Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, outubro 24, 2009

O Jogo Da TV (Parte I) - Sampdoria x Bologna



A estréia de Colomba como treinador do Bologna durou pouco mais de ... 30', tempo que foi mais do que suficiente para uma excelente Sampdoria comandada por Fantantonio Cassano (mais abaixo tentando fugir do rude Guana - Cebrelli) simplesmente atropelar a equipe rossoblù.
E olha que, pouco antes da bola rolar, o allenatore blucerchiato Del Neri perdeu o zagueiro Gastaldello, substituído pelo jovem Rossi, tendo ainda que passar o ala Mannini da esquerda para a direita diante da suspensão de Padalino, postando o suíço Ziegler na ala esquerda.
Por sua vez, Colomba também apostou no 4-4-2 e, como maior novidade, promoveu o retorno do belga Mudingayi ao centrocampo, mantendo o tandem Zalayeta-Di Vaio no ataque.
Na verdade, até que o Bologna começou entusiasmadamente, com Zalayeta tentando uma conclusão al volo e Vigiani servindo Di Vaio em profundidade, mas sucumbiu logo na primeira descida blucerchiata, com Poli lançando primorosamente Cassano que, com uma matada perfeita, deixou o lateral Lanna para trás e cruzou para Pazzini, com um toque sublime, fazer 1 x 0 para a Sampdoria aos 7'.
Aí, o Bologna até que tentou reagir, mas a Samp foi impiedosa e aos 17' foi a vez de Mannini marcar seu 4º gol na temporada com um sem-pulo fantástico em assistência de Pazzini.
Sem conseguir ameaçar Castellazzi, que completou sua 200ª partida na Serie A exatamente neste sábado, o Bologna viu o suíço Ziegler ampliar para a Sampdoria aos 26', em um chute indefensável para Viviano (ao lado o momento do chute do ala doriano - Sampdoria)
Para completar, o capitano Di Vaio foi expulso em seguida, deixando a trupe rossoblù, já atordoada com a movimentação incessante de Cassano & Cia., com um homem a menos em campo.
Nem aí com os problemas do adversário, aos 33' Cassano fez o que quis com a marcação de Zenoni e Portanova e colocou na cabeça de Mannini, que não teve qualquer trabalho para fazer 4 x 0 para a Sampdoria ainda no 1º tempo.
Com a presidente Francesca Menarini roendo as unhas na tribuna, Cassano foi em busca de seu gol pessoal e não o conseguiu porque o arqueiro Viviano foi bravo em defender um pallonetto do barese depois que o mesmo passou, sem maiores dificuldades, por 3 adversários.
Veio o 2º tempo e a Samp, que terá a Juventus pela frente na próxima quarta-feira em um dos 3 únicos turni infrasettimanali do campeonato, tirou o pé do acelerador, enquanto o Bologna, sotto di 4 gol e in inferiorità numerica, não encontrou forças e nem disposição para reagir, marcando o seu de honra muito mais por desatenção difensiva da Sampdoria do que por méritos próprios, embora não seja de relevar o fato de que da jogada vincente tenham participado o zagueiro Moras e o atacante Osvaldo, recém ingressados em campo.
Colomba ainda mandou a campo o brasileiro Adailton no lugar de um spento Vigiani (ao lado entre Ziegler e Zauri - Sampdoria), mas o personagem principal do match era mesmo Cassano, que continuou perseguindo seu gol para coroar definitivamente uma atuação espetacular!
O tabellino da partida que colocou, mesmo que temporariamente, a Samp de novo na liderança da Serie A:
Sampdoria: Castellazzi; Stankevicius, Lucchini (79' Accardi), Rossi, Zauri; Mannini, Poli (46' Tissone), Palombo (87' Franceschini), Ziegler; Cassano, Pazzini. All. Del Neri.
Bologna: Viviano; Zenoni, Britos (62' Moras), Portanova, Lanna; Vigiani (69' Adailton), Mudingayi, Guana, Valiani; Zalayeta (62' Osvaldo), Di Vaio. All. Colomba.
Gols: 7' Pazzini, 17' Mannini, 26' Ziegler, 33' Mannini, 62' Osvaldo (todos estes gols e os melhores momentos, bem como entrevista com o artilheiro Mannini, podem ser conferidos no vídeo ao final do post).
Árbitro: Saccani.
Cartões amarelos: Di Vaio, Guana, Poli, Lucchini e Zenoni.
Cartão vermelho: Di Vaio.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker