Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, novembro 29, 2009

O Jogo Da TV (Parte III) - Internazionale x Fiorentina



Depois da apresentação um tanto amórfica contra o Barcelona pela Champions League, o confronto contra a Fiorentina neste domingo - o 'Match Clou' da rodada - era importantíssimo para Mourinho & Cia.
E, embora tenha sido uma vitória magrinha, concretizada apenas no final mediante um gol de pênalti, o resultado foi fundamental para as aspirações da Inter, que irá visitar a Juventus no próximo final de semana com a tranquilidade de somar 8 pontos de vantagem sobre a adversária.
De qualquer maneira, apesar do placar, foi uma boa atuação da Beneamata, que entrou em campo formando no 4-3-3, com um time bastante diverso do que se apresentou no Camp Nou, especialmente pelo ingresso do português Quaresma (mais abaixo entre Gobbi e Cristiano Zanetti - La Presse) no ataque ao lado de Milito e Eto'o, com Muntari formando o meio ao lado de Stankovic e Cambiasso e tendo Javier Zanetti na lateral direita, no posto do suspenso Maicon.
Já a Fiorentina foi no 4-2-3-1, com Santana preferido ao ainda não totalmente recuperado Jovetic no suporte de Gilardino, que acabou muito isolado diante da escassa participação do argentino (que só participou de 21 jogadas na partida, contra, por exemplo, 62 do interista Stankovic).
Mas não foi só na ligação com o ataque que a Fiorentina encontrou dificuldades, mas também na defesa, onde Gobbi e Koldrup non sempre sembrano adeguati, dando muita liberdade ao ataque nerazzurro.
Aliás, a vitória da Inter foi por apenas 1 x 0 porque seus atacantes não estiveram em dia inspirado, com a dupla formada por Milito e Eto'o desperdiçando várias boas oportunidades.
Porém, a Beneamata não abriu o marcador logo aos 14' porque Muntari foi individualista e chutou diretamente a gol ao invés de servir Eto'o, que aparecia totalmente livre dentro da área.
Depois, aos 16', sempre pela direita às costas de Gobbi, foi a vez de Milito, sozinho na frente do goleiro Frey e na linha da pequena área, concluir para defesa do arqueiro viola.
Para piorar as coisas para Prandelli, aos 18' o ala Marchionni teve que deixar o campo para a entrada de Jorgensen, que passou a fechar o meio de campo pela direita, mas sem a mesma incisividade no ataque, com o peruano Vargas restando como a única alternativa de saída do time gigliato, que foi para o intervalo sem assustar Júlio César.
O 2º tempo começou sem alterações e com a Inter chegando ao gol aos 5', quando o argentino Samuel (acima marcando Gilardino - Getty Images) testou após escanteio cobrado por Cambiasso, mas o árbitro Damato, após alguns instantes, acabou anulando o tento por falta do zagueiro nerazzurro em Dainelli.
Fora esse lance, a 2ª etapa prosseguiu como se fosse um replay da anterior, com a Inter criando, mas pecando nas finalizações, até que, percebendo que poderia conseguir o colpaccio, a Fiorentina se soltou e, em grande jogada individual de Gilardino, acertou a trave de Júlio César aos 35' (esse lance e todos os highlights podem ser conferidos no vídeo ao final do post).
Mesmo com Mancini e Thiago Motta em campo, a Inter caminhava para um empate casalingo até que, aos 38', Comotto derrubou Milito dentro da área, com o próprio avante argentino (ao lado em evidência contra Frey - La Presse) convertendo com categoria.
Apenas para não fugir da tônica do confronto, aos 43', Eto'o disparou, totalmente sozinho, do seu próprio campo com a bola dominada, mas esbarrou em um Frey milagroso, que fez que ia sair para ficar e impedir o gol (o mais feito da partida) do camaronês e uma vantagem maior da Inter, que teve que se contentar com a vitória por 1 x 0.
Assim, o tabellino final ficou assim:
Inter: Júlio César; J. Zanetti, Lúcio, Samuel, Chivu; Stankovic, Cambiasso, Muntari (73' Thiago Motta); Quaresma (73' Mancini), Milito (86' Vieira), Eto'o. All. Mourinho.
Fiorentina: Frey; Comotto, Dainelli (76' De Silvestri), Koldrup, Gobbi; Montolivo, C. Zanetti, Marchionni (18' Jorgensen), Santana (85' Castillo), Vargas; Gilardino. All. Prandelli.
Gol: 85' Milito (pênalti).
Árbitro: Damato.
Cartões amarelos: Chivu, Gobbi, Koldrup, C. Zanetti, Samuel e Comotto.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker