Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, novembro 24, 2007

Match Clou - 13ª Rodada 2007/2008


De um lado: Marchegiani; Negro, Nesta, Chamot e Favalli; Okon, Fuser e Nedved; Protti, Casiraghi e Signori. Do outro: Bucci; Zé Maria, Thuram, Cannavaro e Sensini; Dino Baggio, Crippa, Bravo e Strada; Chiesa e Zola.
Há alguns anos atrás (as escalações acima são do jogo disputado em 29 de setembro de 1996), o confronto Lazio x Parma seria o 'Match Clou' hors concours da 13ª giornata da Serie A 2007/2008.
Porém, os tempos são outros e como Lazio e Parma figuram nas últimas colocações da tabela da atual temporada, o confronto entre Juventus - 4ª colocada - e Palermo - 6º lugar - é o principal jogo da rodada.
Para a partida, que será realizada às 20h30 do domingo italiano (17h30 de Brasília, com transmissão da ESPN Brasil e da RAI), o treinador Claudio Ranieri não poderá contar com os defensores Andrade, Boumsong (ambos afastados há longa data), Chielini (suspenso) e Grygera, devendo optar por Zebina (emoção à vista!), Legrottaglie, Criscito e Molinaro para compor a defesa.
Para segurança e tranqüilidade dos tifosi juventini, o goleiro do time se chama Buffon e está confirmado para a partida.
No meio, o português Tiago (à esquerda - Empics), que está começando a mostrar seu real valor, deve formar dupla com Cristiano Zanetti, enquanto Camoranesi (no alto - La Repubblica) deve figurar mais aberto pela direita e Nedved deve aparecer na esquerda.
Na frente, ballottaggio Del Piero-Iaquinta (com o 1º favorito) para ver quem fará companhia a Trezeguet.
No time rosanero, o técnico Colantuono também tem os seus problemas e não poderá contar com o atacante (e ex di turno) Miccoli, com o meia sérvio Jankovic (que está com a seleção de seu país) e com o lateral Capuano.
Assim, o 3-5-2 deve ser preenchido com: Fontana; Zaccardo, Barzagli e Biava; Diana, Fábio Simplício, Guana, Caserta (foto abaixo - Palermo) e Pisano; Brienza e Amauri.
Como o Palermo passou mais de 30 anos longe da Serie A, só retornando há 4 temporadas (e, neste interregno, a Juve ainda resolveu dar uma passadinha na Serie B), o confronto não tem recordistas hodiernos.
Ao todo, foram 19 partidas em Turim, com 15 vitórias da Juve, 3 empates e apenas 1 sucesso siciliano, com 24 gols marcados pelo Palermo e 57 pela Juventus.
No último confronto (na temporada 2005/2006), sucesso bianconero por 2 x 1, tentos de Nedved, Ibrahimovic e Godeas (atacante giramondo atualmente no Mantova).
Já a única vitória do clube da Sicília ocorreu em 18 de fevereiro de 1962, quando um atacante brasileiro de nome Fernando (proveniente do Sporting Lisboa) fez uma doppietta e o terzino Burgnich (que jogaria as Copas de 1966 e 1970), juntamente com o também italiano Prato, fizeram os 4 gols do êxito por 4 x 2, com o galês Charles e Ferrazzi, contra, marcando para a Juve.
Giampiero Boniperti, John Hansen e Ermes Muccinelli, todos com 6 presenças, são os jogadores mais presentes no confronto, enquanto Domenico Di Maso, com 5 participações, é quem mais apareceu no embate com a camisa do Palermo.
Tendo feito 5 gols em apenas 2 jogos entre 1933 e 1935, o avante Felice Borel é, até hoje, o maior artilheiro do confronto.
Será que Amauri e Del Piero vão conseguir entrar para estas estatísticas?

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

12 Comments:

At 7:42 AM, Blogger JP said...

Gostei da apreciação ao Zebina, realmente com o tipo em campo tudo de mau pode acontecer à defensiva 'bianconera'... Tenho pena que Miccoli não possa actuar, gostava de o ver de regresso a Turim mas, por outro lado é bom devido à sua enorme qualidade... Logo já veremos o que irá dar este jogo...
Abraços

 
At 7:48 AM, Anonymous Carlos said...

Rodolfo
Estou lhe escrevendo de Londres.
Aqui a grande manchete foi a eliminação do English Team ao perder para a Croácia em Wembley.
O técinico Steve Mc Claren foi imeditamente demitido. O português José Mourinho e o italiano Capello estão entre os mais cotados para substituí-lo.
Abraços
Pai

 
At 9:06 AM, Blogger Lady Cyntia said...

Rodolfo,
O comentário do Zebina... Ai, ai, ai. Coitados dos juventini.

Puxa, que pena Miccoli não estar em campo. Quero ver como se comportará Amauri, que anda frequentando as páginas de calciomercato nesses últimos dias.

Embora o Palermo seja um time com bons nomes, aposto em uma vitória alvinegra. Principalmente poque o jogo é em Turim.

Abraços e bons jogos!

 
At 6:30 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Prezados,
Muito obrigado pelas participações.
Efetivamente, Juventus x Palermo está no intervalo e a Juve vence, merecidamente, por 2 x 0.
Abraços,

 
At 9:56 PM, Anonymous Brahma said...

Vitoria super merecida para a Juve. Esse Palermo esse ano è bem pouca coisa (à respeito das aspectativas).
Abraço

 
At 11:33 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Brahma,
Realmente, enquanto fiquei entusiasmado com o belo futebol apresentado pela 'Vecchia Signora' (e pelo Del Piero), o Palermo me decepcionou muito (o que vem fazendo corriqueiramente na temporada).
Abraços,

 
At 11:29 PM, Blogger JP said...

Rodolfo, gostei bastante da exibição da Juve, Legrottaglie verdadeiro líder na defesa, Zanetti o pêndulo, Camoranesi excelente com o seu futebol rendilhado, Nedved a melhor exibição desta época, Trezeguet e Iaquinta letais na finalização e Del Piero que quando parece que está lá em baixo, sujeito a críticas levanta-se com uma força impressionante e dá verdadeiras bofetadas de 'luva branca' a todos os seus dectractores, grande personalidade de 'il capitano' e excelente 'punizione', bem ao seu estilo! Só não percebi bem a 'briga' com Palladino, espero que tenha ficado resolvido no momento...
Abraços

 
At 11:36 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Pois é, também ainda não descobri nada sobre o desentendimento entre Del Piero e Palladino - talvez algo de jogo e nada mais...
Agora, quem está realmente me surpreendendo nesta temporada, no time 'bianconero', é o Legrottaglie e, em menor escala, o Cristiano Zanetti.
Ambos estão jogando muito bem!
Abraços,

 
At 10:56 AM, Blogger JP said...

Rodolfo, é provável que tenha ficado mesmo sanado no momento, e ainda bem que só ajuda a equipa... é verdade, quem dizia que Legrottaglie não tinha classe para jogar na Juventus enganou-se redondamente, está a fazer uma excelente época, um verdadeiro líder na defesa, a jogar assim pode perfeitamente estar nos '23' para o Euro 2008... assim como Zanetti que tem jogado um futebol simples e extremamente eficaz que é afinal o que se pede a um médio na sua posição... à atenção de Donadoni ambos...
Abraços

 
At 3:41 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Realmente, não estranharia se os 2 viessem a ser testados na 'Azzurra'.
Agora, e daí minha referência a 'em menor escala' o Cristiano Zanetti, porque este sempre manteve um bom nível de atuação em toda sua carreira, enquanto o Legrottaglie, embora esteja atravessando uma ótima fase, em outras épocas decepcionou muito.
Mas, como a fase não é pródiga em bons defensores italianos...
Abraços,

 
At 11:38 PM, Blogger JP said...

Sem dúvida Rodolfo, concordo a 100% contigo! Zanetti sempre foi um jogador muito regular, pouco espectacular mas, muito eficiente na sua função em campo... pelo contrário Legrottaglie depois de ter surgido em grande no Chievo, decepcionou bastante na Juventus e só a espaços o ano passado e nesta época se tem afirmado como indiscutível no '11'... ontem, uma amiga comentava comigo que tinha ficado com a impressão que a 'squadra azzurra' era basicamente um misto de jogadores do Milan e da Juve e eu não pude deixar de concordar, embora também tenha realçado que a Roma tenha jogadores italianos de grande nível actualmente na 'nazionale' ou nos possíveis 23 como Panucci, Perrota, Aquilani ou De Rossi, passando pelos 'estrangeiros' Cannavaro, Zambrotta e Toni... Acho uma vergonha que o Inter em muitos jogos não apresente um único italiano em campo!!! Espero vivamente que a reforma que Platini e Blatter pretendem implementar, de cada equipa ter 6 jogadores da nacionalidade desse país no 11, vá adiante e em breve... quem diz o Inter diz o Arsenal em Inglaterra... acho que a Juve vai no bom caminho ao apostar em jogadores italianos jovens, Chiellini e Palladino já são certezas e para o ano espero que Giovinco e Marchisio também sejam apostas seguras...
Abraços

 
At 1:41 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Com certeza, também acho lamentável a pouca ou nenhuma presença de 'nativos' em determinadas equipes européias, inclusive na Inter.
Lembro com nostalgia da época que eram permitidos apenas 3 estrangeiros por equipe - tudo bem que este número não seja mais possível, mas elencos como o da 'Beneamata' com apenas o Materazzi e o Toldo de italianos é algo injustificável.
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker