Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, janeiro 30, 2010

O Jogo Da TV (Parte I) - Bari x Palermo



Há quase 1 mês sem vencer, o Bari derrotou o Palermo (que, por sua vez, defendia uma invencibilidade de 7 partidas na Serie A!) no primo anticipo da 22ª rodada, realizado neste sábado, por incríveis 4 x 2!
Foi realmente uma partida espetacular, jogada em ritmo muito elevado e vencida pela equipe que soube aproveitar melhor os momentos em que foi padrona.
Aliás, o Bari de Ventura, armado no 4-4-2, com o centrocampo a 4 tendo um jogador muito veloz na direita (Alvarez) e outro mais técnico na esquerda (Allegretti), começou sufocando o adversário e já aos 5' abriu o placar, com o zagueiro Bonucci virando como atacante fosse (acima - Puglia) para arrebatar o cruzamento de Allegretti direto no ângulo superior de Sirigu, sem qualquer chance para o arqueiro rosanero.
E não deu nem para o Palermo respirar, porque aos 7' o mesmo Allegretti roubou a bola de um distraído Liverani no círculo do meio de campo e abriu magistralmente para o hondurenho Alvarez, que entrou velozmente pela direita e, sozinho, fuzilou Sirigu para escrever 2 x 0 no tabellone do San Nicola.
Em seguida, totalmente atônito, quase que o Palermo sofreu mais um, mas o brasileiro Barreto tentou um drible a mais e acabou sem a bola e ... o Bari sem o gol!
Aí, foi a vez do Palermo, disposto no 4-3-1-2 com Pastore rifinitore servindo à habilidosa dupla formada por Cavani e Miccoli, impostar seu toque de bola mais refinado (a ponto de terminar o jogo com 65,84% de vantaggio territoriale, embora apenas 45,4% da posse de bola), tornando a partida mais cadenciada e dando mostra do que viria a seguir ao acertar o travessão defendido por Gillet aos 13', em falta cobrada por Miccoli.
Com Cassani e Balzaretti alternando descidas perigosas pelas laterais, o time rosanero acabou chegando ao seu gol aos 28', em jogada que começou com Cavani, teve tabelinha de Balzaretti com Pastore (ao lado entre Salvatore Masiello e Sforzini - Puglia) e conclusão do próprio Cavani, que só empurrou para os fundos das redes do arqueiro biancorosso Gillet.
O gol palermitano acordou o Bari, com Alvarez quase marcando aos 31' em jogada em muito similar a do 2º gol, mas desta vez com o hondurenho sendo servido por Barreto e concluindo para fora.
Antes do intervalo, Delio Rossi teve que promover a entrada do jovem romeno Melinte no posto do lateral Balzaretti, perdendo uma de suas principais armas ofensivas.
Ainda assim, o Palermo chegou ao empate no início da 2ª etapa, com o argentino Pastore acertando um chute indefensável no ângulo de Gillet depois de bela jogada individual (esse gol, os demais e todos os highlights da partida podem ser conferidos no vídeo ao final do post).
Mas, ao invés de aproveitar o momento favorável, a trupe rosanera pois tudo a perder nos minutos seguintes ...
Para começar, aos 11', o experiente Liverani fez uma falta feia e totalmente desnecessária em Allegretti na sua própria metade do campo e recebeu o 2º amarelo, deixando o time da Sicília em inferioridade numérica.
Em seguida, aos 15', Melinte, que em sua estréia contra a Inter já havia cometido um pênalti (veja os detalhes em http://calcioseriea.blogspot.com/2009/10/o-jogo-da-tv-parte-iii-internazionale-x.html), em sua 2ª aparição na Serie A mais uma vez derrubou um adversário dentro da área - penalidade que Barreto (abaixo marcado por Kjaer - Ap) converteu aos 17'.
O Palermo não desanimou e, comandado por um ótimo Pastore, tentou buscar novo empate, mas foi o Bari que, explorando muito bem os contra-ataques puxados por Alvarez em cima do inseguro Melinte, que marcou novamente, com Barreto recebendo do hondurenho e servindo de calcanhar para Koman, que entrara pouco antes no lugar de Allegretti, definir o placar final de 4 x 2.
Ainda assim, antes do apito final do árbitro De Marco, Cavani desperdiçou uma ótima chance, cara-a-cara com Gillet, que poderia ter mudado o rumo da gara.
Mas o tabellino ficou mesmo assim:
Bari: Gillet; A. Masiello, Diamoutene, Bonucci, S. Masiello; Alvarez, Almiron (29' Donati), Gazzi, Allegretti (66' Koman); Castillo (57' Sforzini), Barreto. All. Ventura.
Palermo: Sirigu; Cassani, Kjaer, Bovo, Balzaretti (34' Melinte): Migliaccio (84' Fábio Simplício), Liverani, Nocerino, Pastore; Miccoli (67' Hernandez), Cavani. All. Rossi.
Gols: 5' Bonucci, 7' Alvarez, 28' Cavani, 53' Pastore, 62' Barreto (pênalti - foi a 8ª partida consecutiva que o brasileiro marcou!), 84' Koman.
Árbitro: De Marco.
Cartões amarelos: Almiron, Liverani, Cassani, Allegretti e Bovo.
Cartão vermelho: Liverani.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker