Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

quinta-feira, julho 12, 2007

Memorabilia - Re Cecconi

Luciano Re Cecconi, L'angelo biondo, foi protagonista de uma das maiores tragédias do Calcio. Mas, isto é história para o final da coluna...
Nascido em 1º de dezembro de 1948 em Nerviano, uma comuna na província de Milano, Re Cecconi cresceu calcisticamente no Pro Patria, com o qual estreou na 3ª divisão italiana aos 19 anos.
No ano seguinte, o então treinador do Foggia, Tommaso Maestrelli, indicou e foi acontentado com a contratação do jovem centrocampista, que passou 3 temporadas com o time rubro-negro (foto à direita - arquivo pessoal do jogador), uma das quais na Serie A.
Já sob o comando do ex-atacante Ettore Puricelli, L'angelo biondo teve uma excelente temporada 1971/1972 e acabou contratado pela Lazio, onde reencontrou seu antigo treinador Maestrelli.
O impacto com o campeonato mais difícil do mundo não foi complicado e Luciano Re Cecconi, também apelidado de Cecconetzer por sua semelhança física com o alemão Gunther Netzer - campeão mundial em 1974 -, logo se tornou um dos pilares do clube biancoceleste, que terminou o campeonato 1972/1973 em 3º lugar, apenas 2 pontos atrás da campeã Juventus.
Volante técnico, regista a la Pirlo, Re Cecconi teve sua apoteose calcistica na temporada 1973/1974, quando foi convocado para a Nazionale Under 23, campeão italiano com a Lazio (na foto à esquerda com a camisa azul celeste - arquivo pessoal do atleta) e, finalmente, integrou o grupo italiano que disputou a Copa do Mundo de 1974.
Infelizmente, a Lazio, que tinha um elenco muito arrumadinho onde se destacavam, além de Re Cecconi no meio, o líbero e capitão Wilson e o atacante Chinaglia, sofreu vários percalços na temporada seguinte, como a exclusão da Coppa dei Campioni em razão de desordens ocorridas em partida válida pela Copa U.E.F.A. de 1973 disputada contra os ingleses do Ipswich Town.
Mas, principalmente, foi a notícia de que o mister Maestrelli sofria de um câncer no fígado - que o obrigou a se afastar do mundo do futebol, que fez com que a equipe não conseguisse permanecer na luta pelo bi-campeonato e terminasse o torneio apenas na 4ª colocação.
O campeonato 1975/1976, não obstante o surgimento de jovens valores como Bruno Giordano (posteriormente artilheiro da Serie A) e Lionello Manfredonia, viu a Lazio terminar apenas na 13ª colocação, escapando do rebaixamento apenas por ter uma melhor differenza reti em confronto com o Ascoli.
De consignar que foi o retorno, ainda que momentâneo e emergencial, de Tommaso Maestrelli ao comando laziale que salvou o clube do purgatório da Serie B - o treinador, um dos mais inovadores da história do Calcio, terminou por falecer ainda em dezembro de 1976.
Porém, a tragédia maior ainda estava por acontecer: depois de uma boa largada no campeonato 1976/1977, Re Cecconi sofreu uma grave contusão no joelho contra o Bologna, pela 3ª rodada - ele nunca mais retornaria aos campos de futebol.
Ainda não recuperado da contusão, na tarde de 18 de janeiro de 1977, L'angelo biondo, acompanhado de 2 amigos, resolveu ir a uma joalheria e, quando adentrou ao estabelecimento, disparou "fermi tutti, questa è una rapina!" ("todos parados, isto é um assalto!").
Era apenas uma brincadeira, mas o proprietário da joalheria, Bruno Tabocchini, havia sofrido 2 assaltos reais nos meses anteriores e portava uma Walther calibre 7.65, com a qual efetuou um disparo que acertou o peito de Re Cecconi em cheio.
L'angelo biondo, com apenas 28 anos, morreu sussurrando: "era uno scherzo, era solo uno scherzo" ("era uma brincadeira, era apenas uma brincadeira") ...
Posteriormente, Bruno Tabocchini foi absolvido do crime, por ter agido em legítima defesa putativa.
Já Re Cecconi (foto à direita - também do arquivo pessoal do atleta), foi eleito para o time ideal da Lazio de todos os tempos!

Na Última Vez ...

3 Comments:

At 2:24 PM, Anonymous Michel said...

Cara, que história. Mas me diga uma coisa Rodolfo. Qual é o time da Lazio de todos os tempos?
E se vc souber, o da Inter tbém...

Obrigado!

 
At 5:55 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

Michel,
Curiosamente, um canal de televisão inglês (Channel4) tem em sua página na internet (www.channel4.com/sport/football_italia/alltime/allhome.html) diversos 'all-time XI' de clubes italianos.
O 'all-time XI' da Lazio seria o seguinte, segundo o referido site: Pulici; Wilson, Mihajlovic e Nesta; Fuser, Re Cecconi, Garlaschelli, Winter e Nedved; Chinaglia e Signori. O treinador escolhido seria o sueco Eriksson.
Já o da Internazionale, treinado por Helenio Herrera, seria composto de: Zenga; Zanetti, Bergomi, Burgnich e Facchetti; Oriali, Matthäus e Suarez; Angelillo, Ronaldo e Meazza.
Vale a pena conferir os demais!
Abraços,

 
At 6:27 PM, Anonymous laziowiki said...

Muito obrigado

www.laziowiki.org
Historia da Lazio on line

La redaçao

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker