Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, novembro 22, 2008

Match Clou - 13ª Rodada 2008/2009



O 'Match Clou' desta semana é especialíssimo, afinal, Internazionale x Juventus é a sfida mais tradicional da Serie A, a ponto de ter sido apelidada de Derby d'Italia pelo mítico jornalista Gianni Brera.
É verdade que em 1967, quando Brera cunhou a alcunha, a Inter tinha mais títulos italianos que o Milan e a Juventus ainda não havia passado pelo purgatório da Serie B, mas o confronto, tantos anos depois, continua sendo o mais vezes disputado na máxima divisão do futebol italiano.
Para esta 76ª edição em Milão, o allenatore nerazzurro Mourinho convocou todos os jogadores disponíveis do plantel, inclusive L'Imperatore Adriano, que não vinha sendo aproveitado.
Independentemente das peças, Special One parece intencionado a dispor a equipe no 4-3-1-2, com Materazzi (à direita - Inter) no posto do squalificato Cordoba e arretrando o capitano Javier Zanetti à lateral esquerda, deixando o brasileiro Maxwell no banco e confirmando Júlio César, Maicon e Samuel em seus postos.
No meio de campo, se o riquíssimo plantel nerazzurro já não é pródigo em opções, sem Figo e Jimenez, Mourinho deverá lançar Vieira, Cambiasso e Muntari (abaixo - Inter) em linha, com Stankovic dietro ao duo Ibrahimovic-Cruz, que deverão formar o ataque.
Se o gol estiver demorando para sair, aí não tem problema: Quaresma, Mancini, Balotelli e Adriano devem ficar no banco!
Na Juventus, com a lista de lesionados é quase possível formar uma equipe inteira: Buffon, Zebina, Andrade, Knezevic, Poulsen, Cristiano Zanetti, Salihamidzic e Trezeguet.
Mas ainda assim Ranieri tem material humano para formar um time muito competitivo, que deverá ir a campo no 4-4-2 com: Manninger; Grygera, Legrottaglie, Chiellini e Molinaro; Sissoko, Tiago, Camoranesi e Nedved (mais abaixo - Blair); Del Piero e Amauri.
Aliás, embora a Inter leve vantagem no bilancio dei precedenti, com 32 vitórias, 24 empates e 19 derrotas, nas últimas duas temporadas a Juventus saiu vitoriosa do Giuseppe Meazza (que estará, mais uma vez, esaurito para a partida deste sábado), em ambas as ocasiões por 2 x 1.
A do dia 22 de março último (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2008/03/o-jogo-da-tv-parte-ii-internazionale-x.html), inclusive, foi a única derrota da Inter em casa na temporada passada.
Naquela ocasião, Camoranesi e Trezeguet marcaram para a Vecchia Signora, enquanto o português Maniche descontou para a Beneamata.
Já na temporada 2005/2006 (lembrando que a Juventus disputou a Serie B na stagione 2006/2007), Ibrahimovic (ainda bianconero) e Del Piero anotaram os gols juventini, enquanto Samuel fez o interista.
A última vitória da Inter remonta a temporada 2003/2004, quando Martins, Vieri e Stankovic fizeram para a Inter e Kily Gonzalez (contra) e Di Vaio para a Juventus.
No interregno, em 28 de novembro de 2004, pela temporada 2004/2005, empate em 2 x 2, gols de Zalayeta (J), Ibrahimovic (J), Vieri (I) e Adriano (I), este último aos 86'!
Sandrino Mazzola, com 15 presenças entre 1962 (vitória nerazzurra por 1 x 0, gol do brasileiro Jair) e 1977 (sucesso bianconero por 2 x 0, tentos de Gori e Tardelli), é o recordista de aparições no confronto, enquanto Meazza, que marcou 7 gols na década de 1930, é o cannoniere principe do embate.
Nesta semana, o periódico Gazzetta dello Sport teve a brilhante iniciativa de eleger uma InterJuventus, uma formazione composta por jogadores que defenderam tanto a Inter quanto a Juve, excluídos aqueles que poderão estar em campo hoje. Ficou assim: Peruzzi; Burgnich, Fabio Cannavaro, Luigi Allemandi e Luigi De Agostini; Tardelli, Brady e Roberto Baggio; Causio, Boninsegna e Aldo Serena, com Trapattoni na panchina.
Aliás, alguns desses protagonistas podem ser conferidos no vídeo abaixo, que traz os melhores momentos e entrevistas do sucesso da Juventus na temporada 1983/1984.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

4 Comments:

At 10:40 PM, Blogger JP said...

Rodolfo, parabéns pela escolha do vídeo, está bastante interessante. Realmente aquela Juventus da primeira metade da década de 80 era fortíssima. O lance do 2º golo 'bianconero' é de enorme qualidade.
Abraços

 
At 12:34 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Era mesmo uma Juve fantástica, comandada por Platini mas composta por outros fora-de-séries como Boniek e os italianos Scirea, Cabrini, Tardelli e Rossi.
Agora, você reparou que o Rummenigge aparenta já entender o italiano, vez que ele faz uso dos serviços do intérprete apenas para responder?
Abraços,

 
At 11:42 PM, Blogger JP said...

É verdade Rodolfo, uma equipa estrondosa mesmo! Não foi por acaso que venceram tudo o que havia para ganhar nessa altura...
Reparei também nos guarda-redes, já eram Tacconi e Zenga! Não sabia que Zenga começou tão cedo no Inter...
Pois foi, também notei isso no Rummenigge, e salvo erro foi nesse ano de 84 que ele chegou a Milão...
Abraços

 
At 12:17 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Incrível! Ontem, ao assistir o vídeo mais uma vez, tive essa mesma impressão - Tacconi e Zenga já nas metas de Juve e Inter...
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker