Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, novembro 21, 2009

O Jogo Da TV (Parte I) - Bologna x Internazionale



Na abertura da 13ª giornata da Serie A 2009/2010, a capolista Inter demonstrou que nem a sosta para os amistosos da Azzurra ou o compromisso vindouro contra o Barcelona da próxima terça-feira foram capazes de tirar o foco nerazzurro no campeonato italiano, com a Beneamata conquistando mais 3 pontos ao fazer 3 x 1 no Bologna no anticipo deste sábado.
Aliás, foi uma bella apresentação da trupe de Mourinho, que poupou apenas o camaronês Eto'o para o confronto da Champions League, postando a Inter no 4-3-1-2 com Stankovic dietro a Milito e Balotelli, lançado como titular apesar do relacionamento cada vez mais conturbado com o treinador português, especialmente agravado nos últimos dias.
Ao final, a vitória interista evidenciou progresso, não só físico, mas também técnico, com a Inter valorizando a posse de bola (ao final do cotejo, 63,3% da posse de bola foi nerazzurra), explorando a troca de passes com triangulações rápidas e a constante participação dos meias, em especial de Thiago Motta - maior passador do cotejo com 69 passes acertados.
E, apesar de ter surgido de uma cobrança de escanteio, o primeiro gol interista teve a participação do meia brasileiro, que desviou com a cabeça a cobrança de Maicon, depois temporariamente afastada pela zaga rossoblù até a intervenção de mais um brasileiro, o zagueiro Lúcio, que fez a assistência para Milito, dentro da pequena área, fuzilar, inapelavelmente, o goleiro Viviano (na foto do alto o lance em questão - Reuters).
Porém, se a Inter aproveitou de um cochilo da defesa bolognesa, a resposta do Bologna foi imediata e contou com a desatenção da retaguarda interista, que não cortou um lançamento longínquo de Adailton para Zalayeta, com o uruguaio (ao lado marcado por Cambiasso - Ap) enganando Lúcio antes de concluir entre Júlio César e Samuel para empatar a partida no minuto seguinte ao da vantagem nerazzurra.
Superior tecnicamente, a Inter só não obteve nova vantagem no placar aos 29' porque Balotelli foi preciosista em assistência de Thiago Motta, permitindo a defesa arrojada de Viviano.
Aos 36', foi a vez de Thiago Motta servir o sérvio Stankovic, mas a conclusão do meia da Inter caprichosamente bateu no pé de uma trave, com a bola transcorrendo toda a linha do gol até encostar na trave oposta, onde foi ser buscada pelo arqueiro felsinei.
Só que aos 42', em novo escanteio cobrado por Maicon (mas, desta vez, do lado esquerdo), Balotelli (abaixo marcado por Britos - Ap) subiu sozinho na linha da pequena área e testou para fazer 2 x 1 Inter, placar que restou inalterado até o intervalo.
O atacante italiano, que celebrou seu gol pedindo silêncio com o dedo indicador sobre a boca, não voltou para o 2º tempo, com Eto'o ingressando em seu lugar e protagonizando, aos 12', a primeira grande chance da etapa final, servindo para Milito acertar o travessão do Bologna.
Bem melhor em campo (de nada adiantando as trocas promovidas por Colomba, inserindo Mudingayi e Osvaldo), a Inter aplicou o definitivo k.o. aos 27', quando o ótimo Cambiasso, da sua intermediária, lançou para a corrida de Milito pela extrema direita, com o avante argentino, quase com um colpo di biliardo, cruzando a bola para o centro da área, onde agora, depois de percorrer mais de 50 metros em alta velocidade, surgia Cambiasso, que aproveitou da distração de Britos para disparar um tiro indefensável entre as pernas do defensor uruguaio, que só pôde lamentar o terceiro gol da Inter!
No final, o fato negativo ficou pela expulsão infantil de Maicon, que ficou reclamando com o assistente de Rosetti e desfalcará o time nerazzurro na próxima rodada.
Eis o tabellino da peleja (que teve um total de 32.067 presentes - entre paganti e abbonati - e registrou uma renda de € 807.069), cujos gols e melhores momentos, bem como entrevista com Milito, podem ser visualizados no vídeo ao final do post.
Bologna: Viviano; Raggi, Portanova, Britos, Lanna; Mingazzini, Guana (85' Zenoni), Valiani (59' Mudingayi), Adailton; Zalayeta (70' Osvaldo), Di Vaio. All. Colomba.
Inter: Júlio César; Maicon, Lúcio, Samuel, Chivu; Zanetti, Cambiasso, Thiago Motta, Stankovic (75' Vieira); Milito (80' Mancini), Balotelli (46' Eto'o). All. Mourinho.
Gols: 22' Milito, 23' Zalayeta, 42' Balotelli, 72' Cambiasso.
Árbitro: Rosetti.
Cartões amarelos: Balotelli e Thiago Motta.
Cartão vermelho: Maicon.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker