Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, dezembro 13, 2009

O Jogo Da TV (Parte III) - Milan x Palermo



Se no sábado a Juventus caiu feio frente ao Bari (vide o link 'Na Última Vez ...' ao final do post), neste domingo foi a vez do Milan tropeçar no Palermo em pleno San Siro.
Foi apenas a 2ª vez que o time siciliano derrotou o Milan jogando em Milão pela Serie A (a vez anterior fora na temporada 2006/2007 pelo mesmo resultado de 2 x 0, gols de Bresciano e Amauri para o conjunto comandado por Guidolin), mas a vitória foi amplamente merecida, em especial pelo ótimo 2º tempo protagonizado pela trupe rosanero.
Vindo de 5 vitórias consecutivas no campeonato, o Milan de Leonardo, escalado no 4-2-3-1 com Abate titular no lugar de Pato (fora de sua melhor forma) e Borriello unica punta, demonstrou uma stanchezza preocupante, perdendo do Palermo em todas as zonas do campo.
Aliás, embora o 1º tempo tenha sido equilibrado, foi a squadra rosanera que começou pressionando e teve a primeira grande chance aos 3', quando Miccoli lançou Cavani (acima contra Favalli, preferido a Kaladze para substituir o contundido Thiago Silva - Puglia) no centro da área e o uruguaio concluiu para fora na saída de Dida.
Apesar da chiusura bem armada por Delio Rossi e do constante inserimento dei centrocampisti dificultando o jogo rossonero - baseado na incessante troca de passes, o Milan conseguiu, depois de alguns minutos sob pressing, encontrar brechas no sistema defensivo do Palermo e até criou boas oportunidades para abrir o marcador na 1ª etapa, mas sempre pecou no último toque, não encontrando Borriello em um dia muito inspirado.
De qualquer maneira, depois de um 1º tempo bastante divertido, Miccoli resolveu tirar o zero do marcador logo no início da etapa final e marcou um golaço aos 4', com um chute cruzado muito angulado indefensável para Dida (ao lado a conclusão do piccolo atacante rosanero - Puglia).
Leonardo, então, arriscou a carta Pato, mas o Milan aí já estava dominado por um ótimo Palermo, que passou a explorar a incapacidade rossanera com grande maestria.
Perspicaz, Rossi resolveu complicar ainda mais a vida de Leonardo trocando Fábio Simplício pelo fantasista Pastore, que logo em sua primeira participação tocou para Miccoli na extrema esquerda, com o Romario del Salento escapando de Antonini de forma magistral antes de devolver para El Flaco já dentro da área, que acabou impedido de concluir por uma intervenção de Ambrosini que resultou em assistência para Bresciano, com o australiano não tendo qualquer dificuldade para bater Dida e fazer 2 x 0 para o Palermo aos 17'.
O Milan, com um Ronaldinho muito intenso caindo pela esquerda, ainda esboçou reagir, especialmente depois da entrada de Inzaghi (ao lado com Pato - La Presse), que passou a forma um ataque de respeito com Il Papero e Borriello, mas não teve competência nas finalizações e ainda esbarrou em um ótimo Sirigu, que assegurou o histórico sucesso rosanero!
E assim ficou o tabellino da clamorosa vittoria dei palermitani:
Milan: Dida; Zambrotta, Nesta, Favalli, Antonini; Ambrosini (77' Flamini), Pirlo, Abate (51' Pato), Seedorf (69' Inzaghi), Ronaldinho; Borriello. All. Leonardo.
Palermo: Sirigu; Cassani, Kjaer, Bovo, Balzaretti; Nocerino, Liverani, Bresciano, Fábio Simplício (60' Pastore); Cavani (91' Goian), Miccoli (68' Budan). All. Rossi.
Gols: 4' Miccoli, 62' Bresciano.
Árbitro: Bergonzi.
Cartão amarelo: Liverani.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker