Livorno (19); 5º Atalanta (17); 6º Empoli (16); 7º Udinese (16); 8º Siena (16); 9º Catania (16); 10º Lazio (15); 11º Cagliari (14); 12º Messina (14); 13º Sampdoria (13); 14º Torino (11); 15º Milan (8); 16º Parma (8); 17º Ascoli (5); 18º Fiorentina (4); 19º Chievo (4) e 20º Reggina (0).

Na Última Vez ...

4 Comments:

At 6:09 PM, Anonymous Anônimo said...

Rodolfo,

A expulsão do jogador do Catania foi correta? Até agora não vi o lance, apenas os gols. Ficar com 10 antes de 15 minutos de jogo é um grtande passo para uma goleada...

Schneider

 
At 7:44 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Schina,
Particularmente, achei exagerada a providência do árbitro - acredito que era merecedora apenas do cartão amarelo. De qualquer maneira, ocorreu mesmo a cotovelada e o árbitro interpretou que era lance de expulsão. Em suma, apesar de considerá-la exagerada, não foi absurda.
E mais uma vez, obrigado pela participação.
Abraços,

 
At 2:47 PM, Anonymous Hugo da Mota Miranda Moreira said...

Parabens Rodolfo o seu blog e 10, e o Milan com essa defesa dos anos 90 não vai muito longe no Calcio.

 
At 4:15 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Prezado Hugo,
Muito obrigado pela visita e pelo elogio. Realmente, a defesa do Milan precisa passar por rejuvenescimento.
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker