Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, novembro 21, 2009

O Jogo Da TV (Parte II) - Fiorentina x Parma



Neopromossa? É verdade, mas hoje em um Artemio Franchi repleto, o Parma deu mais uma mostra de que porque vem sendo apontado como a mais positiva surpresa desse início de temporada ao vencer a mais cotada Fiorentina por 3 x 2.
Foi uma partida bastante interessante, digna de uma época em que ambos os clubes figuravam dentre as potências do Velho Continente, jogada de forma bastante franca, em especial pela equipe gigliata que, apesar de derrotada, teve 59,7% de posse de bola e 63,10% de vantaggio territoriale, tendo ainda concluído 17 vezes, contra apenas 9 do Parma.
Mas, o sucesso crociato não foi obra do acaso, pois o time treinado por Guidolin foi mortal nos contra-ataques e conseguiu, melhor que a Fiorentina, converter as oportunidades que criou.
Contra a Viola disposta no 4-2-3-1 com o trio Marchionni-Santana-Vargas no suporte do solito Gilardino, Guidolin propôs o seu Parma no 3-5-2, renunciando ao queniano Mariga e liberando os alas Zaccardo e Castellini, que passaram a compor o centrocampo ao lado de Dzemaili, Morrone e Galloppa, funcionando como saídas para os atacantes Amoruso e Bojinov, que ainda recuava para o meio quando a posse de bola passava ao time viola.
Jogando em casa, a Fiorentina começou exercendo um pressing muito forte, mas foi do Parma a primeira grande chance da partida, com o ex Bojinov chutando incrivelmente para fora, da marca do pênalti, aos 4'.
Depois, quando o Parma crescia na partida, foi a vez de Marchionni (na foto do alto contra Panucci, protagonista de uma excelente partida - Getty Images) desperdiçar ótimo passe de Gilardino, demorando demais para concluir, o que permitiu que o arqueiro Mirante fechasse o ângulo.
Mas, na cobrança de escanteio pelo lado direito, a bola sobrou para Santana no lado oposto, que cruzou para Gilardino cabecear com estilo para fazer 1 x 0.
Só que a resposta parmigiana foi quase imediata, com Dzemaili (acima entre Dainelli e Donadel - Getty Images) fazendo um ótimo lançamento para Zaccardo, com o tetracampeão cruzando na medida para o veterano Amoruso empatar aos 30'.
Aí, o ritmo decaiu um pouco, mas voltou a subir logo no início do 2º tempo, com o Parma passando em vantagem aos 7' em grande desatenção da defesa viola, que não acompanhou Bojinov na cobrança de falta de Galloppa, com o búlgaro concluindo para os fundos da rede de Frey totalmente livre dentro da área.
Prandelli, então, sacou o pouco produtivo Santana (o cruzamento para o gol inicial de Gila foi o único lampo do argentino) para inserir o centroavante Castillo, passando a Fiorentina ao 4-2-2-2.
Novamente mais incisiva, a Fiorentina chegou ao empate aos 17', mais uma vez com Gilardino de cabeça, dessa vez aproveitando escanteio cobrado por Vargas.
Foi a vez de Guidolin trocar Bojinov - que não saiu muito satisfeito - pelo giovane Lanzafame, mas coube a Castillo quase marcar, com Lucarelli desviando a cabeçada do argentino, que tinha endereço certo.
Era mesmo para brilhar a estrela do treinador de Castelfranco Veneto, vez que Panucci realizou um lindo lançamento de trivela para o rápido Lanzafame (na foto ao alto, à direita - Getty Images), que tocou, aos 23', na saída de Frey e de peito de pé para decretar o 3 x 2 final.
Antes do apito final do árbitro Orsato, o meia Donadel fez uma falta feia em Morrone e acabou expulso e Gilardino acertou mais uma testada perigosa, desta vez muito bem defendida por Mirante, já nos acréscimos.
Com o resultado, o Parma chegou, ao menos temporariamente, a um incrível 3º posto na classificação.
Eis o tabellino:
Fiorentina: Frey; Comotto, Dainelli, Natali (72' De Silvestri), Pasqual; Zanetti, Donadel, Marchionni, Santana (54' Castillo), Vargas; Gilardino. All. Prandelli.
Parma: Mirante; Dellafiore, Panucci, Lucarelli; Zaccardo, Dzemaili, Morrone, Galloppa (70' Lunardini), Castellini; Amoruso (84' Mariga), Bojinov (63' Lanzafame). All. Guidolin.
Gols: 25' Gilardino, 30' Amoruso, 52' Bojinov, 62' Gilardino (que se igualou a Melli, Di Vaio e Toni como maior artilheiro do embate), 68' Lanzafame.
Árbitro: Orsato.
Cartões amarelos: Pasqual, Zanetti, Amoruso, Galloppa, Donadel, Dzemaili e Dellafiore.
Cartão vermelho: Donadel.
Abaixo, os highlights da partida:

video

Por fim, merecedor de registro a declaração, espontânea, do excelente narrador Luiz Carlos Largo, durante a transmissão da partida pela ESPN Brasil, sobre este blog - nosso muitíssimo obrigado!

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...

2 Comments:

At 5:57 PM, Blogger JP said...

Que grande surpresa este Parma, hein Rodolfo?
Com um misto de juventude e experiência estão a ter um arranque de temporada sensacional.
Será desta que o Bojinov se afirma como um talento a ter em conta?
Abraços

 
At 10:17 PM, Blogger Rodolfo Moura said...

JP,
É verdade, o Parma está surpreendendo positivamente nesta temporada.
Aliás, o Ghirardi vem fazendo um ótimo trabalho à frente da 'società crociata'.
Quanto ao Bojinov, não sei se o búlgaro chegará a ser um fora-de-série, mas é, sem sombra de dúvida, um bom jogador.
Abraços,

 

Postar um comentário

<< Home

eXTReMe Tracker