Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, novembro 30, 2008

O Jogo Da TV (Parte III) - Palermo x Milan



Depois de um 1º tempo bastante disputado, mas sem gols, o melhor Palermo da temporada atropelou o Milan - que demorou a acordar - por 3 x 1, interrompendo a série invicta rossonera que durava desde setembro, iniciada na 3ª giornata.
Diante de quase 34.000 spettatori, Ballardini lançou o Palermo no 4-3-1-2 com Liverani como regista e Simplício alle spalle dos velozes Cavani e Miccoli (abaixo - Gentile), enquanto Ancelotti respondeu com o 4-3-2-1 com Zambrotta e Jankulovski como laterais, mas, principalmente, sem Gattuso e Kaká, ambos suspensos.
O jogo começou em ritmo elevado, com o time rosanero muito incisivo, enquanto o Milan, embora também tenha levado perigo ao gol defendido por Amelia, encontrava dificuldade para aplicar seu pressing, já que seu centrocampo não conseguia ler a partida com a rapidez necessária e Pato aparecia muito isolado na frente.
Mas, foi o jovem brasiliano que teve a 1ª grande chance da partida aos 17', exigindo grande defesa do portiere palermitano em jogada de muito oportunismo.
A resposta do Palermo foi imediata, com Abbiati deviando in angolo duas conclusões potentes de Miccoli aos 18' e aos 21', tendo ainda Ambrosini desviado, de cabeça, uma botta sicura de Bresciano aos 19'.
Aí, aos 25' ocorreu o lance que poderia ter mudado a história da partida: lançado milimetricamente por Pirlo, Pato foi derrubado por Amelia no limite da área - pênalti que Ronaldinho cobrou e ... Amelia defendeu (foto à esquerda - Palazzotto)!
O episódio inflamou o Palermo, que passou a pressionar intensamente o Milan, que ainda teve que trocar Pato, lesionado, por Inzaghi.
Ainda assim, l'ultimo squillo do 1º tempo foi milanista, com Ronaldinho cobrando falta no travessão (esse e os outros grandes momentos da partida podem ser vistos nos highlights ao final do post, que ainda traz entrevista com Miccoli).
O 2º tempo começou com o mesmo pressing sufocante do Palermo, só que com mais eficiência - e logo aos 5' o Romario del Salento colocou alla sinistra de Abbiati de fora da área para abrir o marcador.
Ancelotti lançou mão de Shevchenko e Emerson nos postos de Ambrosini e Flamini (passando para o 4-3-1-2), mas o time rosanero continuou melhor e ampliou aos 15', quando Cavani aproveitou uma verticalização de Liverani para fazer 2 x 0 de cabeça.
O Milan continuou atordoado, atacando com pouca lucidez, e o time de Ballardini foi implacável, chegando ao 3 x 0 com o brasileiro Fábio Simplício, que concluiu de cabeça (ao lado - Afp) cruzamento preciso de Balzaretti.
Só aí o Milan acordou, com Ronaldinho fazendo grande jogada individual (tendo enfrentado, sozinho, 4 adversários!) e sofrendo novo pênalti aos 37', desta vez convertido com a habitual categoria.
Partita finita? Sim, mas só porque um strepitoso Amelia não perdeu a concentração até o apito final do árbitro Rocchi.
O tabellino do k.o. rossonero que deixou os cugini nerazzurri com 6 pontos de dianteira:
Palermo: Amelia: Cassani, Carrozzieri, Bovo, Balzaretti; Nocerino, Liverani, Bresciano, Fábio Simplício (91' Guana); Cavani (94' Succi), Miccoli (91' Kjaer). All. Ballardini.
Milan: Abbiati; Zambrotta, Bonera, Maldini, Jankulovski; Flamini (56' Emerson), Pirlo, Ambrosini (56' Shevchenko), Seedorf, Ronaldinho; Pato (29' Inzaghi). All. Ancelotti.
Gols: 50' Miccoli, 60' Cavani, 80' Fábio Simplício, 83' Ronaldinho (pênalti).
Árbitro: Rocchi.
Cartões amarelos: Amelia, Bovo, Miccoli, Emerson e Carrozzieri.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

2 Comments:

At 10:59 PM, Blogger Cyntia said...

Ah! Milan...

 
At 11:08 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Cyntia,
Pois é, sem Kaká e Gattuso...
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker