Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, outubro 18, 2009

O Jogo Da TV (Parte III) - Lazio x Sampdoria



Em uma partida intensa, com lamentos para ambos os lados, Lazio e Sampdoria reeditaram a final da última Copa Itália e, assim como em 13 de maio último, ficaram no 1 x 1 (na Coppa, a disputa foi aos pênaltis, quando os Aquilotti venceram).
A Samp, que perdeu a chance de igualar a agora capolista solitária Internazionale no número de pontos, saiu recriminando duas penalidades máximas não apontadas pelo árbitro Orsato, enquanto a Lazio i due brividi finali firmati Cruz e Mauri, que poderiam ter resultado na virada celeste e reencontro com a vitória depois de 5 rodadas.
Sem Gastaldello, suspenso, Accardi, Semioli e Tissone, Del Neri apostou nos jovens Rossi e Poli (acima, ambos cercando o atacante argentino Zárate - La Presse), com Padalino e Mannini como esterni di centrocampo e, claro, Cassano e Pazzino no ataque!
Na Lazio, Ballardini relegou Lichtsteiner ao banco, mas recuperou Siviglia, Diakité e, principalmente, Brocchi, que não jogava fazia dois meses, postando a equipe no 4-3-1-2 com Matuzalem alle spalle de Zárate e Rocchi.
E, aproveitando o fato de jogar em casa, o time biancoceleste começou mais eficaz, até que, em melhor momento técnico, a Samp equilibrou a partida a partir dos 15' e, fazendo uma marcação muito forte e dificultando a criação laziale, passou mesmo a dominar as ações e, aos 40', conseguiu abrir o marcador com Pazzini testando da marca do pênalti em cruzamento de Padalino (acima, o atacante blucerchiato, que marcou pela 3ª vez consecutiva, marcado por Diakité - Bruno).
Porém, a gioia doriana durou muito pouco e aos 42' a Lazio chegou ao empate, com Rocchi servindo para o brasileiro Matuzalem marcar na saída de Castellazzi com um toque sutil.
Na 2ª etapa, a Samp voltou com carga total e praticou um futebol ofensivo e envolvente sem ser incomodada por cerca de 10', quando o ala Padalino recebeu o 2º cartão amarelo e deixou o time blucerchiato com um homem a menos, exigindo de Del Neri a troca de Poli pelo lateral Zauri, ex di turno.
Só que a descida perigosa de Matuzalem aos 14' não foi o prelúdio do domínio laziale, que não conseguiu converter a vantagem numérica em domínio territorial (ao final, a Samp é que teve 52,30% de vantaggio territoriale) e seguiu sendo controlada.
Se com um homem a mais a trupe de Ballardini já não conseguia ser incisiva, pior ficou quando Baronio foi expulso aos 28' e deixou tudo igual numericamente.
Aí, a Samp sentiu que efetivamente podia vencer e passou a atacar com mais determinação, com Cassano acertando o travessão de Muslera aos 38'.
Ballardini, que já havia inserido Dabo e Cruz, ainda mandou a campo Lichtsteiner no posto de Siviglia, mas foi a Samp que continuou mais presente, reclamando pênaltis de Muslera em Pazzini (que saiu de campo com o nariz fraturado) e de Diakité em Ziegler.
Depois, nos acréscimos, foi a vez de Castellazzi impedir os gols de Cruz (no alto, à direita, lutando contra Palombo - Fotonotizia) e Mauri, que teriam resultado em uma grande injustiça para a vice-líder Sampdoria!
Eis o tabellino da empolgante partida, cujos highlights podem ser visualizados ao final do post:
Lazio: Muslera; Siviglia (86' Lichtsteiner), Diakité, Cribari, Kolarov; Brocchi (80' Dabo), Baronio, Mauri, Matuzalem; Zárate, Rocchi (80' Cruz). All. Ballardini.
Sampdoria: Castellazzi; Stankevicius, Lucchini, Rossi, Ziegler; Padalino, Poli (60' Zauri), Palombo, Mannini; Cassano, Pazzini (88' Pozzi). All. Del Neri.
Gols: 40' Pazzini, 42' Matuzalem.
Árbitro: Orsato.
Cartões amarelos: Brocchi, Padalino e Baronio.
Cartões vermelhos: Padalino e Baronio.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker