Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

quinta-feira, dezembro 20, 2007

Memorabilia - Blanc

Zagueiro clássico, dotado de boa técnica e com um excelente feeling com o gol adversário, o francês Laurent Blanc teve sua maior decepção ao não participar da final da Copa do Mundo de 1998, impedido que foi pelo cartão vermelho recebido contra a Croácia na semi-final.
Embora a história tenha mostrado que Zinedine Zidane não precisaria da ajuda do zagueiro de 1,92 m para derrotar o Brasil, a ausência de Le Président naquele que foi o jogo mais importante da história da L'Équipe de France foi considerada uma grande injustiça, até porque iria coroar a carreira de um dos mais fortes e importantes defensores franceses de todos os tempos - ao todo, Blanc somou 97 partidas e 16 gols com Les Bleus, o que o faz o 6º jogador que mais vestiu a camisa azul do selecionado (acima - Allsport).
Nascido em 19 de novembro de 1965 em Alès, Blanc começou sua carreira como milieu de terrain offensif no Montpellier, clube que defendeu de 1983 a 1991 com grande sucesso.
Com o tempo, Blanc se impôs como defensor central, mas não perdeu o gosto pelo gol adversário, a ponto de realizar 15 gols no campeonato francês de 1988/1989!
Em 1991, Blanc foi contratado pelo Napoli (à esquerda em um dos memoráveis clássicos envolvendo o time partenopeo contra o Milan de Rijkaard e Baresi - Sabattini), mas, defensor troppo propenso ao ataque, não se adaptou as rigorosas exigências táticas do Calcio e, não obstante uma temporada digna (31 partidas e 6 gols, com o Napoli terminando na 4ª colocação), foi cedido ao Nîmes já na stagione seguinte.
De volta à França, Blanc recomeçou sua carreira passando ao Saint-Etienne e depois ao Auxerre, onde voltou a chamar a atenção como um dos grandes defensores da Europa, principalmente ao conquistar o doublé championnat-coupe em 1995.
Em seguida, Blanc jogou com algum sucesso no Barcelona e mais uma vez voltou à França para defender o poderoso Olympique de Marseille, clube onde a Internazionale foi buscar o agora experiente líbero campeão do mundo em 1999.
Com o clube nerazzurro (à direita, vestindo uma curiosa maglia amarela em 2000 - Inter), Le Président passou duas temporadas, a 1ª (1999/2000) participando de todas as partidas (34) e a 2ª (2000/2001) ficando fora apenas de uma (33 presenças), totalizando 6 gols no período, divididos de forma igualitária entre os 2 campeonatos.
A vitória interista sobre o Bologna por 2 x 1 no campo neutro de Bari em 17 de junho de 2001 (com a Inter, treinada por Tardelli, tendo começado com a seguinte formação: Ballotta; Cordoba, Blanc, Ferrari e Cirillo; Cauet, Di Biagio, Gresko e Seedorf; Vieri e Recoba) foi a última partida de Blanc na Serie A, que encerrou a carreira em 2003 jogando pelo Manchester United ao lado de seu amigo Barthez (famosos são os beijos de Blanc na careca de Barthez durante a Copa de 1998).

Marcadores: , ,

Na Última Vez ...

3 Comments:

At 11:49 AM, Blogger JP said...

Excelente post Rodolfo, os meus Parabéns! Realmente para quem tiver dúvidas como eu as tinha sobre a carreira de Blanc na Série A está tudo aqui!
Abraços

 
At 12:54 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
Muito obrigado mesmo! Fico extremamente feliz que você tenha lido e gostado.
Abraços,

 
At 3:38 PM, Blogger JP said...

Gostei bastante Rodolfo, muito bem elaborado :)
Abraços

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker