Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, abril 18, 2009

O Jogo Da TV (Parte II) - Juventus x Internazionale



No final de uma partida nervosa, disputada com grande agonismo, a Juventus foi buscar, de forma heróica, o empate nos acréscimos e, se viu a capolista Internazionale dar mais um largo passo rumo ao inédito tetracampeonato, ao menos impediu que a festa ocorresse em Turim mesmo.
Com a Juventus disposta no tradicional 4-4-2 com Marchionni e Nedved esterni e Iaquinta e Del Piero na frente e a Inter em um pouco usual (para Mourinho) 4-1-4-1, com Figo (ao lado contra Poulsen - Reuters), Stankovic, Muntari e Balotelli a suporte do solito ex Ibrahimovic, a partida começou muito truncada, marcada por duelos eminentemente físicos.
Neste panorama, le occasioni latitano e o primeiro lance digno de nota só ocorreu aos 10', quando Balotelli entrou pela direita (após falha de Chiellini) e, cara-a-cara com Buffon, concluiu por baixo do goleiro bianconero, que conseguiu diminuir a velocidade da bola que, porém, continuou rumo ao gol juventino até que o português Tiago, em um último esforço, conseguiu, com um carrinho, evitar a vantagem nerazzurra.
Em um 1º tempo pouco interessante em termos técnicos (mas jogado em ritmo bastante elevado), chances mesmo só quando os habilidosos Del Piero e Ibrahimovic criaram para Marchionni e Figo terem suas ações destruídas pelos extraordinários portieri Júlio César e Buffon, provavelmente os dois melhores representantes da posição na atualidade em todo o mundo!
Veio o 2º tempo e com ele a Inter passou a um mais propositivo 4-3-3 com o avanço dos externos Figo e Balotelli, tomando para si as principais iniciativas.
E sob um ritmo mais cadenciado, o giovane azzurrino (ao lado contra Legrottaglie e Grygera - Ap) colocou a Inter em vantagem aproveitando um contra-ataque de manual: o lance começou logo acima da área nerazzurra e passou pelos pés de Stankovic, Muntari, Ibrahimovic, novamente Stankovic, Ibrahimovic (na única ocasião em que a bola recebeu mais de um toque antes de trocar de pés) e Muntari, que em grande velocidade cruzou para Balotelli concluir, com grande frieza, na saída de Buffon.
A Juve, então, partiu imediatamente em busca do pareggio, mas em sua melhor chance Marchionni mais uma vez adiantou um pouco a bola e permitiu a defesa de Júlio César (ao lado - La Presse).
Aí, Ranieri trocou o ágil ala pelo atacante Trezeguet, passando a Juve ao 4-3-1-2, mas tudo pareceu ruir no minuto seguinte (aos 30'), quando Tiago deu duas entradas faltas violentas em seqüência e recebeu o cartão vermelho direto.
Com um homem a mais em campo, a Beneamata passou a controlar inteiramente a partida e teve, pelo menos, duas boas oportunidades de ampliar a vantagem, sendo a derradeira com o uomo Juve Cruz, que substituiu Figo nos minutos finais.
E, quando parecia que a benzina bianconera já havia terminado, eis que em pleno recupero il nuovo entrato Giovinco cobrou um escanteio na cabeça de Grygera, que subiu sozinho para empatar a partida (ao lado - Reuters), dando números finais a mais um Derby d'Italia.
O tabellino:
Juventus: Buffon; Grygera, Legrottaglie, Chiellini, Molinaro (63' De Ceglie); Marchionni (74' Trezeguet), Tiago, Poulsen, Nedved; Iaquinta, Del Piero (80' Giovinco). All. Ranieri.
Inter: Júlio César; J. Zanetti, Cordoba, Samuel, Chivu; Cambiasso, Figo (87' Cruz), Stankovic, Muntari (76' Burdisso), Balotelli (76' Vieira); Ibrahimovic. All. Mourinho.
Gols: 64' Balotelli, 91' Grygera (que podem ser visualizados, juntamente com os melhores momentos da partida, nos highlights ao final do post).
Árbitro: Farina.
Cartões amarelos: Figo, Legrottaglie, Poulsen e Balotelli.
Cartão vermelho: Tiago.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker