Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, julho 20, 2008

Quem Vem Lá (Parte II) - Christian Poulsen


Aquilani? Stankovic? Xabi Alonso? Que nada, por enquanto, o reforço para o centrocampo da Juventus atende pelo nome de Poulsen.
Contratação que não agradou em nada os torcedores da Vecchia Signora, até porque o dinamarquês de 28 anos é mais conhecido por suas provocações (famosíssima a cusparada que recebeu de Totti durante a Euro 2004) do que por suas qualidades técnicas.
Embora não seja um virtuoso, Christian Poulsen (à direita durante a Copa do Mundo de 2002 - Herringshaw) é um jogador bastante duttile, podendo atuar tanto de centrocampista difensivo como em posição mais avançada.
Eleito por duas vezes como Danish Player Of The Year (2005 e 2006), Poulsen ainda agregará muita experiência internacional à equipe bianconera, vez que o meia, além do Mundial da Ásia, também esteve na Euro 2004 e vem participando das competições continentais interclubes desde a temporada 2001/2002, quando ainda defendia o FC København, de sua pátria natal.

Marcadores: , , ,

Na Última Vez ...

11 Comments:

At 10:52 AM, Blogger Michel Costa said...

Rodolfo, só para acrescentar, o Poulsen tbém pode atuar no centro da zaga.
Abs

 
At 11:54 AM, Blogger Lady Cyntia said...

Esse é o rapaz que Lady jurava ser alemão. Devo ter perdido essa aula de geografia na escola :P

Lógico que eele, pelo que fez ao Totti e o próprio Totti, com seu estilo marrento, estão na minha lista de momentos 'no' do futebol.

Resta saber se ele vencerá a desconfiança da torcida,e fazer um bom campeonato.

Confesso que do futebol dele eu não sei nada!

abraços,

 
At 4:51 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Michel,
Então o Poulsen é ainda mais polivalente? Essa eu não sabia... obrigado!
Abraços,

 
At 4:52 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Cyntia,
Eu não mencionei no 'post', por falta de espaço, mas, em um jogo da UCL, o Poulsen tanto infernizou o Kaká, que Ancelotti optou por substituir o brasileiro.
O 'biondo' não é fácil não...
Abraços,

 
At 4:50 PM, Blogger Michel Costa said...

Me lembro dessa partida. O Poulsen passou dos limites mesmo.
Quando o Milan ganhou o jogo, o Gattuso gritou na cara do dinamarquês que, irônico, apenas sorriu e fez sinal de positivo.
Apenas um comentário. A marcação na Itália é a mais forte do mundo. Mas é leal. Aqui no Brasil, me lembro que o Kaká era caçado. Uma vez, o volante Cocito do Atlético/PR bateu tanto que o tirou de campo.
Na oportunidade, o ex-tricolor saiu de maca e chorando.
Aqui o bicho pega! No mau sentido...

 
At 4:50 PM, Blogger Michel Costa said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 6:59 PM, Blogger Lady Cyntia said...

Ah! Entendi. Chegado a um jogo de muito contato físico, né? Não ia querê-lo em meu time. Não gosto de jogadores violentos. Já pensou esse Poulsen na Libertadores? Meu Deus...
Na Itália não vai ter vida fácil. Se bobear vai ser expulso toda hora.

Ciao!

 
At 7:24 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Michel,
Concordo plenamente com você, alguns jogadores, especialmente aqui no Brasil, confundem marcação cerrada com violência (lembro bem dessa 'marcação especial' do Cocito em Kaká).
Abraços,

 
At 7:25 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Cyntia,
Se me permite, não acho o Poulsen um jogador violento, mas um daqueles 'encardidos' que ficam provocando, provocando, ....
Abraços,

 
At 9:28 PM, Anonymous Michel said...

Rodolfo,

Ficou sabendo que o Luiz Fernando Bindi faleceu?
http://www.trivela.com/Blog.aspx#753
Lamentável.
Que descanse me paz.

 
At 10:06 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Michel,
Que lamentável! Sou colaborador do 'Distintivos' e, por causa disso, travei contato com o Bindi, uma pessoa sensacional!
Vai deixar saudades!

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker