Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, fevereiro 07, 2010

O Jogo Da TV (Parte III) - Internazionale x Cagliari



Com uma atuação bastante convincente, a Inter confirmou sua ótima fase e, com um futebol muito envolvente, fez 3 x 0 em um Cagliari que cometeu o grande pecado de não renunciar alla fase d'attacco no Giuseppe Meazza.
Escalada no 4-3-3, com o tridente formado por Pandev, Milito e Eto'o, com Thiago Motta dentre os argentinos Zanetti e Cambiasso no centrocampo, a Inter foi impecável, especialmente nella prima mezz'ora, quando exerceu um forte pressing baseado em triangulações e toques rápidos, com a bola sempre na relva, sem praticar nenhum lançamento pelo alto.
E, assim, o portiere sardo Agazzi, em sua estréia na Serie A, teve logo que ir buscar a bola no fundo de suas redes, pois aos 6' Zanetti partiu de sua própria metade de campo e, após uma progressão impressionante pela direita, serviu para Eto'o, que tentou arrematar ao gol, mas esbarrou na defesa rossoblù, com a bola sobrando para Pandev (acima marcado por Astori e Barone - Puglia) fazer 1 x 0.
Implacável, a Inter não diminuiu seu ritmo e, com Pandev em tarde inspirada, alternando entre as funções de trequartista e de prima punta com grande desenvoltura, chegou ao 2 x 0 aos 20', com o argentino Samuel subindo mais que Canini para testar de forma indefensável para Agazzi, que já havia sido instado a intervir em outra grande conclusão de Pandev aos 14' (os gols e os principais lances da partida, assim como entrevista com Pandev, podem ser visualizados no vídeo ao final do post).
Apesar do placar adverso, o Cagliari em momento algum esmoreceu e, aos 34', teve um gol mal anulado de Matri por suposto impedimento.
Jogando no 4-3-1-2, com Jeda no suporte dos atacantes Nenê e Matri, o Cagliari fez uma partida bastante digna e, além de ter terminado com ligeira superioridade na posse de bola (52,9%) e no vantaggio territoriale (52,54%), teve a falta de sorte de encontrar pela frente um excepcional Júlio César, que protagonizou uma defesa inacreditável aos 36', impedindo gol do também brasileiro Nenê (ao lado marcado por Santon - Puglia).
Veio o 2º tempo e a Inter de Mourinho logo desmontou qualquer tática que Allegri tenha proposto no intervalo, pois aos 2' o ataque nerazzurro voltou a funcionar e Milito (na foto mais abaixo saltando o zagueiro Canini - Puglia) deu números finais ao placar, 3 x 0 para a Beneamata!
Aliás, o trio ofensivo composto por Pandev, Eto'o e Milito foi um dos grandes destaques da partida, dando mostras a Mourinho que o holandês Sneijder pode sim ser substituído quando preciso.
Lógico, méritos também para o incansável Zanetti e para o setor defensivo como um todo, que, embora tenha contado com a ajuda do árbitro Gervasoni na equivocada anulação do gol de Matri, interrompeu a série de 18 partidas em que o Cagliari sempre marcou ao menos um gol.
E, apesar do placar um tanto dilatado, o time rossoblù, que não desistiu até o final, pode retornar à Sardenha ciente de que enfrentou uma equipe diferenciada, tanto que, neste momento, abriu + 10 do Milan e + 11 sobre a Roma!
Abaixo, o tabellino de uma delle migliori prestazioni stagionali dei nerazzurri:
Inter: Júlio César; Maicon, Cordoba, Samuel, Santon; Zanetti, Cambiasso, Thiago Motta (75' Mariga); Pandev, Milito (83' Balotelli), Eto'o (60' Muntari). All. Mourinho
Cagliari: Agazzi; Dessena, Canini, Astori, Agostini; Biondini (56' Barone), Conti, Lazzari, Jeda (83' Nainggolan); Nenê (60' Larrivey), Matri. All. Allegri.
Gols: 7' Pandev, 20' Samuel, 47' Milito.
Árbitro: Gervasoni.
Cartões amarelos: Thiago Motta e Milito.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker