Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, novembro 16, 2008

O Jogo Da TV (Parte III) - Roma x Lazio



Será o marco da virada? Afinal, depois de um início de stagione desastroso, a Roma venceu o poderoso Chelsea pela Champions League e, agora, na semana seguinte, superou sua rivalíssima Lazio - que chegou com uma vantagem de 14 pontos na tabela de classificação - no sempre aguardado Derby Capitolino.
Antes da bola rolar, a pressão era toda sobre a Roma, que não vencia há 5 rodadas na Serie A, enquanto a Lazio vinha de 3 vitórias consecutivas e ocupava uma ótima 4ª posição no campeonato italiano.
Aliás, desde 2005 no comando da Roma, o técnico Spalletti nunca foi tão contestado quanto agora e, para enfrentar a Lazio, audaciosamente abandonou seu predileto 4-2-3-1 e postou a equipe no 4-3-1-2, com Vucinic (acima contra Siviglia - Reuters) ao lado de Totti - até porque o Pupone está longe de sua melhor forma física e seguramente não conseguiria enfrentar a defesa laziale sem companhia - com o brasileiro Júlio Baptista alle spalle da dupla.
Na Lazio, Delio Rossi também não se intimidou e não hesitou em lançar seu tridente - Pandev, Rocchi e Zárate, com o meio sendo composto por Brocchi, Ledesma e Mauri.
Foi a Roma que começou melhor e mais ativa no ataque, com o montenegrino Vucinic se deslocando muito atrás de palle giocabili, enquanto a Lazio tinha em Zárate seu jogador mais perigoso, mas muito bem controlado pela bem postada difesa romanista.
E aos 19' ocorreu a primeira grande chance da partida, com o argentino Carrizo realizando uma defesa milagrosa em cabeçada de Vucinic após cruzamento preciso de Panucci (vide os highlights ao final do post).
A resposta da Lazio foi quase imediata, com Lichtsteiner cruzando para cabeçada de Zárate, que terminou muito perto da meta defendida por um valente Doni, que jogou senza caschetto ma con un vistoso cerotto sulla testa.
Gol mesmo só no início do 2º tempo, quando o brasileiro Júlio Baptista (ao lado contra Rozehnal - Afp) aproveitou um cruzamento certeiro de Totti para fazer 1 x 0 de cabeça.
De novo a Lazio tentou reagir imediatamente, com Zárate aproveitando uma indecisão de Doni e Mexes para exigir grande defesa do arqueiro brasileiro já no minuto seguinte ao da vantagem da Lupa.
Mas, com o gol, La Bestia cresceu e passou a ser o punto di riferimento romanista (tendo acertado 75% dos 40 passes que efetuou), forçando, inclusive, a expulsão do laziale Ledesma aos 21' (em uma das 3 faltas cometidas pelo argentino e das 6 sofridas pelo brasileiro na partida).
Porém, ao contrário do esperado, mesmo em inferioridade numérica, foi a Lazio que cresceu na partida, passando a pressionar a Roma e criando várias oportunidades de chegar ao empate, tanto com Rocchi (ao lado obstaculizado por Mexes - Afp) aos 25', quanto com Pandev aos 29' (o macedônio tinha tido outra ótima oportunidade aos 20').
Mas também a Roma, com Menez no lugar de Totti, criou oportunidades para definir a partida, como aos 33', quando o francês recebeu de Vucinic e sozinho, cara-a-cara com Carrizo, permitiu a defesa do goleiro biancoceleste.
No final, Perrotta ainda foi expulso e depois de 4' de recupero, a Roma festejou a vitória!
Abaixo o tabellino do importante sucesso giallorosso, que interrompeu uma séria de 5 rodadas sem vitória:
Roma (que tinha 55,2% de posse de bola ao final do 1º tempo e 48% ao término do jogo): Doni; Panucci (78' Cassetti), Mexes, Juan, Tonetto; De Rossi, Brighi, Perrotta, Júlio Baptista; Totti (76' Menez), Vucinic (89' Taddei). All. Spalletti.
Lazio: Carrizo; Lichtsteiner, Siviglia, Rozehnal, Radu; Brocchi (81' Dabo), Ledesma, Mauri (60' Meghni); Pandev, T. Rocchi (84' Inzaghi), Zárate. All. Rossi.
Gol: 50' Júlio Baptista.
Árbitro: G. Rocchi.
Cartões amarelos: Tonetto, Ledesma, Radu, Lichtsteiner e Perrotta.
Cartões vermelhos: Ledesma e Perrotta.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker