Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

quarta-feira, março 26, 2008

Gli Azzurri


Em um meio de semana repleto de grandes duelos amistosos, coube à Itália enfrentar o selecionado espanhol na cidade de Elche, como preparação para a Euro 2008.
Foi um belo teste, até porque a Azzurra encarou um adversário que, se não chega a encantar, defendia uma invencibilidade que já perdurava 13 partidas (desde 15 de novembro de 2006, quando foi derrotado pela Romênia em Cadiz), dentre as quais enfrentou (e venceu) equipes como a Inglaterra e a França.
A Itália, que também trazia uma longa invencibilidade (desde agosto do ano passado), começou atuando no 4-1-4-1, com Camoranesi e Di Natale abertos e Toni como centrale no ataque, tendo De Rossi (o camisa 10!) e Pirlo (ao lado em ação - Ap) como volantes.
No 1º tempo, La Furia Roja, dos habilidosos Xavi e Fabregas, foi levemente superior à Itália, que teve um gol de Toni anulado, mas que pouco mais produziu, até porque Perrotta esteve totalmente anulado.
Na 2ª etapa, partindo com Barzagli no posto de Materazzi, Gattuso no de Pirlo e Borriello no de Toni, foi a vez da Itália ser bem melhor, a ponto de Camoranesi (ao lado contra Capdevilla - La Presse) ter 3 oportunidades concretas de marcar, tendo uma inclusive terminado na trave.
Porém, aos 33', o ágil atacante Villa, que havia ingressado no lugar do Niño Torres, acertou uma belíssima conclusão, aproveitando uma bola mal afastada por Cannavaro, para fazer o gol da vitória de La Roja.
Um dia antes (terça-feira), em Baku, a Italia Under 21 superou sua similar do Azerbaijão por 2 x 0, consolidando sua confortável vantagem de 4 pontos sobre a Croácia no Grupo 1 da Uefa Under 21 Championship, cuja fase final será disputada em 2009 na Suécia.
Em uma boa seleção dona de uma ótima campanha até aqui (7 vitórias e 1 empate, totalizando 19 gols pró e apenas 3 sofridos), o destaque mais uma vez foi o atacante Giuseppe Rossi (acima superando um adversário - Ansa), que anotou os 2 gols dos azzurrini.
Será que não está na hora de Rossi ser chamado também por Donadoni?

Marcadores: ,

Na Última Vez ...

4 Comments:

At 9:07 PM, Blogger JP said...

Rodolfo, vi o encontro e foram duas partes distintas, embora sempre equilibradas, na 1ª parte houve mais Espanha e na 2ª mais Itália, portanto seria justo o empate, mas David Villa não esteve pelos ajustes e fez um golaço. Donadoni não foge à sua táctica conservadora, não concordo minimamente com o uso de 3 centro campistas, deixando apenas 2 extremos no apoio ao solitário Toni, uma vergonha este Donadoni...
Quanto aos sub 21, a dupla Giovinco-Rossi voltou a estar em grande pelo que li!
Abraços

 
At 11:18 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Pois é, também não gosto muito de algumas escolhas feitas pelo Donadoni, bem como seu pouco efetivo empenho em trazer Totti (e Nesta) de volta à 'Azzurra'.
Quanto aos 'azzurrini', realmente jogaram bem, em especial os 2 citados por você.
Abraços,

 
At 8:42 PM, Blogger JP said...

É verdade Rodolfo, ao contrário de outros treinadores por essa Europa fora que fizeram de tudo para que seus craques voltassem à selecção, estou a lembrar-me de Scolari com Figo ou Bruckner com Nedved para o último Mundial, Donadoni pouco tem feito a promover o regresso de Totti e Nesta...
Hoje, o Tuttosport trazia que Lippi estaria próximo de regressar à 'nazionale' e Donadoni próximo do Torino! Será verdade?!?...
Abraços

 
At 12:26 AM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Lippi efetivamente já andou declarando que quer voltar a treinar, porém, acho que qualquer mudança só depois da Euro 2008.
E, aí, tudo é uma grande incógnita, vez que vai depender dos resultados da 'Azzurra'.
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker