Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

terça-feira, fevereiro 26, 2008

O Jogo Da TV (Parte I) - Juventus x Torino



Por um momento, pareceu que o deslinde do Derby della Mole disputado nesta terça-feira ia ser idêntico ao do girone d'andata, que foi decidido nos extertores (vide http://calcioseriea.blogspot.com/2007/09/o-jogo-da-tv-parte-iv-torino-x-juventus.html).
Mas não, apesar de muita disputa, Juventus x Torino, excelente avant-première da 25ª rodada, terminou 0 x 0.
Já quando da entrada das equipes em campo, apareceram as primeiras surpresas: do lado da Juventus, Ranieri postou Camoranesi como centrocampista centrale ao lado de Sissoko, substituíndo o suspenso Cristiano Zanetti e evidenciando que o português Tiago está fora dos seus planos, com Palladino (acima contra Dellafiore e Pisano - Grazia Neri) ala destra; no Torino, Novellino optou por deixar Rosina no banco, lançando o uruguaio Recoba ao lado de Stellone no ataque.
Com a bola rolando, logo se notou o estilo clássico de Chino regendo a equipe granata, que tinha no lado direito com Comotto e Diana (à esquerda contra Sissoko - La Presse) sua principal arma ofensiva, enquanto a Juventus, com mais posse de bola, apostava no entendimento da dupla Del Piero-Iaquinta, exatamente os protagonistas da mais cristalina chance de gol do 1º tempo: cross de Del Piero e cabeçada ravvicinata de Iaquinta, que Sereni teve que se esticar todo para desviar a escanteio.
Veio a 2ª etapa e Novellino mandou a campo Rosina no lugar de um infortunato Diana, enquanto Ranieri, depois de mais alguns minutos, resolveu retornar com o esquema tradicional e colocou Nocerino no lugar de Palladino, voltando Camoranesi à sua posição de origem.
Com as alterações, a Juve continuou tendo mais posse de bola, mas o Toro foi mais perigoso, especialmente quando Rosina cobrou uma falta magistralmente e a bola, caprichosamente, explodiu no travessão com Buffon já batido (foto acima - La Presse).
Porém, apesar do 0 x 0 que persistiu até o final, o goleiro granata Sereni também teve bastante trabalho, principalmente em perigosa cabeçada de Camoranesi.
Antes do apito final do árbitro Rizzoli - que teve uma atuação muito boa, o tcheco Nedved perdeu a cabeça e agrediu o lateral Comotto sem qualquer parcimônia (à esquerda - Corriere della Sera), recebendo o rosso imediatamente.
O tabellino ficou assim:
Juventus: Buffon; Zebina, Legrottaglie, Chiellini, Molinaro; Sissoko, Camoranesi, Palladino (63' Nocerino), Nedved; Del Piero, Iaquinta. All. Ranieri.
Torino: Sereni; Comotto, Natali (27' Dellafiore), Di Loreto, Pisano; Grella, Barone, Diana (48' Rosina), P. Zanetti; Stellone, Recoba (81' Lanna). All. Novellino.
Árbitro: Rizzoli.
Cartões amarelos: Chiellini, Palladino, Recoba, Nocerino, Pisano e Dellafiore.
Cartão vermelho: Nedved.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

2 Comments:

At 9:58 PM, Blogger JP said...

Rodolfo, vi com atenção esta partida e penso que foi um resultado justo embora a haver um vencedor só poderia ter sido a Juve que teve 3 ou 4 chances flagrantes de golo valendo um super Sereni! O Toro teve 'apenas' aquela bola na barra do Rosina...
Abraços

 
At 11:27 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Você tem toda a razão, Sereni fez uma ótima apresentação.
Mas, o que está acontecendo com a Juve? Esqueceu o caminho das vitórias?
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker