Google
 
Web calcioseriea.blogspot.com

sábado, fevereiro 21, 2009

O Jogo Da TV (Parte III) - Palermo x Juventus



O Palermo teve maior posse de bola (61,5%) e ampla vantagem também no quesito vantaggio territoriale (59,02%), mas a Juventus foi mais eficiente sottoporta e saiu vitoriosa do Barbera por 2 x 0, colhendo 3 pontos importantíssimos em sede de Serie A e de moral elevado para encarar o Chelsea pela Champions League na próxima quarta-feira.
Disposto no 4-3-1-2 com Fábio Simplício na função de trequartista e Miccoli e Cavani (à direita contra Molinaro - Palermo) formando o duo de ataque, o Palermo foi protagonista de uma partenza super, exigindo de um favoloso Buffon uma grande intervenção logo aos 2', com direito a replay aos 4', quando Miccoli acertou o travessão e, no rebote, Simplício cabeceou de cima da linha da pequena área para mais uma extraordinária defesa do arqueiro bianconero.
A resposta da Juventus, proposta no tradicional 4-4-2 com Camoranesi e Nedved esterni e turnover apenas no ataque, com Iaquinta e Trezeguet como titulares, não tardou, com o francês, em sua primeira partida como titular no campeonato, concluindo para difícil parata de Amelia aos 6'.
A partida seguiu rica de emoções, com os atacantes de ambas as equipes testando os goleiros azzurri, até que, aos 27', Momo Sissoko partiu velozmente com a bola grudada ao pé e, depois de passar por 2 adversários, arrematou de forma indefensável para o portiere rosanero, fazendo Juventus 1 x 0!
O 2º tempo começou da mesma forma que o 1º, com o Palermo pressionando a Juventus e chegando muito perto do gol de empate com o endiabrado Miccoli que, depois de pedir um pênalti de Legrottaglie aos 6', chutou para ótima defesa de Buffon aos 18', com outro ex di turno, o volante Nocerino, também testando os reflexos do arqueiro titular da Nazionale de Lippi aos 16'.
Com a entrada de Amauri (ao lado na frente de Kjaer - Fucarini), certamente o mais aguardado dos tantos ex, o cotejo voltou a pender para o lado bianconero, com o brasileiro quase marcando logo que entrou em campo, aos 30', sull'assist da sinistra di Nedved.
Mas, se o portentoso atacante não marcou, foi o assist man para que o capitano Trezeguet (mais abaixo contra Balzaretti - Palermo) realizasse seu 1º tento no campeonato, definindo a partida aos 34'.
Ballardini ainda tentou tornar o ataque palermitano mais incisivo com a entrada de Succi no posto de Nocerino, mas com Buffon em um daqueles dias, nem se a partida tivesse 180'.
O tabellino da partida que teve 28 conclusões a gol, sendo 18 do time mandante (para maiores detalhes, vide o interessantíssimo scout da Panini Digital no http://www.paninidigital.com/site/Upload/IT/IT/1456_25_PALERMO-JUVENTUS%200-2_post.pdf):
Palermo: Amelia; Cassani, Kjaer, Bovo (89' Tedesco), Balzaretti; Nocerino (82' Succi), Liverani, Bresciano, Fábio Simplício; Cavani, Miccoli. All. Ballardini.
Juventus: Buffon; Grygera, Chiellini, Legrottaglie, Molinaro; Camoranesi (68' Marchionni), Sissoko (91' Poulsen), Tiago, Nedved; Trezeguet, Iaquinta (71' Amauri). All. Ranieri.
Gols: 27' Sissoko, 79' Trezeguet (cuja entrevista pós jogo pode ser conferida no vídeo ao final do post, logo após os highlights).
Árbitro: Orsato.
Cartões amarelos: Grygera, Bovo, Camoranesi e Molinaro.

video

Marcadores: , , , ,

Na Última Vez ...
eXTReMe Tracker