Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, setembro 29, 2007

O Jogo Da TV (Parte I) - Roma x Internazionale



L'Inter è prima da sola! Eis a manchete que será estampada em muitos jornais italianos desta domenica.
Afinal, não foi pouco: a Internazionale foi ao Olimpico enfrentar o time mais badalado da Itália atualmente e, muito provavelmente, sua principal contendente ao Scudetto e saiu vitoriosa por retumbantes 4 x 1.
Foi certamente uma partida anômala, condicionada por um lance ocorrido aos 28' e que custou um homem à Roma e valeu um gol à Inter.
Porém, não é possível tirar os méritos do grupo nerazzurro e, especialmente, do treinador Roberto Mancini, que foi claramente vencedor no confronto com seu colega Spalletti.
Luciano Spalletti que, como de costume, armou a Roma em um 4-2-3-1, com Pizarro e Giuly nos postos dos infortunati Aquilani e Taddei, enquanto Mancini revolucionou a Inter e mandou a campo o time, de forma inédita, com un centrocampo a 5, com o português Figo e o brasileiro César bem abertos nas laterais, o que acabou por resultar na supremacia do time de Milão na área nevrálgica do campo e, conseqüentemente, na partida.
Ainda assim, o jogo começou vibrante e com a Roma tendo as primeiras oportunidades (incrível a defesa protagonizada por Júlio César em conclusão ravicinata de Mancini - à esquerda contra o capitano Javier Zanetti - Inter), mas foi exatamente a partir de um erro de Totti na cobrança de um escanteio resultante de uma boa defesa do arqueiro interista que aconteceu o lance crucial da partida: o lateral brasileiro Maxwell (no alto contra Tonetto - Inter) interceptou a bola e disparou em um contra-ataque de altíssima velocidade, servindo o brasileiro César que, dentro da área, chutou para uma belíssima defesa de Doni. No rebote, Ibrahimovic cabeçeou para o gol a porta vuota e Giuly interceptou a pelota com as mãos - pênalti e cartão vermelho para o francesino.
Cobrando a penalidade máxima (foto abaixo - Pieranunzi), Ibra colocou 1 x 0 no placar!
Na 2ª etapa, Dacourt e o sueco Ibrahimovic tiveram que sair logo no início com problemas físicos e Roberto Mancini colocou, até de forma surpreendente, a dupla de atacantes argentinos Crespo e Cruz em campo, optando por deixar Adriano no banco (a surpresa decorre de que o brasileiro não está inscrito na Champions League, enquanto os argentinos estão e a Inter tem um importante compromisso na próxima terça-feira contra o PSV Eindhoven).
De qualquer maneira, foi a Roma que marcou, em falha de Maxwell (no bem e no mal...), que acabou servindo para o romanista Perrotta empatar o jogo.
Porém, o dia era de Mancini (Roberto, o treinador da Inter) e suas substituições se mostraram acertadíssimas.
Primeiro, El Jardinero Julio Cruz acertou uma bola na trave e, apenas 6' após sua entrada em campo, Crespo raccoglie da predatore d'area la respinta di Doni su una votta di Cambiasso para fazer 2 x 1 aos 12'.
Em seguida, foi o próprio Cruz (à direita contra Juan - Inter) que sacramentou a vitória interista com um chute forte em que Doni não foi inocente.
Com o placar apontando 3 x 1, a Roma desistiu da partida e Spalletti não conseguiu (se era possível) rearrumar a equipe em campo, cuja inferioridade numérica perante a adversária restou por demais explícita.
Para finalizar, o baixinho Cordoba (1,73 m) ainda fez o 4º gol da Inter, de cabeça, aproveitando cruzamento de Figo.
L'Inter stravince e torna a far paura!
O tabellino:
Roma: Doni; Panucci (69' Cicinho), Mexes, Juan, Tonetto; De Rossi, Pizarro, A. Mancini (69' Vucinic), Perrotta, Giuly; Totti (76' Esposito). All. Spalletti.
Inter: Júlio César; Zanettti, Cordoba, Samuel, Maxwell; Dacourt (51' Crespo), Cambiasso, Figo (77' Pelé), César, Stankovic; Ibrahimovic (50' Cruz). All. R. Mancini.
Gols: 29' Ibrahimovic (pênalti), 53' Perrotta, 57' Crespo, 60' Cruz, 68' Cordoba.
Árbitro: Rizzoli.
Cartões amarelos: Samuel e Pizarro.
Cartão vermelho: Giuly.

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

6 Comments:

At 11:25 AM, Blogger Lady Cyntia said...

O que fez Giuly nesse jogo? Quando vi o lance desisti de ver o resto da partida, e dessa vez comecei a ver já sabendo o rsultado...

Quanto ao Adriano não estar inscrito na Champions, algo me diz que a Inter irá lamentar muito a ausência dele quando os outros precisarem repousar devido aos constantes jogos que vão se acumular em fev./março.

'Ibracadabra'. Foi assim chamado Ibrahimovic pelos jornais depois desse jogo. Ele está arrebentando mesmo.

 
At 1:24 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Cyntia,
Pois é, acho que o Giuly foi muito infeliz mesmo, pois impedir o gol, mas ser expulso, normalmente não compensa (até porque o gol vem, geralmente, na cobrança de pênalti).
Quanto ao Adriano, acredito que a Inter o vai inscrever para a próxima fase da UCL.
Por fim, Ibrahimovic está, efetivamente, atravessando uma extraordinária fase.
Ele é realmente um jogador diferenciado, só precisa ter mais a cabeça no lugar (mas, aí, será que vai continuar jogando tanta bola?)
Abraços,

 
At 11:10 PM, Blogger JP said...

Eu acho que o lance do Giuly teve influência decisiva no resultado, um jogador com a sua experiência não pode cometer um erro daqueles... Ibrahimovic está em grandissima forma, diria que imparável, nos últimos jogos tem marcado sempre, excelente...
Abraços

 
At 11:15 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Realmente, o Giuly teve uma atitude que, aqui no Brasil, chamamos como 'coisa de peladeiro', inaceitável para um jogador experiente como ele.
Quanto ao Ibra, o sueco está passando por uma fase sensacional!
Abraços,

 
At 9:40 PM, Blogger Rycardo said...

POXA FOI UMA PENA NOSSA INLUSTRICIMA "ROMA" TER PERDIDO PRA INTER,MAS E ASSIM MESMO TENHO CERTESA QUE A ROMA VAI SE SUPERAR NO PROXIMO JOGO DE QUARTA-FEIRA "AMANHA".
ACHO Q Totti e Mancini VAO BRILHAR COMO SEMPRE,E VAO FASER UM BOM JOGO
E LEVAR A ROMA A MAIS UMA VITORIA.

 
At 9:43 PM, Blogger Rycardo said...

olha gente fala serio o adriano e muito ruim kra mesmo ele estando inscrito ou nao eu nao o colocaria no meu time,mesmo q ele estivesse em boas condiçoes fisicas !
abraços !!!

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker