Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

domingo, novembro 22, 2009

O Jogo Da TV (Parte III) - Milan x Cagliari



Em partida espetacular, o Milan chegou a sua 3ª vitória consecutiva no campeonato fazendo 4 x 3 sobre um ótimo Cagliari e, somando 16 dos últimos 18 pontos disputados, foi alçado, ao menos temporariamente, ao 2º posto da Serie A.
E foi um jogo movimentado desde o início, com Leonardo propondo um ofensivo tridente com Pato e Ronaldinho esterni e Borriello mais central, tendo ainda Seedorf como trequartista, enquanto o Cagliari de Allegri foi no 4-3-1-2, com Lazzari no suporte de Jeda e Matri.
Realmente, demorou muito pouco para o placar ser inaugurado, com Seedorf (ao lado marcado por Conti - Reuters) concluindo para o gol vazio aos 5', depois que o próprio holandês serviu Borriello, que puxou a marcação de Lopez e a atenção de Marchetti antes de devolver para o meia nascido em Paramaribo marcar.
Porém, o gol não abalou o time sardo, que mostrou grande personalidade e aos 9' chegou ao empate, com Lazzari servindo para um oportunista Matri, aproveitando da total imobilidade de Kaladze, concluir sem chances para Dida.
Aí, quem pareceu sentir foi o experiente time do Milan, pois o Cagliari passou a ter domínio total das ações, criando várias oportunidades de gol.
Com Biondini subindo pela esquerda e Dessena pela direita, o meio de campo rossoblù pareceu se multiplicar, propiciando grande vantagem aos atacantes Jeda e Matri, que exigiram boas intervenções de Dida ou da defesa rossonera aos 14', 18' e novamente aos 20'.
Só que aos 30', mais uma vez a zaga milanista não conseguiu cortar o cruzamento de Jeda proveniente da direita e o habilidoso Lazzari (à esquerda contra Pirlo - Ap), na esquerda, só ajeitou a bola antes de colocar, com força e precisão, a pelota no canto oposto de onde se localizava Dida para virar o jogo para o Cagliari.
Sem conseguir ser incisivo, o Milan, dentro de campo, começou a refletir a impaciência da torcida nas arquibancadas, restando impalpabile.
Porém, aos 38', Pirlo cobrou um escanteio conquistado por Zambrotta, Pato testou com força para magnífica defesa de Marchetti, só que a bola insistiu em ficar sobre a linha do gol, a mercê de Borriello, que só empurrou para o fundo das redes, empatando uma partida que parecia ao feitio do Cagliari.
Pior, em uma daquelas façanhas que só o futebol permite, o Milan, aos 40', virou novamente o placar, com Ronaldinho servindo Pato para o atacante disparar um foguete que entrou no ângulo de Marchetti e escreveu 3 x 2 no tabellino.
E assim, mesmo tendo dominado a maior parte do tempo, o Cagliari foi para o intervalo perdendo, de onde saiu com a mesma disposição, pressionando o Milan já no início da ripresa.
O jogo prosseguiu aberto e, aos poucos, os comandados de Leonardo retomaram as rédeas da partida, com um inspirado Ronaldinho dando espetáculo.
Portanto, não foi de surpreender quando, aos 16', em uma jogada de grande velocidade, Borriello foi derrubado dentro da área por Astori - pênalti que Ronaldinho converteu com categoria (à direita - Getty Images).
Allegri, então, inseriu o atacante Nenê no posto de Biondini, passando a equipe ao 4-2-2-2 com o recuo de Jeda em alguns metros.
E o brasileiro confirmou seu faro de gol logo aos 24', descontando para o Cagliari, que continuou buscando o empate até o apito final de Valeri, em uma partida da applausi!
O tabellino:
Milan: Dida; Oddo, Thiago Silva, Kaladze, Zambrotta; Pirlo, Ambrosini, Seedorf (70' Abate); Pato (83' Strasser), Borriello (76' Inzaghi), Ronaldinho. All. Leonardo.
Cagliari: Marchetti; Canini (70' Pisano), Lopez, Astori, Agostini; Dessena, Conti, Biondini (62' Nenê), Lazzari; Jeda, Matri (81' Larrivey). All. Allegri.
Gols: 5' Seedorf, 9' Matri, 30' Lazzari, 38' Borriello, 40' Pato, 62' Ronaldinho (pênalti), 69' Nenê.
Árbitro: Valeri.
Cartões amarelos: Thiago Silva, Astori, Ambrosini, Lazzari, Abate, Lopez e Pirlo.
Abaixo, vídeo com os gols (3 de brasileiros) e breve entrevista com Ronaldinho.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker