Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

segunda-feira, agosto 10, 2009

Supercoppa 2009


Contra a maioria dos prognósticos, foi a Lazio targata Ballardini que levantou o troféu da Supercoppa TIM 2009 batendo a Inter do Special One Mourinho por 2 x 1 no último sábado no Estádio Nacional de Pequim, o já famoso Ninho de Pássaro.
Com o resultado, os Aquilotti conquistaram pela 3ª vez o troféu que abre a temporada do Calcio, bisando a conquista de 2000, quando a equipe então treinada por Eriksson (mas que havia vencido tanto a Serie A quanto a Copa Itália da temporada antecedente) superou a Inter de Lippi por 4 x 3.
Mas a torcida nerazzurra não precisa ficar alarmada, pois, apesar da derrota, o time jogou bem e até dominou amplamente o adversário, a ponto de terminar a partida com 64% da posse de bola e ter concluído 26 vezes contra a meta laziale, contra apenas 12 tiri da equipe biancoceleste.
Efetivamente, o clima de antes do match era mesmo todo favorável a Inter, que promovia a estréia de seus reforços Lúcio, Thiago Motta, Milito e, principalmente, Eto'o, enquanto a Lazio não contaria com seus dissidentes De Silvestri, Ledesma e Pandev e seu principal reforço até aqui, o argentino Cruz - um refugo da própria Inter, partiria do banco.
E, assim, depois de um tiro a distância de Zárate, a Lazio, com Baronio (acima contra o esordiente Eto'o - Getty Images) e Mauri no centrocampo, passou a sofrer um forte pressing nerazzurro, que teve as grandes chances da 1ª etapa nos pés de Muntari e em cabeçada do brasileiro Lúcio (abaixo contra Zárate - Reuters), que foi muito aplaudido em sua estréia.
Aliás, o capitão da seleção brasileira esteve tão bem que alguns números não podem ser ignorados: foi o 4º em número de bolas recuperadas e o 2º em ... conclusões, ficando apenas atrás do seu companheiro Eto'o, que concluiu 7 vezes a gol contra 6 do novo zagueiro interista.
No 2º tempo, a Inter voltou ainda mais avassaladora, com Stankovic, Eto'o (aproveitando uma falha de Diakite) e Milito levando grande perigo à meta laziale, com Ballardini correndo aos reparos já aos 8', trocando Baronio por Dabo.
Aí, quando tudo indicava que a vantagem nerazzurra era apenas uma questão de tempo, Kolarov cobrou uma falta sem grande precisão, a bola desviu no pé de Lúcio que estava postado na barreira e sobrou para Matuzalem, que concluiu cara-a-cara com Júlio César para a defesa de seu connazionale, mas a bola voltou e bateu no rosto do trequartista antes de ir para o fundo das redes.
Não satisfeita, a Lazio resolveu aproveitar o momento de desconcentração da Inter e, 3' depois, Mauri lançou Rocchi sul filo del fuorigioco e o atacante, com um belíssimo pallonetto (ao lado - Getty Images), encobriu Júlio César para fazer 2 x 0 para os vencedores da Coppa Italia.
Dentro Vieira e Balotelli nos postos de Stankovic e Thiago Motta, mas foi o laziale Dabo que, com uma incerteza na intermediária, acabou propiciando o gol de Eto'o, que reabriu a partida aos 33' e premiou a bela partida do camaronês.
Mourinho, então, colocou a Inter toda avante com 4 atacantes (Muntari ainda deu lugar a Suazo) em busca do empate, que chegou a ser comemorado por alguns instantes antes que o árbitro Morganti anulasse, corretamente, um gol de Milito por impedimento de Eto'o.
No final, Eto'o ainda cobrou uma falta com perigo, mas il primo trofeo stagionale foi mesmo levantado pela Lazio (à direita a comemoração - Ap), em uma daquelas claras demonstrações de que o futebol tem leis próprias.
Abaixo, os melhores momentos da partida em síntese da RAI:

video

Marcadores:

Na Última Vez ...

2 Comments:

At 3:54 PM, Blogger Saulo said...

Boa vitória da Lazio, heim.

saulobotafogo.blogspot.com

 
At 9:17 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

Saulo,
Boa e, até certo modo, surpreendente!
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker